aki

cadastre-se aqui
aki
Política
19-10-2016, 21h21

Delação de Cunha poderia derrubar ministros, teme governo

Há preocupação com versão de ex-deputado sobre relação com Temer
11

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A prisão de Eduardo Cunha elevou um temor que já existia no Palácio do Planalto, o de uma possível delação premiada do ex-presidente da Câmara. No governo, há preocupação com eventuais informações que poderiam derrubar ministros e com o que Cunha poderia falar da relação que teve com Michel Temer quando o atual presidente da República era vice e presidia o PMDB.

Ou seja, Cunha poderia jogar o governo numa agenda defensiva justamente na hora em que Palácio do Planalto lidera uma ofensiva para aprovar medidas econômicas no Congresso. Nesta quarta, por exemplo, foi adiada a votação do projeto que desobriga a Petrobras de ser operadora única do pré-sal.

Logo, não pode ser subestimado o risco de o fator Eduardo Cunha atrapalhar votações e enfraquecer na opinião pública um governo que tem baixa popularidade. E ainda há no forno da Lava Jato novas delações que deverão complicar a vida de peemedebistas e tucanos.

Há razões que reforçam o cenário de uma colaboração premiada. A primeira delas é de natureza familiar. Cunha estava preocupado com o que aconteceria com a mulher e uma filha, que também são investigadas pela Lava Jato, quando fosse preso. Ele poderia delatar para protegê-las.

Outro motivo: ninguém bem-informado tem dúvida de que Cunha conhece segredos de figuras centrais do governo, do Congresso, do PMDB e de outros partidos. Não deve ser levado a sério esse discurso do Ministério Público de que não teria muito interesse numa colaboração de Cunha. Se o peemedebista contar fatos novos e relevantes, seria inevitável fazer um acordo desse tipo.

Por último, o estilo de Cunha é o de cair atirando. Para evitar uma pena de prisão elevada, delatar seria a única saída.

Assista ao tema de hoje no “SBT Brasil”:

Comentários
11
  1. walter disse:

    Caro Kennedy, o Cunha pode derrubar, todo o PMDB, e os ministros do Temer…quem sabe, até ele esteja dependente…lá no PSDB, que são ladinos, já estão com as “barbas de molho”, inclusive o SERRA; tudo indica, que terá que sair, independente do brilhante trabalho que fez até então; a grade verdade, que o Temer, terá que provar, que é bom de verdade, e segurar a onda, diante do efeito “marolinha”, já que o lua vai também.
    Fica claro, que em Brasília, não sobra quase ninguém…os senadores, RENAN e Romero Jucá, devem ser inquiridos, de imediato, nesta onda das delações já feitas, vão ser cassados.
    Teremos um Brasil limpo e novo….só dependerá de nós, e das autoridades da lava jato.

    • Mauro disse:

      Prezado Walter;
      É fato que o PMDB não é composto de frades franciscanos e muitos tem muito a esconder, mas não tenha dúvidas que muitos do PT e outros partidos, serão citados em uma provavel delação de Cunha, pois o que não falta são nomes e mais nomes envolvidos em escândalos no Brasil e querer citar uns ou outros seletivamente não me parece algo de quem tem juízo e consegue ver politica sem paixão.
      O Brasil passa por uma das maiores turbulências da história e pouco sobrará disso e com os pés no chão, querer comemorar a desgraça que nos envolve a todos é insano, irreal e pouco inteligente. Seja quem for, os condenados somos todos nós!

    • Joaquim José da Silva Xavier disse:

      fico imaginando, se Cunha não tivesse sido protegido durante todo o ano passado, já teria ido pra Moro, já teria sido cassado, já teria sido preso, já teria delatado, há muito tempo!!!
      parabéns a elite/direita/imprensa/manifestantes, pois essa, para mim, é a prova de que corrupção nunca foi problema pra eles, o PT é que sim!!!

    • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

      Walter, como sempre lúcido e sensato.
      Sua memória política é prodigiosa… Povo sem passado, não tem futuro !

  2. PARABÉNS, PF, MPF, PGR, RF, TCU, ZAVASKI, JANOT, DELLAGNOL, SERGIO MORO E TODOS OS BRASILEIROS COM VERGONHA NA CARA! disse:

    Com Dirceu, Palocci, Cunha, Renan e Lula na cadeia, o país já estará dando um bom passo para sair do caos econômico, político e moral em que está! A ladrãozada que sobrar pensará mil vezes antes de roubar cofre público!

  3. Mauro disse:

    A delação de Cunha pode derrubar muita gente, desde que o STF, comece a tomar as medidas necessárias e pare de protelar tudo que está em suas mãos.
    Para que uma delaçao de Cunha tenha validade, em relação a ministros, deputados e senadores, é necessária a aprovação do Supremo e parece que isso é das coisas mais dificeis de acontecer no Brasil, visto o que se sucede com Renan Calheiros, que tem 8 processos no tribunal e nada anda.
    Se vier uma delação de Cunha, coisa que ele declara não irá fazer, com certeza no mínimo uma lista de mais de 50 nomes, entre deputados, senadores, ministros, ex-ministros, ex-presidentes, governadores, ex governadores, presidentes e ex-presidentes de estatais federais e estaduais
    assessores, lobistas e tantos outros poderão ser implicados pois sabemos que a teia de corrupção construida pelo ex-parlamentar é das maiores que já foram elaboradas e executadas no pais.

  4. DIRETO AO ASSUNTO, ISSO É UMA VERGONHA: UM BANDIDO É PRESO E EXECUTIVO E LEGISLATIVO FICAM EM POLVOROSA! disse:

    A que situação vergonhosa chegou nosso país:um bandido perigoso é preso e os ministros, senadores, deputados federais ficam todos desesperados, sem dormir, em pânico!
    ISSO É UMA VERGONHA! Mostra o quanto as quadrilhas de bandidos tomaram conta dos governos, dos poderes da república!
    Será que esse desespero atingirá também o Judiciário? Se isso acontecer, é o caos. Que esse desespero atinja somente o Executivo e Legislativo, pelo bem do país!
    VÃO EM FRENTE, LAVA JATO, É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO, DOA A QUEM DOER!

  5. ISSO É UMA VERGONHA: A LADRÃOZADA AINDA QUER CALAR A LAVA JATO! disse:

    O mais grave de tudo isso é a imprensa relatar e todo mundo receber “como algo normal, corriqueiro”, que Executivo e Legislativo estão “desesperados” com uma eventual colaboração premiada (delação?!) de Eduardo Cunha!
    É o mesmo que admitir que Executivo e Legislativo estão nas mãos de bandidos ( e que isso nada tem de grave) – e que isso é visto como algo normal! Ninguém leva em conta que isso é absurdo, isso é coisa anormal, Executivo e Legislativo serem formados por bandidos… que “agora” devem ficar preocupados, porque um bandido que foi preso, pode fazer denúncias… mas se o bandido preso “não fizer delação”, tudo bem, tudo continua normal, legal, bonito, andando…
    PAÍS DE BANDIDOS, SAFADOS, E AINDA QUEREM CALAR A LAVA JATO!

  6. Wellington Alves disse:

    PT não está mais no Executivo, no entanto este está acuado. Culpa de quem agora? Sua. que protestou pelo impeachment. Se tivesse pedido reforma política, ainda haveria luz no fim do túnel…

    • DIRETO AO ASSUNTO: É PRECISO PASSAR O BRASIL A LIMPO! disse:

      Para se fazer uma reforma política, primeiro tinha que ser retirada a quadrilha do Lula com seu projeto criminoso de poder; agora, para se fazer a reforma política, é preciso tirar as quadrilhas que ainda existem no poder!
      Resumo: LULA = RENAN, JUCÁ E COISAS AFINS!

  7. Dario Avand disse:

    PT está cada vez mais acuado, graças a Deus! Tchau PT

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 12:55:13