aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Economia
11-10-2016, 16h29

É hora de o BC começar a baixar os juros

Reduzir a taxa Selic é fundamental para viabilizar teto orçamentário
5

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Aprovada a PEC do Teto, que vai limitar o crescimento das despesas públicas, e com sinais de queda da inflação, é hora de o Banco Central começar a baixar os juros. Diminuir a taxa básica de juros, hoje em 14,25% ao ano, é fundamental para viabilizar a regra do teto orçamentário.

Confira o vídeo no meu canal no YouTube:

Comentários
5
  1. Joaquim José da Silva Xavier disse:

    o país gasta 3,7% com educação, 4,5% com saúde e 45,1% com juros da dúvida publica!!!
    e um governo que diante da uma crise econômica mira seus cortes pros 3,7% e 4,5%, deixa bem claro a quem esse povo serve, ou seja o senhor desse pessoal que está no governo não é, de forma alguma o povo!!!

    • walter disse:

      Caro Joaquim, o País esta nas mãos dos banqueiros…dito isso, com as esta taxa de juros na alturas; quando nem emprego, as pessoas tem; não se justifica, a taxa Selic, que vinha se ajustando sempre, em meio ponto para cima, quando a situação do País, já era calamitosa, e de forma descarada, mesmo no governo dilma…
      Ainda me lembro, quando a dilma, mais corajosa que o lula, tentou peitar os bancos com juros acessíveis…foi um gesto corajosos, sem qualquer juízo, mais foi…os banqueiros riram muito dela, e depois pediram desculpas…não moveram uma palha, para que os juros retrocedessem; como sempre, a séculos o cheque especial, tem o maior juros do mundo.
      Acredito que o temer, tenha boas intenções, mas para começar, tem um Judeu no banco central, que só tem um senhor…o Dinheiro; será uma missão difícil, mas vai minorar o drama…se suas medidas forem eficientes, vai conseguir com certeza uma vitória.

  2. Andre disse:

    Concordo, sem uma mudança na política do banco central em relação à taxa de juros, em pouco tempo este teto da PEC inviabilizará o pais.É preciso reduzirmos a carga do pagamento dos juros, para interromper o crescimento da dívida e podermos ter recursos para financiar coisas que são importantes para o país. Além disso, a redução da SELIC, estimulará o capital interno a voltar a investir no Brasil. Um dos erros de Joaquim Levi foi continuar a apostar na alta dos juros, mesmo com um cenário de recessão batendo as portas da nossa economia. A resiliência da inflação mostra que não dá para apostar todas as fichas na taxa SELIC, é preciso pensar em outra mágica.

  3. Elton Martins Antunes disse:

    Olha Kennedy, tenho ouvido de tudo sobre a PEC do teto. Porém não ouço de nenhum repórter, absolutamente nenhum, o que realmente deveria ser dito. A PEC do teto, inobstante sua intenção puramente teórica, tem por objeto, obviamente conter gastos do orçamento, no entanto, todos eles direcionados a recursos sociais públicos. O ministro Henrique Meirelles, tem dito, com frequência que não há espaço para aumento ou criação de impostos, sendo necessário a imposição de um freio na despesa. Entretanto, a carga tributária nossa, uma das mais pesadas do mundo, senão a mais, serve, tão somente para a manutenção da máquina pública e política, extremamente pesada, onerosa, arcaica…Nossos impostos vão para a manutenção de “Brasília”. PGR, AGU, TCU, TSE, STF, STJ, STM, CONGRESSO NACIONAL, Palácio do Planalto, Alvorada,Jaburu, Catetinho, Itamaraty, Buriti…residência dos congressistas, enfim. E, com eles, todos os funcionários, salários, regalias…; ou seja, cortar na carne, nem pensar.

Deixe uma resposta para samuel mendes Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-12-04 02:15:28