aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Política
01-09-2015, 21h58

Depoimento de Marcelo Odebrecht dá alívio a governo

17

Postado por: ISABELA HORTA

O governo respirou aliviado ao ouvir Marcelo Odebrecht descartar a possibilidade de uma delação premiada no âmbito da operação Lava Jato.

Em depoimento à CPI da Petrobras, em Curitiba, ele afirmou que “não tem o que dedurar”.

Além de executivo, Marcelo Odebrecht é da família dona da empresa. Uma eventual delação poderia causar dano à obra da família, sobretudo do pai, Emílio, e do avô Norberto.

Outros quatro executivos da Odebrecht foram ouvidos nesta terça-feira: Márcio Faria, Rogério Araújo, César Rocha e Alexandrino Alencar. Todos, no entanto, ficaram calados, amparados em direito constitucional.

A oposição adotou tom suave ao fazer perguntas, bem diferente do que costuma usar com quem depõe à CPI. A explicação é simples: a empresa é uma grande financiadora de campanhas eleitorais tanto de políticos do governo como da oposição.

*

A reunião da presidente Dilma Rousseff com Eduardo Cunha (PMDB-RJ) mostra que o presidente da Câmara ainda tem poder e está no jogo político.

Foi o primeiro encontro da presidente com o peemedebista após ele ter rompido com o governo em julho.

Da parte de Dilma, a economia foi a principal preocupação. A presidente quer evitar projetos que elevem os gastos públicos. Pediu o apoio do presidente da Câmara para manter o veto ao reajuste dos salários dos servidores do Poder Judiciário. O Congresso deve analisar o veto nesta quarta.

Da parte de Cunha, o encontro foi uma forma de ele demonstrar que não pretende sabotar o governo. O peemedebista está fragilizado politicamente após ter sido denunciado pela Procuradoria Geral da República ao Supremo Tribunal Federal por corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato.

*

Confira os temas do “SBT Brasil”:

Comentários
17
  1. Flash disse:

    Em todas as obras contratadas pelos governos existem os acréscimos extemporâneos.

    Na fase de licitação as contrutoras jogam o preço para baixo, afim de vencerem as concorrências, mesmo sabendo que o valor oferecido é menor do que o próprio custo da obra. Vencem a licitação, iniciam a obra. Quebram tudo, enchem o canteiro de máquinas e contâiners, cercam com tapumes e começam a esburacar. Uma fez estabelecido o cenário de destruição e confusão, pleiteiam ajustes no orçamento para execução da obra, justificando a necessidade de mais numerário para cobrir dissídios, gastos inesperados ligados ao substrato do terreno, infiltração de água subterrânea, etc, e variações nos preços dos materiais. E é exatamente neste momento que entra a propina, visto que o ajuste terá de ser aprovado. E quem aprova, carrega o ajuste com a sua parte no negócio.

    Se não houver acordo, a obra é paralisada, deixando como herança uma construção incompleta e todos os transtôrnos imagináveis para a circulação das pessoas e para a ocupação das áreas circunvizinhas.

    É assim que uma obra pode acabar custando x vezes mais cara, o que normalmente acontece. E isto é feito assim desde que me lembro. Então não existe a possibilidade de não ter o que dizer. Negou-se a dizer. E como se sabe que o processo vai continuar exatamente nestes moldes, independentemente da operação Lava Jato, engoliram a atitude do depoente.

    Depois, há que se considerar que CPI não leva a nada mesmo. É apenas um teatro, uma espécie de circo montado para se fazer crer que alguém está investigando alguma coisa no âmbito dos protegidos pelos cargos públicos que possuem. É o mesmo que uma espécie de Távola redonda, na caverna de Ali Babá, ou então uma reunione del consiglio di cosa nostra.

    ***

    Reunião de Cunha com Dilma. Quem será que pediu esta reunião?

    • felipe disse:

      “É assim que uma obra pode acabar custando x vezes mais cara,”

      Para resolver isso é simples:

      liberalismo economico: libera geral para construção de obras, SEM INTERFERÊNCIA QUALQUER DO GOVERNO A NÃO SER QUESTÕES AMBIENTAIS. PONTO FINAL.

      Quem quiser construir que construa (onde for);

      Vai arcar com o prejuízo da obra e com os lucros tb.

      SIMPLES ASSIM.

      É assim que funciona no mundo desenvolvido, e aqui neste país atrasado achamos que TUDO DEPENDE DO GOVERNO.

      NO FIM, O GOVERNO É QUE IMPORTA E NÃO AS EMPRESAS…

      DA NISSO…

      Enquanto não tivermos um país liberal teremos sempre esta ENROLAÇÃO POPULISTA, independente de partido político…

    • André Soares disse:

      Porque será que até a “oposição” não pegou pesado com o Marcelo? Os sabedores que saem na rua devem saber. Estranho é que Marcelo Odebrecht só tem contrato com o governo federal e as obras só ocorrem sob a tutela do governo federal…é isso? Pode ser um tiro no pé nos homens do PilanTras; Pão de Queijos/com Chuchú e tb nos homens do PMDB…Por que sera que não tem o que delatar?

    • pedro disse:

      Só uma pergunta: Como é que uma empresa que usa desse artifício, consegue participar e ganhar várias licitações? Se a coisa fosse séria, na primeira vez já seria proibida de participar das próximas.

  2. Reinon disse:

    Alívio a governo mas qual governo !!! É uma vergonha depender desse situação imoral … Ou Brasil desgovernado.

  3. Marco Túlio Castro disse:

    Marcelo Odebrecht só está a tentar salvar a própria pele. Deve também temer pela integridade física dos seus. Amanhã o governo já estará a respirar com dificuldade outra vez.
    Hélio Bicudo (um dos fundadores do PT) pediu o impeachment da Dilma! Ainda há alguma moral para dizer que é golpe ? O barco está a fazer água demais.

  4. César disse:

    Sr. Marcelo Odebrecht. Espero que o senhor, mofe na prisão! Este senhor é de uma cara de pau, sem tamanho. Na hora de roubar e ser corrupto, não pensou duas vezes. Já para delatar, diz ser falta de “ética” dedurar. Ética? E o senhor sabe o que é ética? Passe uns bons anos atrás das grades, na boa companhia de José Dirceu, Marcos Valério e Kátia Rabello.

  5. Barroso disse:

    Aecio escondeu, na prestação de contas ao TSE, doação milionária da odebretch à sua campanha.
    Outras doações foram mascaradas, como a feita pelo Estadão (jornal de oposição), o que mostra que a maior parte da imprensa tinha candidato e trabalhou ativamente para que ele ganhasse o pleito.

  6. Gustavo disse:

    Caro Kennedy,
    o Flash tem razão em tudo o que ele diz. Uma bela definição do esquema de corrupção. Esse alívio do governo será até quando???? Essa gente ainda acha que tem o rei na barriga. O dinheiro deles ainda compra a justiça. É bom lembrar que a “presidenta” também pensava assim na campanha e mentiu descaradamente, na maior cara-de-pau e olha o resultado: nada está dando certo até agora. Vamos ver o que vai acontecer com os que, na mesma cara lavada, dizem que não tem nada a delatar… Quem viver, verá!

  7. Getulio disse:

    Os golpistas começaram a pular dessa “canoa furada chamada golpe “viram que a oposição brasileira não tem representatividade nas camadas mais pobres da sociedade brasileira que vai resitir mesmo com o botijão de gas subindo 15 % , que alias vai durar até mais.
    Está na hora de dar um basta a esses aproveitadores oposicionistas.

    • César disse:

      O gás subindo 15%, teremos outro reajuste da gasolina antes do ano terminar, os analistas dizem que haverá mais 8% de aumento na conta de energia elétrica, a Presidente propondo ressuscitar a CPMF, novo aumento de impostos sobre bebidas, aumento de impostos sobre os eletrônicos. Gastou exageradamente para se reeleger, e agora quer nos dar a conta amarga? Vai causar mais desemprego, com o aumento da carga tributária. A recessão vai se aprofundar ainda mais com os aumentos de preços, que ocorrerão. Os empresários vão transferir os aumentos de impostos, para o preço dos produtos, logo quem vai pagar a conta é o consumidor final. Haverá queda nas vendas, que já estão fracas, e consequentemente, desemprego. Os funcionários da Mercedes Bens, fazendo acordo de redução salarial, para não serem demitidos. Parabéns, Getulio! Por defender o desemprego e o arrocho salarial.

  8. Walter disse:

    E o medo do criminoso, apontar o dedo e dizer “V.Exa. é um dos que recebeu”. A nossa esperança não é a tal impressa livre, não é CPI, que por sinal deveria ser extinta, pois, só gastam tempo e dinheiro do contribuinte, tudo deveria ser remetido para quem sabe fazer que é nossa única esperança o PODER JUDICIÁRIO.

  9. João Alberto Afonso disse:

    Embora a matéria em apreço seja importante, penso que o pedido de impeachment da Dilma formulado por um dos homens mais brilhantes deste País, especialmente em face da sua dignidade como pessoa, se afigura de maior relevo e está à merecer desse também brilhante colunista uma abordagem maior. Pelo que pude apurar, os argumentos são fortíssimos e, de consequência, os dias dela estão contados, visto como o rombo no orçamento e o governo completamente a deriva, correndo o risco de colapso total, este já vivenciado pelo Rio Grande do Sul mercê dos governos petistas que antecederam ao atual, não deixam a menor dúvida. Por fim, estou falando de Hélio Bicudo, fundador do PT.

  10. Aparecido disse:

    Quando Presidente da Odebrecht disse”Naõ vou delatar ninguem, etc,etc” Pairou uma tranquilidade no Ambiente Politico.Todos desanuviaram..E assim caminha o Brasil.Um Presidente de uma das Maiores Empresas dizer isso,o que não dizer das outras.Pra mim pode ter Terno e Gravata.Mas é Um ladrão.

    • Stanislaw p/Aparecido. disse:

      Os membros da CPI que inquiriram Marcelo Odebrech pareciam estar recebendo ali um herói nacional, tais as mesuras e sorrisos ao cumprimentá-lo.
      Deveriam sim demonstrar uma atitude de urbanidade ao convocado, porém com a seriedade devida a quem ali estava cumprindo ato funcional em uma “COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO”, apurando fatos seríssimos de crime contra o país.
      Os membros da CPI em determinadas audiências têm agido conforme deputados e senadores têm SE comportado nas sessões da Câmara e Senado: em completo desrespeito uns com os outros, com a nação e consigo mesmos – enquanto um par fala ao microfone, muitas vezes assuntos seríssimos, muitas vezes sobre decisões que vão ser tomadas pouco depois através de votações – observa-se que a maioria está dando risada, outros dando tapinhas nos ombros uns dos outros, outros cochichando entre si, outros cochilando, outros ao celular e alguns até, dá para perceber, brincando através de jogos no celular!
      Uma vergonha!
      Não bastassem os escândalos de corrupção envolvendo tão grande número de deputados e senadores, o descaso em relação à opinião pública é estarrecedor – seremos nós, o povo, tão idiotas ao ponto de continuarmos a assistir a tudo isso sem uma resposta à altura?
      Se fazemos manifestações de rua eles procuram minimizá-las, comparando umas com outras quanto ao número de participantes, quanto a somente a camada x ou y ter comparecido etc etc etc.
      É mais do que a hora do eleitor começar a fazer anotações: nomes, atitudes, declarações, como votaram em determinadas questões, como se portam nas sessões etc.
      Está na hora de todo brasileiro comprar uma cadernetinha, fazer anotações sobre todos os políticos… e dar a resposta nas urnas!
      Temos a melhor arma para eliminarmos os lixos que estão nos representando, colocando-os no lugar em que eles devem estar: no lixo!

  11. Alberto disse:

    Alívio? Estão é com as peças íntimas borradas e nem chá de rolha resolve.Persistem os problemas de miopia,estrabismo,catarata,etc.

  12. Eduardo disse:

    Todos os corruptos e corruptores devem ser punidos exemplarmente para exemplo às futuras gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-11-29 23:03:20