aki

cadastre-se aqui
aki
Política
19-11-2013, 12h35

Dilma age certo em relação ao PT e condenados

Sem juízo, cúpula petista não tem que exigir solidariedade da presidente
37

Se o PT decidiu abraçar o indefensável e atacar um tribunal com a maioria de ministros indicada por presidentes do partido, não pode exigir que Dilma Rousseff o acompanhe no disparate político e institucional.

A presidente da República age certo ao evitar comentários sobre a prisão de réus petistas condenados por corrupção ativa. Dizer o quê? Talvez que mereçam cumprir a pena que o Judiciário entendeu que deveriam cumprir. É assim numa democracia.

Dilma está preocupada com o estado de saúde de José Genoino. Já pediu ao ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, que acompanhe de perto a condição física do ex-presidente do PT. É atitude correta e humanitária.

Genoino e Roberto Jefferson, o delator do mensalão, merecem ter analisados seus pedidos de cumprimento de pena em regime domiciliar, como mereceriam outros condenados e presos em situação semelhante.

Os demais réus petistas que mobilizam a solidariedade do partido, José Dirceu e Delúbio Soares, foram considerados culpados pelo STF. No caso de Dirceu, a defesa alega que não houve prova cabal. Os ministros do STF entenderam que reuniões de Dirceu com Marcos Valério e com Kátia Rabelo e os depoimentos que apontavam que o então ministro da Casa Civil precisava ser consultado nas negociações de Delúbio e do operador do esquema formaram um conjunto de evidências para condená-lo por corrupção ativa.

No julgamento, apenas dois ministros discordaram dessa avaliação: Ricardo Lewandowsky e Dias Toffoli. Esses dois, no entanto, viram provas suficientes contra Delúbio, que gostaria que o caso tivesse virado piada de salão.

Merece reflexão a alegação petista de que só o partido está sendo tratado com rigor. Chegou a hora de votar o mensalão do PSDB. Mas o erro de um não justifica o erro do outro. E o partido que se dizia diferente dos demais não hesitou em cair na gandaia com Marcos Valério. É uma vergonha que ataque o Supremo. É um erro confundir a história do partido, que não é o pai da corrupção brasileira, com o crimes cometidos por seus ex-dirigentes. Isso, sim, é uma forma de criminalizar a legenda inteira.

Se tem faltado juízo ao comando do PT, ainda bem que Dilma compreendeu a gravidade do caso e o tratamento institucional que um presidente da República deve dar a ele.

Comentários
37
  1. Justino Maia disse:

    Kennedy, você é dos poucos comentaristas equilibrados em relação ao tema. Você fala com retidão e expõe de forma desapaixonada o tema. A corrupção brasileira não pertence a nenhum partido político: é de todos, civis e militares……..o resto é linxamento e vingança contra ex-guerrilheiros que se locupletaram. Mais do mesmo.

  2. jose cabral de melo disse:

    eu fico imaginando a cabeca de um juiz corupto ouvindo evidencias tem prova nao , outro dizer eu sei da sua inocencia mas tenho que te condemar , e o supremo tribunal acata e diz que esta fazendo valer a justica , ai de nos asalariado tenho seteza que estamos longe de saber que justica e essa

  3. Eduardo disse:

    O PT tem que cobrar justiça pra todos e NAO tentar mudar o julgamento e inocentar ladroes!!!

    Rumo a um pa´´is MENOS corrupto.

    Abs

  4. edmilson oliveira disse:

    Cada tipo de crime e de criminoso é julgado pelo Tribunal respectivo. No caso do mensalão desses petistas o STF cumpriu o seu dever de julgar e o fez, apesar de o desconhecimento público não saber discernir se o fez bem e acertado, preferindo ressoar que lugar de ladrão é na cadeia mesmo. A Presidenta está mantendo-se (mesmo que para fins públicos propositais) no seu devido lugar. Qualquer preso com problemas de doença tem o direito de receber o devido tratamento pelas instituições públicas, porém, não pelo corpo clínico do Hospital das Clínicas, do Sirio Libanês ou outro de alta qualidade. Experimentem o SUS como todos nós (honestos e pobres) temos que aceitar e dizer amém. Presos são todos iguais. Desejo-lhes uma feliz estada por detrás das grades e quiçá repensem seus atos e atitudes, e aprendam a serem honestos.

  5. Paulo Filho disse:

    Dilma deveria se preocupar com a saúde e a situação degradante dos demais presidiários brasileiros também, e não apenas com o Genoíno. Talvez com a prisão de tantos “graúdos nunca vista antes neste país”, os governos federal e estaduais tomem alguma atitude, senão quando eles saírem da prisão estarão priores do que quando entraram. Essa regra nunca falha no sistema penitenciário brasileiro. Pobres de nós.

  6. Concordo plenamente com os seus comentários. A atitude da Presidenta Dilma está correta. O PT, partido que sempre teve como bandeira a ética, não poderia ter aderido ao chamado esquema Valério, inaugurado pelo PSDB. Errou, é certo, mas tem uma longa trajetória de luta em prol da ética, da moralidade,etc, razão pela qual o povo brasileiro vem sufragando nas urnas os seus canditados à Presidência da República.

  7. Manoel Francisco da Rocha Filho disse:

    A Presidenta., age de forma sensata como todo estadista de respeito tem que agir.

  8. conseonio disse:

    o brasil tem q ser mais rigoroso com os político ladrao

  9. conseonio disse:

    kennedy
    vc é um grande homem
    o brasil precisa de homem como vc
    vc é um grande apresentador

  10. mario disse:

    o simbolo da justiça é claro uma venda nos olhos,se não querem ser punido façam leis que não punam os políticos´pois querem exclusividade!

  11. Roy Miguel Holdorf disse:

    É a primeira opinião sensata, que vi de um membro da imprensa.Parabéns Kennedy. Quanto aos criminosos do mensalão,apostaram que a justiça não os atingiria.
    Acredito que será por pouco tempo que ficarão preso.
    Afinal neste Brasil quem tem um poder e dinheiro, e esta gente tem muito, não fica preso por muito tempo. Mas já é um começo, daqui pra frente os corruptos irão pensar duas vezes, antes de fazer o mal feito

  12. wilson disse:

    A presidenta Dilma não tem que se envolver com o STF.

  13. Paulo disse:

    Agora vamos ter que defender políticos presos? Que armadilha o destino armou para o PT. Pobre rico PT dos trabalhadores. Nunca na história desse país se viu cena tão dantesca.

  14. Elizabete Gomes disse:

    O PT tem toda a razão de se abraçar e atacar os ministros sim, pois eles, principalmente o Sr. Joaquim Barbosa transformaram o julgamento que deveria ser algo sério em um espetáculo barato. O tal Joaquim Barbosa não se conteve em apenas julgar ele quis humilhar, achando que dessa forma seria aclamado por todos os brasileiros. Ele é adorado pela extrema direita, por aqueles que tem ódio do PT. Ele condena os petistas mas é tolerante com a corrupção dos tucanos, tanto que o julgamento do Mensalão Tucano não foi julgado até hoje. Não é a toa que Aécio sonha com este senhor no seu partido. Enquanto JB estiver no comando os tucanos podem dormir em paz. Em relação a Dilma ela não pode se manifestar pois seria crucificada pela mídia, essa mesma mídia que pede o linchamento dos petista mas é conivente com a roubalheira tucana

  15. Flavio Amoedo disse:

    Até que enfim, algo mais inteligente e coerente publicado por aqui.

  16. Marta disse:

    Kennedy, Sempre entendi que você analisava os fatos como se vivesse no Pais… Agora estou percebendo que você já está morando na América do Norte…Você está acreditando no Jefferson que queria desde a muito tempo acabar com o Dirceu. e o PT,porque causa do roubo dos Correios. Ele inventou esta historia… O dinheiro que ele recebeu,do PT para a eleição dos governadores, não devolveu….E fez acusação como se tivesse outra finalidade….Você acredita na mídia,mesmo sabendo que temos o pior jornalismo das Américas.Você foi engolido…

  17. Flavio Amoedo disse:

    Já que os comentários passam por moderação(censura), não há necessidade de publicar este.
    Então, faço uma pergunta:
    -Não dá para melhorar a redação?
    Uma boa aplicação da gramática, não faz mal a ninguém, nem ao redator nem ao leitor.
    Aliás, um formador de opinião se faz melhor entender quando melhor se expressa.

  18. moises disse:

    A presidente Dilma não tem que se preocupar apenas,com José Genoino, nem com os outros presos, vamos para de tratar os ladrão,de colarinho brancos, como eles fossem uns pobre coitados.

  19. Marli disse:

    Concordo com seu comentário o PT e os petistas se acham perseguidos não somente no caso do mensalão mais em tudo o que fazem.

  20. PCE disse:

    PT, será que só tem no PT. Ou será que os outros não tem, ou, tem muito mais e não é coberto a contento que apareça como querem que os do PT aparecam, tudo errado. Se é uma democracia, deve aparecer de todos, que existe , existe e todos sabem, ou não querem , ou não podem, ou pagam mais.
    Certissimo Dilma, não se misture nem se rebaixe, Sua reeleição tá segura, por que não tem concorrente.

  21. Guido disse:

    É espantoso como pessoas podem apoiar estes criminosos. Não tem cabimento desconsiderar que foi o SUPREMO TRIBUNAL quem condenou-os. Não há o que falar a favor deles foram condenados e merecem a pena. As pessoas deviam recriminá-los e não os apoiar como estão fazendo. Os dirigentes e militantes do PT esqueceram que os presos fizeram trata-se de crime e dai a necessidade de repúdio.

  22. Cicero - Porto Velho/RO disse:

    Desculpe-me Kennedy, mas divirjo de sua opinião. Aceitar uma condenação decorrente de devido processo legal é uma obrigação, mas este processo não existiu na AP 470/Mensalão. O que houve foi um processo de exceção com finalidade exclusiva de vingança contra José Dirceu. Os ministros nomeados pelo governo do PT ao STF não tiveram o apoio dele. Este é o fato. O PT não sabe exercer o poder de fato. Imagine num governo do PSDB se o finado Sérgio Mota iria para o presídio pelos mesmos fatos em que incorreu José Dirceu. Aliás, não haveria sequer o processo, como de fato não houve na compra escancarada de votos para a reeleição de Fernando Henrique Cardoso. O PSDB agiu de tal forma que os deputados federais que fizeram a denúncia foram cassados. Isto sim é exercício de poder.

  23. Ricardo disse:

    Com todo respeito ao STF. Mas penso que o Ricardo Lewandowsky e Dias Toffolin não encontraram provas contra o José Dirceu, por serem amigos dele. Penso ainda, que por questão ética, nem deveriam participar do julgamento dele, por não conseguirem ser imparciais.

  24. meiry bitarelli medeiros ribeiro disse:

    Tudo certo, e a justiça é severa para o PT, e a turma do outro lado? Perdoados , que lorota. Que REDE.

  25. Carlos N Mendes disse:

    Dilma não pode se manifestar. Ela é a autoridade máxima do país; qualquer manifestação a favor dos réus poderia ser usada contra o PT – ‘…a presidente está ameaçando o Judiciário’… e blá blá blá… A palavra é prata, e o silêncio quase sempre é ouro. Mas isso não significa que Dilma Roussef, a cidadã, concorde com a pantomima do STF – da ação 470 pode-se dizer muita coisa, e nenhuma delas inclui a palavra justiça.

  26. Marcos fernandes nunes disse:

    Correto a posição dela como presidente ,mais como petista duvido que ela tenha esta atitude.

  27. Vander Salles disse:

    Dilma tem de se comportar como presidente de TODOS os brasileiros. Não deve emitir juízo de valor sobre o caso mensalão. Ela tem é de mostrar aos brasileiros que o seu governo combate e não tolera a corrupção.

  28. Luiz Cunha disse:

    Claro que a presidenta está agindo certo em não emitir nenhuma opinião em relação as medidas tomadas pela Justiça. Agora não podemos perder de vista a espetacularização do evento, com a midia poderosa acompanhando todos os passos, como se tudo fosse um BBB da via. Claro que os “culpados” deveriam ser presos se os mandados de prisão foram expedidos e o não cumprimento seria um desrespeito ao STF. Penso também que o STF deveria usar da mesma “dosimetria” (agora está na moda esta palavra), em relação aos governos estaduais, municipais e federais que deixam de quitar os precatórios que se arrastam ha muitos longos anos. Ora, se o STF pode mandar pra cadeia quem faz parte de um esquema como o “tal mensalão”, o mesmo deveria ser feito com aqueles que não cumprem a lei e ignoram o pagamento dos precatórios que são frutos de processos transitados em julgado, ou seja, não cabem mais recursos. Enquanto o STF estuda medidas de parcelamento, ajuda aos governantes infratores e incentiva-os a cometer novos deslizes que se transformem em novos precatórios.

  29. Joaquim Salvador do Brasil disse:

    É hora também de começarmos a julgar a afronta à patria que foi a doação do Pré Sal aos gringos, que segundo a presidente Dilma, constituiría-se no maior crime que se poderia cometer contra a nação brasileira e posteriormente foi ela mesma que o cometeu, conscientemente. Da mesma forma os empréstimos de bilhões de dólares, através do BNDES, a inúmeras ditaduras pelo mundo afora, o abandono à transposição do São Francisco e a toda e qualquer obra de infraestrutura nacional. Se o PSDB tivesse cometido um décimo desses crimes, não haveria caminhões palanque suficientes para os “Fora, Fulano!!”. Por isso devemos votar em Dilma, porque é gente do tipo dela que o povo brasileiro merece. Ajudaremos a uma chegada mais rápida ao fundo do poço;pois só daí em diante poderá surgir uma solução.

  30. carlos alberto cunha disse:

    O presidente do Supremo ofende a ética ficando de conversinha, em bar, com o Gov. Aécio e o governador de Minas, em pleno julgamento da ação 470. Comente o blogueiro esse comportamento do Ministro.

  31. marisa isabel da silva disse:

    como não falar do partido se os limpo do pt que sairão foi pelo poder ter subido a cabeça de muitos foi ai que o pt ignorou a inteligência de muitos um partido que queria mudar o brazil e mudou sim a corrupção virou piada a todos ate os jornalista ignorao as atitude do partido eu não acredito nas leis do meu pais o brazil esta muito longe de chegar a moral verdadeira na pulitica

  32. Gilbert Matos Brown disse:

    Mas Dilma, não foi sincera ontem, quando declarou aos repórteres, em Campinas, quando quiseram saber sua opinião sobre as prisões dos figurões de seu partido envolvidos no Mensalão, ao afirmar que cumpre rigorosamente a constituição do país e, portanto, estava impedida de intrometer-se nas decisões de outros poderes da República. São poderes independentes, esclareceu. No entanto, os mensaleiros condenados pela suprema corte da nação, em parte, integrantes do governo Lula, foram ainda mais longe do que intrometer-se com o Poder Legislativo: compraram os votos de muitos de seus membros, com dinheiro público!

  33. Gilberto Jesus Ferraz disse:

    O que é muito bom de tudo isso tem sido a demonstração da falência da nossa estrutura penitenciária, bem como da lei de execução penal brasileira. Acredito que desta vez o Congresso (parlamentares) vão procurar dar um mínimo, legal, de cumprimento e execução da pena, pelos condenados; o executivo deverá investir mais na máquina penitenciária e o judiciário também terá um olhar menos míope para aqueles doentes graves e pobres que cumprem pena, bem como os que possuem direito a regime menos grave e os que já cumpriram pena, mas devido questões burocráticas continuam presos.

  34. João Batista Marinho de Castro Lima disse:

    Concordo que a Dilma não deve comprar uma briga com o STF devido às condenações dos membros do PT. Agora dizer que o PT está cometendo disparates não é verdade. O partido pode questionar as decisões do STF sim. Por que não? Se o mesmo se sente injustiçado e acha que o julgamento não foi leal, pode criticar sim. Você é um jornalista respeitado e sabe muito bem que tem várias provas que poderiam beneficiar os réus que não foram levadas em consideração no julgamento. Não foram nem juntadas nos autos por determinação de Joaquim Barbosa. E porque o tratamento diferenciado em relação ao mensalão mineiro? O desmembramento, etc. Não estou dizendo que um erro justifica o outro. Houve erros do PT sim. Mas os erros do PT, aos olhos do STF, parece que são mais erros que os erros dos outros. Se eu fosse do partido estaria muito contrariado com o STF e reclamaria sim, pois é um direito. O STF também pode errar sim, pois de seres humanos é composto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-27 07:49:28