aki

cadastre-se aqui
aki
Política
27-11-2018, 6h31

Doutores, é vergonha ou crime de responsabilidade?

Aumento salarial é casado com fim do auxílio-moradia
22

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

O ministro Luiz Fux acabou ontem com o auxílio-moradia numa decisão simultânea à sanção do presidente Michel Temer ao aumento dos salários dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Vergonha é a palavra educada para descrever uma confissão explícita de fisiologia política. Depois de manter durante cerca de quatro anos uma liminar que permitia a farra do auxílio-moradia para todos os integrantes da magistratura e do Ministério Pública, Fux entendeu que o benefício não fazia mais sentido após o reajuste de 16,35% que será dado aos ministros do STF e que vai ter efeito cascata sobre as contas públicas.

Mais: o benefício só parará de ser pago quando o contracheque engordar com o aumento arrancado dos cofres públicos.

Fux e o presidente do STF, Dias Toffoli, fizeram acordo com Temer e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). Um integrante do meio jurídico de Brasília avalia que um entendimento desse tipo é crime de responsabilidade. É algo que vai além da tradicional troca de favores. É mais do que é dando que se recebe praticado com frequência em Brasília.

No ano que vem, o salário dos ministros do STF subirá de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. Magistrados e integrantes do MP se preparam para obter a mesma vantagem. Em troca desse mimo num momento de grave crise fiscal, Fux determinou o fim do auxílio-moradia de R$ 4,3 mil.

O Brasil não é mesmo para amadores. Lobbies corporativos profissionais abocanham fatias do orçamento público sem o menor pudor.  Defendem privilégios num momento econômico em que as contas públicas estão arrebentadas. Os mais pobres, mais uma vez, pagarão a conta.

Esse exemplo clássico de patrimonialismo que aconteceu ontem em Brasília é uma forma de corrupção, doutores.

*

Ecos de 64

Desde a ditadura militar, não se via militar atuando nas relações políticas com o Congresso. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, é responsável por essa “inovação” no período pós-redemocratização.

O general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz será ministro da Secretaria de Governo, órgão responsável pela articulação política. Não parece que um general tenha experiência ou perfil para lidar com parlamentares.

É provável que Gustavo Bebiano, futuro ministro da Secretaria Geral e ex-presidente do PSL, tenha atuação nessa área para ajudar o general. Onix Lorenzoni, da Casa Civil, é rejeitado por setores do Congresso e tem tarefas demais a cuidar no gerenciamento de governo para se dedicar à articulação política.

Ouça os comentários feitos ontem no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

Comentários
22
  1. […] via Doutores, é vergonha ou crime de responsabilidade? — Blog do Kennedy […]

    • walter disse:

      Kennedy, até quando toleraremos, a falta de critica veemente, da imprensa ao Supremo e judiciário; falta boa vontade de todos nesta hora; não podemos aceitar com a indiferença, ou pouca atenção, dos meios de comunicação; tudo acontece no Supremo, sem punição, ou “censura”; nem mesmo a sociedade, gerando um abaixo assinado, tem repercussão positiva de fato…estamos a muito, aguentando atitudes heterodoxas, desta turma dos Onze; imaginem a deixa do FUX, alega que o penduricalho, do auxílio, foi concebido, para que o judiciário continuasse presente; o presidente da Corte, Dias Toffoli, fez uma piada maior, ao dizer: ” se não fosse este aumento o Judiciário pararia”; com 33 MIL antes, no contracheque…estão com isso, informando, e fomentando, o trabalhador, à parar sim, chantageando, até roubando, para a sua sobrevivência, com esta indiferença flagrante no País, os Salários estão baixo do suportável; muitos não ganham um salário mínimo; a miséria abunda…

  2. […] Fonte: Doutores, é vergonha ou crime de responsabilidade? | Blog do Kennedy […]

  3. FELIZ É A NAÇÃO FORMADA POR HOMENS E NÃO POR VERMES TRAVESTIDOS DE HOMENS! disse:

    SALÁRIO MÍNIMO = R$954,00 POR MÊS = R$31,80 POR DIA!

    MINISTRO DO STF= R$39.300,00 POR MÊS = R$ 1310,00 POR DIA! (FORA GRATIFICAÇÕES, AJUDAS ETC)

    “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.” (RUI BARBOSA).

    OBS: UM EXEMPLO DE CIVISMO AO PAÍS É O QUE ESTÁ FAZENDO O GOVERNADOR ELEITO EM MINAS GERAIS (ROMEU ZEMA) QUE, DIANTE DA SITUAÇÃO CRÍTICA DO ESTADO, QUANDO FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS ESTÃO HÁ DOIS ANOS RECEBENDO OS SALÁRIOS EM PARCELAS – O GOVENADOR NÃO VAI MORAR NO PALÁCIO DO GOVERNO; VIAJARÁ EM AVIÃO DE CARREIRA; ELIMINARÁ CARGOS NOMEADOS “CABIDES DE EMPREGOS”; DISPENSARÁ SEU SALÁRIO DE GOVERNADOR ATÉ QUE O FUNCIONALISMO PÚBLICO TENHA SEUS PAGAMENTOS REGULARIZADOS!

  4. Ricardo Silveira disse:

    Há tempos que o Judiciário perdeu a vergonha na cara. O ministro Fux mantinha a liminar que garantia o auxílio-moradia alegando que os juízes estavam sem aumento. E porque as outras categorias que estão sem aumento não tem direito a auxílio-moradia ? Sujeitos dispensáveis para o bom convívio social. O Judiciário deve ser um exemplo inatacável para toda a sociedade, não a nossa vergonha.

    • Alan Monteiro disse:

      Olha, penso que a situação vai além de uma infração jurídica, por mais grave que se tipifique; e não se restringe em uma questão de vergonha. A situação escalonou até um cume, ao que parece. As morais tem se invertido. Enquanto acreditamos, mesmo subjetivamente, que cada homem tem uma inerente capacidade para o bem regida por uma lei moral natural, as consciências morais tem tomado o controle de forma individual num despotismo de princípios egoístas sobre sociais. E acredito, com tristeza, que resumimo-nos a isso. Em um esforço do altruísmo contra o egoísmo como uma epítome da definição de uma “humanidade virtuosa”, o egoísmo prevalece…e a virtude se esvanece…

  5. walter disse:

    Realmente Kennedy, um crime de chantagem, a Luz do dia; CONDICIONA a baixa do auxilio moradia, a liberação do reajuste na conta…além disso deram uma ajeitada nos direitos, a fórum para o Temer; como esquecer o Toffoli, “eminência parda”, combinando com os senadores, a maioria citados em processados da Lava Jato, a votarem na calada da noite, o reajuste famigerado…depois faz discurso, invocando a constituição, como referencia máxima, na condução do país…não surge juristas, MP, PGR a contestar tal absurdo neste instante; são hipócritas, aguardem o Dr Sergio Moro…Os militares são pessoas cultas, com ótima experiência, mais difícil de serem corrompidos; teremos dignidade na condução do País.

  6. Nosso país vem se tornando um escândalo. Nos causa perplexidade quando o país cobra do trabalhador um sacrifício descomunal, o judiciário acumula salários de marajás.

  7. MARCO SOARES disse:

    É. PELO JEITO TEMER CONSEGUIU COMPRAR O STF, JÁ QUE A PARTIR DE JANEIRO ELE DEVERÁ VIRAR RÉU.

  8. Alberto disse:

    Nenhuma novidade na terra brasilis,a do sindicalismo e funcionalismo.

  9. ISSO É UMA VERGONHA: É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO, DOA A QUEM DOER! disse:

    Eu tenho vergonha de ter em meu país membros do Supremo Tribunal Federal (STF), a mais Alta Corte Judicial do país, gente com tão repugnantes sentimentos: de falta de civismo, de falta de amor à causa pública, de falta de respeito ao semelhante, de falta de sensibilidade! Gente distanciada da realidade do país; indiferente ao sofrimento do povo; gente egoísta, prepotente e hipócrita! Gente que estimula os piores instintos aos seres humanos, os quais deságuam num só sentimento: NOJO!

  10. BRAGA BH disse:

    Certo estava Lula: “O STF se apequenou, se acovardou” e faz tempo!!!

  11. É troca de favores é crime de responsabilidade é vergonha nacional é vergonha mundial – sobretudo – um ato covarde, sendo que o eleitor que deu o cargo à esses mulambos, assim como o cidadão, não tem impedir. Quanto aos ministros do STF, são uns mercenários, sem qualquer preocupação com demais trabalhadores, principalmente com os desempregados

  12. mano disse:

    prezados: O Ricardo falou tudo, mas acrescento: O judiciário brasileiro tá concorrendo com o legislativo ao prêmio de verdadeira escória.

  13. Julio Cesar disse:

    O povo tem o Governo que merece. Os brasileiros não terão moral para reclamar de politicos enquanto se venderem por camisetas, dentaduras, etc.
    Não culpem militares ou civis, apenas aprendam a votar.
    Não há diferença entre um cidadão que vende seu voto para o politico que o comprou.
    Aqui senhores, sempre prevakecu a “lei de Gersom”.
    Bom dia a todos.

  14. Ayer Campos disse:

    De fato, o troca-troca foi digno do que há de pior no Bananão, mas que o reajuste é justo, é: há milhares de servidores de menor qualificação que ganhavam o teto anterior, numa verdadeira esculhambação hierárquica. Mas isso não dá espetáculo, e os meios não se interessam…

  15. AUMENTO DE SALÁRIO PARA STF E INDULTO PARA LADRÃO DE COFRE PÚBLICO: “NÃO”! disse:

    O Brasil, com os problemas sociais que tem, não pode pagar o equivalente a “41” (QUARENTA E UM) SALÁRIOS MÍNIMOS para funcionário público – inclusive para togados da mais Alta Corte Judicial do país que passa horas buscando “pelos em ovos” em nossa Carta Magna, fazendo citações esdrúxulas de personagens históricos como “Poncio Pilatos”, “Montesquieu”, ex-presidente dos Estados Unidos, “Gerald Ford” – foras do contexto, época, costume etc – tudo em prol da defesa de “corrupto”! É muito grave um povo passar a sentir asco, antipatia, raiva, dos membros da mais Alta Corte Judicial do país! O povo entende que a lei é para proteger o povo de bem, o trabalhador honesto e pagador de impostos: e que os impostos devem trazer “benefícios” para o próprio povo, e NUNCA PARA PAGAR ALTOS SALÁRIOS PARA QUEM QUER PROTEGER LADRÃO DE COFRE PÚBLICO! AUMENTO DE SALÁRIO PARA FUNCIONÁRIO PÚBLICO, NO MOMENTO ATUAL, E INDULTO PARA LADRÃO DE COFRE PÚBLICO, SÓ NA CABEÇA DE BANDIDO!

Deixe uma resposta para Doutores, é vergonha ou crime de responsabilidade? | Blog do Kennedy – BRASIL S.A Cancel reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-12-13 09:51:01