aki

cadastre-se aqui
aki
Política
04-03-2014, 9h23

Em Cuba, Lula negociou mudança no “Mais Médicos”

100

Os ex-presidentes Lula e FHC atuam como estrategistas das candidaturas de Dilma Rousseff e Aécio Neves. O ex-presidente petista tem mais liberdade para agir. Negociou, por exemplo, mudança no “Mais Médicos”. Lula foi a Cuba e obteve aval de Raúl Castro para elevar salário dos médicos cubanos para R$ 3 mil a partir de março. A exemplo de ex-presidentes, Marina Silva também terá papel importante para fortalecer Eduardo Campos.

Comentários
100
  1. Felipe disse:

    Kennedy,
    Só o fato do LULA pisar em Cuba, uma ditadura Comunista, deveria ser para a população uma fato extremamente negativo. Acordem brasileiros, aliança com Cuba nunca levou nenhum pais a lugar algum.

    • Sebastião disse:

      Concordo com você, mas poderia dar uma sugestão de qual país seria o indicado para o Brasil fazer aliança e ir para algum lugar !

      • LUIZÃO SOROCABA disse:

        Sebastião. É muito fácil. É só seguir os países latino americanos que tiveram maior crescimento que o Brasil – sil – sil tais como Chile e Colombia. E também curar-se das crises de falta de lucidez e delírios.

        • TIAGO disse:

          então não vamos negociar com a china que é uma ditadura comunista …os que deixaram a china por ser o que era no passado se arrependem até hoje… me poupe né…

          • Roberto disse:

            Você é um chines arrependido? Então não diga bobagens. Lá na China só está se dando bem quem é chapinha da ditadura. A maioria, como sempre, é massa de manobra e tá f#d@da. E aqueles que se aventuraram a sair, como em toda imigração, alguns se deram bem, outros se deram mal. Mas quanto a colocação do Felipe, o nove dedos sempre teve um pezinho em Cuba, e a “Dirma” também, coisas da militância……quem sabe tiveram apoio no passado do Fidel, então agora inventaram uma maneira de mandar divisas de modo que o grande irmão do norte não possa falar…

          • jarda disse:

            pelo menos a china e´uma negociaçao..emquanto cuba ate´agora so´estamos vendo CUBA se beneficiar dessa relaçao.

        • Jairo Coelho disse:

          Me poupe, por favor!!! Seguir os passos de Chile e Colômbia e ser eternamente subalterno aos EEUU. Mais do que crescimento, um pouco de vergonha na cara ajuda pra caramba.

        • Flávio disse:

          Isso, o PSDB é tão bom que vai plantar uma reserva gigante de cobre e mudar nosso clima para favorecer nossa produção de vinho.

      • Gecimar disse:

        Sp Precisa de um auditória na prefeitura e no TCM, a cidade mais rica do pais, fatura mais que muitos países, não tem dinheiro para nada, brincadeira. Qto os médicos cubanos so terão uma função no Brasil, ASSINANTES DE ATESTADOS DE OBITOS, pois SP, não tem medicamentos e aparelhagem quem acredita que vai ter onde estes médicos estao

        • Sergio disse:

          Ai São Paulo ta as moscas em tudo que o Povão precisa são quase vinte anos de PSDB no comando ,ja ta passando da hora de darmos a oportunidade para um outro Cidadão mostrar que São Paulo ta precisando entrar nos trilhos.

        • Felipe disse:

          Prezados,
          Determinados princípios devem nortear qualquer nação. Eu, como cidadão, escolho a liberdade, a meritocracia, o direito individual de ir e vir, o direito a propriedade e a liberdade religiosa como questões fundamentais. Vamos ser minimamente sinceros, quais desses direitos são respeitados em Cuba, ou qualquer outro pais comunista? Esses são os fundamentos do mundo democrático, incompatíveis com o regime Cubano. A China na verdade é uma chimera. Vive uma capitalismo de estado, mas mantém fortemente aspectos comunistas, que eu também acho repugnantes. Mas não vamos desviar a conversa: que é a relação absurda, sem transparência, do Brasil com Cuba. Há sérias dúvidas, muitos acreditam que há fortes indícios de criação de caixa dois petista neste programa mais medicos. O MPF está investigando. Boa parte da população é contrária e já apresentou a solução, que seria a criação de uma carreira federal, o estímulo para que jovens- 20mil formados por ano- entrem nessa carreira, que seria vinculada a residência medica. O problema é que, acreditando na ignorância e no imediatismo das massas, tentam vender um programa, que no meu ponto de vista é um natimorto, e que nunca prosperará sem o apoio dos 400 mil medicos brasileiros e se mum pacts social consensual. Esta fadado ao fracasso, pois os fundamentos são inconstitucionais e imorais.

          • José alvaro disse:

            Você está com a razão. Só um lulófilo doente(isto é pleonasmo!)pode ter a inocência de não acreditar em caixa 2.Como sempre Lula e sua presidentA criam benesses para os povos de outros países e esquecem o pobre do pobre brasileiro que vê o estado terminal da Saúde,da Educação,se acentuando,enquanto os políticos usufruem de hospitais de ponta,de ALTÍSSIMO CUSTO, às expensas da União.
            José Alvaro

      • Marcirio disse:

        Cuba representa o atraso combinado com violência e falta de liberdade aos seus habitantes. basta olhar uma foto de qualquer rua de Havana para se ter uma ideia do que aquele país representa para o Brasil. NADA. O Brasil tem que procurar países desenvolvidos tipo os Estados Unidos, Alemanha, França etc. Porém, o PT tem complexo de vira lata. Só procura aliados do naipe de Bolívia, Venezuela, Gabão, etc.

      • jarda disse:

        Algum pais que nao precisassemos bancar construçao de portos por exemplo!!!

      • Agenor Martins Neto disse:

        O Brasil, o próprio Brasil seria o país ideal para nossos representantes atuarem e discutirem sua forma e pensamento administrativos.

      • ISSO É UMA VERGONHA! disse:

        COMO PODE UM GOVERNO QUE CRIA ” COMISSÃO DA VERDADE ” PARA APURAR EXCESSOS DE UM PERÍODO DE DITADURA MILITAR, PODE ANDAR DE BRAÇOS DADOS COM CUBA, UM PAÍS CUJO DITADOR PERMANECE HÁ 50 ANOS NO PODER;
        QUE DURANTE ESSES 50 ANOS ” FUZILOU ” NOS FAMOSOS ” PAREDONS ” MILHARES DE ADVERSÁRIOS POLÍTICOS;
        QUE IMPEDE QUE OS CIDADÃOS QUE QUEREM SAIR DO PAÍS, O FAÇAM !
        ALÉM DISSO, ANDAR DE BRAÇOS DADOS COM HUGO CHAVES E AGORA SEU SUCESSOR, AMBOS INCOMPETENTES ENGANADORES DE UM POVO QUE, A CADA DIA, VÊ O PAÍS AFUNDAR CADA VEZ MAIS ECONOMICAMENTE?!!!

    • Alex disse:

      Não há nenhuma novidade aí, amigo, Lula sempre foi parceiro de ditaduras. Agora está perto de ter a própria.

    • ademir vital disse:

      É, este pessoal gostaria e fazer do Brasil uma cuba moderna, porem não conseguiram e ficam pendurados nestes lideres do passado, que na verdade nada fizeram de bom para o povo de Cuba, assim como na Venezuela o Chavismo tão adorado pelo nosso Governo,tambem nada fez para o povo Venezuelano, pois neste momento estão matando pessoas com militares infiltrados nas manifestações.Gostaria que o Lula, que também fez pouco, pois encontrou a economia já andando, largasse o osso de vez.

      • Kleber disse:

        O melhor de tudo e saber que o tempo darah conta… Ninguém vive para sempre.

      • Ailso Freitas disse:

        Ademir Vital,quer dizer que a nossa economia estava andando,mas para aonde?Lembro-me que quase no final do governo de FHC em 2002 no meio daquela crise financeira de 2002,o Brasil devia algumas parcelas de empréstimo feito ao FMI que ele não conseguia pagar,pois nossa economia ia de mal a pior;a nossas exportações caíram demasiadamente devido a burrice do ministro do sr.FHC que deixou o R$ se equiparar ao dolar:R$1,00 valia 1,00 dolar e nossas exportações foram para as cucuias,porque os outros países não compravam mais de nós.Lula quando assumiu pagou adiantado as parcelas do empréstimo do FMI e não tomou mais.Não nos esqueçamos dos estaleiros que estavam parados e outros quase inativos e ele conseguiu colocar para operar e até mesmo modernizá-los.Também a implantação do bolsa família que hoje é muito criticada,mas tirou muito gente da miséria absoluta,tem municípios pelo país a fora que a renda é tão somente a renda dos aposentados e o que o povo ganha do bolsa família.Lula aumentou a renda do brasileiro,deu-lhe mais crédito,mais emprego,porque se não fosse assim como é que tantos bens de consumo como carros,geladeiras,tvs,fogões,etc,etc seriam vendidos no país?Quanto a Cuba,na década de cinquenta ou pouquinho antes, era o segundo pais mais desenvolvido das Américas,ganhava até para país da Europa.Cuba foi o segundo país a ter tv a cores,telefone,telégrafo,umas das medicina mais avançada do globo,etc,etc,porém o sr Fungêncio Batista,presidente de Cuba naquela época achou por bem transformar aquela nação num quintal para os norte-americanos e eles agradeceram,deitavam e rolavam era como se estivesse lá nos stats.Aí veio a revolução,pois os cubanos não se conformavam com aquilo.Eles estavam errados?Acho que não.Depois que a revolução ganhou a guerra,tudo se exacerbou, o que deveria não acontecer,aconteceu.Muitos foram fuzilados,tantos os culpados como os inocentes e muitos foram para a prisão por muitos anos,mas isso é o preço de uma guerra.Mas, desumano foi o comportamento do governo americano em fazer barreira econômica contra aquele país e aconselhar veladamente aos seus parceiros que a fizessem também.Qual é o país que aguenta uma perseguição dessa?Como pode ele se desenvolver?Na questão da Venezuela,acho que é um caso à parte.Quanto a se rebelar contra as interferências dos USA é valido,mas quanto as maluquices de Hugo Chaves e seus parceiros,não apoio,acho que o seu povo unido deve resolver suas desavenças.Deixa eu te lembrar uma coisa,Ademir Vital:o FHC se gabava no seu governo que o povo estava comendo frango,ora pois bem,eu sou classe média,mas tenho pessoas conhecidas de classe baixa que comem hoje salmão,bacalhau,perú no natal,não importa se é em suáveis prestações mensais e antes eles não podiam.Vocês reclamam de barriga cheia ou não querem dar “o braço” a torcer.Quem mais defasou os salários tanto dos ativos como dos aposentados com aquela balela (desculpa) que não dava aumento pelo índice de inflação porque fazia mais inflação.Também não podemos nos esquecer das tais privatizações que ocorreram no governo dele que se diziam que o resultado era para educação e a saúde dos brasileiros.Tudo não se passou de conversa fiada.O mais interessante é que as empresas que foram privatizadas eram justamente as que davam lucro.No governo dele o banco do Brasil não dava lucro,atualmente o banco é dos que mais dá lucro no país.A Petrobras quase foi vendida,ainda temos a maioria das ações por um milagre,Deus è grande!É isso que tinha para escrever e desabafar.Quero dizer ainda que não sou filiado a partido nenhum,mas não me conformo em ler tantas babaquices.

        • Paulo Santos disse:

          Caro Ailson.
          Falou tudo o que eu gostaria de falar, parabéns e obrigado.

        • Fausto disse:

          Caro Ailso Freitas, vale a pena responder o que você disse. Em 2002, a ecomomia ia mal por fatores alheios ao governo FHC. Vc vai discordar, mas não posso colocar todas as razões aqui. O real perto do dólar é para controlar inflação (tirar inflação crônica ‘persistente por décadas não se faz com mágica e nem em pouco tempo).Não tomar empréstimo com FMI, para o Brasil, não é uma boa estratégia. Pode ser bom politicamente, mas economicamente não é bom, já que os juros internos são maiores que os do FMI (a contrapartida do FMI é sempre austeridade; para u governo de excesso de gastos isso não soa bem). Lula fazer estaleiro modernizar após a montanha de dinheiro que veio da china e a estabilização economia realizada por FHC na década de 1990 é fácil. Bolsa família tira pessoas da misérias, mas as mantém refém do governo. Quantas pessoas saíram da miséria com o bolsa família e arranjaram emprego? Isso é política de curto prazo, mas parece que virou eterna, já que dá votos. Dar mais crédito e emprego a partir de aumento de dinheiro externo mais estabilidade econômica não é mérito do Lula, mas as pessoas não enxergam isso. Ou seja, o garoto fica gripado, toma remédio amargo, melhora e a melhora não foi por causa do remédio, mas sim pq ele correu?
          Cuba era desenvolvido antes do regime. Não sei se continuaria a ser tão bom, mas sabemos que URSS e Venezuela tomaram rumos diferentes após o comunismo. Aumento de salário só dá quando se tem dinheiro. Governo não dá aumento quando não tem dinheiro, ou você acha que o Lula deu aumento fabricando dinheiro. Na época do FHC, de ajustes nas contas e estabilização, tava tudo ruim, pq tinha que estar. Não adianta explicar, pois as pessoas só pensam no agora, esquecendo como foi difícil controlar uma inflação inercial. Petrobras, em termos mundiais, é a que mais dá prejuízo. Tudo na mão do Estado é ineficiente. Infelizmente, a cegueira não permite às pessoas observar como andam as empresas estatais nos diversos setores de infraestrutura.

        • Carlos disse:

          Poderia convidar Lula e toda turminha, com passagem só de ida… ir morar em Cuba. Detalhe, nada de levar cartão corporativo etc…, uma coisa tens razão, acabaram com o desemprego principalmente dos companheiros.

        • Luiz Freitas disse:

          Quanta inverdade e distorção, se Cuba é tão bom mude-se para lá mas levem gêneros de primeira necessidade.

        • Everson disse:

          Não é filiado a partido nenhum, só é militante anencéfalo petista!!!

        • Mario Cidrack disse:

          Prezado senhor ailso.Nao entendo como uma pessoa pode escrever tanta bobagem em tao pouco tempo. Criar bolsa familia que o sr. diz foi juntar bolsa alimentaçao,bolsa escola,vale gas e outros beneficios que o governo anterior ja distribuia e trocar de nome? Os escandalos estao ai, as roubalheiras aumentando todo dia, as privatizaçoes tao condenadas continuando e a mesma ladainha de sempre. querido petista (oculto) isso e discurso antigo. Tudo isso para tentar defender um governo(?)cheio de genuinos,delubios,valerios,dirceus onde o CHEFE desta … foi preso em 1964 por bandalheira em Sao Bernardo do Campo e que no governo(?)dele conseguiu reverter para preso politico e hoje tira dos bolsos dos Brasileiros em torno de dez mil reais de pensao vitalicia. Me poupe Senhor.

        • MARI disse:

          CADA UM TEM A CEGUEIRA QUE MERECE…ACORDA CARA : O LULA SÓ CONTINUOU OS PROGRAMAS SOCIAIS QUE O FHC COMEÇOU. O LULA NÃO PAGOU A DIVIDA EXTERNA.O MINISTRO DA FAZENDA COM SUA ETERNA CRIATIVIDADE TRANSFORMOU A DIVIDA EXTERNA EM DÍVIDA INTERNA E CONTINUAMOS DEVENDO. COM A DIFERENÃ QUE HOJE SÃO TRILHÕES DE REAIS. FHC PRIVATIZOU A VALE E ELA DÁ LUCRO. LULA ACABOU COM A PETROBRÁS : VEJA O QUANTO A EMPRESA VALIA EM 2002 E QUANTO ELA VALE HOJE. COMO NÃO SOU CEGA VEJO QUE O LULA SÓ JUNTOU OS PROGRAMSA SOCIAIS INICIADOS NO GOVERNO FHC : BOLSA ESCOLA, BOLSA GÁS, BOLSA LUZ, ETC. A ÚNICA DIFERENÇA É QUE AS CRIANÇAS NÃO PODIAM FALTAR À ESCOLA PARA RECBEER O BENEFICIO. ERA UMA MANEIRA DE OBRIGAR AS CRIANÇAS A PERMANECEREM NA ESCOLA E APRENDEREM PARA MELHORAR DE VIDA NO FUTURO. NOS DIAS DE HOJE AS PESSOAS RECEBEM BOLSA FAMILIA E NÃO TEM NENHMA OBRIGAÇÃO. POR ISSO O INDICE DE ANALFABETISMO NO PAÍS PIOROU NO NORDESTE E NO NORTE. SÃO TANTOS OS SEUS ERROS DE AVALIAÇÃO QUE NEM DÁ PARA CONTINUAR. ACORDA PORQUE FALAR BEM DE CUBA SEMPRE ME LEMBRA O ARGUMENTO : VAI MORAR LÁ !!! O GOVERNO FEDERAL ESTÁ EMPRESTANDO DINHEIRO A FUNDO PERDIDO PARA CUBA CONSTRUIR PORTOS, ETC. ESTE DINHEIRO NUNCA VAI VOLTAR. E É UM DINHEIRO TIRADO DOS IMPOSTOS QUE NÓS BRASILEIROS PAGAMOS. AINDA TEM MUITA GENTE NO BRASIL PRECISANDO DE ESCOLA, DE COMIDA, DE CASA, ETC. ENTÃO PORQUE DAR PARA OS CUBANOS ??? E BASTA DE FAZER CARIDADE COM O CHAPÉU ALHEIO.

        • Marujo disse:

          Desafio qualquer coxinha a desmentir os fatos e números descritos abaixo. O resto é papagaiada…

          Passados cinco anos do início da crise global, o mundo ainda enfrenta suas consequências, mas já se prepara para um novo ciclo de crescimento. As atenções estão voltadas para mercados emergentes como o Brasil. Nosso modelo de desenvolvimento com inclusão social atraiu e continua atraindo investidores de toda parte. É hora de mostrar as grandes oportunidades que o país oferece, num quadro de estabilidade que poucos podem apresentar.

          Nos últimos 11 anos, o Brasil deu um grande salto econômico e social. O PIB em dólares cresceu 4,4 vezes e supera US$ 2,2 trilhões. O comércio externo passou de US$ 108 bilhões para US$ 480 bilhões ao ano. O país tornou-se um dos cinco maiores destinos de investimento externo direto. Hoje somos grandes produtores de automóveis, máquinas agrícolas, celulose, alumínio, aviões; líderes mundiais em carnes, soja, café, açúcar, laranja e etanol.

          Reduzimos a inflação, de 12,5% em 2002 para 5,9%, e continuamos trabalhando para trazê-la ao centro da meta. Há dez anos consecutivos a inflação está controlada nas margens estabelecidas, num ambiente de crescimento da economia, do consumo e do emprego. Reduzimos a dívida pública líquida praticamente à metade; de 60,4% do PIB para 33,8%. As despesas com pessoal, juros da dívida e financiamento da previdência caíram em relação ao PIB.

          Colocamos os mais pobres no centro das políticas econômicas, dinamizando o mercado e reduzindo a desigualdade. Criamos 21 milhões de empregos; 36 milhões de pessoas saíram da extrema pobreza e 42 milhões alcançaram a classe média.

          Quantos países conseguiram tanto, em tão pouco tempo, com democracia plena e instituições estáveis?

          A novidade é que o Brasil deixou de ser um país vulnerável e tornou-se um competidor global. E isso incomoda; contraria interesses. Não é por outra razão que as contas do país e as ações do governo tornaram-se objeto de avaliações cada vez mais rigorosas e, em certos casos, claramente especulativas. Mas um país robusto não se intimida com as críticas; aprende com elas.

          A dívida pública bruta, por exemplo, ganhou relevância nessas análises. Mas em quantos países a dívida bruta se mantém estável em relação ao PIB, com perfil adequado de vencimentos, como ocorre no Brasil? Desde 2008, o país fez superávit primário médio anual de 2,58%, o melhor desempenho entre as grandes economias. E o governo da presidenta Dilma Rousseff acaba de anunciar o esforço fiscal necessário para manter a trajetória de redução da dívida em 2014.

          Acumulamos US$ 376 bilhões em reservas: dez vezes mais do que em 2002 e dez vezes maiores que a dívida de curto prazo. Que outro grande país, além da China, tem reservas superiores a 18 meses de importações? Diferentemente do passado, hoje o Brasil pode lidar com flutuações externas, ajustando o câmbio sem artifícios e sem turbulência. Esse ajuste, que é necessário, contribui para fortalecer nosso setor produtivo e vai melhorar o desempenho das contas externas.

          O Brasil tem um sistema financeiro sólido e expandiu a oferta de crédito com medidas prudenciais para ampliar a segurança dos empréstimos e o universo de tomadores. Em 11 anos o crédito passou de R$ 380 bilhões para R$ 2,7 trilhões; ou seja, de 24% para 56,5% do PIB. Quantos países fizeram expansão dessa ordem reduzindo a inadimplência?

          O investimento do setor público passou de 2,6% do PIB para 4,4%. A taxa de investimento no país cresceu em média 5,7% ao ano. Os depósitos em poupança crescem há 22 meses. É preciso fazer mais: simplificar e desburocratizar a estrutura fiscal, aumentar a competitividade da economia, continuar reduzindo aportes aos bancos públicos, aprofundar a inclusão social que está na base do crescimento. Mas não se pode duvidar de um país que fez tanto em apenas 11 anos.

          Que país duplicou a safra e tornou-se uma das economias agrícolas mais modernas e dinâmicas do mundo? Que país duplicou sua produção de veículos? Que país reergueu do zero uma indústria naval que emprega 78 mil pessoas e já é a terceira maior do mundo?

          Que país ampliou a capacidade instalada de eletricidade de 80 mil para 126 mil MW, e constrói três das maiores hidrelétricas do mundo? Levou eletricidade a 15 milhões de pessoas no campo? Contratou a construção de 3 milhões de moradias populares e já entregou a metade?

          Qual o país no mundo, segundo a OCDE, que mais aumentou o investimento em educação? Que triplicou o orçamento federal do setor; ampliou e financiou o acesso ao ensino superior, com o Prouni, o FIES e as cotas, e duplicou para 7 milhões as matrículas nas universidades? Que levou 60 mil jovens a estudar nas melhores universidades do mundo? Abrimos mais escolas técnicas em 11 anos do que se fez em todo o Século XX. O Pronatec qualificou mais de 5 milhões de trabalhadores. Destinamos 75% dos royalties do petróleo para a educação.

          E que país é apontado pela ONU e outros organismos internacionais como exemplo de combate à desigualdade?

          O Brasil e outros países poderiam ter alcançado mais, não fossem os impactos da crise sobre o crédito, o câmbio e o comércio global, que se mantém estagnado. A recuperação dos Estados Unidos é uma excelente notícia, mas neste momento a economia mundial reflete a retirada dos estímulos do Fed. E, mesmo nessa conjuntura adversa, o Brasil está entre os oito países do G-20 que tiveram crescimento do PIB maior que 2% em 2013.

          O mais notável é que, desde 2008, enquanto o mundo destruía 62 milhões de empregos, segundo a Organização Internacional do Trabalho, o Brasil criava 10,5 milhões de empregos. O desemprego é o menor da nossa história. Não vejo indicador mais robusto da saúde de uma economia.

          Que país atravessou a pior crise de todos os tempos promovendo o pleno emprego e aumentando a renda da população?

          Cometemos erros, naturalmente, mas a boa notícia é que os reconhecemos e trabalhamos para corrigi-los. O governo ouviu, por exemplo, as críticas ao modelo de concessões e o tornou mais equilibrado. Resultado: concedemos 4,2 mil quilômetros de rodovias com deságio muito acima do esperado. Houve sucesso nos leilões de petróleo, de seis aeroportos e de 2.100 quilômetros de linhas de transmissão de energia.

          O Brasil tem um programa de logística de R$ 305 bilhões. A Petrobras investe US$ 236 bilhões para dobrar a produção até 2020, o que vai nos colocar entre os seis maiores produtores mundiais de petróleo. Quantos países oferecem oportunidades como estas?

          A classe média brasileira, que consumiu R$ 1,17 trilhão em 2013, de acordo com a Serasa/Data Popular, continuará crescendo. Quantos países têm mercado consumidor em expansão tão vigorosa?

    • José Carlos disse:

      Com nenhum país comunista, ainda mais com uma ditadura comunista cujo atraso é radical. A esquerda no mundo está em franco processo de decomposição.

      • Martinho disse:

        Parabéns ! vc sabe o que escreve… sempre fui petista, ou gostei do PT, principalmente pelo o que o Lula fez pelo nordeste. moro em São paulo há 13 anos. Eu passei fome, conheci pessoas que passaram fome, pelo menos onde mora os meus ente queridos, esse quadro mudou completamente. Mas a ninha preocupação é o Brasil se tornar uma Venezuela, ou uma Ucrania…Por isso e outros motivos estou completamente desiludido com a turma do PT. Mas os teus comentários foram sábios!

    • Luis disse:

      Sim com certeza!
      Devemos fazer aliança só com a grande Europa que está crescendo quase 0%. Assim podemos também crescer a 0% por ano e todos ficamos felizes por o desemprego voltar a níveis de 10%.
      Isso sim é país desenvolvido não comunista!!

      Cuba se encontra em um lugar estratégico para o nosso comércio com os EUA e com os países do oceano pacífico (pelo canal do Panamá). E é o único país da região sem influência pesada dos EUA, onde podemos marcar nossa influência.

      Os jornais americanos exaltam nossa parceria que só é benéfica para o país [1]. E a gente vai reclamar por que é um país comunista? Então, vamos parar de fazer negócio com a China também, que tal? Vai ser ótimo para o país.

      Vamos deixar de ser preconceituosos e pensar no país?

      [1] http://www.nytimes.com/2013/12/30/world/americas/brazil-forging-economic-ties-with-cuba-while-hiring-its-doctors.html?_r=0

      • É isso ai Felipe,vc foi na jugular desses ctrícos de plantão!!!!!!!

      • André disse:

        LUÍS, A VERDADEIRA QUESTÃO NÃO É SER COMUNISTA, POIS SABEMOS TODOS QUE É UM SISTEMA FALIDO. O QUE REALMENTE É ESTRANHO É UM PRESIDENTE E UM PARTIDO QUE DIZ LUTA PELA DEMOCRACIA SE ASSOCIAR ESTRANHAMENTE COM CUBA, VENEZUELA, BOLÍVIA ETC., PAÍSES QUE JÁ MOSTRARAM AO MUNDO SEREM DITATORIAIS DISFARÇADOS DE TENDÊNCIAS DEMOCRATAS. NÓS BRASILEIROS, PRINCIPALMENTE OS GESTORES MAIS GRADUADOS, DEVEMOS APOIAR A “DEMOCRACIA” EM CUBA, NA VENEZUELA E NA BOLÍVIA E NÃO APOIAR O REGIME CUBANO, O REGIME VENEZUELANO E O REGIME BOLIVIANO. VOCÊ PODE ATÉ NÃO ACREDITAR MAIS ESTAMOS CAMINHANDO PARA OS MOLDES DESTAS DITADURAS DISFARÇADAS, E ESTAMOS BEM PERTO. É SÓ A PRESIDENTE SE REELEGER , COMO VAI, E AS REALIDADES APARECEREM NO ANO QUE VEM. QUEM VIVER VERÁ……..

    • Carlos Donizeti de Moraes disse:

      Se os esquerdistas são uns chatos, imagine este monte de direitistas falando do que não sabem aqui….olha…é diversão pura!!

    • Rogerio LINS disse:

      Comprar tênis de Taiwan, vietnam, china, tudo bem, não importa se a mão de obra é barata e quase escrava, ou de pais ditatorial com china, hipocrisia e pare de comprar produto vagabundo da china dando emprego lá e tirando daqui

    • Francisco disse:

      EEUU e China mantêm relações diplomáticas – e comerciais – regulares.

      Enquanto houve URSS, EEUU manteve relações normais esse país. Atualmente, mantém relações normais – diplomáticas e comerciais – com Vietnã (com o qual travou guerra – e perdeu), com Angola e com Moçambique.

      Venezuela não é um país socialista, portanto, os problemas que ela tenha não podem ser atribuídos ao socialismo, mas ao regime econômico em que se encontra: o capitalismo.

      Por fim, se socialismo não adiantasse a vida de ninguém, se fosse tão ruim, o Brasil (que é capitalista…) estaria enviando médicos para Cuba e não o contrário.

    • s4n disse:

      ué.. mas a gente tem comércio com a ditadura chinesa…

      Pq não pode ter relações com Cuba??

    • Chico disse:

      Senhores,

      Toda nação, todo povo, todo ser humano merece respeito…

      Ainda q não seja uma democracia, CUBA está a frente de muitos países considerados ricos…

    • laura oliveira disse:

      Se Cuba fosse um bom País, as fronteiras seriam abertas, pois ninguém iria querer sair de lá. Falam tanto dos Estados Unidos, mas muita gente quer ir para lá e não se vê ninguem de lá querendo sais.
      Que Deus nos guarde, pois a melhor coisa do muindo é o direito de ir e vir. e este se brincar perderemos.

  2. brito junior disse:

    o povo não sebe nem o que isso significa !

  3. Couto disse:

    Parabéns ao Lula por essa iniciativa. Diferente daqueles que, indiferentes à saúde do povo tentam boicotar o acordo. A princípio hostilizaram os médicos cubanos. Mas quando viram que a população carente, em massa, recebeu aqueles médicos de braços abertos, notaram que deram um tiro no pé. A seguir, com a conivência da mídia, passaram a ter peninha deles dizendo que estavam ganhando pouco. Por outro lado, com ajuda de funcionários americanos passaram a tentar boicotar o programa assediando os médicos para abandonar o programa. Mas a escala de valores dos cubanos é diferente daqueles que acham o “ter” superior ao “ser”.

    • Luiz Fonseca disse:

      Couto, você deveria pensar não em lula ter ido para negociar mas, como foi negociar um salário que já saiu daqui definido e agora o governo cubano confisca 80% e o lula negocia mais 10 % de bônus aos pobres médicos. Quanto ao povo que recebeu os médicos, se fossem veterinários teriam sido recebidos do mesmo jeito e porque lula não negocia com faculdades do Brasil inteiro para formar médicos melhores que os importados.

      • Alexandre/SP disse:

        Só para lembrar,existe,já,um programa de adesão de estudantes de medicina em formação,para servir nas Forças Armadas,em regiões de difícil acesso,no território nacional.São escolhidos os de pior classificação para Residência,ou voluntários.O número ainda é pequeno,ms há outros programas,das Armas,da Escola Paulista de Medicina,etc.Poderiam,sim,é ser incorporados ao “Mais Médicos”,ou coisa assim.Há pouca divulgação e nem tanto interesse, dos estudantes,q procuram áreas de “prestígio”.geralmente.

    • rene disse:

      Pagar mais de R$ 10.000,00 por cada médico, não é o problema. O problema é saber que este dinheiro não retorna para nosso país. Imaginem se o governo então contrata-se 5.000 médicos recém formados para servirem de oficiais temporários no Exército, por um período de cinco anos. Tais médicos, trabalhariam em uma escala de 24 horas de plantão por 72 horas de folga onde nesta estariam liberados para atenderem em seus consultórios. Sendo eles militares do Exército, seriam pelos militares controlados e fiscalizados o que impediria as faltas. A vantagem que um oficial temporário do Exército custaria aos cofres públicos, mais ou menos R$ 5.000,00 por mês o que daria então para o governo contratar o dobro. Outra vantagem é que estaríamos dando trabalho para jovens recém formados no Brasil e o valor investido ficaria 100% no Brasil. Isto é legal e possível é só verificar a incorporação de oficiais temporários no Exercito. Tal fato não criaria vínculo empregatício e não daria estabilidade aos incorporados uma vez que não fecharia tempo hábil para tal.

      • mauro disse:

        Rene, tudo muito certo não fosse a sacanagem final: “Tal fato não criaria vínculo empregatício e não daria estabilidade aos incorporados uma vez que não fecharia tempo hábil para tal.” Se os caras estão trabalhando, teria que ter vínculo empregatício mesmo que fosse sem estabilidade.

      • Odil disse:

        Rene, sua ideia parece ser boa!
        Só parece!… Agora vai recrutar médicos `jovens` pra ver se consegue. Não consegue 10. E se conseguir dez médicos, serão taxados de idiotas pelo CRM. Fala sério!!!… Vamos viver de realidade, não de sonhos!

      • Alexandre/SP disse:

        Já existe um programa assim.Universidades q tenham convênio,enviam estudantes q n se classificaram p Residencia,para servir nas Forças Armadas. São enviados p o Norte do País,geralmente.

    • josé de miro mazzaro disse:

      Ola Couto
      O programa é bom, uma vez que os médicos brasileiros só querem estar em lugar que tenha asfalto, shopping e condominio fechado. Assim como o MST, que adora uma beira de asfalto, tv, boteco e comida grátis.
      O problema é técnico: como se contrata profissionais, em absoluto desrespeito com a legislação trabalhista e a constituição então nem se fala (equiparação etc ) os advogados trabalhista vão deitar e rolar. abs miro.

      • Rocha disse:

        Como você mesmo disse, José, essas contratações são absolutamente inconstitucionais. Esse é um dos principais problemas em relação à falta de adesão de médicos brasileiros. Veja bem, o que o governo federal está exigindo é que os médicos deixem os seus empregos (sejam eles públicos ou privados) já que a jornada é de 40 horas semanais e embarque nessa canoa furada por no máximo 3 anos. Depois o sujeito é que se lasque para passar em um outro concurso e adquirir nova estabilidade ou que procure um emprego em um grande hospital, etc. O governo reclama da falta de residência, mas obriga a pessoa a desistir da residência que eventualmente estiver cursando para aderir ao Mais Médicos. Sem falar que há várias denúncias de médicos brasileiros que tentaram se inscrever e não conseguiram, ou que foram designados para locais distantes, mesmo havendo vagas abertas para locais próximos de sua residência (a propósito disso, o convênio com a OPAS é do ano de 2012, e o Mais Médicos só foi criado em 2013. Está na cara que tinha que dar errado para justificarem a vinda de cubanos). E por que não temos médicos nos Municípios? Basicamente o mesmo problema da precarização da relação de trabalho existente no Mais Médicos – só que mais grave. Os Municípios pagam mal. Eles não poderiam pagar mais que o salário do Prefeito, e quanto menor o Município, menor o salário do prefeito e menos médicos se interessam. Além disso, a maioria contrata médicos sem concurso (contratos temporários, que tem as mesmas desvantagens do Mais Médicos, além do risco de serem demitidos por questões mesquinhas – muda-se o prefeito, muda-se o médico). Outros obrigam os médicos a criarem pessoas jurídicas. Não bastante, mesmo nos Municípios em que se paga bem, e que não se pratica perseguições ou favorecimentos, há o sério risco de o salário só existir no papel. Conheço pessoalmente casos assim. Promete-se salários atrativos, mas não se paga. Sem falar que, ultrapassados todos esses dessestímulos, o médico ainda poderá ser obrigado a conviver com falta de estrutura (com risco de acusação de “erro médico” ou “omissão de socorro”), ter que tirar dinheiro do próprio bolso para poder atender os pacientes e, muitas vezes, sendo o único médico da cidade, ter que se responsabilizar 24 horas por dia e 7 dias por semana pelo atendimento de todos os moradores da cidade. Por outro lado, seria fácil resolver, em grande parte, com esses problemas se a União criasse carreira médica federal e fizesse concurso, com estabilidade para médicos, com salário razoável e com gratificações de estímulo para quem optasse por regiões mais carentes desses profissionais. Mas o que fez a Dilma? Vetou a emenda que obrigava a União a criar essa carreira. Veja bem, a União poderia resolver, dentro da lei, grande parte do problema, mas ela não abre mão de trazer cubanos e dar dinheiro aos Castro. Assim, ela cria propositadamente um conflito entre “povo sofrido” e “elite exploradora”, no melhor estilo “dividir para governar” e posa de boazinha e salvadora da pátria enquanto se recusa a investir 10% do orçamento na saúde (Estados tem que gastar 12% e os Municípios, os mais pobres nesse meio, tem que gastar 15%).

    • Lander Ribeiro disse:

      Com certeza vc deve ser um lulista de carteirinha… Trate de se informar mais à respeito das ”boas intenções” desse sr !!!

    • Everson disse:

      A sua também, como socialista militante anencéfalo. Vou te passar o número da minha conta para você dividir sua “BOLSA ESMOLA” comigo!!!

  4. Jota disse:

    Um Governo descente nunca apoiaria a ditadura dos Castro. Paga-se X para os médicos, que tem suas famílias lá, e ficam com todo o restante. Escravidão. O povo menos esclarecido está começando entender.

  5. Adriana disse:

    Não é que Lula acha que os médicos ganham pouco, ele só está fazendo isso para tentar blindar a campanha de Dilma. A resposta virá das urnas.

  6. Ricardo disse:

    Quando um ex-presidente atua como Chefe de Estado em missão diplomática interacional, qual, deveria haver sido desempenhada, em verdade, por sua sucessora após o 2º mandato do sucedido, claro fica que é insofismável crer que quem govera é o sucedido através da testa-de-ferro que veste a faixa presidencial, apenas, para inglês ver e em flagrante afronta a lei magna quando veda o exercício do 3º mandato, qual, se faz maquiado e pleno pelo Lula e a quem a Dilma “quase presidente” deve obediência e satisfação por todo o tempo e atos de governo. nada mais é do que fraude a vedação expressa do 3º mandato. O Lula continua governando.

  7. Carlos disse:

    Como este senhor é absolutamente inculto, ele não consegue entender que deveria ir à Cuba negociar a vinda dos médicos ao Brasil e o Brasil pagaria diretamente aos médicos os 10.000,00, e não pagar 10.000,00 para Cuba e o médico receber apenas 3.000,00 (que na verdade nem é 3.000,00). Essa negociata deveria dar cadeia!

  8. mario luis disse:

    Kennedy,
    Por favor, depois que este cidadão que se diz ex-presidente, proibiu um assassino
    de ser extraditado para a Italia, pior, assumiu admiração ao presidente do Irã.
    Ir à Cuba é um simples gesto de falta de respeito ao POVO BRASILEIRO.
    Prova do que este partido politico faz para se manter no P O D E R.

  9. tunim disse:

    A associação de qualquer país que tenha a intenção de ser democratico com Cuba já desmente a posição de seus lideres. Infelizmente, graças a compra de muitas pessoas ( por ignorancia ou ganancia) vemos a concordancia com estas atitudes do Lula. Se qualquer brasileiro com um pouco de bom senso pesquisar, verá que ele nunca foi socialista. Enxergará que ele foi, e é um espelho de tudo que temos : Ambição de ser rico e poderoso!Nós plantamos, nós colhemos

  10. Fernando disse:

    Quem precisa de acordar é você Felipe.

  11. Antonio Adalmir Fernandes disse:

    As visitas de lideranças petistas à ilha maldita, para prestarem adulação e reverência aos ditadores sanguinolentos, sinônimos de retrocesso político-democrático, demonstra o quanto o país tupiniquim ainda precisa se despertar e dar salto de qualidade quanto ao respeito aos princípios de civilidade e de sensibilidade sobre a evolução da humanidade. Custa acreditar sobre os reais propósitos dessas constantes idas dos petistas a Cuba, pois, sabidamente, ali não existe manancial de coisa alguma que sirva de lição para as salutares práticas do exercício político-administrativo, à vista das atividades retrógradas que são desenvolvidas numa das piores ditaduras que se tem conhecimento nos tempos hodiernos. Basta se mirar para o caso da importação dos médicos do país caribenho, para se perceber a gritante dicotomia existente aquele país e o resto do mundo, quando ali ainda se proíbe que os profissionais sejam tratados com o mínimo de dignidade dispensável ao ser humano, como no caso de poder trazer a sua família para o Brasil, onde eles vão ficam, no mínimo, três anos, em cujo interregno os contatos familiares poderão ser feitos apenas mediante as comunicações existentes entre os dois país. Além de o governo cubano ainda manter rigoroso controle sobre as atividades desempenhadas por seus profissionais no país tupiniquim, onde são mantidos agentes de segurança daquele país para monitorar os passos dos cubanos, que não têm direito sequer de transitar livremente aqui no país, pois eles são obrigados a declarar qualquer afastamento do local de trabalho. Ou seja, mesmo distantes de Cuba, os médicos vivem em permanente estado de escravidão, inclusive quanto aos valores que percebem pelos mesmos serviços prestados por outros médicos contratados pelo governo brasileiro. Enquanto os médicos cubanos vão passar a ganhar salário de R$ 3 mil, a partir deste mês, os demais profissionais já estão ganhando R$ 10 mil livres. Tudo somente demonstra as ruindades e as perversidades do governo ditatorial de Cuba, que, mesmo desprezando os direitos humanos e os princípios democráticos, ainda são idolatrados e adorados pela cúpula petista, como se os irmãos castristas fossem o suprassumo a ser seguido como exemplo de governantes capazes e eficientes, cujo regime comunista implantado no seu país evidencia verdadeiro desastre de destruição da espécie humana, a quem submete ao capricho do eterno atraso e subdesenvolvimento sob as condições ideais de sobrevivência, de conhecimento e de modernidade dos recursos sociais e econômicos. É lamentável que os governantes brasileiros elejam os ditadores cubanos como aliados, parceiros e orientadores, em demonstração de verdadeiro retrocesso estratégico, político, social, econômico, democrático etc., quando os governantes do resto do mundo, que têm sensibilidade e responsabilidade com a vanguarda das questões mundiais, estão interessados em manter relações diplomáticas com países que se evoluíram e são destaques quanto à consecução do desenvolvimento econômico do seu povo. Acorda, Brasil!

  12. helio martins disse:

    Depois que o Partido da Tramóia infestou esse país, trazido por uma bactéria barbuda, vacinar é facílimo: outubro está aí. É só votar em BRASILEIROS ou simplesmente não votar. Vomitar na urna é mais fácil e menos perigoso para nós e para o “nosso” Brasil.!

  13. Rodrigo Rodrigues disse:

    Sem a menor dúvida, o maior problema brasileiro, das causa secundárias como interpretação equivocada das leis a favor de interesses obscuros, falta de serviços públicos de qualidade como saúde, educação, segurança, é uma só, há exceções, do poder judiciário que está fazendo um desserviço ao país, quando decide mal, quando se omite, pois está favorecendo, subsidiando a impunidade, causa maior da corrupção e da insegurança da população, e o pior, com aumento crescente no descrédito da administração pública. No caso, a justiça brasileira até agora não decidiu sobre a contratação de médicos cubanos de regime de servidão do governo de Cuba, um atentado contra as normas infraconstitucionais e da lei maior, sem falar dos direitos humanos, ou seja, o poder judiciário não condenou o poder executivo como sempre agiu em defesa de seus supersalários e mordomias garantidos pelo executivo que paga através dos altíssimos impostos para não ser incomodado… quem não se lembra do supersalário de R$ 611.000,00 pago a um magistrado carioca! Pois é srs. eis aí, na minha modesta opinião, a causa principal dos graves problemas da sociedade brasileira, qual seja, a omissão, uma justiça que não decide, que não condena, que não interpreta a lei a favor da punibilidade, que não faz um menor esforço para mudar esta situação de injustiça, ou alguém conhece alguma associação de magistrados com projeto de lei no congresso nacional a favor dos interesses do povo? É óbvio que não, caso contrário seria esmagada pela maioria que não estão nem aí com direitos do povo, mas sim na defesa dos seus supersalários e mordomias a perderem de vista.

  14. carlos marinho disse:

    Os comentaristas que falam de Cuba deveriam unirem-se numa campanha para solicitar do TIO SAM o fim do bloqueio que a ilha sofre por não se sujeitar aos seus caprichos. Mesmo assim, lá não existe analfabetos e tem uma saúde de ponta. Aqui no Brasil, que achamos que temos liberdade, somos governados por partidos políticos corruptos- todos eles-e vivemos sob uma nova ditadura: DITADURA DE CORRUPÇÃO, abençoada pela impunidade.

  15. Gecimar disse:

    Sp Precisa de um auditória na prefeitura e no TCM, a cidade mais rica do pais, fatura mais que muitos países, não tem dinheiro para nada, brincadeira. Qto os médicos cubanos so terão uma função no Brasil, ASSINANTES DE ATESTADOS DE OBITOS, pois SP, não tem medicamentos e aparelhagem quem acredita que vai ter onde estes médicos estao

    • odilon silva disse:

      Gecimar, vamos a alguns números. SP a cidade mais rica do pais, fatura mais que alguns países. São Paulo esta entre as 10 maiores cidades do mundo na frente de Nova York em população, mas Nova York tem orçamento 3 vezes maior, somos 11,8 milhões de Paulistanos contra 8,4 milhões deles. Podemos dizer que o valor gasto por habitante é quase 4 vezes maior lá. Some-se a isto que de todo o IR e IPI arrecadado no Estado de SP, 50% vai para o fundo de estados e município e nada volta para São Paulo, pode? realmente SP é uma cidade muito rica, mas a riqueza é levada embora.

  16. Arnaldo Prudencio disse:

    Comparar um pais socialista, com o que temos, é pura ignorancia. Cuba tem saúde,educação,segurança. O que você pede no Brasil?

    • Oscar disse:

      Ô Prudencio, acorda meu filho, eles tem dengue, eles tem todos os problemas de um país de clima quente, ELES TEM FOME, ELES TEM FALTA DE TUDO, MAS NÃO FALTA NADA PARA OS SECTÁRIOS DO PARTIDO DOMINANTE…esta semana o povo brigou num “supermercado” por poucos desodorantes…fala sério e vc vem aqui DEFENDER COMUNISTAS ? acorda, pegue um avião da CUBANA DE AVIACION (É UM YLIUSHIN viu) e vá até ver como vivem os habitantes da ilha…Deixe de escrever bobagens !

  17. marcos disse:

    kennedy, cuba e o porto seguro dos petistas. la o esperto lula tem lastro para qualquer
    acordo com os velhos parceiros.

  18. carlos disse:

    o lula esta agindo como bombeiro, fica apagando incêndio e consertando as cagadas do pt, mas acho perigoso aliança com cuba, afinal onde tem cana cana da..rsrs,,,foi extremamente negativo, alinças com ditaduras, um líder de fato a dilma e de direito kkk de um pais democrático, isso não leva a nada , e muito negativo e os eleitores não são mais bobos, esta vendo isso. o problema e arrumar alguém que resolva, todo mundo so quer se dar bem, porque tanto esforço e ate disputas a bala, por um cargo publico, sera que isso e amor ao povo…caramba vai amar assim la na coreia do norte…

  19. sergio almeida disse:

    Não é comovente ver a defesa intransigente dos direitos trabalhistas dos médicos cubanos pela extrema direita? Logo eles que resistiram dezenas de anos a conceder estes direitos aos brasileiros. Só a luta dos sindicatos garantiram os direitos que temos. Eu me comovo. Sinceramente. Vamos conclamá-los também a se indignarem com o trabalho escravo a que são submetidos milhares de brasileiros nos EUA por exemplo onde boa parte são ilegais. Também em situação análoga a escravidão em que vivem os brasileiros do Norte do Brasil onde madeireiros exploram os brasileiros. Mas os madeireiros tbm são de direita. eles não se sentem a vontade para criticar. Hipocrisia teu nome é direita!!!

  20. edu disse:

    Se o médico trabalha no Brasil, tirando os descontos trabalhistas no Brasil e os impostos, o salário é dele para fazer o que quiser e mandar quanto quiser para sua família e o necessário que couber a ele. Agora ficar com trinta por cento pra ele e o resto para cuba, errado.. Ele trabalha no Brasil e não em cuba…. tem que pagar imposto para o Brasil e não para cuba…Ele veio para o Brasil como funcionário e não como escravo…

  21. claudionor e mendonça disse:

    Por tudo isso o PMB Partido Militar Brasileiro esta ganhando cada vez mais seguidores, talvez seja o caminho para se mudar tudo isto ai.

  22. morais disse:

    O FHC vai ajudar e muito a afundar o Aecim, pois ele não tem carisma com o povo e não poder de negociação nenhuma, já o LULA tem um carisma muito grande, muita força nas negociações para a Dilma não só no Brasil como no exterior e não adianta os coxinhas ficarem chorando, pois o Brasil cresce muito mais que a Europa e ficar fazendo parceria com eles seria gerar desemprego e crescimento negativo.

  23. josimar disse:

    Vamos dar o troco nas urnas…O povo não é bobo como muitos pensam…Confio no Brasil…

  24. Gilberto Lira disse:

    Lula era a última esperança para o Brasil em 2002, pensava os brasileiros. Mas a esperança morreu pelo meio do caminho quando foi descoberto o MENSALÃO. A atriz Regina Duarte estava certa quando na campanha eleitoral de 2002 disse que estava com medo de Lula governar o Brasil. Se os brasileiros tivessem ouvido o recado dela, o país não estava passando pelo desgoverno que estamos vendo hoje. Também pudera, eleger um analfabeto e uma mulher guerrilheira, só podia dar nisso. Precisamos tirar o PT do Poder. Outubro está chegando.

  25. G disse:

    Gente o comunismo no Brasil não morreu; Ele estar adormecido.

  26. Claudio Menezes disse:

    Prezado Kennedy,

    Ñ entendo porque a cobertura do acordo com a OPS é divulgada com tanta parcialidade. Bem que um jornalista sério como você poderia visitar a pagina web da Agência Brasileira de Cooperação (www.abc.gov.br) onde há diversos convênios análogos ao firmado com a OPS. São convênios firmados por municípios,estados e ministérios que seguem o mesmo modelo do “Mais Médicos”. Em todos esses acordos, o salário dos profissionais é pago pelo órgão internacional (OIT, PNUD, IICA e muitos outros). Em tempo: tais salários são negociados para cada contrato e ñ seguem a tabela paga aos funcionários internacionais. Ñ consigo ler na nossa imprensa nenhuma matéria que faça essa análise.

  27. Eduardo disse:

    Essa discussão do Mais Médicos tem cinco aspectos: 1) Político (quantos votos isso cria?); 2) Econômico (quanto dinheiro isso custa e gera?); 3) Social (quem e quantos vão ser assistidos?); 4) Acadêmico (qual a objetividade científica desse projeto, tanto no delineamento, como na avaliação de resultados?); 5) Ético (quem é do bem e do mal?). A escolha do mais ou dos mais relevantes, a ser usada como cavalo de batalha, fica ao sabor da ideologia de cada um.

  28. Aprigio Soratto disse:

    Felizmente´, são pouquíssimas as pessoas que se deixam enganar pela alarido da “mídia” e o partidarismo de direita do “judiciário”, ambos empenhados em desinformar, fomentar medo e gritar “honestidade”, quando na realidade estão a defender sus próprios interesses comerciais ou corporativistas. A Direita não tem proposta para o Brasil, portanto, não tem VOTOS: vão perder mais uma vez, democraticamente, no VOTO POPULAR. O atual “líder” da direita, FHC, assinou Lei PROIBINDO a construção de Escolas Técnicas no Brasil.Até hoje eles sonham em “tomar” para si, através de privatizações, a Petrobras, o Banco do Brasil, a Caixa…. Esse é o motivo do ódio, não é por interesse em desenvolvimento ou bem estar do povo brasileiro, não acreditem nisso. Um operário mudou o Brasil, para os brasileiros.

    • Odilon Silva disse:

      Alarido da mídia, partidarismo de direita do judiciário… A direita não tem resposta para o Brasil, que direita? Sonhou? O atual líder da direita FHC, é de dar risada. O Brasil não tem mais direita, isto é sonho. Cada afirmação absurda, não bate com a história e com os números. Tomar para si através de privatizações a Petrobrás é miragem. Em 1996-97, FHC, se comprometeu por escrito em não privatizar a Petrobrás. Muito pelo contrário, de 1998 até 2007, enquanto vigorou o livre mercado sem monopólio, a Petrobrás cresceu muito, se internacionalizou, sua produtividade forçada pela livre competição dobrou. De 1998 a 2007 foram 13 rodadas de leilões, com inúmeros concorrentes. Em 2007 com o anuncio do pré-sal no campo de Tupi, a ala radical do governo fez tudo parar, queriam a volta do monopólio. Sem leilões as gigantes foram obrigadas por escala a sair do Brasil. As estimativas são de que meio a 1 trilhão de dólares deixaram de entrar no Brasil neste setor. O primeiro leilão voltou 6 anos depois em 2012. O leilão do campo de Lira, o primeiro do pre-sal, foi um fiasco, só um grupo participou, nem foi leilão. Voltar o monopólio da Petrobrás custou e esta custando muito caro ao Brasil, sem falar da nova estatal a Petrosal da união. Em 2010 atingimos a autossuficiência e logo perdemos no ano seguinte pela queda de Produção dos campos da Petrobrás. A Petrobrás passou de 40.000 funcionários em 2002 para 80.000 em 2012. Foi assolapada pelos partidários sem nenhuma capacitação para tal. Jogou fora 1 bi de US$ na refinaria de Passadena.
      Realmente tenho que concordar com você, que pena que FHC, não privatizou a Petrobrás. Se tivesse feito talvez nenhuma destas mudanças absurdas de direção teria ocorrido e o Brasil teia crescido muito mais nestes últimos 5 anos.

  29. Delmo Oliveira disse:

    Caro Kennedy;
    Quem na verdade governa o nosso Brasil??? Já tivemos um gabinete presidencial paralelo em São Paulo que acabou com a Operação Porto Seguro. Sendo o mesmo comandado pela amiga íntima do Luis Inácio Lula da Silva, a Rosemary P.Noronha, que tinha até passaporte diplomático por determinação do mesmo. Está semana saiu na nossa Imprensa que ela virou ré em relação ao escândalo que o tal gabinete patrocinou. Ainda teremos mais escândalos até outubro. Quando a simpatia pelos irmãos Castro é coisa antiga, não causa surpresa. Vamos aguardar o desfecho de tal aproximação com a ditadura Castrista. PT NUNCA MAIS!!!

  30. Paulo Roberto disse:

    Muito bem Lula… Depois de vc o Brasil só cresceu… Vc é é será nosso presidente… Depois de Dilma vem vc novamente… É que chorem os recalcados…

    • José carlos disse:

      Caro Paulo Roberto;
      Pobre do povo que não sabe o que é Democracia e triste é saber que em nosso Brasil há tanta gente aplaudindo a corrupção, erros grosseiros de projetos, políticos canalhas que vendem o nosso patrimônio para financiar compra de votos em troca de apoio político. E, negociatas de contratos de trabalho que ferem a própria legislação trabalhista ex: dos contratos dos médicos Cubanos, que somente agora depois dos escândalos virem a tona é que o Governo dos Petistas se manifesta, procurando através do seu ex-presidente LULA pedir ao Sr. Castro II que aumente o salario dos médicos, ora trabalhando no nosso país. É triste, pois logo ele ex-sindicalista aceitar tal contrato de escravidão.E agora escuto vem Lula, Lula outra vez. Onde está a Democracia? A alternância do poder? A Democracia precisa de lideres que trabalhem pelo povo, mas. que saiba respeita-los, que não façam dos meios (obscuros)justificativas dos fins. Por tudo isso te digo o povo brasileiro não precisa desses PTistas, precisamos de homens de caráter, que não mintam para o povo.

    • marco disse:

      e que vibrem os idiotas!

  31. Marcos Lima disse:

    Como esses médicos Cubanos se formaram desde o pre-primário até a universidade em um pais bloqueado e invadido pela maior potência econômica e militar de todos os tempos ?????

  32. Kennedy, a preocupação dos antipetistas, antitudo não é com os médicos cubanos, em si. Na verdade, estão preocupados que o sucesso dos “mais médicos”, venha a dar certo, impulsionando a canditura Dilma, da mesma forma que o Plano Real veio a garantir a eleição do FHC em 1994.

  33. Martinho disse:

    Tem mais caroço nesse angum do que se pode imaginar.

  34. Carlos disse:

    Interessante, pagam 10 mil para um profissional porém o mesmo só pode dispor de 3.000 para sua sobrevivência? Parece que o governo do PT arrumou uma justificativa legal, visando financiar o custo da ditadura cubana, pior utilizando dinheiro público…. fazendo caridade com dinheiro dos impostos.

  35. Luiz Freitas disse:

    Mudem-se para a Venezuela, Cuba e Irã que lá é melhor..mas lembrem-se de levar liquidificador pois lá não tem.

  36. Marcus Franca disse:

    Engraçado como se negocia saúde. Seria mais fácil se o Governo Federal pagasse o que se paga aos mais médicos o mesmo salário aos médicos brasileiros. Exemplo: Programa Mais Médicos (qualquer nacionalidade, inclusive os brasileiros cadastrados no programa), salário R$ 10.427,29 (líquido), por 32 horas semanais. Médico do PSF concursado a 11 anos, pós graduado em Saúde da Familia e Mestrado em Saúde Coletiva, salário R$ 6.450,00 (líquido). Duvida? te mostro o contracheque.

  37. Mano brisa disse:

    Por obsequio desta galera tão sabida e palpiteira, poderiam explicar ao pessoal mais desfavorecido, se os EUA a quem tandos lambem o saco, são a maior democracia do mundo, o verdadeiro sonho acordado de liberdade e Cuba é um a ditadura sanguinária, um pesadelo zumbi. Porque há um americano preso por denunciar crimes de guerra e uma cubana soltinha por aí, criticando o regime do Fidel? Porque a blogueira mais “perseguida” por Fidel foi morar na Suíça e voltou pra Cuba por espontânea vontade? Porque os EUA exportam guerras enquanto Cuba exporta médicos? E porque com tanta liberdade os EUA tem a maior população carcerária do planeta? Enfim são tantas hipocrisias sem explicações da matilha. E Guantánamo que só por ser uma prisão norte-americana localizada em Cuba, já merecia estar no topo da lista de abominações humanas. A controversa cadeia abriga centenas de prisioneiros de guerra vindos do Iraque, Afeganistão, etc… Torturas físicas e psicológicas, humilhações e a administração militar, que impossibilita uma chance de defesa aos detentos, já não são mais segredos para ninguém. E o pior de tudo, nem sua mãe sabe que você está lá e virou uma cobaia. Cabuloso este mundão. Não existe nada tão mau, selvagem e cruel, na natureza, quanto estes homens normais…Mas enfim seguimos adiante, perseverantes na luta pois Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.

  38. jose vicente xavie disse:

    eu entendendo que para resolve o problema,e só os políticos,tomar vergonha na cara pois temos todos recursos que
    hum pais precisa ter para crescer,e se desenvolver vergonha,vergonha,vergonha.

  39. Luiz Mattos disse:

    Porque o Lula não junta toda a corja: Cuba, Venezuela, Bolívia, Irã, China e criam o GRUPO DOS SEM DEMOCRACIA.

  40. Ademir disse:

    A grande verdade é que o Velho Lula continua um grande lider e rendendo comentários. Ora, o Programa “Mais Médicos” rende uma sucessão de debates e uma crítica profunda sob diversos aspectos de como os diversos entes trata a saúde no Brasil. é fato! Vejamos alguns deles:
    1- Começa por escancarar e necessidade de médicos nos rinções ou nas periferias das grandes cidades, onde médicos brasileiros não vão, por diversos motivos e o maior deles são “os objetivos da formação do médico nacional” (via de regra é uma ELITE sendo formada em Universidades Públicas de ótima qualidade, cara, custeada pelo erário e, pasmem: “COMPROMISSADOS COM O CIDADÃO APÓS O CURSO, MAS A PESO DE OURO”; 2- O Brasil, como poucos tem a cultura do SISTEMA UNICO DE SAÚDE e uma formação de médicos PARA UMA ELITE. O diagnostico só ocorre depois de uma parafernália de exames, sem o qual um médico nacional se torna apenas ouvinte. “Pessimo ouvinte, diga-se de passagem”. Vai longe, para os daqui a idéia de que basta ao um médico “o estetoscópio, termometro e cultura de médico de família para diagnosticar um sem número de doenças e apontar outros caminhos”; 3- A difícil combinação entre medicina e capitalismo, vez que o primeiro pressupõe solidariedade, humanismo, o que ao segundo, o lucro, a exploração, definitivamente não combina! E por aí seguem-se as reflexões sobre o programa e os desafios futuros. As primeiras conclusões: 1 – Ao Brasil, lugar dito de paz, solidariedade com os povos, etc. cabe seguir o exemplo cubano e modificar sua cultura de formação, resolver seu problema de falta de médico, se solidarizar com muitos outros povos que necessitam também de médicos; tornar a medicina humanizada(estranho dizer isso, mas é o que cabe); Medicina e capitalismo definitivamente não combinam! Ah! A despeito de Cuba, sob embargos americanos e aliados de mais de 50 anos, soube tratar a questão da saúde de tal forma que é uma das melhores do mundo, exporta médicos e trata o ser humano com parcos recursos, sem o mi mi mi. do falta isso, falta aquilo, melhorando muito a longevidade da sua população. Não custa nada aprender com esse povo, mesmo porque “todos os caminhos levam ao socialismo!” Não vai adiantar resistir por muito tempo mesmo! O caminho da igualdade e da fraternidade e da solidariedade é o caminho da humanidade. O contrário é barbárie, exploração do homem pelo homem, horror!!!

  41. carlos disse:

    Por acaso o Sr. Lula é representante oficial do Governo Brasileiro para ir em Cuba negociar pelo Ministério da Saúde? Por favor, me mostrem a publicação no Diário Oficial com a nomeação do cargo dele…isso só prova quem realmente manda na Presidência da República…depois os petistas reclamam quando falamos que Dilma é um poste…é engraçado ver aqui os defensores do partido dos trabalhadores achar normal um cubano ganhar menos do que um espanhol…um argentino…

  42. Josemar Eloy disse:

    Gostei muito do governo de FHC quando derrubou a inflação; gostei muito do governo de Lula ao manter muitas das conquistas do governo de FHC e até as ampliou. Gosto muito do governo da D. Dilma: falta médicos, daí a necessidade de importa-los, obras super faturadas da Copa, Lula se fazendo passar por embaixador do Brasil em Cuba, Trem bala, obra desnecessária, arenas no meio do mato (oba, vai ter muito índio fazendo campeonato em Manaus, não que eles não mereçam), violência em Pedrinhas e outros presídios Brasil afora, hospitais prontos abandonados, viadutos que começam em lugar algum e ~levam a lugar nenhum, estradas esburacadas e por aí vai.
    Já sei: vamos pôr o Tiririca na presidência, ele vai ficar tão enrolado pensando em quem vai cuidar do quê, que por um período de indefinição não vamos ter políticos roubando tanto. Por falar nisso, se nossos políticos apenas roubassem a metade do que nos roubam, haveria dinheiro suficiente para pôr o nosso país nos trilhos e sermos enfim um país de Ordem e Progresso, mas… rio-me da minha própria desgraça. Aliás, a França e outros países já fizeram suas cartilhas para advertir seus compatriotas dos riscos que são viajar ao Brasil. eu faria o mesmo.

  43. J. Aguiar disse:

    Caro Marujo:

    Você foi perfeito nas análises que fez. É assim que se discute política: com fatos, com números, apresentando a fundamentação teórica para aquilo que se diz.

    O resto é conversa fiada de “coxinhas” mail informados que só conhecem o que conseguiram aprender na época do FHC, ou seja quase nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-13 23:43:50