aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
25-06-2015, 21h52

Dilma paga caro politicamente por ajuste aquém do desejado

4

Postado por: ISABELA HORTA

A presidente Dilma Rousseff pagou caro politicamente por um ajuste fiscal que ficou aquém do desenhado pela equipe econômica. Como o Congresso suavizou as medidas do governo, o ajuste ficou menor do que imaginara o ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Do ponto de vista econômico, não será suficiente para fechar as contas públicas. Ajuda, mas o governo não conseguirá arrecadar ou economizar tudo que desejava.

Apesar disso, do ponto de vista político, o ajuste ficou com fama de ser duro demais, sobretudo em relação aos trabalhadores.

Nesta quinta, o governo teve de aceitar uma nova derrota na economia com a conclusão da votação na Câmara do projeto que reduziu o impacto da desoneração sobre a folha de pagamento das empresass. O setor têxtil também conseguiu redução da alíquota, o que representará menor arrecadação de recursos para o governo.

O projeto ainda será apreciado no Senado, o que deve ocorrer na próxima semana. No entanto, tudo indica que a proposta não deverá ser alterada pelos senadores.

Em resumo, as medidas do ajuste econômico são necessárias, mas insuficientes para fechar as contas públicas neste ano. Por isso, o governo deverá reduzir a meta fiscal de 2015.

*

Na avaliação do Palácio do Planalto, a regra que concede reajuste acima da inflação para todos os aposentados terá um impacto econômico desastroso.

Até o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), reconheceu que os deputados passaram dos limites ao aprovar a medida. Para Cunha, isso poderá levar o Brasil a perder o grau de investimento, que é o selo de bom pagador perante a comunidade internacional.

Sem esse selo, os investimentos estrangeiros no Brasil diminuiriam e os empréstimos internacionais para nossas empresas ficariam mais caros.

Agora, a saída é tentar derrubar essa medida no Senado. O presidente do Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), prometeu ajudar o governo.

*

Veja os temas do “SBT Brasil” desta quinta:

Comentários
4
  1. Reinon disse:

    Kennedy Dilma está pagando porque mentiu muito ano passado !!! Ou estou errado .

  2. César disse:

    Os cortes sempre são feitos nas costas do povo. Tem dinheiro para aumentar os salários dos três poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, bem acima da inflação. Não falta recursos para construir shopping anexo à Câmara. Tem recursos para reformar os apartamentos que os parlamentares ocuparão em Brasília. Também não faltam recursos para realizar Copa e Olimpíada ou para patrocinar os clubes de futebol com recursos das empresas estatais. Formula 1, também tem a sua parcela de patrocínio. Para o povo, é sempre assim, a conta não fecha e não tem recursos. A nós, resta trabalhar parar as contas e sustentar as mordomias!

  3. César disse:

    Muitas das medidas adotadas agora para consertar a economia, só são necessárias, porque os recursos foram roubados por corruptos. Que saquearam o Estado e esvaziaram todos os cofres da Nação. Não é por falta de recursos que estamos nesta situação. É por falta de honestidade na administração pública!

  4. Marco Túlio Castro disse:

    Não senhor Kennedy, quem já está a pagar caro e vai pagar ainda mais caro são os brasileiros de bem que pagam impostos e certamente em sua maioria não votaram nesta mulher incompetente. Tudo que foi conseguido no governo do FHC e que o Lula devido unicamente às condições econômicas internacionais não conseguiu estragar muito, esta presidente está a conseguir destruir.
    O discurso da mandioca é a prova máxima de que ela não tem conhecimentos, não tem postura e deveria ser declarada legalmente incapaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-26 04:44:16