aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
30-10-2013, 19h01

Diego Costa dá lição em Felipão

Atacante deu seus bons motivos
24

Os torcedores até podem ficar chateados, mas os cidadãos deveriam aplaudir a decisão do atacante Diego Costa, do Atlético de Madrid, de jogar pela seleção espanhola. Ele deu uma lição no técnico Luiz Felipe Scolari.

Diego Costa tem o direito de escolher qual seleção deseja representar. E usou um argumento que deveria deixar orgulhoso o Brasil, um país de migrantes.

O jogador deu uma explicação simples: “Foi uma decisão difícil por envolver decidir entre o seu país de nascimento e o país que lhe deu tudo, que é a Espanha. Repensei que o certo é jogar na Espanha porque aqui eu fiz tudo. Tudo o que eu tenho na minha vida devo a este país, pelo qual tenho um carinho muito especial. Aqui eu me sinto valorizado por aquilo que faço todos os dias e sinto o carinho das pessoas”.

Como discordar?

Já Felipão foi mal, reagiu com o fígado, de modo autoritário: “Um jogador brasileiro que se recusa a vestir a camisa da seleção brasileira e a disputar uma Copa do Mundo no seu país só pode estar automaticamente desconvocado. Ele está dando as costas para um sonho de milhões, o de representar a nossa seleção pentacampeã em uma Copa do Mundo no Brasil”.

Do presidente da CBF, José Maria Marin, um filhote da ditadura, como diria o nacionalista Leonel Brizola, não precisamos nem falar. Marin queria tornar Diego Costa inapto a representar o selecionado espanhol. Geralmente acerta quem discorda de Marin.

Ainda bem que Carlos Alberto Parreira teve bom senso. E disse que Diego Costa tem o direito de escolher. Escolheu. E usou bons argumentos.

Afinal, quantos brasileiros não foram para o exterior em busca de uma vida melhor? Diego foi e conquistou o que queria. Sente-se valorizado na Espanha. Acha justo retribuir.

Comentários
24
  1. A decisão do atleta está correta. Poucas vezes ele foi convocado para a seleção e que certeza ele teria de jogar com o Felipão? Mesmo morando na capital paulista,eu nao posso deixar de amar minha terra natal (Pedregulho-sp) mas foi na capital que pude desenvolver um pouco mais do que se estivesse residindo no interior, sem grandes perspectivas de progresso. Diego com certeza não renega o estado de sergipe, onde nasceu e curtiu sua pobreza. Todavia, em termos materiais, ele mesmo confessa que deve tudo a Espanha.

  2. Silvio Rogério Kuster disse:

    Ele está certo sim, a gratidão é um dos maiores sentimentos que um homem de verdade deve ter. Já o Felipão, só lembrou dele agora, então……

  3. Rodrigo disse:

    Mas esse não é o ponto, não é verdade? Que ele teve liberdade de escolha, e escolheu, não há dúvidas. Mas poderia uma seleção aliciar jogadores de outros países nas posições em que possui deficiências? Poderia o Qatar, por exemplo, contratar um time inteiro de brasileiros, e nacionalizá-los para jogar eliminatórias e copa do mundo? E para enfraquecer uma seleção rival? Se a Espanha aliciasse o Messi, tudo bem? Vale quem oferece mais para o jogador, ou sua verdadeira nacionalidade?

    • Osvaldo disse:

      O FELIPÃO É TEIMOSO, TEM QUE APRENDER A RESPEITAR O DIREITO DAS PESSOAS, ELE TEM MUITO PODER, DADO PELO MARIN, MAS, NÃO ESTÁ NA VENEZUELA, NÃO!!!!! O DIEGO COSTA NÃO SERIA CONVOCADO PELO FELIPÃO, É CONVERSA FIADA, POIS, ELE ESTÁ ESPERANDO O BICHADO DO FRED, PARADO HÁ MUITO TEMPO!!!! PRA QUE CONVOCAR O DIEGO COSTA, SE O FELIPÃO É APAIXONADO POR VOLANTES???

  4. Socorro Martins disse:

    Compreendi e respeito a escolha do jogador!!

  5. pedro ferreira de freitas disse:

    vivendo e aprendendo, Felipão

  6. waldek araujo souza disse:

    decisão mais que justa do jogador ele tem que olhar o lado profissional dele foi lá que ele teve a oportunidade que ja mais teve aqui e me diga nosso pais tem condiçoes de dar o que ele teve na espanha com á palavra FELIPÃO faria o mesmo um abraço

  7. certicimo á decisão do diego faria o mesmo tem que dar valor á quem dar valor o brasil dar FELIPÃO um abraço

  8. souza neto disse:

    certissimo e sem comentarios!!! retribuir o q lhe foi dado como oportunidade.

  9. douglas disse:

    Caro Felipão e o Valter do Goias?? é melhor do que o Diego e Robinho juntos e não foi lembrado.

    • Osvaldo disse:

      É ISSO AÍ DOUGLAS, PORQUÊ ROBINHO DEPOIS DE 2 ANOS, ISSO MESMO DOIS ANOS, FORA DA SELEÇÃO??? SERÁ QUE ESTÁ JOGANDO O FINO DA BOLA OU QUEREM MELHORAR O CONTRATO DELE?!?!!!!!!???

  10. Antonio Azambuja disse:

    A fala do Felipao está correta: se ele prefere defender a seleção espanhola, está desconvocado. Como convocar um jogador que estará aqui com a cabeça em outra equipe. E além disso, ele não deveria poder defender a Espanha porque já jogou pelo Brasil. Felipão falou com base técnica. Marin, bom, este sim é complicado defender…

    • Wesley disse:

      Bem se ve que voce nao entende de futebol, muito menos de gratidão a quem te deu tudo na vida. Voce mora em São Paulo? Por acaso voce veio de outro estado morar em São Paulo? E se o seu estado de origem te convocasse para voltar a trabalhar no seu estado de origem? Voce voltaria?

      É facil julgar os outros, dificil é agt mesmo fazer o que fala.. o que acha que os outros deveriam fazer.

  11. Bruno Hallak disse:

    Decisão sensata. As chances dele defender a Espanha na Copa são muito maiores que de defender o Brasil, pois a concorrência pela vaga aqui é maior. Ele seria chamado para amistosos e não teria a garantia de jogar a Copa. Bola fora do Felipão.

  12. Albany lopes disse:

    Discordo de vc kennedy. Veja o exemplo de Messi. Escolheu a Argentina seu País.

  13. antonio gomes disse:

    Sinto muito , Kennedy, mas aí eu discordo de vc , o Diego Costa é um caso claro de egoísmo, oportunismo e vaidade, ainda que ele seja livre para escolher o que quiser.
    Sem falar sobre Felipão ou Marin, esse Diego já havia jogado pela seleção, quando disse que era “UM SONHO”. Jogou quando não estava tão bem e nessa época a Espanha não se interessou por ele, não o convocou, não o “valorizou”, apesar da dupla cidadania. Por que não o “valorizou” antes ??? A Espanha é que foi interesseira, só o quis quando viu que seus atacantes não estavam bem e que não eram imbatíveis, derrotados pelo Brasil na Copa das Confederações, e que ele começava a se destacar.
    E a Espanha não deu NADA ao Diego Costa, foi um clube de futebol, por CONTRATO de trabalho. Se formos por esse raciocínio, todo jogador brasileiro na Europa deveria se naturalizar e jogar por uma seleção européia, em agradecimento pelo dinheiro que recebeu no país em que jogou ou joga.
    Se clubes brasileiros tivessem o dinheiro que os espanhóis tem, provavelmente ele estaria jogando no Brasil. Ele e todos esses talentos que se renderam, claro, ao dinheiro dos clubes europeus. E como eu disse, a Espanha só o quis AGORA, por puro interesse, por pura necessidade.
    E Diego Costa, por VAIDADE, só quer estar na Copa 2014, aparecer, e, por OPORTUNISMO, comprometeu-se com a seleção espanhola, pensando não mais interessar à seleção brasileira.
    É EGOÍSTA pois só pensa em si, em quem sabe brilhar na Copa, aparecer, não se importando com seu verdadeiro povo, milhões de brasileiros, que podem chorar em 2014, justamente porque a seleção espanhola é um dos maiores concorrentes ao título, principalmente se reforçando com um bom jogador brasileiro. Ele não se importa, só quer satisfazer seu ego, sua vaidade. Ou não reforçaria a “fúria”.
    Se tivesse amor pelo seu país, sua pátria verdadeira, SEU POVO, sua gente (ou ele se acha agora espanhol???), JAMAIS renunciaria à seleção brasileira, muito menos para reforçar um forte concorrente, que pode tirar do Brasil a Copa 2014 e fazer o povo chorar. Muito menos pelo dinheiro que ganhou por lá.
    Nessa história, Felipão ou Marin pouco ou nada importa, mas sim o POVO BRASILEIRO, em quem Diego Costa, egoísta, não pensou em nenhum momento.
    É lamentável que haja quem apóie a atitude egoísta, oportunista, interesseira de Diego Costa, ou pior, que diga que faria o mesmo, como tenho visto principalmente de certos comentaristas esportivos! Uma vergonha!
    Depois reclamam dos políticos que só pensam em si, não no povo, mas eles são apenas reflexo da sociedade. São brasileiros que agem como muitos outros agem ou agiriam, lamentavelmente. Como se diz, cada povo tem os políticos que merece. Uma grande verdade!
    O Brasil deveria ter “orgulho” do egoísta, oportunista Diego Costa, que vira as costas para o País, só pensando no quanto pode ganhar, se dar bem, sem se importar com SEU POVO, sua gente, se milhões de brasileiros chorarem por o Brasil perder a Copa 2014 justamente para a Espanha, justamente com a “ajuda” dele ??? Ah, Kennedy, sinto muito, mas, aí eu discordo totalmente de vc….

    • Sua discordância está registrada. Obrigado pelo comentário. Boa noite.

      • Rubens Celso disse:

        Deixa de ser arrogante, meu amigo Kennedy. É assim que você faz uma discussão? Com um boa noite? Na realidade, você disse que não está a fim de dar trela a que discorda da sua posição.

        • Wesley disse:

          Rubens Celso, bem se ve que voce nao entende de futebol, muito menos de gratidão a quem te deu tudo na vida. Voce mora em São Paulo? Por acaso voce veio de outro estado morar em São Paulo? E se o seu estado de origem te convocasse para voltar a trabalhar no seu estado de origem? Voce voltaria? Sem essa de “se la melhorasse eu voltava”… pq se em 500 anos nada mudou, nao vai ser agora né!

          É facil julgar os outros, dificil é agt mesmo fazer o que falamos pros outros fazerem.

          Voce acha que os ricos deveriam abrir mao de sua fortuna em favor dos pobres? Entao pq vc nao vende tudo que tem e vira buda? Dá aos pobres ué!

  14. Wilson Munhoz disse:

    Mercenário e vaidoso! Com certeza é o último da fila. Neste caso, o Felipão e a CBF estão sendo mais oportunistas e estão desviando todas as atenções de possíveis desfalques na seleção sobre Diego Costa. Mais de 2 milhões de brasileiros vivem no exterior ganhando a vida e não perderam a nacionalidade. Tudo é uma questão de oportunidades e devemos saber escolher a que melhor nos satisfaz e nos ajuda a manter nosso trabalho. Diego Costa tomou a decisão certa e soube reconhecer quem lhe deu valor. Em minha opinião, quem tem moral não precisa se justificar, mas ele está sendo humilde justificando sua decisão. Excelente profissional e que ele tenha sucesso na sua decisão. Kennedy, parabéns pelo artigo.

    • antonio gomes disse:

      Caro Wilson, por que ele “tomou a decisão certa”? Quem “lhe deu valor” ??? Ele foi convocado para a seleção brasileira antes da Copa das Confederações! Já tinha dupla cidadania e a Espanha não se interessou, não o “valorizou”. Só agora, que os atacantes espanhóis não estão bem e eles viram que não estão “com essa bola toda”, ao perderem a Copa das Confederações para o Brasil, e como agora o Diego se destaca mais, é que eles se interessaram. Quem então age de forma interesseira ??? E ele não precisa aceitar a seleção espanhola para manter seu emprego, não há cláusula em seu contrato com o Atlético de Madrid que diga isso. Quem paga seu milionário salário é o clube, não a Federação Espanhola, muito menos o governo espanhol. Continuaria ganhando muito bem, no Atlético, mesmo não aceitando defender a seleção espanhola. NADA o obriga a isso, ele só fez o que fez por oportunismo e vaidade, pensando em estar na Copa, aparecer, seja por que seleção for! Como pensou que não tinha mais chances na brasileira, se comprometeu com a espanhola, esqueceu que disse ser “UM SONHO” jogar pela seleção brasileira. Fez tudo sem se importar com SEU verdadeiro POVO, reforçando a seleção espanhola e tornando tudo mais difícil para a brasileira. Não se importa se SEU POVO chorar em 2014, se o Brasil perder para a Espanha na Copa. Explicação muito simples: o EGOÍSMO humano, coisa muito comum principalmente no Brasil, onde muitos brasileiros pensam “primeiro eu, depois, se der, os outros”.

      • Wesley disse:

        Antonio Gomes.. e pq o felipao nao convocou ele antes? PQ ele nao foi pra copa das confederações? Pq ele so foi lembrado agora que o Fred ta bichado e finalmente descobriram que o Lucas nao é jogador de seleção e sim de time?

        Bem se ve que voce nao entende de futebol e esta indo na modinha Diego Costa. Voce é um daqueles que, se o Brasil nao passar da primeira fase, vao dizer que o problema de o Neymar nao acertar o penalte ou do JC ter dado um frango, é do Diego costa, que nao aceitou ser convocado e por isso abalou emocionamente a seleção.

        Culpa do Lula!

        • antonio gomes disse:

          Prezado Wesley, primeiro vc está sendo agressivo, atacando meu comentário, me desrespeitando, com esse “bem se vê que vc não entende de futebol (o mesmo disse ao Rubens Celso) e está indo na modinha Diego Costa”. Ou esse “você é um daqueles que….” Discutir qualquer assunto assim é feio, deselegante, não é de boa educação e é imaturidade. Portanto, é muito melhor para vc se não continuar com essas agressões…

          Quanto às suas observações, o Diego Costa foi convocado e jogou pela seleção brasileira antes da Copa das Confederações, dizendo que era “UM SONHO”, mas não foi bem. Nessa época ele já tinha dupla cidadania mas NÃO INTERESSOU à Espanha, só ao Brasil! Só AGORA ele interessa à “fúria”, agora que os atacantes espanhóis não estão muito bem, viram que não são imbatíveis, ao perderem para o Brasil por 3X0, e ele vem se destacando, sendo o artilheiro do campeonato espanhol. Por que o Felipão não pode se interessar por ele agora, que está jogando melhor, e a Espanha pode ?????????????

  15. O FELIPE, não foi treinador de Portugal, não convocou o DECO, também,

    isso é liberdade do ser humano, não sei porque essa choradeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-28 19:15:14