aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Geral
01-09-2013, 12h10

Brasil diz aos EUA que condenará ação sem aval da ONU


A presidente Dilma Rousseff deu ordem ao novo ministro das Relações Exteriores, Luiz Figueiredo, para dizer ao secretário de Estado dos EUA, John Kerry, que o Brasil não vai apoiar o ataque americano à Síria sem o aval da ONU (Organização das Nações Unidas).

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um discurso ontem em que ficou claro que não levaria em conta a posição da ONU. E, numa subida de tom hoje em entrevista à CNN, Kerry afirmou que os EUA atacariam a Síria mesmo sem suporte do Congresso americano, o que aumentou a chance de uma ação iminente. Kerry declarou ter obtido provas de que o ditador Bashar al-Assad usou armas químicas contra a população civil.

Dilma disse a Figueiredo que o Brasil deve se posicionar de forma franca e rápida perante Washington. Na avaliação do governo brasileiro, depois que os EUA invadiram o Iraque em 2003 com provas que se revelariam falsas, Washington deveria submeter seus argumentos à ONU antes de uma investida contra a Síria. Assim que foi informada das palavras de Obama e Kerry, Dilma orientou Figueiredo a condenar de modo enérgico um ataque sem chancela das Nações Unidas.

A presidente fará uma visita de Estado a Barack Obama no mês que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-11-25 02:20:20