aki

cadastre-se aqui
aki
Política
18-09-2013, 9h17

‘Falar em impunidade é querer linchamento’

5

Comentário no “Jornal da CBN” sobre decisão de hoje do ministro Celso de Melo a respeito dos embargos infringentes. É autoritária a visão de que Supremo tem de ser imutável. Aceitar infringentes derruba de vez argumento de Dirceu de perseguição política. Dizer que aceitar recurso equivale a impunidade é querer linchamento. História do Brasil está cheia de exemplos do mal que o moralismo udenista já fez ao país.

Comentários
5
  1. Raquel Kelles disse:

    É absolutamente encantadora a lucidez dos comentários do Kennedy Alencar.

  2. Cleriston Pereira disse:

    Caro Kennedy, mas uma vez admiro seu posicionamento, não porque simplesmente se coaduna com o meu, mas porque é sempre sóbrio, não maniqueísta, passando longe do efeito manada. Por isso, por vezes, você é tachado pelos petistas, como tucano, ou pelos tucanos, como petista. Esse é o preço de se posicionar seguindo a sua própria consciência.

  3. Antonio Fernandes Júnior disse:

    Adoro seus artigos, mas no que se refere ao julgamento do Supremo,só mudou mesmo por causa do maldito novato, novas cartas, novo jogo, quer dizer, velho jogo, o jogo da impunidade.

  4. Renato Spíndola Fidelis disse:

    Parabéns Kennedy, comentário muito sensato mais uma vez!!! Você sempre muito imparcial em sua análise, cada dia mais sou fã do seu trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-28 06:08:31