aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
21-05-2014, 9h17

Dissidência sindical é marca de greves abusivas

12

O comentário no “Jornal da CBN” aborda a crise de representação sindical que contribui para greves abusivas, como as de PMs na Bahia e em Pernambuco e a de motoristas de ônibus e cobradores em São Paulo. Apesar de haver acordos fechados, tratos foram rompidos, o que resultou em movimentos radicais. Greve de policiais é mais grave. Usar Copa como pretexto não é problema, porque cidades têm de funcionar normalmente antes ou depois do evento. O problema é o abuso contra a população.

Comentários
12
  1. José Carlos disse:

    Se o transporte é um dever do estado,quem vai assumir o prejuízo do cidadão.

  2. Jean Carlos disse:

    Na minha opinião ao invés de reclamar por aumento de salários, melhores qualidades e blablabla, as pessoas deveriam ir atrás de outro emprego e pronto, a época da escravidão ja passou, ninguém é obrigado a ser policial , carteiro,motorista escolherão essa profissão por que quiseram ou por qualquer outro motivo. porém se você não esta satisfeito com a sua profissão, corra atrás de outra, busque especialização, seja diferença no mercado…..

    Se chegar ao ponto que ninguém mais quer exercer determinada profissão as empresas terão que buscar diferencias (benefícios) para poder suprir a demanda do seu quadro de colaboradores….

  3. A QUESTÃO E PERGUNTA QUE FICA É: QUAL A INSTITUIÇÃO QUE ESTÁ FUNCIONANDO LEGAL? TUDO NESTE PAÍS ESTÁ “DETONADO”! NINGUÉM RESPEITA MAIS NADA, TANTO AUTORIDADES COMO POPULAÇÃO.

  4. Moacir Gonçalves disse:

    Meu caro, estais errado, no caso condutores de RJ e SP, nada de dissidências, tudo combinador para que o Ministério do Trabalho julgue a greve e multa o sindicato ou seja diretoria aceita acordo e por baixo do pano paralariza.Sindicatos ligado a Força essa é a realidade.

  5. Santos disse:

    Do jeito que a coisa está, com sindicato virando profissão de desocupado e malandrinho, não podia dar outra: os empregados estão ficando cansados de pagar caro e servir de massa de manobra para sindicalistas de araque que serão futuros candidatos a deputados medíocres do nosso Brasilzinho.

  6. alexandre disse:

    E o abuso do estado brasileiro com toda a população com contribuintes, as promessas que nunca são cumpridas,
    passa 10, 20 anos e saúde e educação e segurança, nunca melhorar, defendo que todos os grevistas, a policia militar fica sempre com medo dos bandidos, tenta entrar em uma favela aqui em São Paulo com a roupa da policia militar.

  7. Raimundo Humberto disse:

    Claro que essas greves são orquestradas. Os trabalhadores precisam ter cuidado porque eles podem estar sendo usados politicamente. o Arrocho Neves já declarou que vai utilizar medidas impopulares. Sabem o que pode acontecer? Projetos de leis (PL) para alterar a leis trabalhista, como o décimo terceiro, entre outras, reivindicações antigas dos empresários, que estão apoiando em massa o candidato do PSDB.

    • Elisabeth Guelfi Biglia disse:

      Gostei do seu comentário, também acho que as greves são “orquestradas”. Se possível, envie-me um e-mail om sua opinião. Que compartilha-la no facebook. Obrigada

  8. Jose Maurilio Inocencio disse:

    Diante de sindicatos pelegos, em acordos com portas fechadas entre o patrão e uns membros do sindicato que tem índole duvidosa…a presença da base se faz presente na busca de melhorias no salário e no ambiente de trabalho…negar o direito ao trabalhador a reivindicar e transferir simplesmente alguns membros o poder para decidir por todos é o fim da democracia…basta de manobra da massa trabalhadora para os interesse de poucos hipocritas.

  9. antonio farias disse:

    O problema do sindicato dos motoristas e cobradores é que o mesmo firmou acôrdo, com os patrões e a prefeitura sem o aval da categoria, através de assembléia, “por baixo dos panos”, acabando, assim, a legitimidade da representação.
    Como sempre, é fácil culpar os trabalhadores, que é a parte mais fraca da sociedade.
    O primeiro trato a ser descumprido foi do sindicato contra os trabalhadores. A imprensa tem que deixar de ser tendenciosa!!!

  10. Thiago Miranda disse:

    Abusivo são sindicatos pelegos quererem socar goela abaixo das categorias acordos que a categoria não aceita. O sindicato é a base, seus dirigentes, um detalhe incomodo.

  11. orlando disse:

    …o grande culpado é a passividade do prefeito/governador que não tem voz ativa ou melhor não trabalham p/ evitar estes acontecimentos.Se houve uma concordância no acordo entre sindicato e empresa, o que farão com estes irresponsáveis causadores desta paralisação??qdo um cidadão comete algo ilicito em sua empresa na qual trabalha,é automaticamente dispensado.O porque não demitir todos envolvidos?? será medo da Prefeitura que com certeza haverá retaliações de algum sindicato, sabendo da fraca adm de nosso Prefeito( o qual eu votei)…?? entendemos quanto a Democracia…mas que saudade dos tempos de Figueiredo/Geisel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-21 07:41:50