aki

cadastre-se aqui
aki
Política
08-10-2015, 21h47

Dilma usará mais cargos para evitar sustos no Congresso

Berzoini fará mapa de insatisfação de aliados
15

KENNEDY ALENCAR E ISABELA HORTA
BRASÍLIA

Na primeira reunião ministerial da nova equipe, a presidente Dilma Rousseff disse aos auxiliares que se surpreendeu com a derrota de ontem no Congresso, quando o governo não conseguiu votar vetos aos projetos da chamada “pauta-bomba”. A presidente pediu que os ministros conversassem com as bancadas para evitar novos sustos.

Dilma adotou um tom de cobrança, mas não muito duro. Disse que considerava necessário respeitar os acordos feitos na reforma ministerial e que contava com suporte no Congresso para manter os vetos presidenciais e aprovar outros temas da agenda econômica do governo. O Palácio do Planalto tentará votar os vetos presidenciais na semana que vem.

O ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, fará um mapa das insatisfações nos partidos aliados e prometeu liberar verbas e cargos de segundo escalão para acalmar setores da base de apoio parlamentar.

Outro tema de destaque foram as pedaladas fiscais. O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, disse em entrevista após a reunião que a presidente considera o episódio “página virada”. O governo foi claro: deixará em segundo plano a batalha jurídica e investirá numa estratégia mais política.

Ou seja, tentar obter votos na Comissão Mista de Orçamento e também no Senado e na Câmara para evitar das contas de 2014. Por unanimidade, o TCU recomendou ao Congresso a reprovação dessas contas.

*

A cassação do mandato do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ainda não é viável politicamente. Deputados do PSOL anunciaram nesta quarta-feira que deverão entrar formalmente com um pedido de afastamento do peemedebista da presidência da Câmara na próxima semana.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, confirmou em um documento enviado ao PSOL que Cunha tem contas na Suíça sob investigação. Mas o apoio de parlamentares de diversos partidos, até mesmo da oposição, tem blindado o presidente da Câmara.

A situação do peemedebista, no entanto, deve piorar nos próximos dias. A ajuda dos colegas vem diminuindo com as novas informações que estão surgindo nas investigações da Operação Lava Jato.

O PSDB, que busca a ajuda de Cunha para viabilizar o impeachment da presidente Dilma Rousseff, já admite que poderá mudar de opinião. Cresce um incômodo entre tucanos com o acordo informal que o líder do partido na Câmara, Carlos Sampaio (SP), fez com o presidente da Casa.

Fragilizado com a crise política e econômica, o governo fica na torcida contra Cunha, mas evita hostilizá-lo publicamente.

*

Confira os temas do “SBT Brasil” desta quinta:

Comentários
15
  1. César disse:

    Eu quero ver como vai ser a votação das pautas bombas. Eu quero ver como os Deputados do PT, PCdoB, PSOL, vão se posicionar. Se vão votar com o governo ou com os trabalhadores. Aguardo o desfecho no próximo capítulo.

    • Luis Carlos disse:

      Eu gostaria de entender como funcionam estes partidos satélites que fingem ter independência mas apenas mostram a cara onde os principais não querem aparecer. O PSOL é totalmente contra qualquer tipo de corrupção, exceto a praticada pelo seu “dono” PT. Muito interessante…

  2. César disse:

    O orçamento não está deficitário? E vai liberar verbas para comprar votos? E quer que eu pague mais impostos, recriando a CPMF?

  3. Jose Miguel disse:

    Sera que não tem nenhum órgão regulador sei la algum dos poderes, pois isso não um tipo de abuso do poder comprara votos com cargos injetar dinheiro que eles dizem que não tem, parece que manobras são ilegais ou melhor imorais.

  4. Alexandre disse:

    Pois e vão gastar dinheiro dando em forma de TOMA LÁ DA CÁ para politicos sustentarem suas bases QUE vão sustentar suas bases na p… que pa… eu pagar CPMF o POVO NÃO ACEITA. IMPEACHMENT NELAAAA.

  5. Reinon disse:

    Não tem um projeto certo ! É uma apelação sem fim, vai a feira mais uma vez…

  6. Raymundo disse:

    Kennedy; se seu comentário estiver com base fundamentados em ações do governo em liberar verbas e premiar os partidos insatisfeitos com cargos mesmo que seja no segundo escalão, será um verdadeiro contra censo. Pois com a reforma ministerial que não convenceu, o governo disse que fez redução de cargos comissionados e até, reduziu em 10% que os salários dos ministros. Esta incessante compra de apoio político, base do Mensalão do Petrolão, é uma verdadeira vergonha para o nosso país, e mostra claramente que a presidente não tem condições moral para continuar exercendo o cargo. Condições política e administrativa, todos sabemos que ela nunca teve. Mas depois da grande mentira usada na sua campanha em relação à situação econômica do país e, de suas “Pedaladas Fiscais” que ela diz não ter culpa, a moral se ainda tinha. Também segue o caminho da economia:BREJO.

  7. Eva-Bahia disse:

    Já era. Dilma pode até oferecer o Palacio da Alvorada p/ as familias dos Deputados pernoitarem em BsB que não vai adiantar nada. C/ Dilma, o Brasil fica desgovernado e à beira de um perigoso precipício socioeconômico.

  8. Pereira disse:

    Falta tudo de bom para o povo brasileiro e para os políticos que acompanham a Dilma, falta vergonha na cara. Esse desgoverno da atual gestão, para não cair tão rápido não faz outra coisa, a não ser oferecer cargos e mais cargos para poder ter deputados e senadores do seu lado. Só que no próximo ano teremos eleições, com atenção tem como o povo dar uma boa resposta nessas próximas eleições. Uma presidente que faz manobras irregular para poder se beneficiar, um presidente do senado que esta junto com o presidente da câmara sendo investigado, o nosso país está a cada dia mais abandonado. Em um país sério, jamais nenhum deles estariam nos seu cargos.

  9. Pasquale disse:

    Dilma comete gafe na ONU e pede tecnologia pra estocar o vento
    ____
    Os chineses já fazem isso.

    Estocam vento nos pasteis
    ____
    INACREDITÁVEL,MAS É VERDADE…..

    • pedro disse:

      Tem uma tecnologia 100% brasileira para estocagem de vento: os bonecos pixulecões. E também tem a cabeça da Dilma, que deve ser uma ventania só.

  10. Gerson Lobo Silva disse:

    Nosso país virou uma bagunça. Só há um meio de arrumar a casa e esse meio é pelo voto. Ano que vem, 2016, tem eleições e eu convido a todos os brasileiros começarmos a fazer a limpeza na política já nessas eleições. Seu voto é a arma para acabar com a anarquia que ora impera no país, preste atenção, vote certo.

    Mais 2 anos, 2018, novas eleições e será nessas eleições que terminaremos a faxina.

    Vamos lá, brasileiros, vamos segurar as pontas até essas eleições, nada de desespero. Esqueçam impeatchment, esqueçam intervenção das Forças Armadas, isso tudo é utopia. Vamos destroçar o que não presta no VOTO.

  11. douglas disse:

    O tal de toma lá dá cá existe desde quando Adão tirou a virgindade de Eva, estão espantados porque??

  12. Juliano Roberto disse:

    Ela poderia entregar o cargo dela logo duma vez, pra evitar maiores sustos ao país.

  13. Alberto disse:

    Agora é o “ou dá ou desce”.Nada além disso.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-11-21 12:19:35