aki

cadastre-se aqui
aki
Política
17-10-2014, 22h54

Dilma e Aécio se dedicam a aumentar a rejeição do outro

28

Postado por: ISABELA HORTA

O debate entre os candidatos à Presidência realizado nesta quinta-feira pelo SBT, UOL e Jovem Pan foi o mais agressivo das eleições de 2014. Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) trocaram acusações sobre corrupção e nepotismo. O encontro no SBT mudou o patamar de agressividade da campanha.

Dilma e Aécio acusaram um ao outro de ter abaixado o nível do debate com ataques pessoais. Eles disseram nesta sexta que preferem debater propostas. Mas, como esta eleição é a mais apertada desde 1989, a propaganda política e os próximos dois debates devem seguir no mesmo nível de agressividade.

O eleitorado está praticamente dividido ao meio, com eleitores bem convictos. Por isso, Dilma e Aécio querem conquistar o voto do pequeno grupo dos indecisos ou daqueles que ainda podem mudar de opinião. As campanhas se dedicam, então, a apontar os defeitos do adversário. A estratégia é atrair votos do rival ou, em último caso, convencer os eleitores a anular o voto ou votar em branco.

No segundo turno, uma parcela decisiva do eleitorado poderá escolher o candidato que achar menos ruim. Uma diferença muito pequena nas urnas poderá decidir a eleição.

Confira o comentário:

Comentários
28
  1. Silvio Costa disse:

    Agora que a família do Aécio entregou as chaves do aeroporto na prefeitura de Cláudio os moradores desta cidade poderão pegar os seus jatinhos e helicópteros e utilizar o aeroporto.

  2. Luiz Francisco Guimarães disse:

    O Aécio quando tocou o gongo saiu com tudo para jogar a Dilma às cordas. Gastou a maior parte dos seus minutos e trinta segundos que era para dizer porque queria ser presidente atacando o governo da Dilma. Ele puxou o tom do debate para ser vigoroso, para mostrar que é forte. Eu, no entanto creio que mostrou um pouco de desequilíbrio. Parece que sua idade mental não condiz com sua idade cronológica (54)anos. Parecia que estava em debate de escola.

  3. Ubirajara Nery disse:

    Entendo que partido politico que disputa uma eleição não é time de futebol, onde os torcedores torcem sem nenhuma responsabilidade, torcem apenas para divertirem e seu time perder não vai mudar nada em suas vidas, no entanto, na politica devemos ter mais responsabilidade e analisar com cautela porque independente de quem vença as eleições, o próximo presidente pode alterar a realidade de um individuo e da sociedade para melhor ou pior. Portanto, analise friamente em que vai votar, ou seja, sem paixão clubistas porque senão pode custar muito caro para nação. Democracia é liberdade de escolha mas não liberdade de cabresto ditada pelo marketing politico. Se vc vai votar no Aecio ou na Dilma, não importa, reflita se o seu voto não é passional, porque se o seu voto for passional vc é um tremendo de um egoista sem noção! Reflita! exerça o sufrágio com sabedoria!!! Valorize o seu voto!!!!

    • Antonio Carlos disse:

      Aécio Neves tem de ser desconstruído e desmentido por representar o atraso social e o retrocesso econômico, bem como sua personalidade agressiva, como tem demonstrado no decorrer de sua vida, bem como em sua campanha eleitoral, ao afrontar com desrespeito a presidenta da República, chamando-a de “leviana” e “mentirosa”, para logo inverter e manipular os fatos e as realidades ao afirmar que Dilma e o PT o agridem, quando, na verdade, o que acontece é o inverso.

      A campanha do PT deveria, sistematicamente, desmenti-lo e desmascará-lo, porque Aécio Neves é um playboy acostumado a mandar desde novo (aos 25 anos foi diretor da Caixa Econômica), mais do que qualquer tucano, pois desde cedo nunca dividiu o poder com seus correligionários, como acontece a exemplo dos membros do PSDB de São Paulo, que tem várias lideranças que se alternam no poder estadual e nas corridas presidenciais.

      Aécio é perigoso, porque coloca em risco os programas sociais e os projetos que estão a ser efetivados no País pelos governos trabalhistas. O povo brasileiro e a classe média nunca tiveram acesso a tantos benefícios, como ocorreu nos últimos 12 anos. O PSDB é um partido predador e Aécio é o tigre da vez, pois já afirmou que vai efetivar medidas amargas e impopulares. Ou seja, ele vai fazer o que a direita sempre fez: tirar dos pobres e favorecer os ricos. Ponto!

      • Pasquale disse:

        Cruzes!!!!! Quanto rancor… hehehe
        Não adianta esperniar,o MAL nunca vencerá o BEM.

      • Yara disse:

        Ai,AntÔnio. Se toca! Quem é que vai ouvir alguém jogando indiretas,atacando sua família e vai ficar quieto? A Dilma provoca e depois não aguenta. Estão num debate eleitoral, com ânimos acalorados dos dois lados. Não adianta tentar colocar a Dilma como a vítima ,porque ela não é. SE não quer ouvir, então tenha postura de presidenta da república, com mais propostas,mais classe,ao invés de ficar falando abobrinha. O Aécio não é nenhum santo,mas o PT está entregando as eleiçoes no colo dele,pela maneira como está jogando sujo.

        • Paulo Cesar Diderot disse:

          Aécio Neves é o mineirinho carioca do Leblon, que não sabe onde fica a Tijuca, quanto mais a Pavuna.
          O lugar que Aécio teve mais votos, percentualmente à sua população, foi o Leblon. Mais do que São Paulo, São João Del Rei ou qualquer outro lugar do Brasil.
          Lá não tem Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, mas tem muita bolsa Louis Vuitton e apartamentos de até R$60 milhões. Um apartamento de 2 quartos esmirradinho, mais baratinho, num prédio velho, sem garagem, custa R$1,8 milhão.
          Então, perceberam, só tem gente fina que só atravessa o túnel para pegar um avião no Galeão.
          Lá, um jantarzinho para duas pessoas, com um vinho barato, não sai por menos de R$250,00, quase a mesma coisa que o Bolsa Família paga a um pai com 2 filhos que estejam matriculados na escola, porque senão não ganha.
          Eu conheço bem, também moro por lá, mas entendo que o Brasil não é só pra mim. Voto na Dilma.
          Então, gostaram? Votem todos no Aécio, ele vai transformar o Brasil no Leblon rapidamente, usando a sua varinha de condão.

      • P/Antonio Carlos: COADJUVANTE COM SABEDORIA É MELHOR QUE PROTAGONISTA DA VERGONHA! disse:

        Às vezes, Antonio Carlos, nós nos deixamos levar por pessoas que, de tanto repetir uma mentira, acabam nos fazendo considerar aquela mentira, uma verdade. Isso acontece com todos os que param de observar as coisas por, pelo menos, dois ângulos e, afoitamente, passam a observar apenas por um ângulo.
        Gostaria de lhe pedir que assistisse, no “Youtube” a um vídeo que aparece sob o título:
        “LULA E AS CESTAS BÁSICAS”.
        Assista com atenção e você verá que ali são mostrados “dois Lulas” – e é a partir daí que gostaria que você passasse a raciocinar, observando o meu raciocínio através do texto que lhe escrevo – porém tirando suas próprias conclusões.

        Vergonha não é mudar.
        Vergonha é querer ser sempre protagonista, mesmo quando o papel que lhe cabe, por mérito, é o de um excelente coadjuvante.
        Por que não ficar com o reconhecimento real, digno de muita honra, internacional, que foi a maravilha de um cidadão humilde, sabidamente analfabeto funcional, provar ao mundo que sabedoria não é prerrogativa dos cultos?
        E foi tal sabedoria demonstrada no simples fato de, após várias tentativas, conseguir ser eleito presidente da república, através do voto?
        Não, muitos imbecis conseguiram ser eleitos, no mundo inteiro, muitas vezes.
        A sabedoria foi demonstrada ao seguir os passos de um mestre que o antecedeu, aproveitando um plano econômico que deu certo, e aprimorando os planos assistenciais que foram iniciados.
        A sabedoria foi demonstrada contrariando a maioria dos governantes que assumem um governo, que normalmente procuram não concluir o que fora iniciado pelo antecessor – Lula, além de dar sequência ao plano econômico anterior, assimilou tudo o que estava iniciado na área social – inteligentemente agrupando tudo no criado “Bolsa Família”.
        (É importante salientar, mais uma vez, como o vídeo mostra que, antes, ele era ferrenho inimigo de planos assistenciais).

        A maior prova de sua aprovação ao que já estava em vigor, é a própria lei que Lula sancionou em 2004.

        LEI No 10.836, DE 9 DE JANEIRO DE 2004

        Cria o Programa Bolsa Família e dá outras providências.

        O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
        Art. 1o Fica criado, no âmbito da Presidência da República, o Programa Bolsa Família, destinado às ações de transferência de renda com condicionalidades.
        Parágrafo único. O Programa de que trata o caput tem por finalidade a unificação dos procedimentos de gestão e execução das ações de transferência de renda do Governo Federal, especialmente as do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Educação – Bolsa Escola, instituído pela Lei n o 10.219, de 11 de abril de 2001,
        do Programa Nacional de Acesso à Alimentação – PNAA, criado pela Lei n o 10.689, de 13 de junho de 2003,
        do Programa Nacional de Renda Mínima vinculada à Saúde – Bolsa Alimentação, instituído pela Medida Provisória n o 2.206-1, de 6 de setembro de 2001,
        do Programa Auxílio-Gás, instituído pelo Decreto n o 4.102, de 24 de janeiro de 2002,
        e do Cadastramento Único do Governo Federal, instituído pelo Decreto n o 3.877, de 24 de julho de 2001.
        Brasília, 9 de janeiro de 2004; 183 o da Independência e 116º da República.

        LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
        José Dirceu de Oliveira e Silva

        Lula demonstrou sabedoria admirável que normalmente os imbecis não têm: em reconhecer que não sair do caminho traçado por mestre é o caminho correto, para o país, para toda a nação que agora dirigia por direito plenamente legal, sufragado nas urnas, através do voto.
        Infelizmente poder, sucesso, riquezas, alianças inconvenientes, juntas, às vezes conseguem sobrepujar a sabedoria e, quando isso acontece, o fim do sábio é a vergonha, a humilhação, a derrota!

  4. Joni Braga disse:

    É preciso lembrar aos eleitores mais jovens que, antes da LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal implantada em 2.000. A farra com o dinheiro público era um carnaval, anos após anos. As denuncias simplesmente era engavetada por conveniência ou troca de favores entre os grupos políticos. Atualmente os dois candidatos estão mostrando que o Brasil mudou e o povão precisa conhecer os políticos que tem. Agora é diferente, os corruptos e corruptores estão respondendo pelos crimes que lesa a pátria. Apesar de todas as beneficies de recursos jurídicos existentes provocando a demora na condenação dos envolvidos.
    Entendo que a presidenta Dilma procura dizer em alto e bom som que, a Polícia Federal tem liberdade para investigar e denunciar todo e qualquer tipo de corrupção.
    Enquanto o candidato Aécio quer se apresentar como o mais honesto da história política de Minas Gerais e do Brasil. Nada de errado aconteceu na política de Minas, o que nos leva a comparar a propaganda que diz: “SABE NADA INOCENTE”.

  5. mario perz disse:

    Estamos a uma semana das eleições e quem começou a bater primeiro foi o Sr. Aécio Neves que com suas mentiras tentou desafiar a Dilma Rousseff e como ninguém quer ter sangue de barata, ela caiu em cima e deu um cala no playboy mostrando todas as falcatruas do cara quando foi governador do meu estado, Minas Gerais e olha tudo que ela disse os mineiros já sabiam até o sufoco que ele deu na imprensa mineira por anos, nenhum órgão da imprensa em Minas não podia falar nada contra o cara que logo era emudecido;para o bem do Brasil devemos defenestrar esse filhinho de papai, ele não serve para ser o presidente do Brasil, não admite comentários contra ele!!

  6. pipo disse:

    Eu gostei do debate do SBT,permitiu eu saber que o candidato do PSDB tem desvios de caráter muito preocupantes, não tolerados na iniciativa privada para ocupar cargos com grande responsabilidade.
    Teriamos que adotar o mesmo procedimento da Marinha Americana onde testes de toxidade são feitos com frequência.No cargo de Presidente tem que estar disponível 24 horas.

  7. Eles só se agrediram e deixaram as propostas de lado, quero ver plano de governo para melhorar o País,não ficar levantando defunto.

  8. Bello Tavares disse:

    Acredito que essa eleição já esta decidida. A agressividade esta irritando o eleitor. Então candidatos mantenham o nível. Abração !

  9. willians disse:

    Enquanto os dois adversários se “desconstroem” um ao outro, temas relevantes para a vida de nós brasileiros ficam pra trás…O assalto à Petrobrás, corrupção generalizada nos contratos públicos, a infame burocracia que entrava o país, o fator previdenciário (como mexer nele, se a Previdência está quebrada? De onde viria o dinheiro?), a educação do faz de conta (formando milhões de analfabetos funcionais), a mobilidade urbana que se arrasta nesse caos, a saúde (vendo algumas reportagens podemos achar que vivemos numa Suíça, é inauguração de hospital aqui e acolá), reforma política (desde que sou criancinha ouço isso), reforma tributária (outra centenária), etc…Será que até o fim das eleições veremos somente duas lavadeiras, uma falando mal da outra? E o país, como fica?…

  10. NORBERTO FRIAS disse:

    dilma (não merece maiúscula), o PT (também usado como corruPTos) já cumpriu a promessa de 10.000.000 de empregos e a transposição do Rio São Francisco, promessas feitas pelo cara* no NORDESTE, regiao onde ele praticamente se elegeu e que seria concretizada nos primeiros quatro anos de seu “governo”? Quem é que menospreza e humilha nossos irmãos Nordestinos? Disse certa vez um estadista, não me lembro qual, creio que foi o presidente americano J.F.Kennedy: “manter um povo na ignorância é a melhor forma de se perpetuar no governo”.
    *lula (tampouco merece maiúscula)

  11. JEFFERSON DA PAZ disse:

    O PSDB, como disse Marina Silva no debate da Bandeirantes no primeiro turno é o partido do improviso e do racionamento, age com extrema truculência e não se importa de aplicar medidas que venham contra aos interesses da grande massa trabalhadora. Governa para O CAPITAL e seus detentores restringindo o acesso ao médio e pequeno empreendedor ao credito esvaindo dessa forma as possibilidades de crescimento do pequeno empresario que é o maior gerador de empregos no pais.

  12. Hoje o anti-petismo é muito mais forte do que nas eleições de 2010, 2006 e 2002. Isto é um fato que deve ser analisado friamente para poder identificar com clareza e precisão os reais motivos disto.

    É claro que não adianta negar que existem insatisfações de uma parte da sociedade e isto será demonstrando na apuração das urnas em 26/10/2014!

    Sugiro à todos os eleitores indecisos que conversem e/ou leiam artigos de economistas, porque somente o conhecimento e a informação sobre ciência política, jornalismo político e questões jurídicas serão insuficientes para uma boa análise e tomada de decisão na escolha do melhor candidato.

    Como sou investidor e gestor financeiro, eu confio muito mais nos números e dados reais da economia e nos artigos de economistas do que nas propagandas políticas de quaisquer político ou partido.

    Se a economia não vai bem (PIB, Selic, taxa de emprego e desemprego, IPCA, dívida bruta, confiança do empresariado, confiança do consumidor, dólar, salário mínimo, produtividade e salários, custo brasil, competitividade, balança comercial, abertura da economia, intervenção governamental na economia, marcos regulatórios, segurança jurídica dos negócios, contabilidade criativa, maquiagem contábil, pedaladas fiscais, inadimplência das pessoas físicas e jurídicas, crescimento econômico, mobilidade social, IDH, renda per capita e outros diversos indicadores econômicos e sociais), não se tem os recursos necessários para se manter e aumentar os programas sociais e outras demandas da população.

    Isto não é “maldade” e nem falta de “vontade política” de ajudar os mais pobres! Isto simplesmente é mais pura realidade matemática, financeira, contábil, administrativa e econômica!

    Infelizmente, a população por não conhecer mais a fundo sobre matemática, finanças, contabilidade, gestão e economia não consegue compreender e raciocinar logicamente!

    Economia não é para amadores e/ou principiantes e devemos ser bem humildes e realistas (sem hipocrisia e sem preconceitos) ao admitir que a maioria da população não está realmente preparada para decidir.

    Quase todos os mais renomados economistas do Brasil já declaram que a Dilma e o Guido Mantega estão mentindo sobre a existência de uma crise econômica no Brasil que justifique que o Brasil possua um dos menores PIB’s entre todos os países da América Latina. Duvidas? Pesquise na internet. Não posso colocar links aqui, porque este blog não permite.

    A taxa de desemprego ainda esta realmente baixa (entre 5 a 7%, segundo o IBGE), mas o número de empregos gerados atualmente só está diminuindo e as demissões aumentando aos poucos. Se isto continuar (mais do mesmo de Dilma se ela for reeleita), a inflação muito provavelmente irá crescer, assim como o desemprego, a dívida bruta (dívida interna + dívida externa) e a piora de outros indicadores econômicos e sociais.

    A inflação só respeita juros altos e diminuição dos gastos! Dilma não fez isto com força até hoje porque não acredita nesta receita econômica clássica que quase todos os mais renomados economistas acreditam!

    Dilma é teimosa e está com esta ideia fixa que somente uma economia de filosofia keynesiana (mais gastos governamentais, desonerações tributárias para empresas específicas, diminuição do compulsório, queda forçada dos juros, estímulos ao consumo, etc.) irá promover por SI SÓ o crescimento econômico tão “sonhado”. O que ela (Dilma) não conta é que a economia é muito mais complexa do que SÓ isto e que estas medidas são limitadas, temporárias e insuficientes!

    Não é que os juros serão altos para sempre, mas eles devem ser aumentados durante certo tempo até colocar as contas do governo e a economia em ordem. Depois os juros podem cair gradualmente, mas de forma sustentável no sentido financeiro e econômico.

    Para compreender e aceitar esta dura realidade matemática (que é uma das ciências que fundamentam a economia) devemos ser humildes e tentar aprender o máximo possível sobre economia. Caso não goste (de matemática, finanças, contabilidade, administração e economia), então deixe estas decisões para os especialistas e pare de reclamar do que tu não conhece!

    Remédios amargos dos economistas é igual a qualquer remédio amargo dos médicos: é ruim e desagradável por um tempo, mas cura a doença!

    Se todos os governos anteriores (não só do PT de Lula e Dilma) tivessem ensinado educação financeira em massa para toda a população, muitos problemas econômicos e sociais já teriam sido resolvidos!

    Logo. a dedução lógica mais óbvia é que quem vota em Dilma, não sabe quase nada (ou nada) de economia!

    Eleitores brasileiros, por favor, estudem finanças (pessoais, comportamentais, familiares, empresariais, bancárias, governamentais, etc), contabilidade, gestão (privada e governamental) e economia para saberem escolher melhor seus candidatos! Estudar política e direito (no sentido jurídico) é positivo, mas é insuficiente!

    • Paulo Cesar Diderot disse:

      Cara, eu lí o seu comentário todo e morri de rir.É muito interessante ver um cara que se acha, mas não sabe nada. Você falou tanto em matemática, mas disse tanta bobagem, que suponho que você deve ser professor do ensino fundamental, aquele que representa o antigo primário.
      Vamos lá.
      Quanto aos renomados economistas, que adotaram a seguinte posição “O Brasil não quer voltar atrás” e consequentemente estão com Dilma, temos: Maria da Conceição Tavares, Professora Emérita da UFRJ e Unicamp; Luiz Gonzaga Belluzzo, Professor da FACAMP e UNICAMP; Nelson Barbosa, Professor e Pesquisador da FGV e Professor da UFRJ; Ricardo Carneiro, Professor UNICAMP e Diretor do BID; Fabricio Augusto de Oliveira, Professor da UFMG; José Flores Fernandes Filho, Professor do Instituto de Economia da UFU; Lauro Mattei – Professor Universidade Federal de Santa Catarina; Márcio Pochmann, Professor da Unicamp; Ana Maria de Paiva Franco, Professora IE, Universidade Federal de Uberlândia; Clemente Ganz, Economista do DIEESE; Jorge Mattoso, Professor da Unicamp, entre outros.

      Quanto aos PIBs da América Latina, referentes ao ano de 2012, são os seguintes (os valores estão em TRILHÕES de dólares), em ordem decrescente:
      1º) Brasil: U$2,58 – 2º) México: U$1,45 – 3º) Argentina: U$0,37 – 4º) Venezuela: U$0,29 – 5º) Colômbia: U$0,29 – 6º) Chile: U$0,20 – 7º) Peru: U$0,15 – 8º) Equador: U$0,058 – 9º) Cuba: U$0,055 – 10º) República Dominicana: U$0,046 – 11º) Uruguai: U$0,040 – 12º) Guatemala: U$0,36 – 13º) Costa Rica: U$0,030 – 14º) Panamá: U$0,023 – 15º) El Salvador: U$0,022 – 16º) Bolívia: U$0,019 – 17º) Paraguai: U$0,016, os demais não vale a pena citar.

      Ainda com relação ao PIB, o Mundo vive uma crise que está fazendo a Alemanha, sendo a potência que é reduzir a sua projeção do crescimento para 1,2% do PIB para 2014, o da Itália é de 0,2%, o do Japão é de 0,9%, USA é de 2%; o da França é de 0,4% e todos citam a crise internacional como responsável. Sem contar que em 2013, quando todos estes países estavam também numa situação econômica muito ruim, o Brasil teve o 3º maior crescimento do PIB do Mundo, ficando atrás somente da China e da Coréia do Sul.

      A taxa de desemprego é de 5%, a menor da história. Este ano a meta do Governo é de atingir 1 milhão de empregos e até setembro já foram atingidos 900 mil, faltando ainda 3 meses para acabar o ano.

      Segundo a sua, que não é sua, teoria básica e primitiva de que se combate inflação aumentando juros, a equipe econômica do governo deveria ser homenageada por conseguir manter a inflação estável, em torno de 6,5% ao ano, com juros de apenas 11% ao ano, garantindo emprego e salários.
      O Armínio Fraga, seu ídolo, já que você tentar expor o pensamento dele, chegou a levar a taxa de juros a 45% ao ano e a inflação era maior que a de hoje.

      Abaixo seguem outros números para o seu conhecimento.
      Ranking dos Países em 2014, segundo o Banco Mundial:
      1º) Estados Unidos; 2º) China; 3º) Índia; 4º) Japão; 5º) Alemanha; 6º) Rússia; 7º) Brasil; 8º) França; 9º) Inglaterra.
      A Receita Federal tem um Crédito de Dívida Ativa de 1,5 TRILHÃO, por ano a sonegação no Brasil chega a 500 BILHÕES. Isto somado pagaria o total da Dívida Pública que é de 2,17 TRILHÕES, ou seja, para quem entende, a nossa Dívida Pública é insignificante.
      Ainda assim, comparem o Percentual da DÍVIDA PÚBLICA em relação PIB em 2014 em alguns Países do Mundo.
      Veja abaixo o percentual da DÍVIDA PÚBLICA em relação PIB em 2014 (quanto maior, pior):
      Rússia = 13.41%; China = 22.40%; Brasil = 56.80%; Índia = 67.72%; Alemanha = 78.40%; Canadá = 89.10%; Reino Unido = 90.60%; França = 91.80%; Zona Euro = 92.60%; Espanha = 93.90%; USA = 101.53% Itália = 132.60%; Japão = 227.20 %;

      É por isso que o mundo nos vê como uma POTÊNCIA ECONÔMICA. Somente a MANADA conduzida pela Mídia Golpista se deixa levar e não quer enxergar isto.

      SABE NADA!!!! É DILMA NA CABEÇA.

      • Joaquim disse:

        José Carlos, parabéns pelas suas colocações. Sobre os argumentos do Paulo Cesar, gostaria de dizer que é por causa deste tipo de raciocínio é que o pais foi rebaixado na avaliação de risco por agencias internacionais e se continuar neste caminho iremos perder o grau de investimento. Com tudo de ruim que isto acarreta para a nossa economia.
        Este tipo de raciocínio tem a coragem de de falar em divida ativa como créditos ( a maioria das empresas e pessoas nem existem mais ) em um governo de que fez 4 refis, um por ano. Bobo do contribuinte de pagou os seu impostos em dia, tem se sentido um verdadeiro otário.
        Um governo que pega dinheiro publico ( nosso dinheiro ) e faz empréstimos SECRETOS para ditaduras.
        Que impede a divulgação de dados quanto este não são de seu interesse, caso do IPEA.
        Por estas e outras que este governo perdeu a credibilidade.

      • Pasquale disse:

        22/08/2014 | 16:54 | Reuters

        Grandes empresas no Brasil estão demitindo funcionários por causa do pessimismo com a economia, incluindo varejistas e montadoras de veículos, em um desafio para a campanha de Dilma Rousseff à reeleição. As demissões não são novidade na indústria. Desde o ano passado, postos de trabalho têm sido cortados em vários setores, desde o têxtil até a siderurgia, por causa do fraco crescimento econômico, da inflação alta e do dólar baixo.

        Mas agora as demissões já alcançam setores como o comércio, construção e indústria de alimentos, que estiveram entre os maiores geradores de emprego ao longo da década passada e são menos expostos à economia internacional.

        • Antonio Carlos disse:

          Lá na rua que eu moro todo mundo se mudou para a Alemanha. Lá a situação é pior do que a nossa, mas pelo menos foram morar na Europa.

          • Pasquale disse:

            Alemanha é pior…ou vc não conhece absolutamente nada, no que se refere a Alemanha ou está mentindo.
            Lá se respira cidadania,educação,diginidade etc..etc..etc…
            Comparar com a República de banana…é brincadeira.
            Os cães são melhor tratados lá,que o cidadão brasileiro aqui.

    • Mario Moraes disse:

      Caro José Carlos, boa tarde.
      Perfeitas suas palavras!
      Já comentei aqui anteriormente que a matemática é uma ciência exata, ou seja, não admite erros, maquiagem ou economia criativa. Os erros no atual rumo da economia, certamente terão reflexos negativos amanhã, inclusive sobre os ganhos sociais do atual governo. Como já foi alardeado, no pós eleição teremos os reajustes das tarifas de energia, gasolina…
      Eles não conseguem entender que quando o calculo estrutural está errado, o prédio tende a desmoronar.
      Cordialmente.
      ASS: EX ELEITOR DO PT.

  13. EU tenho acompanhado os debates e tenho notado um grande receio da Dilma fala em plano de governo talvez seja o medo de perde a politica e Aécio presidente vai passar o brasil a limpo e vai aparecer mais corrupções Aécio sempre fala que no lugar de Dilma em plano de governo ela só fala em baixaria mais se deus quiser Aécio vai vencer eu tenho certeza que no governo da Dilma ela não esta pensando no desenvolvimento do brasil e nem no futuro dos nossos filho e netos porque ela esta com a cabeça no passado nós vamos de Aécio 45

  14. Eduardo disse:

    Com o PT não da mais… o desemprego no Brasil é gigantesco… são 200 milhões de habitantes e 50 milhões recebem o bolsa família e entram nas estatísticas como empregados. São 25% de de desempregados mais os 5% dos desempregados contatos nas estatísticas mais 1% daqueles que não querem trabalhar ou procuram emprego mas não acham… O PT deixou o Brasil com um índice de desemprego de 31% por isso o crescimento do PIB é minimo.
    No STF dominaram a maioria para livrar os corruPTos, estão envolvidos em todas as corrupções… não dá.
    Mais 4 anos de Dilma e o PIB começará a cair e a inflação aumentará… Logo estes que defendem o PT estarão desempregados.

  15. Antonio Carlos disse:

    José Carlos, não se iluda, esses comentários de apoio são por mero partidarismo, apesar de que também tenho dúvida se entenderam alguma coisa.
    Agora, vamos lá, você e os seus defensores, são números, matemática (aquela que você tanto gosta), é só contestar apresentando argumentos.
    Defender por defender não tem nenhum significado.

  16. AILTON disse:

    Este mês MP Mineiro entrou com a ação contra os tucanos pedindo mais de 01 bilhão que foram desviados da saúde! Em 31 de maio de 2011, os deputados Rogério Correia, Sávio Souza Cruz e Antonio Júlio entregaram a Roberto Gurgel outra denúncia. Ela está na gaveta do procurador-geral da República há 22 meses e 17 dias! Nela (denúncia), tratam da Rádio Arco-Íris, Banjet, Oswaldinho, aplicação de verbas públicas em empresas da família, voos em jatinho do presidente da Codemig, suspeitas de ocultação de patrimônio e sonegação fiscal, blindagem.
    Isto a grande mídia não explora, né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 13:07:15