aki

cadastre-se aqui
aki
Política
04-12-2018, 19h39

Apoio a Onyx contradiz carreira de Moro

STF vai investigar acusações de caixa 2
4

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

No STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Edson Fachin autorizou a investigação do futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, acusado de ter cometido crime de caixa 2 em 2012 e 2014 pela Procuradoria Geral da República. Os recursos ilegais seriam da JBS.

O futuro colega, Sergio Moro (Justiça), disse ter “confiança pessoal” em Onyx, lembrando que o deputado trabalhou para tentar aprovar as chamadas 10 medidas de combate à corrupção defendidas pelo Ministério Público Federal.

Ora, foi o próprio Moro quem disse que julgava o crime de caixa 2 mais grave do que o de corrupção, por desvirtuar regras da disputa democrática. Ruim usar medidas diferentes para defender um futuro colega de governo. É também contraditório com a carreira do ex-magistrado.

Em relação a Onyx, a investigação é constrangedora e traz dano político. O discurso de combate à corrupção não pode selecionar amigos para proteção política ou jurídica.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN – 2ª Edição” a partir dos 5 minutos e 40 segundos no áudio abaixo:

Comentários
4
  1. Sandro Oliveira Machado disse:

    Pelo que vejo…, tá tudo dominado… com STF…, com tudo…

    • walter disse:

      Caro Sandro, Fachin é mais do mesmo no Supremo; processar o ônix nesta alturas, após 6 anos pelo menos do acontecido, quando ninguém apresentou qualquer desvio de conduta do mesmo, diante de um recursos, confirmados, e confessados pelo deputado, doado para a campanha dele; não tinha conhecimento, sobre caixa dois…este é o drama no supremo; não há tempo para os excessos de presos, esperando a ultima sentença, ou instância; não largam do congresso, e de seus prisioneiros favoritos, com seus excessos de HCs…claro, agora o deputado será ministro da casa civil, no governo novo; querem dar a última palavra em tudo; até o Capitão tem pendência por ofensa, por uma doidivana deputada, até então; tudo fora de ordem; querem realmente manter, o domínio do país…basta lembrar as manobras por aumentos pessoais; todos participaram quietinhos..

  2. Alberto disse:

    Agulha gastando o vinil.

  3. "O Brasil acima de tudo, Deus acima de todos"! disse:

    Tenho convicção que Bolsonaro não passará a mão na cabeça de nenhum auxiliar que não comprove conduta ilibada. Ser investigado não é crime, mas se ficar comprovado que houve crime, tenho convicção de que Bolsonaro segue o lema de que “pau que bate em Chico, tem que bater em Francisco”. Tal atitude é essencial para o sucesso de seu governo, pois está inserida no lema: “O Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”!

Deixe uma resposta para Sandro Oliveira Machado Cancel reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-12-18 23:28:07