aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
14-03-2014, 13h19

Dilma acerta ao tratar do conflito na Venezuela

Diante de risco real de golpe, Brasil faz bem ao jogar por institucionalidade
92

Com amparo na prudência e no conhecimento dos seus limites de influência, a presidente Dilma Rousseff e auxiliares estão agindo certo em relação ao conflito entre governo e oposição na Venezuela.

Na Folha de S.Paulo, na quinta, o ex-ministro Luiz Carlos Bresser-Pereira alertou corretamente para o risco de a política econômica do chavismo levar a um golpe contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

Maduro, que não tem os recursos retóricos e políticos de Hugo Chávez, paga o preço do populismo fiscal e cambial do antecessor. Há razões na economia venezuelana para levar uma parcela da sociedade, mais rica e mais escolarizada, a questionar o atual governo.

Acontece que esse segmento tem um histórico golpista. Uma outra parcela, mais pobre e menos escolarizada, que se beneficiou de políticas públicas que o chavismo implantou no país, defende Maduro.

Nesse contexto, ainda é preciso levar em conta o processo de internacionalização das grandes empresas brasileiras nas duas últimas décadas. Há investimentos significativos do Brasil no país vizinho.

A Venezuela, rica em petróleo, é um lugar atrativo para empreendedores desde que sejam asseguradas condições institucionais minimamente estáveis. Maduro exagera quando fala do estímulo dos Estados Unidos a um golpe, mas existe um desejo de Washington de que a atual oposição chegue ao poder e promova uma inflexão política para estimular mais investimentos americanos e menos brasileiros.

Ignorar isso é não enxergar como a liderança regional brasileira incomoda a maior potência do planeta.

Mais: é um erro exigir de Dilma uma condenação dura a Maduro. Ele precisa, sim, dialogar, como pediu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva numa carta que o próprio venezuelano tornou pública.

O Brasil acertou quando jogou para transferir da OEA (Organização dos Estados Americanos) para a Unasul (União Sul-americana de Nações) a chance de alguma mediação externa no conflito interno da Venezuela.

O assessor internacional da Presidência do Brasil, Marco Aurélio Garcia, transmitiu todos os recados necessários, sobretudo os duros, como a necessidade de melhor manejo econômico e de desmontar milícias chavistas armadas. A violência tem de cessar, de parte a parte.

Maduro foi eleito em 2013 para um mandato de seis anos. Na metade desse tempo, é possível a convocação de um referendo para confirmar o exercício do restante do mandato. Há um expediente institucional disponível para a oposição, desde que se una e tenha força para agir. Mas figuras como Leopoldo López, cuja prisão foi um erro de Maduro, têm credenciais golpistas, o que é diferente da linha que Henrique Capriles vinha adotando depois de perder a disputa eleitoral para Maduro.

O presidente da Venezuela está no fio da navalha. Um peteleco do Brasil resultaria em golpe num país rachado, com uma divisão clara, meio a meio, entre chavistas e oposicionistas. Dilma fez bem ao não dar esse peteleco.

Um golpe contra Maduro seria ruim para o ambiente institucional na América do Sul, onde outros países, como a Argentina, enfrentam problemas econômicos graves. Um golpe estimulado pelo Brasil, então, seria pedagogicamente péssimo. A depender dos desdobramentos, um golpe poderia até vir de correntes mais radicais do chavismo.

Se Maduro cair, que seja por seus erros. Não por uma intromissão brasileira que dê a um grupo historicamente golpista o pretexto para agir. O ideal é que a precária institucionalidade venezuelana seja mantida viva. A alternativa a isso é um desastre.

Por último, é recomendável não esquecer que o chavismo é resultado do descaso das elites venezuelanas com o seu povo.

Valter Campanato/ABr

Comentários
92
  1. gostei de seu comentário pois elucidou muita coisa pra mim. Realmente algo precisa mudar lá, mas sem guerra, com diálogo. O que foi conquistado não pode ser jogado fora e o Brasil está mesmo criando essa força de interlocutor, por mais que isso irrite os USA.

  2. marcio disse:

    Concordo com sua opinião. Mas faço uma pergunta: por que não agiu assim também com o Paraguai?????

    • Gilberto Maia disse:

      A situação do Paraguai foi completamente diferente: a elite conservadora acostumada a ter todas as benesses dos governos ao longo da história e sentiu a mudança de prioridade do novo governo, se utilizou da frágil base de apoio que o presidente Fernando Lugo tinha no Congresso e aprovou o impeachment numa rapidez que não foi possível negociação. A resposta do Brasil foi condenar aquela atitude de afronta à democracia e não reconhecer o governo golpista.

    • Sidnei disse:

      Concordo com os comentários do Kennedy, pena que no Brasil a imprensa , chamada livre, distorça tanto os fatos.

      Quanto ao Paraguai, embora tenha havido um golpe, os golpistas armaram uma situação tal que, encontraram na constituição paraguaia uma brecha para o golpe tivesse um verniz constiticional. Com isso os países da Unasul ficaram na verdade amarrados.

  3. daniel rocha disse:

    Seu texto é de um viés esquerdista que me irrita. Achar que o Chavismo é resultado do descaso da elite com o povo é dizer que a compra de votos pela instrumentalização do bolsa família é culpa da elite brasileira. Estes caras estão pouco se lixando para o povo, é só um projeto de poder e golpista são todos estes canalhas ligados ao Foro de São Paulo. Vocês jornalistas de esquerda são omissos e coniventes com esta palhaçada.
    Vocês ficam com esta retórica barata camuflando a realidade presente e pior, o futuro assombroso que vem pela frente.
    Tô de saco cheio, tomem vergonha na cara e mostrem a verdade!!

    • Jorge Luiz disse:

      Daniel Rocha você foi muito feliz em seu comentário. Tomo a liberdade de fazer minhas as sua palavras. Por sinal o site do IG, infelizmente, está dominado pelo viés político-ideológico de esquerda, quando em verdade deveria optar pela neutralidade, focando apresentar a seus leitores a verdade dos fatos.
      Dilma foi péssima e está cada vez pior na política internacional ao ombrear com líderes totalitários, tais como Cuba e Venezuela.
      É lamentável ler que brasileiros que tem acesso a internet podendo utilizá-la para obter conhecimento sobre a história, sobre a verdade ficam amorfas, conduzidas pela “Canto da Sereia” comunista/socialista.
      A pergunta é simples: qual país do mundo obteve sucesso com o comunismo/socialismo? Onde o povo é realmente oprimido?
      Abc
      Obg pela atenção .

      • Tulio Ribeiro disse:

        Humildemente gostaria de responder ao Jorge Luiz e a Renata:

        O mundo tem mais de 190 países ,com maioria capitalista ,que de tempos em tempos geram crise que servem pra acumular capital dentre os mais ricos.O socialismo é uma construção e o capitalismos já temos certeza que não é solução.Basta ver a desigualdade social. Nenhum governo de capitalismo globalizante vai empreender mudanças na renda e qualidade de vida dos pobres. Iniciando da quinta economia do mundo (Inglaterra ) já existe graves crises sociais.Esta idéia de fazer por si só, não é aplicável pra maioria das regiões do globo.

    • p/daniel rocha disse:

      Você fala de ” esquerda ” no Brasil, referindo-se a Ali Babá do bolsa família?
      Ali Babá nunca foi da esquerda, foi, é e sempre será o maior 171 da História, um cafajeste com o dom de saber enganar. Está levando o país para o caos moral,institucional e, com certeza, a uma crise financeira sem precedentes.
      Nossa única esperança é que a quadrilha seja desbancada nas próximas eleições, desde que não seja por outra quadrilha!

    • Superbond disse:

      Comentário preciso e verdadeiro.

    • Frederico disse:

      Perfeito Daniel,
      Concordo em gênero, número e grau contigo. Fazer propaganda de Venezuela e Cuba e ficar bajulando ditadores como Chaves, Maduro, Fidel e Cristina Kirchner (para mim todos eles são ditadores, em maior ou menor grau) já mostra qual é a verdadeira ideologia petista: poder hegemônico, perpétuo, sem oposição, sem uma imprensa livre para apontar os desmandos e um judiciário em suas mãos, como acontece em qualquer país dito comunista, “bolivariano” e populista. Pelo que tenho percebido aqui, o site do IG tem esse viés esquerdista e populista, não sei bem por qual motivo, se por ideais mesmo ou por outra razão qualquer.
      Meu sonho é de um Brasil livre dessa corja que se instalou no poder há 11 anos. Espero que fique apenas nos 12 anos, para nunca mais!!! Pelo bem maior deste país!! E para que não venhamos a nos tornar primeiramente uma Argentina, depois uma Venezuela e, por fim, uma Cuba.

      • Sidnei disse:

        poder hegemônico, perpétuo, sem oposição

        Essa ala de fascistas poderia esclarecer o que significam as palavras acima quando se refere a presidentes eleitos de forma democratica. O desespero está se abatendo sobre o USA e toda direita pois estão vendo que no voto não conseguem ganhar uma eleição. Com saudades dos anos sessenta quando o USA osquestrava golpes militares para instalar ditaduras em todos os países da America Latina. Sem a alternativa do golpe restou armar fascistas e bandidos para espalhar terror nas ruas.

    • Johnny disse:

      Certeiro seu comentário. O Brasil tem dado guarida a esses palhaços travestidos de governantes como Chavez, Maduro, Morales, Kirchner além de outros tiranetes africanos. Para um país que mal consegue prover o mínimo a sua população, o Brasil, cujos investimentos na republiqueta de bananas da Venezuela foram todos “intermediados” por um certo ex presidente apedeuta, que foi lá se intrometer nas questões internas do Paraguai e de uma outra republiqueta centro americana, deveria sim dar o golpe de misericórdia nesse palhaço do Maduro. Ou alguém vai aqui dizer que um cidadão que muda a data do Natal e posterga as festas de carnaval é um governante sério?? Só um cidadão com esse nível de atuação pra conseguir estar “alinhado” com os palhaços que exercem o poder no Brasil há 12 anos.

    • rezende disse:

      Senhores, não meçam o mundo pelo vosso tamanho.

    • Mateus disse:

      Caro Daniel,

      Essa visão trôpega da realidade, claramente esboçada no artigo em tela, revela um apelo tendencioso em favor da esquerda fascista que se alojou na América do Sul. A Sra. Dilma somente clama por democracia quando seu amigos ideológicos são afetados em circunstancias de tumultuo e convulsões sociais. Quando o oposto se instala, o discurso é moderado e tendencioso. Em verdade, a esquerda petista da América Latina utiliza todas os instrumentos que sempre condenou em seus opositores e vê na democracia uma via de acesso e permanência no poder. Será que o PT saberá respeitar as regras democráticas caso seja derrotado nas urnas?

      Um abraço,

      M.

  4. Victor Campani disse:

    Concordo com os comentários do jornalista, principalmente com o termo final. As elites venezuelanas por décadas esqueceram da maioria do povo, mantinha um regime que só beneficiava as minorias abastadas, de empresários e banqueiros venezuelanos.
    Entendo também que a presidenta Dilma e sua equipe de relações exteriores está no caminho certo e adequado para o Brasil, líder econômico da América Latina!!

    • Humberto disse:

      Perfeito, só faltou uma palavra:
      As elites brasileiras e venezuelanas por décadas esqueceram da maioria do povo, mantendo um regime que só beneficiava as minorias abastadas, de empresários e banqueiros.

  5. andre luiz martins nogueira disse:

    boa tarde…..post vergonhoso…como é a atitude da diplomacia brasileira
    nessa questão

  6. josé maria de souza disse:

    Análise muito boa.
    josé maria

  7. Augusto disse:

    Ainda bem que existe a internet, a única mídia realmente popular, pois a nossa grande mídia continua de 3º mundo, ou seja, continua manipulando informações para a elite, a qual não está e nunca esteve preocupada com o social.
    Parabéns Kennedy, pela sua análise imparcial; seu jornalismo é de 1º mundo, ou seja, agrega para o desenvolvimento da sociedade brasileira.

  8. Miguel José Teixeira disse:

    A situação vai culminar com a presidenta sofrendo um “traumatismo ucraniano”. . .

  9. Wagner Nascimento disse:

    Achar que é positivo a atitude da presidente é absurdo ! Chaves, e agora Maduro, estão destruindo a economia venezuelana através de uma politica socialista-populista estremada (algo semelhante vemos em Cuba). Acho que não é somente a elite de lá que está descontente, é o povo que não aguenta mais pegar filas no supermercado e mal encontrar papel higìênico além da falta de liberdade da imprensa e oposição !

  10. Fabio disse:

    Excelente comentário Kennedy.

  11. Crivellari disse:

    Nota-se que este jornalista desconhece completamente o que está acontecendo na Venezuela. Que texto vergonhoso

  12. Delmo Oliveira disse:

    Caro Kennedy;
    Respeito sua narrativa aqui exposta. Só não concordo com ela, acho que você exagera na dose ao defender a postura do desgoverno da Dilma Rousseff(PT/RS) e seus comandados. Aliás não entendi a tal carta do Luis Inácio Lula da Silva, dirigida ao Nicolás Maduro, o homem que conversa com o falecido Hugo Chávez, através de passarinho, bicicleta, cimento armado da estação do Metrô de Caracas etc. Vamos começar botar o nosso Brasil para que o mesmo volte a ser respeitado através de seu corpo diplomático. Estamos vivendo um momento nebuloso. Precisamos mudar tal realidade em outubro!!!

  13. ricardo disse:

    primeiro é justamente a população mais pobre que esta sofrendo com as políticas chavistas(inflação alta,desabastecimento,aumento incrível da violência),segundo existe evidências claras de que Maduro é que aplicou um golpe para se eleger,na verdade ele já era ilegal antes como vice presidente,pois foi nomeado por um presidente não empossado,já que Chaves se quer fez o juramento,o que vai contra os princípios constitucionais daquele país,além de mais de 3000 indícios de fraude durante as eleições(como cubanos votando,deputados com várias cédulas de identidade,urnas sendo levadas pela guarda nacional(http://twitpic.com/cjfoux) se ser auditadas,milhares de eleitores residentes no exterior impedidos de votar,( http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=5XD7zcED6Ug)(http://www.lapatilla.com/site/2013/04/14/diputado-oficialista-acompana-a-hombre-con-40-cedulas-laminadas-en-liceo-de-montalban-fotos/),fraude para apagar impressão digital no papelete quantas vezes quiser(http://www.youtube.com/watch?v=rFfZ0HwSupk)(http://www.youtube.com/watch?v=gHCq7THE618),o Diretor de Esportes do estado Zulia, Leonet Cabezas, anuncia a demissão de todos os funcionários que votaram em Capriles e ameaça até seus filhos(https://soundcloud.com/user803499623/este-es-el-director-de),quarto,um homem que fazia parte do MIR associado as FARC,e que se compromete segundo suas próprias palavras a implementar de maneira total o socialismo bolivariano(o que inclui a destruição completa de qualquer oposição)(http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=3TRRaxh0loQ),é óbvio que ele não quer dialogar,não vai dialogar,quinto,quem se orgulho da implementação do chavismo na Venezuela é nosso querido ex-presidente LULA em suas próprias palavras no FORO de São Paulo,se quiser saber mais leia as ata do FSP(http://www.midiasemmascara.org/attachments/007_atas_foro_sao_paulo.pdf),sexto a Unasul é filha do FSP,não tem isenção por isso é importante para eles,ela faz o que o pai manda.

  14. FIDEL CASTRO, HUGO CHAVES, MUAMAR KADAFi, ALI BABÁI... disse:

    Mas que conversa trágica !
    O chavismo é ” culpa ” das elites…
    Sem analisarmos a ” culpa “, pelo menos nota-se a admissão de que o chavismo é uma tragédia!
    Nesse raciocínio poderíamos então dizer que o ” fidelzismo, ou fidelismo ” de Cuba é culpa da elite de Fulgêncio Batista, dos milionários americanos que faziam da ilha um prostíbulo etc etc etc.
    Só que temos que admitir que em mais de 50 anos de Fidel e Cuba também é uma tragédia!
    Sem nos esquecermos de um tal de Muamar Kadafi, da mesma linha de Fidel e Chaves,
    podemos concluir que, com um apedeuta 171 corrupto, declaradamente ” amigo e irmão ” desses, logo também seremos uma tragédia!!!

    • m.a.p disse:

      Comentário tosco, cheio de chavões contra os governos de esquerda.
      Deve ser mais um dos “baba-ovo” dos yankes e sua indústria da morte a nível mundial.
      Assista o documentário Zeitgeist 1 -parte 2 quem são os verdadeiros bandidos.

      • Luciana disse:

        Tosca é sua análise que é totalmente tendenciosa……vocês ficam remoendo fatos de 50 anos atrás e se esquecem que o mundo mudou, as condições mudaram, as políticas mudaram….Hoje até Karl Max teria evoluído sua teoria, teria acertado as arestas que não funcionam no mundo real….ninguém vive isolado…os que tentam fazer isso, transformam seu país num caos! Acorda, estude, abra sua mente! Você só tem a ganhar com isso.

        • m.a.p disse:

          Prezada Luciana
          Agradeço o conselho de estudar mais para aumentar minha leitura do mundo contemporâneo, pois apesar de ser professor de Historia e ter 67 anos de idade não tenho a pretensão de ser o dono da verdade.
          Por isso mesmo perco algumas horas de minha existência para me informar principalmente nos blog´s classificados pelo então candidato Serra como “blog´s sujos” para ter um contraponto as mentiras criadas pela grande mídia,a prostituta dos tempos modernos segundo o economista republicano Paul Craig Roberts.
          Procure na Web e assista o documentário ” a revolução não será televisionada” tenho certeza que será util.

  15. Wilmar disse:

    Comentário tendencioso. Existe um temor das esquerdas populistas que se estabeleceram na America Latina de sofrerem o efeito-dominó a partir da Venezuela. Por isso, se protegem. Fácil, senão leviano, afirmar que os antecessores eram elite e esqueceram do povo. Quem tem histórico golpista na Venezuela é o Chavismo. No Brasil, os antecessores, especialmente Fernando Henrique Cardoso – sociólogo e exilado pela ditadura militar – deu estabilidade à economia, para que os sucessores se esbaldassem distribuindo assistencialismo eleitoreiro. Pior, esses sucessores “gauche” que a tudo criticavam continuam alimentando os lucros dos bancos. Enquanto isso, a bolsa-família vai de vento em popa! Navegar é preciso…

    • Fabiano disse:

      Perfeito, relevante e simples comentário. Disse tudo!!

    • Claudio Franceschi disse:

      Existe um estudo sério sobre o bolsa família e índice de Gini efetuado pelo Banco Mundial. O Banco Mundial recomenda expansão do programa, bem como elevar o número de pobres no ensino superior.Temos que basear as decisões em estudos e não ideologia e conceitos errados e pré-definidos.

  16. Pascoal disse:

    O uníco País da América do Sul, que o Brasil tem muito que aprender é o Chile.O resto não agrega nada, ao contrário.

    • Claudio Franceschi disse:

      O Chile mudou radicalmente sua inclinação nos votos, apesar do crescimento de 5% enfrentam uma grande desigualdade social, por isto a Presidente Bachelerer voltou ao poder. Ela saiu com aprovação de 81% da população e não pode se reeleger, devido a legislação chilena. A volta foi inevitável. Crescer 5% não significa nada se fica concentrado a riqueza na alta cúpula. Estude um pouco e mais e verá que os países arábes produtores de petróleo possuem as maiores rendas per capta do mundo, mas isto não se reflete no bem-estar da população,Por que será?Estudar e ler um pouco além de alguns jornais não faz mal ninguém, senão você terá apenas 1 opinião de um único jeito.Pense, então seria o Chille uma volta à esquerda?

  17. Aquino disse:

    Até que enfim encontrei uma matéria lúcida, tratando a questão com o equilíbrio devido, pois aqui do meu cantinho – no velho Rio de Janeiro – só lia besteiras sobre a Venezuela e opiniões copiadoras de teses da grande mídia, semelhantes à doutrina imposta pelo grande jornal de lá que foi legalmente fechado. Como leitor de primeira vez, passo a ser frequentador assíduo do blog e externo parabéns.

  18. Renata disse:

    Nasci pobre e sou do povo e hoje, graças ao meu esforço em estudar e trabalhar sempre, me encontro numa posição considerada ” ELITE”, porque tenho meu carro, minha casa e posso viajar algumas vezes com minha família. essa história de que todos os problemas dos pobres são por conta do descaso das elites é a mais pura FALÁCIA…esse povo a quem vocês se referem já pensou em estudar??…em trabalhar?? em não esperar a esmola do Governo…ACORDA BRASIL…FORA COMUNAS..Só vi aqui comentários a favor do artigo..quero ver se este fica por aqui por algum tempo…

    • José Sérgio Ferreira Da Silva disse:

      Achei muito bom o seu comentário. Nós nascidos de família pobre só ascendemos a uma vida melhor pelo estudo e pelo trabalho. Parabéns.

    • Wellington disse:

      Parabéns Renata, seus comentários sim, são lúcidos pois assim como você também vim de família Pobre, sempre estudei em escolas públicas e lutei muito na vida por um lugar ao Sol. Hoje também estou na faixa da suposta “elite”…..a verdade é uma só: uma grande parcela dos brasileiros não quer fazer nada e exige que o governo de casa, comida, luz e agua, não luta para conquistar seu espaço e preferem invejar e desejar o que os que lutaram tem. É justamente este povo que é facilmente manipulado por governos de esquerda como o nosso e acabam por tro0car seu voto por migalhas.

    • Srª, ou Srtª Renata, onde você cursou seu superior? Foi em Pública ou particular? Se você tem mais de trinta e cinco anos e foi de origens pobre, ou como prefere se descrever “do povo” e cursou uma faculdade pública ou privada sendo pobre, ou você é um ser humano diferenciado (gênio)ou você teve ajuda para concluir seus estudos. Porque assim como eu, o nosso País possui milhões que mal conseguiram concluir na juventude, o colegial ou atualmente, ensino médio. Sabe por que? porque neste País, filho de pobre não tinha direito de sonhar em se formar em uma faculdade. Por vários fatores que os impediam. Vou aqui enumerar alguns: 1º- acesso. Como um pobre que mal tinha tempo para estudar poderia concorrer em vestibulares com estudantes que gastavam todo seu tempo em estudos? 2º- pobres, mal sobreviviam com o que ganhavam. 3º- não existiam alternativas para os pobres exemplo: incentivos escolares, financiamentos, etc. Bolsas escolares nem chegavam perto dos menos desprovidos. Parabéns por você ter concluído seus estudos e por se considerar hoje elite, você deve ter se esforçado muito e ter tido muita sorte nos seus investimentos. Quanto ao colunista “Kennedy Alencar” um dos poucos Jornalistas apartidário hoje da grande mídia. Seu texto: esclarecedor, realista e provocador. Isto é Democracia.

  19. André disse:

    Parabéns pela lucidez e profundidade analítica.

  20. Amaro luiz Scaravajar disse:

    Não concordo com nada que nossa politica externa tem produzido. Nos aliamos e apoiamos os irresponsáveis e populistas, e fechamos as portas as parcerias produtivas e as reais democracias. Isso de falar de golpismo das elites já chegou ao limite do nonsense. O que acha de ir morar na Venezuela e passar o aperto que eles estão passando? Os que estão felizes, como aqui, estão no bolso do governo. Mas os iguais se atraem! Quando passar esta fase de Dilma, Cristina, Maduro, Evo e cia, espero que nossos paises voltem a praticar uma democracia que não seja apenas de vitrine.

  21. Laurindo disse:

    Para além do conteúdo da coluna, realça a imparcialidade do profissional. Essa é uma das mais básicas das condutas do jornalista. Parabéns por me dar alguma expectativa, ainda, nessa profissão. Quanto ao demais, texto oportuno e elucidativo.

  22. Parabéns pelo comentário, Kennedy Alencar. Como de costume fundamentado, equilibrado e elegante. Isso é jornalismo de qualidade.

    • Valeu, Antonio. Boa noite. Abs

    • p/ Antonio Carlos Egypto. disse:

      Em primeiro lugar, entendi que não foi o Kennedy o autor do comentário.
      Em segundo lugar, creio, dona Dilma está é preocupada nos investimentos que o Brasil anda fazendo num navio que, com certeza, está indo para o fundo do lodo…
      Em terceiro lugar você tem todo o direito de achar correto o comentário que, mais uma vez alerto, parece não ser do Kennedy.

  23. jorge guimarães disse:

    Estive na Venezuela em 2012 e fiquei assustado com a desordem.
    O povo descrente, os jovens sem rumo e o governo Chaves já bastante desgastado em alta. De lá para cá as coisas pioraram pois Madura não consegue sustentar a iamgem outrora criada pelo Chavismo. Como se diz popularmente “a mentira tem pernas curtas”; esse sistema está fadado a desmoronar. As reformas sociais, o lado bom da revolução Bolivariana vai se perder. O nosso governo precisa intervir, sem interferir na soberania Venezuelana e isso a presidenta Dilma sabe fazer muito bem, concordo.

    • Sidnei disse:

      . De lá para cá as coisas pioraram pois Madura não consegue sustentar a iamgem outrora criada pelo Chavismo.

      Se tudo isso é verdade, que tal esperar e ganhar as eleições de forma democratica.

  24. Allan Cesar disse:

    Não há imparcialidade nas palavras do texto…é como se justificando os atos viciados daquele governo preocupado com os interesses financeiros locais. São pensamentos assim que estão justificando Síria, Criméia e outros…enquanto isso, famílias sofrem…crianças sofrem. Não há justificativa para corrupção e para totalitarismo. Não, não faz certo nosso governo. Este deve assumir posição de Estado-Mor desse hemisfério (sem imperialismos), dadas as suas dimensões e, como tal, deve agir, a menos esteja realmente compactuando com o cajado ditatorial que se lhe apresenta ào povo venezuelano. E…os intelectuais estão certos sim, afinal, quem mais tem o poder de sopesar atitudes viciadas senão os intelectuais? Os humildes não conseguem fazer esse cálculo eis que se encontram em cruel situação de baixo grau educacional e necessidades básicas comprometidas. E, os intelectuais que não estão reclamando é porque, em regra, estão de alguma forma envolvidos vilipendiando aquele Estado em um processo de autofagia social.
    Vi outrossim que o texto não é do Dr Kennedy mas do Sr Valter. Bem, independente de que tenha escrito, respeito o posicionamento, em que pese discordar.
    Saudações à todos e um excelente fim de semana.

  25. Hebert de Simas Mayer disse:

    Poxa!… Mto bom, o seu comentário. As duas ou três vezes q tentei participar, foram quase q traumáticas… Acho q fui defenestrado, sem o menor respeito. Acontece q procuro ser justo e vc, cara, foi bem feliz. Beleza: existem erros gravíssimos no Estado Venezuelano. Porém, mtas das políticas postas em prática pelo Pres Chaves foram valiosas, integrando as camadas menos favorecidas do povo, ao todo nacional. Mas, as Instituições por lá, me parecem frágeis, deliberadamente. Então, o melhor seria, agora, é salvar a Democracia e torná-la uma normalidade. Parece, mesmo, q o mais racional e justo, seria o diálogo. Oposição e Governistas precisam se dar a oportunidade do entendimento e respeito, mútuo, q é o futuro da Nação Venezuelana.
    Qdo o Brasil opta pelo caminho do diálogo, sabe mto bem q estaria indo de encontro de seus interesses, próprios; além, de preservar a integridade da Nação Venezuelana. no seio do Mercosul.
    Qto ao jornalista, Kennedy, fica a expectativa de outros artigos lúcidos, como este, agora. Parabéns

  26. Pedro disse:

    A culpa sempre é das elites, né. Aqui é tudo igual, o país sendo desmantelado, e ainda temos que ouvir a lorota dos pessimistas, das elites, blá, blá, blá. É cula das elites a falta de papel higiênico, a inflação descontrolada e a violência na repressão de quem não concorda com o governo na Venezuela.
    Aqui por exemplo, o Lula e a Dilma tiveram todas as chances de fazer uma real distribuição de renda, com reforma tributária, taxações de grandes riquezas e com créditos para pequenas empresas pelo BNDES. Mas não fez nada disso, e ainda usou o BNDES para aumentar os oligopólios, aumentar o poder e riqueza de gente como o Eike Batista, enquanto os pequenos produtores e pequenas empresas estão lutando para sobreviver. Aliás, a inflação da Dilma e o aumento do dólar automaticamente jogou milhões de volta à pobreza, o que ninguém parece ter percebido.

  27. Esequiel disse:

    A quietude diplomática do Brasil é de dar nojo, não há nada mais nefasto do que ficar observando a crise no país vizinho e ficar tomando medidas burocráticas sem nenhum efeito, o povo venezuelano vai colher sua péssima colheita de anos de populismo; essa tese do americano esperando o desenrolar dos fatos para ter melhor liderança na região não cola, com menor necessidade de petróleo por parte dos EUA por causa do gás de xisto com certeza eles vão ficar esperando a Venezuela cair de joelhos.

  28. Carlos Alberto Pires da Silva disse:

    Eu pensava em fazer um comentário, mas lendo o que escreveram os nobres comentaristas Daniel Rocha e o Ricardo só me resta acompanhar o voto dos digníssimos e esclarecidos colegas.
    É como voto Sr. bloguesquerdista. Desculpem-me o neologismo.
    OBS. Caríssima Renata você está coberta de razão, mas não podemos generalizar. O bloguista e seus mujiques aproveitaram a deixa e entraram com tudo na semeadura ideológica. Deixemos as ervas daninha crescerem juntas com as boas sementes. Na seara tomaremos o cuidado de amarrá-las em feixes e atirá-las ao fogo.

  29. Sidney Lima disse:

    Pelo que entendi a análise é sobre a interferência ou não do Brasil no conflito, debaixo do amparo da Unasul, e em contraponto a OEA, sabidamente guiada pelos EUA, via Panamá. A interferência do Brasil pode gerar radicalização maior da oposição ou do governo, caso não se defenda a manutenção dos meios institucionais para o diálogo. A única forma razoável é que o mesmo interlocutor seja aceito pelo governo e oposição. Claro que a situação econômica na Venezuela não é boa, aliás, é ruim mesmo. Todos sabem disso. O objetivo, no entanto, é evitar o que vem acontecendo na América Latina, décadas após décadas, ou seja, golpes, mesmo aqueles disfarçados de institucionais (deposição duvidosa por congressos). Já foi assim no Paraguai (2012), e militares já ocorreram em Honduras (2009) e na própria Venezuela (2002). Importante observar que todos esses tiveram o respaldo imediato dos EUA, daí a desconfiança da Venezuela. Nesse país a última eleição teve um placar apertado e não seria difícil à oposição vencer a próxima, ajudada pelo desastre econômico do atual governo, se assim terminar. Passar por cima disso é tirar a legitimidade do próximo governo, inclusive o de oposição.

  30. antonio barbosa disse:

    Que triste sr. jornalista, seus comentários dão o tom de sua tendência comunista. Quer dizer então que quando a PM no Brasil bate em black blocs ela é violenta e precisa ser destruída, mas quando são os comunistas venezuelanos tudo bem, porque os outros são e serão sempre golpistas. Quer dizer então que o PT, PSTU, PC do B, PCO, PSOL são todos golpistas? As elites das quais se inclui o Lula, seu filho, a patricinha do planalto Martaxa são o mal do mundo? Ganhar honestamente o dinheiro significa ser elite medonha, caricata. Entretanto ser vagabundo, acomodado, e traiçoeiro como os comunistas tudo bem? Os otários trabalham por eles? Como na Rússia que mantinha cientistas sob chibata? Que é isso sr. jornalista, nem tanto ao mar e nem tanto a terra. Quem tem interesses em país ditatorial como Cuba que invadiu a Venezuela é o Brasil dos comunistas. O Brasil verde e amarelo despreza a ditadura seja ela qual for e nunca na história deste país passamos tanta vergonha como agora em âmbito internacional. Lamentável seus comentários.

    • Antenor disse:

      Sr. Antônio Barbosa, parabenizo-lhe pela coerência e assertiva sobre o assunto.
      Há muito penso como o senhor.
      O Brasil (leia-se, maioria dos brasileiros)está inerte e como que “anestesiada”.

  31. Fabiano disse:

    Depois deste post, ‘Kennedy’ devia mudar seu nome para Chavez Alencar ou Fidel Alencar..

  32. Tiago de Souza da Silva disse:

    Em outras palavras, você defende que o país deveria ser oportunista e conivente com o regime venezuelano, em meio a tantas mazelas e excessos porque o PT fez investimentos significativos na Venezuela? Tá serto

  33. Diogo disse:

    É lamentável que um jornalista como o Sr., possa defender ditaduras como existem na Venezuela, Equador…sem falar que desde que o PT governa o Brasil quer se aliar a tudo que é contra os USA, por exemplo o que ganhamos financiando portos em Cuba, se os do Brasil são sucateados?Antes de querermos dá uma de USA, investindo em tudo em que é país afora, vamos melhorar a infraestrutura brasileira que anda péssima por sinal. Essa esquerda só está trazendo atrasos para a América Latina como um todo, veja os índices de violência, etc.

  34. Luiz Sérgio disse:

    Ao testemunhar, Dilma investindo em Cuba, Lula sendo cabo eleitoral de Chaves na época, o PT tento de todas as formas censurar a mídia (a pouca que resta que é crítica), agora com o projeto da Internet, amigo de Kadafi, Irã, Bolívia, que deu um verdadeiro golpe na Petrobás, colocou o exército dentro da empresa (uma afronta direta), o Paraguai que rasgou o contrato que tinha com o Brasil de Itaipú, e todos disseram que estava certo. A escravidão dos médicos Cubanos, além de manipular o TST para livrar a cara dos julgados no mensalão, e o estimado Kennedy, vem dizer que Dilma age bem…Realmente estamos no Brasil, caminhando para uma Venezuela ou muito pior Cuba. Lamentável tal comentário.

  35. FERNANDO disse:

    Para Jorge Luis e Daniel Rocha. Vocês vivem no catelo da Cinderela, ou em Higienopolis, pequena parte privilegiada da população paulista? O Senhor Kennedy não é de esquerda. Ele e o seu site são de direita, como a Folha de Sp eo Globo , no Rio.Mas vocês que não percebem que são de extrema direita, o que existia na Alemnha de 1939 a 1945.

    • antonio barbosa disse:

      Fernando, você deveria ler mais, se instruir mais, aprofundar seus conhecimentos sobre o que significou o movimento bolchevique na Russia. Todo comunismo emana da Russia dos e dos ditames Marxistas para a ascensão do proletariado. Isto é péssimo. Ao invés de buscarmos inspiração no movimento Russo, porque não o buscamos nas democracias socialistas da Suécia, por exemplo? Fernando eu votei no Lula em 2002. Eu assistia todos os programas Roda Viva em que ele participava e foram muitos antes de ser eleito. Eu tenho gravado muitos destes programas e as falas do Lula eram outras. Foi o Duda Mendonça quem ensinou ao Lula dizer o que o povo queria ouvir, mas jamais dizer a verdade. Eu e todas as pessoas que possuem um pouco de cultura se viram enganadas por ele. Tudo que queríamos mudar do governo Fernando Henrique foi mantido e aprofundado e nada, nem uma reforma sequer, foi feita. O Lula surfou em uma onda econômica poucas vezes assistida no mundo até a crise de 2008 e ele poderia ter feito tudo que prometeu, mas infelizmente, preferiu enriquecer a si e seus pares e partir para a comunização do Brasil. Assista as falas dele no Foro São Paulo e veja como ele mentiu para os brasileiros. Os brasileiros são do verde e do amarelo e não precisamos de ideologias baratas herdadas de revoluções sangrentas que só criaram ódios e revoltas aonde quer que tenham acontecido. Lula e Dilma tiveram sua chance, assim como Collor, mas preferiram trilhar o perigoso caminho das comunização. Espero que os brasileiros patriotas enxerguem o que acontece hoje na Venezuela e entendam que nenhum regime de exceção tem duração. Roma dominou o mundo civilizado por mais de 500 anos e nem por isso falamos latim. É chegada a hora de mudar e creio que o Eduardo e a Marina são uma grande opção.

      • Fernando disse:

        Prezado Sr. Antonio Barbosa. concordo com sua fundamentação historica de os comunistas surgiram da Russia. Mas onde o Sr vê Comunismo hoje? No Brasil, na Venezuela? O comunismo nem chegou perto. De outubro de 1917 da Revolução Russa , o que chegou aqui? Somente um vento soprado com Guerra Fria depois de 1945. Ideias chegam a todo lugar, e a pratica houve no Hemiferio Sul? So em Cuba isolada., que está no hemisferio Norte. O Sr. mesmo falou que o Sr Lula mentiu, o Sr acha que o PT é de esquerda e comunista?O PT. chegou ao poder aliado ao poder economico dos banqueiros e e industriais, lembra-se do Sr, Alencar,k vice – presidente? O PT é situação, não é de esquerda e nem comunista.Mas voltando ao Comunismo e seu legado a Europa Ocidental que foi o bem estar social conquistado, para o Comunismo não avançar. Não indico voto Cade o bem estar social proposto pelo PSDB? Não existe eles são liberais, não querem o Estado intervindo na Economia. Mas reconheça Sr. Barbosa, o grande legado que o ” mentiroso “, nas sua palavras,Sr. Lula deixou. Grande inclusão social, com 70 reais de Bolsa Familia. Quanta gente entrou para o mercado consumidor, quanta gente entrou para o mercado de trabalho. O Sr acha que o Lula , a Dilma vão resolver problema de 500 anos de Brasil? O Sr. acha que com 200 milhões de habitantes o caudilhista , ou coronel Eduardo Campos vai resolver os problemas do pais? O Sr acha que teremos o bem estar social da Suecia? Veja bem em que votar, sei que o voto é secreto e de direito, mas lembra-se do desbravador chamado Fernando Collor?Não indico voto a ninguem , pois seria propanaganda eleitoral. mas onde esta o PSDB de São Paulo? Com a maior parte de dinheiro do pais podendo ser um laboratorio na saude , na educação, nos transportes etc , o que fizeram ? nada , Sr.Demonizaram os funcionarios publicos classificando como não produtivos. O Sr. acha que o Estado é uma empresa? Ou, Estado tem o seu papel social? A partir dai ver , pensar escolher.O Sr. quer falar de corrupção? Qual sigla desse pais esta imune?Para terminar garanto ao Sr que a Zona do Meretricio não tem virgens.

  36. Francisco disse:

    Todas essas pessoas: Maduro, Cristina, Dilma e Obama foram eleitas pelo voto universal democrático em sociedades dotadas de pluripartidarismo e plena liberdade de expressão.

    Quem chama esses lugares de ditaduras não faz ideia do que seja uma ditadura. Ditadura é um regime em que uma minoria de pessoas que se julga mais inteligente e clarividente que o resto da patuleia acredita que tem a resposta para tudo.

    Aguarde a próxima eleição, use a mídia livre de que dispõe e tente arranjar votos contrários. Se não conseguir, não precisa ajudar mas é de elegância, não atrapalhar.

    De todos os tipos de jogadores um dos mais indigestos é aquele que não aceita ser minoria nunca e tudo quer levar para o “tapetão”. Ou para os quartéis…

    Se Dilma, Maduro, Chávez, Lula, eleitos pelo voto universal e combate furioso da mídia (livre, portanto) são ditadores, que se pode pensar de quem quer remove-los? São “democratas”?

  37. Ed Lopes disse:

    Washington deseja mais investimentos americanos e menos brasileiros???
    É essa a motivação de uma conspiração?
    Para mim é uma afirmação sem nenhuma base.
    Há muitas oportunidades melhores de investimento pelo mundo.
    Pelo que sei, enquanto discutimos sobre o nosso pré-sal, os EUA fizeram uma reformulação de toda sua matriz energética, com o desenvolvimento da extração de gás e petróleo do xisto. Hoje tem o gás mais barato do mundo, em grandes quantidades. Também estão evoluindo para se tornarem o maior produtor de petróleo do mundo.
    Quanto ao Brasil, acabamos de vender o campo de libra ao estrangeiros… Seria melhor que investir na Venezuela, mas era necessário diminuir o rombo das contas de 2013 do governo…
    Quanto ao papel de líder da América do Sul que seria conferido ao Brasil, simplesmente não temos competência para isso. Não somos capazes de mudar o destino dos países para aquilo que consideramos o bem maior, nesse caso poderia ser a favor ou contra maduro.
    Quem sabe? quem conseguirá extrair essa resposta do governo?
    Pessoalmente, penso que o melhor seria a condição em que o povo pudesse contar com um governo honesto e transparente, que assegure democracia, liberdade e justiça. Essas são condições primárias para que ocorra investimentos no país.
    colocar dinheiro em países como Venezuela, Cuba, Bolívia e outros é como comprar muito capim e colocar fogo nele.

  38. Rossiline Lunar disse:

    Esse governo está acertando em Cuba, na Bolívia e na Venezuela… E quanto aos investimentos nas redes públicas de educação, saúde, segurança, meios de transportes, apagões, corrupção, desvio de verbas públicas, etc. no próprio país, por que ele não tenta acertar???? Parece um tanto disperso pensar que o próprio país um caos e o governo pensando em resolver problemas que não auxilia a população que o elegeu, igualmente a empatia deve ser usada nesse caso e pensar que 99,99% da população está esquecida nas visões governamentais ou sendo manipulado por auxílios financeiros que criam cabrestos políticos.

  39. Magnos Augusto de Lima disse:

    Perfeito! Não há muito do que dizer. O chavismo é o resultado de décadas de abandono do povo pelos governantes, tanto o chavismo como os golpistas estão errados. A Venezuela deveria seguir com políticas de apoio aos mais necessitados sem contudo precisar de um líder populista como Chave ou Maduro.

  40. Amauri disse:

    Análise totalmente equivocada típico de quem desconhece a realidade. Sugiro a este jornalista ao mesno dar um pulo lá na Venezuela e ver de perto o que se passa

  41. JOSE CARLOS CESARIO disse:

    Interessante, estes pensamentos “elite” / “pobreza”, quando acompanhamos um país dominado por uma incompetência sem precedentes, com a DROGAS dominando o país de N a S, a EDUCAÇÃO em 2º plano, o ASSISTENCIALISMO das “bolsas” cada vez maior para dominar politicamente os menos favorecidos, a impunidade em todos os níveis, desde os mensaleiros ao menor que mata e é solto, falta de planejamento para o crescimento sustentado e pensando no futuro. O futuro desejado hoje é a perpetuação do poder de DILMA. Este papo pobre do ilustre jornalista que EUA está querendo o petróleo da VENEZUELA e que o BRASIL é sim é o mais forte, demonstra claramente o desejo da perpetuação de poder que ele, PHA e outros “jornalistas” desejam.O site IG está tendencioso, e tenho acompanhado, pois tenho e-mail, minha página principal…. O que ocorre? Kennedy, você é um excelente jornalista e não precisa de se expor desta forma. Pense, como jornalista, há muitos pontos que construtivamente poderás ajudar o BRASIL, sem ser Dilma/Lula/mensaleiros, ou Aécio/FHC ou Eduardo Campos/Marina. Divulgue com todo o seu know how, caminhos e soluções para o crescimento de nosso país. Falar no teu artigo que o mensalão foi julgado com EQUILIBRIO, quer insinuar que é JOAQUIM BARBOSA é desiquilibrado, bem como os que na 1ª fase do julgamento, após um trabalho contra o gigante PT do poder, fez com que estes condenados fossem encarcerados… PENSE PELO BRASIL, E NÃO POR INTERESSE…. Um abraço

  42. Amauri disse:

    Análise totalmente equivocada típico de quem desconhece a realidade. Sugiro a este jornalista ao mesno dar um pulo lá na Venezuela e ver de perto o que se passa lá.

  43. vitor disse:

    “Se Dilma, Maduro, Chávez, Lula, eleitos pelo voto universal e combate furioso da mídia (livre, portanto) são ditadores, que se pode pensar de quem quer remove-los? São “democratas”?”
    Típico pensamento ditador onde não se pode escolher outra opção ,’remove-los’ significa mudar,alternar,escolher demonstrar que existe uma grande parte da população que não concorda com a situação atula.
    Maduro esta colhendo o resultado de um pensamento igual ao seu.

  44. Pedro H. Echeverria disse:

    Sr. Kennedy.
    Seu comentário da para ver que é feito a distancia e não de uma visita a Venezuela.
    O Sr. não comenta sobre o apoio das tropas cubanas que estão ajudando a reprimir as manifestações populares da população contra o Sr. Maduro, as milicias armadas de Maduro, o povo Venezuelano não tem meios de conseguir armas. No comenta a falta de alimentos da população, (lembra o episodio do papel higiênico) isso se aplica para o arroz o azeite a leite a carne etc. etc. etc.
    A falta de médicos para atendimento de feridos ocasionados pelas milicias de Maduro (lembra da morte da modelo).
    Se preocupa dos investimentos de Brasil na Venezuela sem sem se importar do sofrimento do povo Venezuelano.
    Brasil a investido e muito de nosso dinheiro (nosso por ser contribuinte) em Venezuela e em minha ignorância de ver tem pleno direito a entrar de “de sola” e não “de salto alto” em Venezuela porque sino será Cuba que entrara antes de Brasil.
    E os calotes que Brasil levou da Bolívia (episodio do gás natural).
    O aumento impositor da tarifa da energia elétrica que Paraguai vende ao Brasil.
    O fechamento para certos produtos exportados para Argentina.
    Acho que Brasil esta muito diplomático sem tomar medidas para defender nossos direitos e ajudar a um povo tão sofredor como Brasil que é o Venezuelano.
    Se conseguir enviarei para o Sr. uma foto do recebimento de Maduro das tropas cubanas.
    Atenciosamente.
    Um ignorante Latino-americano.

  45. Luiz disse:

    Quer dizer que na Venezuela só a oposição é golpista? E os chavistas que promoveram inúmeras mudanças institucionais para governar de forma autoritária, sem falar das fraudes nas eleições.
    Quanto a dilma/lula/pt/et caterva, eles já abandonaram há muito tempo a ética e os valores democráticos.
    Não se deve esquecer também que Chávez sempre foi uma fonte inesgotável de $ para Fidel,Kirchner e o pt.
    Esse artigo, Kennedy, demonstra que quem tem o dom da palavra como você, pode usá-lo para apoiar qualquer tipo de mistificação e bandidagem. Em nenhum momento você demonstra preocupação com o autoritarismo, a violência e a corrupção governamental que grassam na Venezuela e no governo brasileiro.
    É impossível ler isso e não sentir nojo.

  46. Leonardo disse:

    O problema são os dois pesos e duas medidas. Por que a mesma atuação, celebrada por você, não ocorreu nos casos de Honduras e Paraguai?

  47. leandro souza disse:

    parabéns Kennedy: excelente como lhe é peculiar, o artigo. a força do dialogo é mais importante do que a do militarismo norte americano. e o Brasil tem dialogado bem com o mundo.

  48. Marco Mesquita disse:

    Pensei que tivessem publicado o título da matéria erroneamente, antes fosse, sinto vergonha do meu país se alinhar com Venezuela, Cuba, Bolívia, Equador

  49. Emerson Leite disse:

    Também tenho percebido que esse “blog” tem tomado direções inadequadas e muito “tendenciosas” (de esquerda) para o meu gosto. Ficar aplaudindo regimes comunistas é o mesmo que dar um “cheque em branco” para mais incursões “comuna” em nosso país. O que está por trás do “Comunismo atual” não é a idéia de igualitarismo para todos e sim a idéia de poder que muitas mentes deturpadas, doentes, insanas tem em querer implantar a “lei da força” em países onde o povo, em sua maioria, tem pouca inteligência ou discernimento para entender que esse “regime de poder”, que aos poucos vai se instalando, só traria desgraça, cativeiro, escravidão a um povo. Lembremo-nos dos tempos da Roma antiga: Nero dava pão e circo (arenas com embates sangrentos entre gladiadores e animais – o “Coliseu”) para o povo e, com isso ele teve o apoio, por algum tempo, do povo. Podemos projetar o “passado” à realidade do mundo atual.

  50. Carlos Alberto disse:

    Falar em elite é uma trapaça….um jogo sujo. Quem são as elites??? Sou um classe média
    sacrificado – apto financiado, carro financiado, etc. boto sangue pela boca para manter
    um padrão de vida razoável, mas para os mais pobres eu sou ELITE. Já a classe média acha
    que elite são os grandes empresários, banqueiros, etc….e assim, montado nessa farsa os
    governos populistas vão jogando uma classe contra outra e manobrando as massas. É isso aí!

  51. sérgio disse:

    Ótimo texto. Esclarecedor.

  52. Carlos N Mendes disse:

    Ou você foi muito esquerdista ou minha percepção do jornalismo brasileiro está a tal ponto vacinada contra as baboseiras que ando lendo que qualquer artigo que não contenha ‘petralha’ ou ‘mensaleiro’ me parece uma reportagm bem feita.

  53. Kennedy, a sua análise foi irretocável, eis que retrata com fidelidade o atual momento político existente na Venezuela.

    Infelizmente, pessoas como Daniel, Ricardo e, notadamente, Carlos Alberto Pires,que em total desrespeito à liberdade de expressão, intitula o seu blog como blogesquerdistas.

    Não satisfeito,clama quesoas que dele pensam diferente,
    sejam eliminadas, amarrando-as em feixes e atiradas ao fogo.

    Isso nos faz lembrar, remotamente, na inquisição, e em um passado recente de triste memória, no atentado do Rio Centro e no caso Para-sar (explosão de bomba no Rio Centro.

  54. Jose Maria disse:

    É bom ser verdadeiro, o Paraguai está melhor que antes, e a Venezuela, governada a princípio por Hugo demagogo e cínico, Hugo Chávez, que junto com Fidel influenciaram a Evo Morales a encampar, tomar, os investimentos da Petrobras na Bolívia, ocasionando bilhões de Dólares em prejuízo para o Brasil, calote que foi que foi deixado pra lá, por Lula da Silva. Agora temos o cenário grotesco de um indivíduo mal preparado, igual os petistas daqui, que inferniza e está deixando o país em polvorosa, a beira da falência, onde falta até papel higiênico. Comunismo já é coisa do passado, derrotado em todo o mundo, prevalecendo apenas em países como Cuba, Coréia do Norte e a mesclada China capitalista/comunista. Viva o povo que tem direito a liberdade, os venezuelanos. Abaixo, Maduro e sua revolução comunista bolivariana!!!

  55. JOAQUIM MOURA DO NASCIMENTO disse:

    Os resultados de agora são sim, de práticas passadas.
    E as práticas políticas do Brasil, até pouco tempo, eram totalmente desfavoráveis a pobres.O que ofereciam a pobre era apenas muitas falácias, demmagogias, dentaduras em troca de escravismo eleitoral( cabresto) etc…Restava à maioria do povo apenas as cascas podres jogadas das janelas das elites, que se esbaldavam com todo o miolo…
    Graças a bolsas sei lá das quantas e outros programas sociais petistas é que a coisa se equilibrou mais um pouquinho, porque o negócio era bravo para a ala desagraciada…
    Não entendo por que isso incomoda tanto. Ambição tem limite, briga política também.
    Corrução existe em todos os partidos, e nos mais de 500 anos de mandatos elitistas, não se vê na história punições assim tão fervorosas de corruptos na política, nem tantas menções assim.
    Se é para punir corrupto e malfeitor vamos punir a todos sem olhar cor nem partido. Falar grosso com mensaleiro petista ao mesmo tempo que paparica partidos que têm seus corruptos blindados, protegidos e esquecidos é fazer justiça? É combater crimes? Isso se chama mesmo é briga política. Prender mansaleiro petista e esquecer e abrandar a culpa dos mensaleiros do PSDB mineiro e os da privataria ( que nem foram tocados) , os anões do orçamento etc não é fazer justiça, isso é vingança, despeita e dor de cotovelo. E vingança não faz bem ao nosso país. Nosso país precisa combater todos os crimes, inclusive as corruções, mas dentro da justiça, seja de que partido for.

  56. Wison disse:

    Neste ritmo a democracia do Sr Maduro vai matar a mesma quantidade de opositores em um ano do que a ditadura brasileira fez e 20. E vocês defendendo esta vergonha…

    Qual a diferença entre um motoqueiros que dispara contra a população, e um milico que põe uma bomba em um puma.
    Um é democracia amiga, o outro é ditadura…kkk que piada este seu blog.

  57. Paulo Victor de Souza Rocha disse:

    Gostei de seu comentário: equilibrado, ponderado e pragmático. Nem tanto à direita, nem tanto à esquerda.

    É uma pena que analistas políticos da sua envergadura não tenham maior espaço no jornalismo brasileiro.

    O que tem predominado na mídia – pelo menos é o que eu tenho observado – é uma visão inteiramente desfavorável ao governo de Maduro, sem considerar o complexo contexto político e a recente história do país vizinho.

    Em poucas palavras, sua análise descortinou panoramicamente o problema.

    Parabéns!

  58. Ricatdo disse:

    Por incríivel que pareça o Kennedy em um momento de lucidez, para o desespero dos ignorantes, acerta em cheio seu comentário. A fomentação de “Golpes de estado Branco” é forma mais barata e fácil das elites, sim cambada, elites, elas estão aí, são em menor número, elas fazem suas fortunas em cima de seu lombo, multiplicam suas fortunas em detrimento de sua saúde, do bem estar de sua família e por mais por incrível que pareça consegue fazer boa parte da cabeça da galera proletariada, trabalhadora, honesta. Porra, quando se consegue mudar, por um pouco que seja as regras marcadas desse jogo sujo, os poderosos se insurgem com a ajuda dos explorados, sempre com o mesmo argumento, corrupção e ameaça as instituições democráticas,etc, balela, mentira. isso não lembra 1964?
    Acordem seus explorados.
    Parabéns a moçada cabeça, com relação aos coxinhas manipulados…., só tenho a lamentar.

  59. Carlos Alberto Pires da Silva disse:

    Sérgio até quando abusarás de nossa paciência? Você já ouviu falar em metáforas? Creio que não.
    No Wikipédia metáfora (figura de estilo) quer dizer:
    É a palavra ou expressão que produz sentidos figurados por meio de comparações implícitas. Ela pode dar um duplo sentido à frase.
    Exemplo: “Amor é fogo que arde sem se ver.”
    — Luís de Camões.
    Você lendo Luis de Camões, acho que é exigir demais, a sua pobre exegese irá inferir que o amor é inquisitorial, porque é um fogo que arde.
    Outra escorregada feia foi a sua asserção em dizer que taxei o blog como esquerdista. Se assim procedesse estaria cometendo um pleonasmo outra figura de sintaxe ou de construção.
    Para seu esclarecimento referi-me às claras conotações ideológicas do Sr.Kennedy.
    Você deixa transparecer, pela sua ignorância, ser ateu ou beato do cristianismo que jamais leu a Bíblia. A passagem a que me referi nada tem haver com auto-de-fé da Inquisição, posto que abomino sobremodo essa prática instituída pela Igreja Católica, Apostólica, Romana oficializada em 1186.
    Seria uma incoerência se eu fosse apologista dessa barbárie, visto que sou B´nei Anussim. Para seu parco conhecimento B´nei Anussim refere-se a filhos dos forçados a aceitar o batismo pela Igreja pagã fundada por Constantino séc. III.
    Depois de uma leve pincelada pela gramática da língua portuguesa. Um passeio pela história. Nada nos impede de atentarmos para vida espiritual.
    Quando me referi:… Na seara tomaremos o cuidado de amarrá-las em feixes e atirá-las ao fogo, outra coisa não fiz senão utilizar-me dos recursos da língua portuguesa lançando mão da figura de retórica. (Metáfora)
    Essa passagem você encontrará em Mateus 30:24-30. Por favor, leia.
    Quis dizer o seguinte: Nem todos os petistas são ervas daninhas que cresceram juntas com a boa semente. Extirpá-los agora poderíamos incorrer num grande erro.
    Já imaginou se nivelássemos por baixo no passado? Teríamos ceifado e lançado no Sheol o digníssimo Dr. Hélio Bicudo, Plínio Sampaio de demais dissidentes.
    Obs. Solicito ao bloguista que publique a réplica

  60. Everson disse:

    Só faço uma pergunta a todos(as): Será que para o Maduro e seus asseclas esta faltando produtos básicos como papel higiênico??? Será que estão passando as mesmas dificuldades de seu eleitorado??? Tal lá como aqui e em Cuba ou é/será igual, ao rei e seus nobres não falta nada, já a plebe!!! Vejam exemplo de nossos honestíssimos políticos!!!

  61. Claudio Franceschi disse:

    Parabéns ao autor de assumir a coragem de comentar algo mais lúcido em relação aos demais jornalistas. Todas os “golpes” democráticos recentes:Egito, Líbia e Síria se tornaram sangrantes e ineficazes, os países regrediram. Acho que neste caso o melhor é o diálogo. Em relação à ultima frase:o pessoal não conhece a história da Venezuela, não sabe que havia e há sim uma elite dominante forjada na era anterior a Chaves.E que ha hoje uma divisão clara , quase 50%/50% sim. Em 3 anos há possibilidade de trocar o governo, a via democrática é mais viável sempre.

  62. 9 dedos disse:

    este poste chamado Dilma tem que resolver os problemas nacionais..ñ Venez.. fora quadrilha!!

  63. sebastiao garcia disse:

    o caminho para nós que nascemos pobres é o estudo e o trabalho, com muito esforço pessoal consegui me formar sem cota ( porque não sou negro e nem indio )o que sou totalmente contra , pois meus impostos valem tanto quanto os dos cotistas ,hoje o governo oferece bolsas na midia mas na realidade é bem dificil conseguir ,pois exigem coisas impossíveis ,não seria necessário cotas se tivesse uma educação de qualidade

  64. Carlos Alberto Pires da Silva disse:

    Agradeço-lhe Kennedy pela publicação da réplica Se porventura extravaso nas duras verdades não pense que sou seu inimigo. O que odeia dissimula com os lábios, mas trama o engano em seu íntimo. Quando elogia, não o creias, porque há sete abominações em seu coração. (Prov. 26:24-25).
    Mudando de pau para cacete rendamos homenagens ao Sebastião.
    Caro amigo Sebastião Garcia com certeza sua luta deve ter sido enorme. Para chegar aonde você chegou obstáculos não faltaram, mas o importante é que você combateu o bom combate e venceu com honestidade.
    Lembre-se da luta que o digníssimo Senhor Ministro Joaquim Barbosa deve ter travado para chegar ao cargo máximo da Suprema Corte do nosso País.
    Conta-se que o seu ideal era a carreira diplomática. “Teve sucesso em todas as etapas, mas acabou reprovado na entrevista — fracasso que sempre atribuiu ao racismo dos responsáveis pela seleção.” (Helena Mader Publicação: 08/10/2012 07:53).
    Além do ensino público precário em uma cidadezinha do interior de Minas Gerais ainda enfrentou o elitismo execrável do Instituto Rio Branco.
    Outros mais lutaram arduamente para chegar a posições relevantes como o ex-presidente Juscelino Kubitschek de saudosa memória.
    Como toda regra há exceção, um certo metalúrgico se aproveitando do desgaste da política contencionista dos meios de pagamento do seu antecessor, para conter a inflação, aliada à fragilidade do concorrente conseguiu através de recursos excusos e outras maracutaias mais eleger-se presidente da república sem a mínima capacidade para o cargo.
    Essa incapacidade já dura 12 anos com possibilidade de prorrogação por mais quatro anos.

  65. J. C. Piovesan disse:

    O Brasil é exemplar em tratar os povos mais pobres com dignidade, pois já sofreu como colônia desde a descoberta e até recentemente com a “Polícia do Planeta”- Leia-se “USA”.

    O Brasil tenta de todas as maneiras ocupar uma cadeira no conselho de Segurança da ONU.O Brasil Alerta os demais que é inconcebível que apenas 5 Países dirijam os destinos do Planeta e da Humanidade.
    Isto posto, AFIRMO QUE A CULPA É DAS ELITES – sempre foi e sempre será. Tomo a liberdade de sugerir àqueles que assim não entendem que leiam “ANA KARENINA” de LEON TOLSTÓI. Ali vocês poderão ver a Russia das elites, a Russia indiferente, a Russia insensível para com os trabalhadores e pobres.Em ANA KARENINA , LEON mostra as “ELITES” hipócrita da Russia.

    TOLSTÓI, tentou alertar o CSAR, escrevendo-lhe cartas onde solicitava que se aproximasse de seu povo, que ouvisse os clamores de seu povo. O CSAR teimosamente e se dizendo “UNGIDO” não deu ouvidos ao celebre escritor. E DEU NO QUE DEU.
    Foram as elites, o Csar só ouvia as elites. E DEU NO QUE DEU.66

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-27 04:25:54