aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Política
16-09-2014, 21h55

Êxito no combate à fome dá argumento eleitoral ao PT

17

O PT vai mostrar na propaganda política que o Brasil foi um dos países que superaram o problema da fome. Segundo dados do Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) publicados nesta terça-feira, entre 2001 e 2012, houve uma redução de 75% na extrema pobreza no país.

De acordo com o relatório da FAO, 800 milhões de pessoas sofrem fome no mundo. Esse número representa 11,3% da população do planeta. No Brasil, a taxa é menor: 1,7% dos habitantes do país ainda passa fome. São 3,4 milhões de brasileiros sofrendo com insegurança alimentar.

Os dados da FAO chegam em boa hora para a presidente Dilma Rousseff porque reforçam o argumento do PT de que o Brasil vem melhorando nos últimos anos. O partido pretende dizer ao eleitor mais pobre que seria um erro não reeleger Dilma. Ou seja, vai usar a estratégia de levar ao eleitor o medo de perder conquistas.

Marina Silva, do PSB, e Aécio Neves, do PSDB, devem elogiar o progresso no combate à fome no Brasil. Vão dizer que é um processo político longo que não começou com o PT. Os candidatos reafirmarão o compromisso de manter os programais sociais criado nos últimos anos para proteger os mais pobres. Também vão dizer que são erros do governo petista na economia que podem colocar em risco essas conquistas. Ou seja, vão acusar o PT de fazer terrorismo eleitoral e dizer que é preciso mudar o governo para não haver um retrocesso no país.

Confira o comentário do “SBT Brasil” desta terça-feira:

Comentários
17
  1. walter disse:

    “Se vale tudo, por uma única notícia “boa”…então a Dilma, já ganhou as eleições…mas que seja no primeiro turno….quando os escândalos estourarem, não sobrará, “pedra sobre pedra”….o PT, cometeu, inúmeros pecados…não há como salvar o mandato, e a Dilma e o Lula sabem…precisam de uma terceira via; terão que aceitar a Marina de volta…só vão se dar mal, se for o Aécio, a ir par o segundo turno..com qualquer uma das duas”…mudar é preciso, e urgente”!!!

  2. Roger disse:

    Contra fatos não há argumentos.

  3. Manoel Fonseca disse:

    O mais triste desta noticia é você presenciar o Sr. William Bonner utilizar uma emissora que nada mais é que uma concessão publica, para mais uma vez distorcer um relatório de uma entidade séria como a FAO, afirmando que segundo a mesma este avanço foi nos últimos 20 anos, fica claro o jornalismo de péssima credibilidade que este Sr.º vem praticando no Brasil, como profissional teria vergonha de exercer tal papel, preferiria vender banana na feira, daria muito mais orgulho para meus filhos.

  4. Cláudio disse:

    Para mim, êxito no combate à fome só quando a fome for erradicada de fato. Como de costume, estes dados estatísticos estão longe da realidade. Se não fosse assim, famílias que moram na periferia de minha cidade não sofreriam fome. Não sei como forjam estes números, e o pior, não sei como as pessoas confiam nestes dados. É, mais uma vez, uma falácia do governo petista para angariar votos, simplesmente. Vejam, por exemplo, a fala do Temer, que disse que o Brasil teve um “crescimento fantástico”. A mentira ronda descaradamente a campanha e os comícios e querem que acreditemos nisso. É só sair às ruas e ver como o comércio está devagar quase parando, principalmente no setor de reparação automotiva. Só vê melhorias quem quer, assim como na fábula do rei nu.

  5. Antonio Carlos disse:

    OLHA SÓ QUE COISA HORRÍVEL
    O Mapa da Fome 2013, apresentado na manhã desta terça-feira, 16, em Roma pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês), mostra que o Brasil conseguiu reduzir a pobreza extrema – classificada com o número de pessoas que vivem com menos de US$ 1 ao dia – em 75% entre 2001 e 2012. No mesmo período, a pobreza foi reduzida em 65%. Apresentado como um dos casos mundiais de sucesso na redução da fome, o Brasil, no entanto, ainda tem mais de 16 milhões vivendo na pobreza: 8,4% da população brasileira vive com menos de US$ 2 por dia.
    O relatório da FAO mostra que o Brasil segue sendo um dos países com maior progresso no combate à fome e cita a criação do programa Fome Zero, em 2003, como uma das razões para o progresso do País nessa área. Não por acaso, criado pelo então ministro do governo Lula, José Graziano, hoje diretor-geral da FAO.
    De acordo com o documento, a prioridade dada pelo governo Lula ao combate à fome – citando a fala do ex-presidente de que esperava fazer com que todos os brasileiros fizessem três refeições por dia – no Fome Zero é a responsável pelos avanços.

  6. andre luis disse:

    ainda existe pessoas dizendo que tem mudar o governo time que ta ganhado não se mexe sempre Dilmar viva o PT

  7. Antonio Carlos disse:

    Globo + Estadão = IBOPE
    Eu só estranho uma coisa:
    Se a avaliação Dilma é considerada ÓTIMA/BOA por 37%, este é o percentual mínimo que ela teria numa votação.
    Agora, se 33% a consideram como REGULAR, no meu entendimento pelo menos 30% (bem por baixo) das pessoas deste grupo votariam nela também (*), o que faria com que o total de votos obtidos ficasse, no mínimo, em 46,9% dos votos válidos, já que na pesquisa de avaliação apenas 1% não sabe ou não respondeu. Este percentual seria suficiente para que ela vencesse no 1º turno.
    (*) Eu não posso imaginar que pessoas que consideram um governo regular deixem de votar nele, preferindo optar pelo desconhecido.
    Eu não dou um estatístico, mas procuro ver a situação utilizando a lógica, o bom senso e os números apresentados, sem uma visão manipuladora. O mesmo não pode ser dito com relação a Globo, Estadão e ao IBOPE.

  8. Ivanisa Teitelroit Martins disse:

    O Conselho de Segurança Alimentar foi instalado no Brasil no ano de 1993.

  9. robson oliveira de alencar disse:

    Boa noite,

    Apesar de erros e corrupção do governo do PT, a distância para os outros partidos é de anos-luz quanto às políticas sociais e desenvolvimento humano. Vide a diminuição da pobreza e na criação de empregos. Se para o Brasil avançar mais seguindo nessa mesma direção, prefiro pagar o preço de reeleger o PT novamente do que colocar o Aécio, herdeiro da política do desemprego de FHC, e de Marina, seguidora do trabalhismo de Tony Blair, que deixou o Reino Unido por 8 anos com crescimento perto de zero.

    Atenciosamente,

    Robson Alencar

  10. Leonardo Pessoa disse:

    Tenho orgulho de ser Petista.

  11. Djalma Camacam Bomfim disse:

    Meu caro Kennedy,

    Acho que não é nenhuma ação popularista se qualquer presidente propalar que reduziu em 75%, a pobreza no Brasil pois, um país gigante e rico em recursos naturais como este, é inadmissível que a pobreza extrema perpetue. E isso ocorria até a década de 1990, do século passado e o governo não era do Partido dos Trabalhadores.
    Os representantes dos partidos de oposição de hoje, chamam de popularismo e compra de votos as ações como, o bolsa família e, desqualificam qualquer iniciativa que resulte em transferência de renda para a população mais pobre. Esta é a negação da “lógica utilitarista” que nasce dos ideais neoliberais ou dos “libertários”, estes, podem até enxergar a desordem social e a fome mas, com o uma espécie de veneno camuflado de antídoto tentam, a todo custo, enganar os menos avisados.
    Os números levantados pelo FAO estão aí e, colocam o o Brasil como destaque nessa árdua tarefa de reduzir os índices de pobreza num declínio em relação aos índices mundial para o local no parâmetro de 11,3%, para 1,7%, respectivamente.
    Leve em conta que os países desenvolvidos estão em crise e isso afeta, sobremaneira, um país de economia emergente como o nosso. Imagine se vivêssemos uma situação de pleno emprego; se tivéssemos trabalhando com uma taxa de juros básicos menos agressiva e que alguns setores da indústria, pontualmente, não estivessem preconizando alguma dificuldade,- poderíamos ter um índice de pobreza tendendo a 0 (zero).
    Por isso, acho que as críticas que a oposição faz ao governo que aí está, são na maioria infundadas. Os opositores deveriam perseguir um programa de governo que, efetivamente, desse um salto de qualidade porque, par mim, a roda já foi inventada.

  12. Pedro Claver Melo Freire disse:

    Kennedy espero que as emissoras de TV que promove Debates tenha aprendido fazer debate o mais importante é que não houve privilegio a DILMA e MARINA como tiveram no SBT que por sinal vocês Jornalistas conduziram um debate desigual tendencioso para prejudicar o Aécio beneficiando sua Candidata DILMA e a Candidata de Raquel Sherazade MARINA. Mas lembre DEUS é Fiel e vai ainda abençoar Aécio com o segundo Turno. Aguarde Aécio Presidente. Vamos vencer mesmo contra toda a Imprensa Vermelha.

  13. Repik disse:

    Que nada Kennedy, isso passa batido pela grande mídia, não tem repercussão. Afinal quem se importa com quem está passando fome? O que importa é bater no PT, de todos os lados, seja notícia boa e principalmente se for notícia fabricada, como várias falsas denúncias que tivemos no percurso. Tenho que tirar o chapéu para o PT, ele é MAGNÂNIMO, tudo gira em torno dele. Se não existisse o PT acho que nem existiria política no Brasil. Atualmente há dois grupos, aqueles que enxergam os benefícios estatísticos provindo de 12 anos do PT, e aqueles que deliram falando mal dioturnamente do PT, alimentados pela mídia oposicionista (financiada sabe-se lá por quem) e que o único objetivo é tirar o PT do governo, nem que para isso tenha que votar no Pastor Everaldo. Vale tudo para tirar o PT, é só ver a declaração do Agripino e recentemente do Serra, esse é o único objetivo desses vazios ideológicos. Não tem propostas e nem o que apresentar como alternativa para o Brasil, mas se exaltam e enchem os pulmões as 7 velas, quando é para falar mal do PT. No fundo, todos se alimentam do PT, se esse não existisse os principais prejudicados não seriam Dilma e Lula, e sim os Diogos Mainards da vida e algumas centenas de políticos da oposição que fizeram fama e continuam se reelegendo, sempre tendo o PT como bandeira!! Falar mal do PT faz tanto sucesso que a mídia não larga o osso desse ibope a anos, no entanto ele continua ai. Tenho que tirar o chapéu …. A única certeza que tenho, e que todos teremos muita, mas muita saudades do famigerado PT quando ele se for.

  14. Pedro Henrique disse:

    E a nossa imprensa conseguiu esconder este fato até hoje por quê?
    Se comporta que nem na ditadura, o que acontecia aqui só saia “Le Monde”.
    Agora a realidade brasileira se fica sabendo somente quando organismos internacionais divulgam a nossa realidade.
    Nossa mídia e seus jornalistas deviam ter vergonha na cara. Serão julgados pela história
    A corrupção do PSDB só se sabe 20 anos depois pela justiça suiça.
    Tirar gente da pobreza, governar para os pobres não irá dar um voto para o PT. Aliás tirará muitos votos do PT.
    Nossa classe média e nossa burguesia acham que nossos pobres nasceram para serem oprimidos e seu estado natural devem permanecer famélicos.
    Aqui fatos positivos pela lente da imprensa são crimes cometido pelo PT.
    Ler a secção de economia de nossos periódicos é uma tortura pintam nossa economia a beira do caos.
    Os editorias de hoje dos jornalões creditarão o resultado a quem?
    A mensagem que fica o PT não ganha um voto. O ódio de classe não permite.
    Aliás muitos que foram beneficiados pelos programas do governo federal acham que foi pelo seu esforço, por seus mérito individual e dizem que não votarão de forma nenhuma na “vaca” que tenta a reeleição.
    Enquanto 75% foram retirados da miséria, nossa imprensa esta fazendo o quê?
    Chocando o ovo do neofascismo.

  15. Pasquale disse:

    Os entretantos não justificam os finalmentes.´
    Seria como um Pai de família dar o alimento aos seus filhos,e na rua ser um bandido.
    Se o cidadão não acabar com a Saúva,quer dizer o PT, ele vai continuar realizando um verdadeiro arrastão onde passa.
    E com o famoso chavão “EU NÃO SABIA”…mas porque não sabia?
    Porque o povo é analfabeto,caso contrário o Lula estaria tirando férias na Papuda.
    Pra cima deles Aécio, se não der… pra cima deles Marina.

  16. Antonio Carlos Sobral disse:

    Pelo tom da notícia, tem-se a impressão que o Brasil foi descoberto em 2001. Ora, a erradicação da fome vem se desenvolvendo há mais de 20 anos no País, paulatinamente. Não foi o PT quem elaborou esse programa. Aliás, o partido se arvora como o dono de todos os programas levados a efeito no Brasil, mas não é. Governou e governa com ações impetradas por FHC.

  17. gesiel disse:

    O que favorece a Dilma do PT é “”””A CORAGEM DELA””””, de encarar todo tipo de pergunta e dar “””RESPOSTAS A TODAS ELAS”””. Ela encarou as MANIFESTAÇÕES DO ANO PASSADO, e “””CONVERSOU COM O POVO SUGERINDO UM PLEBISCITO””” para fazer um reforma politica; Ela encarou a copa e as vaias e fala abertamente sobre o mundial, enquando outros como: o Alckmim,o Anastasia e o Aeciodo PSDB ainda se escondem; e MAIS RECENTEMENTE no programa dela, ela “”FALOU DE CORRUPÇÃO, SOBRE TUDO, a corrupção durante o GOVERNO DELA E NO GOVERNO DO LULA DO PT, e MOSTROU O QUE FEZ PARA COMBATE-LA e o QUE O FHC do PSDB FEZ PARA NÃO COMBATE-LA ao extinguir a comissão especial de investigação, criada pelo Itamar Franco, que era o unico orgão do governo que era destinado a combater a corrupção. Já o Aecio do PSDB NUNCA QUIS EXPLICAR NADA; e a Marina do PSB, infelizmente está seguindo o mesmo caminho peessedebistas. Diziam que o Aecio não aguentaria 3 meses de exposição na midia nacional, E FOI O QUE ACONTECEU. Agora ja dizem que a Marina, não aguenta um primeiro debate com a Dilma. Realmente, se ela ACHAR QUE NÃO VAI PRECISAR EXPLICAR NADA, que o POVO NÃO PRECISA SER INFORMADO, como O PSDB ACREDITA, ela vai se afundar; porque o povo ja percebeu a sua importancia, e QUER SER TRATADO COM RESPEITO. E esse respeito, VEM DAS EXPLICAÇÕES QUE OS POLITICOS DÃO À SOCIEDADE. A Marina é oposição à Dilma como é o AECIO, mas ELA TEM QUE FAZER DIFERENTE do Aecio, para não ter o destino IGUAL ao dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-11-25 02:21:00