aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-09-2015, 21h25

Dilma não cogita demitir Mercadante e Edinho

Temer faz gestos para apaziguar crise com presidente
14

Postado por: Daniela Martins

A decisão da presidente Dilma Rousseff é manter os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Edinho Silva (Comunicação Social) em seus cargos. Os dois ministros, que trabalham no Palácio do Planalto, passaram a responder a inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal) por conta de acusações feitas no âmbito da operação Lava Jato pelo delator Ricardo Pessoa, presidente da UTC.

Quando comentou as acusações de Pessoa no final de junho, Dilma disse que não respeitava delator.

A saída de Edinho agora poderia transmitir imagem de irregularidade na campanha eleitoral do ano passado, porque ele foi o tesoureiro de Dilma. A presidente e o ministro negam ilegalidades.

Já Mercadante é o ministro mais próximo de Dilma. A presidente confia nele. Mercadante também nega ter recebido doações ilegais de Pessoa.

*

A presença de Michel Temer ao lado da presidente Dilma Rousseff no desfile de 7 de Setembro foi uma decisão do vice-presidente para não alimentar noticiário negativo. A crise entre os dois está mais ou menos superada.

Até sexta, a intenção do vice-presidente era não comparecer à cerimônia. Mas, diante da fraqueza do governo, o próprio Temer fez gestos para apaziguar a relação.

No domingo, divulgou uma nota dura rebatendo intrigas e dizendo que não conspira. E decidiu ir hoje a cerimônia de 7 de Setembro.

Já Dilma entendeu que ela perde mais do que Temer com o afastamento e pediu que Mercadante falasse com o vice. Mercadante e Temer conversaram no sábado, voando juntos de São Paulo para Brasília.

Se perder o PMDB, Dilma corre o risco de perder o poder.

*

Confira os temas de hoje no “SBT Brasil”:

Comentários
14
  1. Pasquale disse:

    Vai sobrar quem do partido?

  2. Eduardo disse:

    O governo dela está com muita falta de credibilidade no Brasil e no exterior.

  3. Reinon disse:

    kkkkkkkkkkkk é pra rir !!!! Governo estranho .

  4. G.Bastos disse:

    atual crise econômica brasileira é causada pela desconfiança na Petrobras e no Governo do Brasil pelos mercados internacionais após os escândalos de corrupção não resolvidos: mesmo governo e mesmas pessoas nas mesmas empresas estatais e privadas – nada mudou, então ninguém irá investir onde o dinheiro pode ser desviado para meia dúzia de bolsos e assim não há recursos suficientes para os projetos bilionários de óleo e gás e toda a economia fica emperrada pelo efeito multiplicador agora negativo da Petrobras. Se nessa equação ainda entra um ‘ajuste fiscal’ de meia-sola, que não passa pela neutralização das grandes fontes de corrupção econômica, através da privatização da Petrobras e do fechamento do BNDES com o direcionamento dos seus programas para o BB, a CEF e os bancos privados, a recessão se agrava, as empresas não faturam, a arrecadação desaparece, só ficam os gastos e o resultado é uma economia que só se compara àquela de países em guerra – Ucrânia e Rússia. A privatização da Petrobras é a solução não só do caixa, mas da economia brasileira: de pronto a venda dos ativos irá gerar caixa, as empresas privadas entrantes de qq nacionalidade irão pagar os tributos que na verdade tornam o Estado o sócio que apenas participa dos lucros e não dos custos e riscos de gerenciar contratos, o que as privadas fazem muito bem já que visam apenas o retorno e não interesses políticos e suas individualidades, além disso a dívida dos projetos não mais se somará à divida do país porque as empresas que irão buscar e aplicar os investimentos. O atendimento ao mercado nacional de combustíveis e a contratação de serviços e trabalhadores no país hoje já é uma completa realidade com os dispositivos legais existentes e a presença da ANP, que como agência reguladora, estimuladora e adquirente/detentora de tecnologia está sendo ofuscada pela Petrobras, cujos 50 mil empregados na realidade fazem planejamento e gestão dos contratos e tecnologias terceirizados.

  5. César disse:

    O Vice-Presidente Michel Temer, não pode ser sincero e dizer o que pensa, sobre a dificuldade de se governar o país com a popularidade baixa. É uma tentativa de Golpe! Esbravejam os governistas e o PT. Já o fogo amigo é permitido. João Pedro Stédile pode chamar a Presidente Dilma Rousseff de “burra” em Minas Gerais. Ele é “companheiro”! A marcha dos excluídos pode atacar o “ajuste fiscal”. O ajuste fiscal não é da Presidente Dilma, é do Ministro da Fazenda Joaquim Levy. Alguém tem que alertar está gente, que se o Ministro Levy cair, ele leva a nota de crédito do Brasil e a Presidente da Republica junto.

  6. Alagoana disse:

    As ruínas morais do PT soterram o próprio partido. Dilma não demite ninguém (dois Ministros INVESTIGADOS PELO STF), e esse é um entre vários motivos por que será demitida.

    O Brasil está precisando ser dedetizado.

  7. César disse:

    Deveria cogitar demite-se!

  8. Fabio Meirelles disse:

    Cunha foi denunciado, tem o video onde o delator diz que ele Cunha exigiu 5 milhões de dolares de propina e mesmo assim ele disse que não sai da presidência da Câmara.

  9. augusto2015 disse:

    Vejam como o PT continua o mesmo, não mudou em nada, este negócio que errou no passado e por isto pede desculpas é só para enganar os trouxas. Pedem a saída do presidente da câmara porém, os ministros do PT continuam. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  10. José Dantas de Medeiros disse:

    O problema do país é estrutural. Não foi o PT que criou a corrupção no Brasil. O governo Dilma foi referendado nas urnas pela esmagadora maioria dos brasileiros em dois turnos de votação. Deste modo, cabe ressaltar que o governo Dilma tem legitimidade calcada no voto popular. A oposição e a mídia inescrupulosa do Brasil tem tentado fazer parecer à opinião pública que o PT instituiu a corrupção no Brasil. Mentira! Pois, qualquer brasileiro mediano sabe que a corrupção está enraizada na cultura do país passada de pai para filho, infelizmente, nas melhores famílias. Basta só investigar, o governador do estado, o ministro, a prefeitura, o hospital, a escola, a repartição, enfim, a cada centavo gasto com o interesse público, milhões escoam pelos oleodutos da corrupção. O governo do PT tem um diferencial, aumentou o percentual gasto com o interesse público, principalmente com o interesse público do mais pobre, do menos favorecido. Os indicadores sociais do país estão aí para todo mundo ver. A mídia reacionária e a oposição que torce contra o país não deu conta de esconder. Conclusão; isso incomodou muita gente, aqueles que começaram a receber menos, mas queriam mais, “insatisfeitos” se insurgiram contra o regime de corrupção, agora operado pelos petistas. Todavia, Não se pode generalizar. O PT não instituiu a corrupção no Brasil! Nem todo mundo no PT é corrupto! Nem todo político é corrupto! Nem todo brasileiro é corrupto! Não pode a oposição e a mídia reacionária a pretexto do “combate a corrupção”, querer destituir um governo eleito democraticamente em dois turnos de votação pela maioria dos eleitores brasileiros, sem motivos de fato e de direito em desacordo com a constituição da republica e as leis vigentes em nosso país. Isso é uma afronta ao Estado Democrático de Direito vigente na República Federativa do Brasil. O nome disso é Golpe de Estado… O que vem depois? Nós todos poderemos ficar surpresos com o resultado…! “A democracia é a pior de todas as formas imagináveis de governo, com exceção de todas as demais que já existiram”(Winston Churchill). “Quando ouço falar que um povo não está suficientemente preparado para a democracia, pergunto se haverá algum homem suficientemente preparado para ser déspota” (Lord Russell).

  11. Elias de Paula disse:

    REFLEXÃO
    O que mais urgente precisa acontecer no Brasil hoje, é o descredenciamento de toda Cúpula do Governo, uma vez que falta legitimidade para condução da Democracia unilinear, precisamos de cortes nos gastos exorbitantes que vem tirando do Brasileiro o seu bem estar, a sua tranquilidade, estabilidade. Vejamos os casos de Estudantes que estão para perderem o tão sonhado Curso Superior, por falta de Verbas destinadas para tal. tira-se verba de Saúde,Segurança,Ensino,mas não são capazes de Unificar Ministérios, porque isto ocorre? tem que manterem os apadrinhados dos que fazem parte da base aliada do Governo? Queremos um Brasil Igualitário, do Povo para o Povo, Acorda Brasil. Este é sonho de todos desta Nação.
    Elias de Paula

  12. Pasquale disse:

    A casa caiu… José Dantas

  13. Alberto disse:

    Barafunda ampla,geral e irrestrita nas hostes palacianas e acólitos.Entretanto,todavia,contudo,mas o que os olhos não veêm,o cérebro não processa .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-26 05:04:27