aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
12-06-2018, 20h22

É preciso reconhecer que encontro Trump-Kim foi um sucesso

Podemos criticar americano por muita coisa, mas ele fez gol político
7

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Podem ser feitas críticas a Donald Trump por uma série de razões, mas é preciso reconhecer que foi um sucesso o encontro de hoje do presidente dos Estados Unidos com o ditador norte-coreano, Kim Jong-Un. Trump fez um gol político.

Há um ano, o mundo estava avaliando se a crise nuclear se agravaria e iria às vias de fato. Temos de ver se haverá as respectivas “entregas” da parte dos envolvidos, mas hoje Trump deu um passo importante para apaziguar uma região do planeta que prometia infernizar o mundo inteiro. É um feito que nenhum antecessor conseguiu. A guerra entre as Coreias nunca acabou _vigora um cessar-fogo assinado em 1953.

As reações da China, da Coreia do Sul e do Japão foram positivas. Isso ajuda a evidenciar o êxito do encontro Trump-Kim.

O ditador norte-coreano, que era visto como um pária internacional, conquistou status de líder mundial. Além de Trump, Kim Jong-Un também sai ganhando. Ele terá uma bela chance para obter dinheiro a fim de melhorar a economia do seu país e se manter no comando do regime. Em troca, precisará entregar a desnuclearização da Coreia do Norte. A conferir.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN – 2ª Edição”, feito a partir dos 11 minutos no áudio abaixo:

Comentários
7
  1. Fernando TS disse:

    Passei boa parte do meu dia tentando convencer alguns colegas sobre exatamente isso, o golaço do Trump (no ritmo da copa). Contudo, a paixão ideológica impediu um debate saudável.

    Sou avesso às propostas de Trump e sua Política Externa via Twitter, mas ele conseguiu um feito que merece todo o reconhecimento.

    Contudo, numa relação de idas e vindas de líderes muito instáveis emocionalmente, tudo pode retroceder num piscar de olhos.

    Abraços!

  2. David Dias disse:

    É sabido que no universo tudo o que tem COMEÇO tem começo, tem meio e tem fim e que NÃO HA MAL QUE SEMPRE DURE E NEM BEM QUE NUNCA SE ACABE e que quanto maior for o mal maior devera ser a forma e a força para o combater e nada de passar a mão na cabeça de bandidos como o FAZEMOS AQUI NO BRASIL e nem mesmo dar a eles DIREITOS HUMANOS pois se eles não respeitam os direitos de seus semelhantes porque nós, os seus semelhantes devemos respeitar os deles??. Nosso amigo TIO SAM esta dando um exemplo de como se deve atuar e espero que seja seguido. SO FAR SO GOOD , THANK GOD NESS.

  3. Franco Sued disse:

    Pô Kennedy, não estou acreditando que você caiu nessa. Esse encontro não passa de um factóide que não terá nenhum efeito prático. Nem o homem foguete nem o fanfarrão do Trump estão levando isso a sério. A Coréia só quer um alívio nas sanções que já devem estar começando a doer no bolso deles e Trump quer gerar pautas positivas e assim melhorar a sua imagem, tão desgastada pelas lambanças que vem fazendo pelo mundo afora. No dia em que a Coréia abrir mão do seu poderio nuclear volto aqui e reconheço que errei mas até lá tudo isso para mim não passa de um engodo.

  4. Alberto disse:

    No fundo,no fundo,apesar da jogadas, “tudo como dantes no quartel de abrantes”.

  5. walter disse:

    Para o Trump caro Kennedy, ganhou sim mais respeito do Mundo; principalmente, entre Americanos …acredito que fará diferença nas próximas eleições…Não da para confiar no KIM, este esta dando um chapéu em todos…vai se beneficiar desta condição enquanto der, no final mantém seu regime a salvo, com aval da China…vamos aguardar, mas este “moleque” esta bem preparado para conduzir seu país, nas entrelinhas dos acontecimentos…não fará diferente, se não obtiver todas as vantagens que pretende receber pelo feito; assim mesmo, não dá para imaginar, quantas Bombas, ficará em seu arsenal; pode parar de fabricar, não vai se librar de fato deste direito, em manter suas ogivas de estimação…continuará perigoso…

  6. renata disse:

    O que o Trump fez foi um marco para os Estados Unidos e para o Mundo, quem derá o Brasil tivesse um Trump também!

  7. mano disse:

    prezados: Trump é um nacionalista, diminuiu o desemprego, melhorou mais ainda a economia americana, sabe fazer marketing político, tem muita chance de ser reeeleito. Isso é o que importa.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-09-22 13:32:35