aki

cadastre-se aqui
aki
Política
08-10-2013, 11h28

Dilma dependerá mais de Lula em 2014

5

Se as pesquisas pós-manifestações de junho e julho já haviam mostrado a necessidade do capital político de Lula para tentar reeleger a presidente Dilma Rousseff, a aliança Eduardo Campos-Marina Silva reforçará a dependência do papel do ex-presidente na campanha governista de 2014.

Campos e Marina foram ministros do governo Lula. O governador de Pernambuco mantém com o ex-presidente uma relação de amizade e respeito. A ex-petista Marina tem uma biografia semelhante à de Lula.

Se vingar a participação do marqueteiro Duda Mendonça na campanha do PSB, Campos terá ao seu lado um profundo conhecedor das qualidades e defeitos do petistmo e do lulismo. Duda foi o marqueteiro que trabalhou para o PT na campanha eleitoral de 2002, aquela em que o partido chegou à Presidência após três derrotas consecutivas. A avaliação hoje na cúpula do PT é que o papel de Lula terá de crescer ainda mais na campanha da reeleição de Dilma.

Em 2010, havia o vento a favor da economia, e a candidata foi vendida como a grande gestora do país. Ou seja, o produto era o sonho de continuar a era Lula. Agora, há fragilidades de um governo real que terão de ser respondidas. O ex-presidente tem profunda ciência disso.

 

 

 

Comentários
5
  1. Antonio Carlos Roos disse:

    Diuma pibinho! sem economia favorável !! sem chance! a máscara caiu!

  2. Marcelo Sales disse:

    Renda média do brasileiro cresce 8,9% em 2012. Desse jeito fica difícil pra “santa do seringal” e as penas de aluguel.

  3. Gustavo disse:

    Na verdade, essa aliança Campos-Marina pegou o PT de surpresa. Se o Lula atacar Campos e Marina, não será coerente, pois ambos foram seus ministros e representam uma ala da esquerda brasileira. Por outro lado, caberá a Lula maior articulação nas alianças, sobretudo que agora o PT ficará ainda mais refém do PMDB. Existe um outro fator que não deve ser descartado, que são as manifestações. Embora a presidente Dilma tenha recuperado parte da popularidade nas pesquisas pós-junho, ano que vem com a Copa do mundo, há um risco grande de novas manifestações. Na minha opinião, será uma das mais imprevisíveis eleições presidenciais no Brasil.

  4. clovis vieira jr disse:

    eu nao vejo nada no horizonte, para mudar meu voto, Dilma tem varias qualidades, e a melhor dela é a Altivez e sinceridade, virtudes dificil de engolir pela politca brasileira, o nosso sistema é viciado, e o fator Marina, percebo mais como um rancor, uma magoa nao curada, pergunto, Marina e Dudu Campos foram ministros de Lula, porque nao fizeram dos seus ministerios o simbolo de eficiencia? acredito que como leitor e cidadao, prefiro o original, copia sempre apaga, sou Dilma.

  5. Todos adoram reinar…Pode ser qualquer um deles que ganhar que infelizmente o povo brasileiro não verá um novo codigo penal e presidios novos(no padrao dos novos estadios construidos p/ a copa) p/ reduçao desse lamaçal de criminosos soltos, resguardados pelo proprio estado.É lamentavel NENHUM fala neste assunto.Será a eleiçao com maior numero de votos nulos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 07:31:46