aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
13-01-2015, 8h53

Dilma admite reforma política via referendo

Reveja a entrevista concedida em 28/10/2014
6

KENNEDY ALENCAR

Em entrevista ao SBT, a presidente Dilma Rousseff disse que a reforma política pode ser implementada por meio de um plebiscito ou de um referendo. Até então, a presidente pregava apenas o plebiscito.

O referendo é uma consulta popular depois de ser aprovado um projeto pelo Congresso. Já o plebiscito pede que a população aprove tópicos antes de o Congresso analisar a nova legislação. O plebiscito guia a reforma. O referendo a endossa ou reprova.

Na base de apoio da presidente no Congresso, sobretudo no PMDB, há resistência ao plebiscito e preferência pelo referendo.

Dilma também afirmou que poderia convidar o senador Aécio Neves, candidato derrotado do PSDB à Presidência, e a ex-senadora Marina Silva, que disputou o Palácio do Planalto pelo PSB, para conversar sobre a reforma política.

A presidente defendeu a criminalização da homofobia. Afirmou que está bem encaminhada uma visita de Estado a Washington e que terá uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no encontro do G-20 (grupo das 20 maiores economias do planeta), no mês que vem, na Austrália.

Obama telefonou hoje para a presidente, a fim de lhe dar os parabéns pela vitória de domingo. O americano a aconselhou a descansar por uns dias. Dilma passará dois ou três na praia, na Bahia.

Sobre uma nova CPI da Petrobras, a presidente afirmou que não colocará obstáculo, caso o Congresso queira criá-la em 2015. Declarou que não aceitará indicações políticas para estatais no segundo mandato. Ressaltou que, desde 2012, não permite apadrinhamento político na Petrobras.

A presidente disse que chamará empresários para conversar, numa atitude de maior diálogo na comparação com o primeiro mandato.

Veja a íntegra da entrevista ao SBT:

Comentários
6
  1. walter.nobre disse:

    REFORMA POLÍTICA VIA REFERENDO…ELA QUERIA PLEBISCITO, O QUE HOUVE; ELA SABE, ESTE CONGRESSO, E CONJUNTO COM O PLANALTO; VÃO EMPURRAR MAIS UMA VEZ, COM A BARRIGA; HAJA ASSUNTOS…
    ATÉ HJ, SEU GOVERNO NÃO DEIXOU MARCAS POSITIVAS VISÍVEIS; QUANDO SAIR, NÃO DEIXARÁ SAUDADE, MAS ELA SABE DISSO…
    FALTA BOA VONTADE, ECONOMIA, E PLANOS CLAROS…ESTA CONVERSA DE LANÇAR O PAC TRÊS, É MAIS UMA FURADA; NESTE MOMENTO.
    DIGAMOS QUE ELA REALMENTE, FIZESSE FORÇA PARA A REFORMA POLÍTICA; JÁ IMAGINOU, COMO SEU GOVERNO, SERIA VALORIZADO; OS OUTROS TAMBÉM PROMETERAM, E NADA ACONTECEU; SÓ CONVERSA.

  2. toninho flavio disse:

    rachei de rir.

  3. Gesiel disse:

    O povo é a favor da reforma politica ATÉ O MOMENTO em que não chegar no ITEM de FINANCIAMENTO PUBLICO DE CAMPANHA.

  4. BRASILSÃO...LIXÃO... MENSALÃO... PETROLÃO... ELEIÇÃO... MENTIRÃO... INFLAÇÃO... REFERENDÃO... PLEBISCITÃO...LIXÃO...BRASILSÃO... disse:

    O PRINCIPAL PROBLEMA DO GOVERNO DA PRESIDENTE DILMA, NO PRIMEIRO MANDATO, FOI NÃO TER OUVIDO O MELHOR DE TODOS OS CONSELHOS, NO INÍCIO DE SEU PRIMEIRO MANDATO: “PRESIDENTE, LIVRE-SE DO LIXO QUE A CERCA”.
    ALÉM DE NÃO TER SE LIVRADO, SEMPRE QUE INTERVEIO COM A SUBSTITUIÇÃO DE UM LIXO, O FEZ POR OUTRO.
    JUNTANDO OS LIXOS PROVENIENTES DOS COMPROMISSOS PARTIDÁRIOS À LIXAIADA DEIXADA POR SEU ANTECESSOR, NÃO PODERIA HAVER OUTRA CONSEQUÊNCIA: O CAOS DA FEDENTINA EM TODAS AS ÁREAS, PRINCIPALMENTE NA SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA PÚBLICA, VOLTA DA INFLAÇÃO, CORRUPÇÃO ETC.
    SER APENAS UM BOM POLÍTICO, NO CRITÉRIO DE QUANTO MAIS “171”, MELHOR, NÃO É SUFICIENTE, QUANTO AOS RESULTADOS NA EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA PÚBLICA, COMBATE À CORRUPÇÃO ESTABILIDADE ECONÔMICA.
    SEGUIR O MAIOR 171 DA HISTÓRIA ATÉ LHE RENDEU UM SEGUNDO MANDATO, PORÉM AO PREÇO QUE TODOS COMEÇAREMOS A PAGAR AGORA: O PREÇO DA INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA, MÁ CONDUÇÃO DA ECONOMIA E PRINCIPALMENTE O “OSCAR” DA CORRUPÇÃO”.
    ISSO SEM ENTRAR MUITO NOS DETALHES: SEU ANTECESSOR ATÉ ESCAPOU DO MENSALÃO… SÓ QUE PARECE QUE O PETROLÃO VAI FEDER MUITO MAIS!

  5. Pasquale disse:

    Dilma cancela ida para Davos,para prestigiar a posse de EVO MORALES.
    Mudança? Que mudança?
    Vermelhaça,retrógada e continua a mesma.
    Com pode, deixar de ir a Davos????????
    Pobre guerilheira,tens apenas dinheiro…mais nada.

  6. Asteriosvaldo Sacristolimotério de Souza disse:

    Quem sabe não é mais uma grande jogada política da nossa Presidenta, aquela que está passando o Brasil a limpo.

    Lembram que os otários criticavam Cuba, então, olha o caminho da nossa estrada para o Pacífico?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-29 20:48:02