aki

cadastre-se aqui
aki
Política
06-06-2019, 21h05

É erro criminalizar empréstimos de exportação de serviços

Lula vira réu em processo sobre financiamento a Angola

Kennedy Alencar
São Paulo

O ex-presidente Lula terá mais uma frente de batalha. A Justiça Federal do Distrito Federal acatou denúncia contra o petista por suposta propina na concessão de empréstimo do BNDES para obra da Odebrecht em Angola. Os ex-ministros Antonio Palocci (Fazenda) e Paulo Bernardo (Planejamento) também viraram réus.

Ex-presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro já disse que é um erro criticar esses empréstimos que foram feitos para exportação de serviços. Afirmou não ver erro na política adotada pelo banco.

É um erro demonizar esses empréstimos, porque eles são importantes para o país. O Brasil tem projeção geopolítica na África e na América Latina. Isso é bom.

No acordo de delação com o Ministério Público, a Odebrecht aceitou carimbar como corruptos empréstimos que passaram pelo crivo da área técnica do BNDES.

*

Amadorismo internacional

Ao se meter na eleição argentina, Bolsonaro erra. O presidente tomou partido de Macri em viagem hoje ao país vizinho.

*

Nó comercial

Será um feito se o Mercosul fechar mesmo um acordo de livre comércio com a União Europeia. O ministro Paulo Guedes (Fazenda) prevê fechar o acerto em quatro ou cinco semanas. Essa negociação já dura cerca de 20 anos.

Ouça o comentário feito nesta quinta no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-07-21 09:41:05