aki

cadastre-se aqui
aki
Política
05-03-2014, 9h27

Dilma e Lula discutem PMDB e Venezuela

13

Problemas não faltam para debate na reunião de hoje entre a presidente Dilma Rousseff e o antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva. Crise com PMDB da Câmara e conflito entre governo e oposição na Venezuela serão temas do encontro.

Comentários
13
  1. Amauri C. Pierri disse:

    Seria bom se também lembrassem do Brasil. Afinal é para isso que lhes pagamos o salario.

  2. jackson figueiredo disse:

    Com análise mais criteriosa e compatível com a realidade
    calcada na “baixa” política ou politicagem brasileira, nas
    mãos de gangsters, parece-nos haver assuntos mais adequados
    do que a caótica situação na VENEZUELA,que,salvo juízo mais “ajuizado”, deve ddizer respeito àquele país, que tem um motorista de ônibus, no comando da Nação!Não é uma resposta,
    mas uma mera opinião! Saudações.

    • IRA FERREIRA disse:

      Não podemos esquecer que também tivemos um presidente que nunca trabalhou na vida, e só incitou greves e a desordem, e uma presidenta que só nós envergonha uma fantoche com um passado negro, mas acredito que deveríamos sim a ajudar a Venezuela, lógico não com esses comunistas que se instalaram no governo do Brasil, mas acredito que esse plano de poder dessa gente não vai durar,o bem sempre ganha apesar de suas perdas somos mais forte que toda essa covardia que esse “partido” esta aprontando com nosso país.

      • Francisco Livino de Noronha Neto disse:

        Ah!!!???… Essa é nova. O ex-presidente Lula virou um “criminoso” segundo a opinião de alguns simplesmente porque participou, como também porque em outras situações tanto participou (como, na condição de líder sindical), dirigiu outras greves no Brasil.
        Aliás, com todo o respeito, meu amigo, se isso é um crime (logo, sem sombra de dúvida, devemos não apenas considerar que a Ditadura Militar deverá voltar), mas, inclusive, declarar como se fez durante o período militar que o direito de greve deverá ser banido e a respectiva liberdade de organização sindical junto com ela. O sr. já pensou que se isso ocorresse o prejuízo seria enorme para nosso País e a classe trabalhadora como um todo.
        Quanto ao suposto “passado negro” da presidenta Dilma, não penso desta forma. Desde quando lutar pela instauração das liberdades democráticas no País deverá ser considerado um crime? O contrário, ou seja, a interdição das mesmas entre os anos 1960 e os anos 1980, não o foi? Além disso, e independente do passado da presidenta Dilma até onde sabemos ela foi eleita pelo voto, e assim sendo milhões de brasileiros e brasileiras lhe conferiram ente mandato que ela ora o exerce.
        Sem contar que os assuntos em pauta: suposta crise na sua base aliada e a crise na Venezuela, devem ser considerados temas normais, e, enquanto tais, ser tratados pela maior mandatária da nação. Aliás, aproveito para fazer outra pergunta: por que o devido tratamento da crise da Venezuela é uma coisa de comunistas empedernidos? Por acaso a Venezuela não é um vizinho nosso? E, mais que isso: um País da América do Sul e nosso parceiro do MERCOSUL? Sendo assim nada mais correto e justo que, o Brasil, até pelo seu peso e importância na América do Sul (relevância inclusive conquistada durante os mandatos do ex-presidente Lula e continuado no mandato atual da presidenta Dilma), procure junto ao governo e a oposição venezuelana o melhor caminho para a solução da crise política, sob pena da mesma trazer efeitos para o nosso País como para outros países da América do Sul, e por extensão para os países da América Latina.
        Portanto, a busca de uma solução para este conflito na Venezuela independe da natureza mesma de determinado governo que esteja no poder.
        Como da mesma maneira o mesmo é válido no caso da tentativa se procurar resolver os problemas da sua base aliada. É o que todo governo visando inclusive a nação procura realizar.

  3. tunim disse:

    Crise com o PMDB????? Voce só pode estar brincando. Nunca se deram e nunca vão estar se dando. Quanto a Venezuela, é uma nódoa imensa para um país que quer ser o celeiro do mundo, a pátria de todos os sem pátria. Ou melhor um dia quis. Com essa escória no poder, nem eles sabem o que querem. Vergonhoso para um PAÍS que se diz amigos de todos, mas que hoje em dia é mais amigo para alguns (porque será que nestes alguns a liberdade de seus cidadãos não seja o bem mais valioso?)Brasil, um país que a todos envergonha!

  4. Luís Carlos disse:

    Tudo, eu disse “TUDO” que a Presidenta vai fazer, tem que passar primeiro pela determinação/consulta/aprovação/aconselhamento do “Chefão Mensaleiro”…
    Alguém ainda duvida que estamos “REALMENTE” vivendo o 3º Mandato de LULA?!?!?!???

  5. Max disse:

    O Brasil está tão perfeitamente bem em todos os sentidos que a presidente e o ex-presidente nem precisam mais se importar com o povão, a dilma falando com o lula molusco, “deixa o povo ai pagando os impostos pra financiar nossa campanha eleitoral e vamos lá ajudar nossos companheiros comunistas na venezuela pois eles são mais importantes do que esse bando de tucano ingrato que tem aqui no brasil, que deveriam agradecer a gente por ter passados eles pra classe média”

  6. Couto disse:

    É função de um presidente estar a par do que acontece com os demais países. Isto acontece com todos os presidentes, em maior ou menor grau, dependendo da posição ocupada pelo seu país. Afinal de contas, o Brasil hoje é um país respeitado. E deve ser mantida, externamente, essa política de aproximação dos povos; e, internamente, os programas sociais, os quais estão dando oportunidade de melhoria de vida e ascensão social àqueles que sempre foram esquecidos pelos governos passados.

    • Marcelo Sanches Moreira disse:

      O Brasil esta tão bom, assim, nossa segurança, saúde, transportes, rodovias, educação são de primeiro mundo que não precisam nem ser lembrados para essa conversa.
      O país já foi respeitado, hoje em dia ele não saben nem o que é diplomacia.

  7. joao takaoka disse:

    E triste ter uma presidente que precisa do ex. para governar. Em um cargo desse ter consultor é até natural mais nesse caso é muito constrangedor para nos brasileiros.
    Onde a nossa presidente teria que governar para nós brasileiros e não para os interesses de um partido.

  8. Rudo disse:

    Bem, este tal de Eduardo Cunha (temos um problema com diversos Dudu’s, todos devotos de São Judas) representa um verdadeiro Cavalo de Troia, dentro das fileiras do PMDB. É pos-graduado em chantagem, extorsão e malandragem.

  9. Charles Bastos disse:

    Aos mais afoitos sugiro que atentem para o que escreveu o “Blogueiro” e procurem fazer um exercício de interpretação do texto (sei que para muitos será um esforço hercúleo), em outras palavras: leiam e procurem entender o que leram.
    O “Blogueiro” apenas sugeriu que tais assuntos possam estar na pauta da reunião e não que efetivamente estarão. Isto por que entende o “Blogueiro” que tais assuntos são preocupantes para a Presidenta e o governo.
    Como disse o Couto, a crise na Venezuela (ou qualquer outro país das Américas)é do interesse de todos os países com os quais ela se relaciona. Um pouco de conhecimento em Relações Internacionais faria muito bem a boa parte dos que aqui postaram comentários rancorosos e descabidos.
    Particularmente, acho que o mal estar com o PMDB deve receber mais atenção no encontro com o “Conselheiro Lula” que a crise venezuelana.
    Quanto à opinião expressa em alguns comentários no sentido de denegrir a imagem da Presidenta e do ex-Presidente Lula, quero lembrá-los de que ambos foram eleitos legitimamente. Lula foi eleito por duas vezes e Dilma caminha para a segunda eleição.
    Todos aqui muitos gostam de taxar os governos populares de ilegítimos e antidemocráticos. Parece que para estes democracia somente existe quando suas opções políticas são vitoriosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-21 08:10:08