aki

cadastre-se aqui
aki
Política
28-09-2015, 21h52

Decisão sobre Padilha afeta relação com Temer

Problemas com PMDB são desafio para a reforma ministerial
15

Postado por: ISABELA HORTA

A decisão sobre manter ou não Eliseu Padilha (PMDB-RS) na Secretaria de Aviação Civil ditará o tom da relação da presidente Dilma Rousseff com seu vice, Michel Temer. Padilha é próximo do vice-presidente, com quem Dilma não pode comprar briga.

A presidente, no entanto, prometeu duas pastas aos deputados federais do PMDB. Há pressão a favor e contra a manutenção de Padilha no cargo.

O governo caiu numa armadilha ao prometer cortar 10 dos 39 ministérios numa hora de crise política e econômica: há candidatos demais para cargos de menos na reforma. Para fechar a reforma, a presidente terá de administrar problemas com as diversas alas do PMDB.

*

Como o Congresso não quer ser responsabilizado pelo agravamento da crise econômica, os vetos presidenciais a medidas da chamada “pauta-bomba” deverão ser mantidos nesta quarta-feira.

Se houver uma surpresa e os vetos forem derrubados, serão criados R$ 63 bilhões em novos gastos pelos próximos quatro anos. Seria um desastre para a economia.

Por isso, é importante que as negociações da reforma ministerial tragam paz política e não mais dificuldades no Congresso.

O dólar voltou a subir nesta segunda-feira, fechando o dia cotado a R$ 4,11. Fatores externos, ligados às economias dos Estados Unidos e da China, contribuíram para a alta da moeda americana. Mas fatores internos, como a expectativa em relação à manutenção dos vetos presidenciais, também influenciaram o câmbio.

*

Confira os temas do “SBT Brasil”:

Comentários
15
  1. Wolverine da favela disse:

    Aqui há duas cortinas de fumaça.

    Primeiro que a redução dos ministérios não leva necessariamente à redução das despesas de governo, de vez que serão aglutinados.

    Segundo que a variação da cotação do dólar é francamente especulativa. Este assunto cabe ao Banco Central é deve ser por este resolvido. Se não o fazem é porque não cumprem seu papel.

    O objetivo destas dissimulações é ocultar o verdadeiro fato, que é a confusão em que o governo federal se meteu, gastando dinheiro que não podia. Os vetos ainda não apreciados não podem ser aprovados. Os integrantes do governo que vendam a mãe para churrasco a fim de arcar com os gastos decorrentes.

  2. César disse:

    Não é só peixe que morre pela boca!

  3. rosimere chamarelli disse:

    Minha mãe mora em cordovil, local em que há muitos eleitores da presidenta Dilma. Moro em Copacabana no Rio de janeiro e vejo que aqui há uma divisão. Como mulher apoio a presidenta nas reformas. O Brasil em primeiro lugar, independente de partidos políticos.

  4. César disse:

    Os adversários não precisam se dar ao trabalho, para a colocarem em uma sinuca de bico. Ela mesma o faz sozinha e vestida de vermelhinha com seu martelinho e foice diz; ” Não contavam com a minha astúcia”! Com este desgoverno estamos perdidos!

  5. Edison Manzzolla disse:

    Como todos sabe o jogo do tomala da cá, quando o assunto é cargos no primeiro,segunto e infinito da maquina publica, ai todos tem o facão pronto para pegar o amigo quem dera os inimigos politicos.

  6. César disse:

    Isto por que a Presidente Dilma Rousseff faz de conta que está reformando o “Estado Brasileiro”. A reforma se fosse séria, deveria cortar 29 e deixar apenas 10, dos ministérios existentes. Ela está cortando apenas 10 e deixando 29 ministérios, para usa-los como moeda de troca, na compra de votos de deputados no Congresso Nacional. Quem pode levar a sério este desgoverno?

  7. César disse:

    Presidente Dilma Rousseff. A solução possível é a sua renuncia! Assim o PMBD será todo acomodado. O país acordará com o espírito renovado pela volta da esperança. Os mercados retomarão a confiança. O Dólar se desvalorizará frente ao Real. A indústria voltará a investir. O comércio voltará a vender. Retomaremos o caminho do crescimento. Presidente Dilma Rousseff, como vossa excelência pode ver, “credibilidade é tudo”! Tudo o que vossa excelência não tem!!!

    • Karl disse:

      Bom, que a credibilidade da presidenta não é lá essas coisas eu concordo, mas dai, afirmar que a credibilidade do PMDB é maior eu discordo. PMDB é em todos os governos a garantia da estabilidade politica, isso pq ele é mais coadjuvante do que protagonista, quando foi protagonista levou este pais ao caos, coisa que hoje no contexto mundial o BRASIL esta longe de ser.

      • Pasquale disse:

        Única obra do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) mantida no Plano de Negócios da Petrobras para o período entre 2015 e 2019, a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) teve as obras paralisadas, nesta segudna-feira, 28, pelo consórcio responsável pelo projeto. Cerca de 800 trabalhadores foram demitidos, segundo o consórcio formado por Tecna, Queiroz Galvão e Iesa Óleo e Gás – as duas últimas investigadas na Operação Lava Jato.

  8. Eduardo disse:

    Viva Lula, o presidente mais honesto do Brasil.

  9. José Mauro disse:

    As conclusões aqui não expressam a realidade, primeiro:ao contrário do que se declara, a redução de Ministério impacta sim o orçamento público e de modo bastante significativo, não são meros milhões de reais, conforme afirma a reportagem. Outra questão, é em relação a elevação especulativa do dólar, pois a moeda somente chegou a estes patamares porque é interessante para o governo, pois numa tacada só, evitou a saída de bilhões, praticamente, proibindo que os brasileiros viajassem para o exterior. Vale ressaltar que cortar apenas dez ministérios de um total de trinta e nove e não mexer nos milhares de cargos comissionados, sem concurso, não são medidas para quem realmente deseja reduzir gastos públicos, mas sim de quem quer que as despesas sejam arcadas pelo público.

  10. Essa presidente é mentirosa, teimosa e incompetente.
    Reunião com Temer e Lula!! para que ???
    Um quer se perpetuar no poder para roubar ainda mais do que já roubou, pois em nenhum lugar do mundo a pessoa em apenas oito anos por mais que trabalhe não consegue enriquecer, quanto ao Temer está visualizando a oportunidade de sentar no trono.
    Ela deveria pedir apoio da sociedade que a colocou lá e não para dois ou mais visionários que infestam o poder.

  11. Alberto disse:

    Em cada mexida que madame faz piora o que já é péssimo.A sua batata,ou melhor,sua mandioca tá assando em fogo alto.

  12. César disse:

    Viva os aumentos! Mais 6% de aumento na gasolina. Mais 4% de aumento no diesel. Mais 11% de aumento no gás para a indústria. Mais 8% de aumento na energia elétrica. “Nunca antes neste país”, os trabalhadores brasileiros, receberam tantos aumentos de uma só vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-24 17:23:06