aki

cadastre-se aqui
aki
Política
12-04-2016, 9h18

Falta contra Dilma quase consenso que havia em relação a Collor

Negociação de votos no plenário será mais fragmentada que na comissão
30

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Na comparação com o impeachment de Fernando Collor de Mello em 1992, falta hoje contra a presidente Dilma Rousseff o quase consenso que havia na época em relação ao então presidente da República. Atualmente, há uma divisão maior entre as forças políticas e também na sociedade.

Se Dilma cair, haverá uma parcela significativa da sociedade e do mundo político a contestar o resultado. Por isso, qualquer um dos lados poderá vencer no próximo domingo, dia para o qual está prevista a votação do pedido de abertura de processo de impeachment no plenário da Câmara.

Quem vencer terá uma missão dura no dia seguinte, porque não será fácil para Dilma reinaugurar seu governo. Tampouco o vice-presidente Michel Temer terá facilidade para obter estabilidade política.

Na atual crise, o Brasil perdeu a capacidade de criar consensos políticos, estimulando a divisão na sociedade, acirrando a disputa partidária e trazendo reflexos negativos para a economia.

No dia seguinte à votação do impeachment, Dilma ou Temer terão de estar conscientes de que precisarão reconstruir pontes. Ou só terão mais ruína a administrar, piorando a vida dos brasileiros, sobretudo dos mais pobres.

*

Reta final

O placar de 38 a 27 na votação na comissão do impeachment sinaliza que a votação será dura no plenário. Hoje, não dá para dizer se a abertura do processo de impeachment contra Dilma será aprovada ou barrada.

Haverá uma disputa na reta final pelo apoio de um grupo de 50 a 60 parlamentares que negocia com o governo e a oposição e que poderá desequilibrar o jogo para um lado ou outro.

A oposição criou um fato político positivo para a sua estratégia. Teve um vitória na comissão. Acreditava que poderia atingir 40 e obteve 38. Mas essa conquista já era esperada.

O governo conseguiu chegar vivo à reta final desse processo. Esperava ter 28 votos e levou 27. No entanto, é um erro o governo fazer uma projeção do que acontecerá em plenário levando em conta a proporção dos votos na comissão.

A negociação no plenário será muito mais fragmentada, com maior divisão ainda entre os partidos ditos aliados do governo, como PMDB, PSD, PR, PP e pequenos partidos. São mais realistas a previsão que dá ao governo um pouco mais ou um pouco menos de 200 votos e a estimativa que coloca na conta da oposição cerca de 315 votos, também um pouco acima ou um pouco abaixo disso.

O governo teria uma margem de segurança estreita e arriscada para uma votação tão grave. Se perder 25 ou 30 votos, entrará na linha de tiro. O voto aberto no microfone para o deputado discursar tende a jogar contra a presidente. A oposição estaria perto do seu objetivo, mas, se não obtiver mais 25 ou 30 votos, poderá morrer na praia, pois precisa chegar aos 342 votos necessários para abrir o processo de impeachment.

No impeachment de Collor, o parecer a favor da queda foi aprovado na comissão especial por 32 votos. Houve uma manifestação contra e 15 ausências, o que, na prática, significou apoio de 16 parlamentares a Collor. No plenário, Collor perdeu por 441 a 38. Houve uma abstenção e 23 ausências. Na época, havia o quase consenso a favor da queda do então presidente. Essa é uma diferença importante em relação a Dilma.

*

Vitória de Pirro

Preso na 28ª fase da Lava Jato, Gim Argello era um senador que tinha boa relação com a presidente Dilma e com a cúpula peemedebista do Senado. Portanto, a prisão dele pode ter desdobramentos sobre figuras do PT e do PMDB.

Gim Argello é filiado ao PTB de Roberto Jefferson, partido que está apoiando o impeachment. Mais uma vez, será importante conhecer os detalhes das investigações que costumam ser dados por integrantes do Ministério Público e da Polícia Federal na tradicional entrevista após as fases da Lava Jato.

O ex-senador já responde a investigações por corrupção. O governo teme que desdobramentos da Lava Jato reforcem a possibilidade de impeachment, mas será preciso ver se a prisão de Gim Argello terá capacidade de ferir mais o governo ou o PMDB. Ou se terá apenas efeito lateral em relação à guerra do impeachment.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
30
  1. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A diferença entre a queda de Collor e Dilma é que hoje os “caras pintadas” da UNE e UBES estão cooptados (comprados, corrompidos) pelo atual regime sindical-pelego. É a força do Capital sobre o Ideal.

    • Ailton Apolonio dos Santos disse:

      Se Dilma for impedida e perder o mandato, entra Temer. vai ser um desastre. Não tem como fazer o milagre economico. Bom , com o fracasso de Temer , nas eleições de 2018 Lula virá como salvador da pátria. Deixa Dilma terminar o mandato dela, vai ser um fracasso mesmo, mas acaba a era PT

    • Fabio disse:

      Sabe de nada em senhora.
      Informe-se melhor antes de vomitar inverdades.

      • Pasquale disse:

        Inverdades não a UNE A CUT E O MST é que vão para as ruas comer pão com mortadela,ou não é?
        E o Lindinho?

      • Joaquim disse:

        Fabio, o pior cego é aquele que não quer ver. E nisto parece que todo petista é igual. Procure se informar sobre a prestações de contas da UNE reprovadas pelo TCU ( 16 milhões ). E sobre o 44 milhões pelo prédio indenizado, que seriam para a construção, o que foi feito com este dinheiro???

      • Jonas disse:

        UNE E UBES tudo comprado pelo governo , com a saida da Dilma entra o Temer , que apesar de tudo , poderá fazer o Brasil voltar a crescer , quem esta desempregado tem presa , esse governo do PT , só ajudou MST , UNE ,UBES e pseudo artistas ,bolsa família e cotistas , precisamos de emprego e salario digno .

        Quero ver este governo explicar que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) , fez empréstimo para outros países enquanto a industria nacional esta em colapso .

    • walter disse:

      Bom Dia Maria Aparecida ramos Tinhorão; exatamente cara, estão todos cooptados; o collor, não teve nem tempo para respirar; quanto mais sair comprando alguém…
      Ele foi cassado também, por imaginar e agir; como um governante supremo, conquistador; subestimou seus adversários…
      Quanto a dilma e o lula, são patéticos…o lula num hotel, tentando aliciar deputados; digo isso, por não ter cargo no governo; isto é crime; imaginem se a moda pega; com a palavra, o dr.Rodrigo Janot, que deveria coibir com o rigo da lei”…

    • Márcio disse:

      nossa, me desculpe, mas quanta besteira. Naquele tempo o jovem não tinha consciência política, os caras pintadas se mobilizaram por iniciativa dos professores, não deles mesmos. Eu estava lá, era estudante e fui até o congresso. Tanto não havia consciência política que até hoje o Brasil está lutando pra construir uma.

      Quanto a UNE, com base em que você faz essas afirmações? com base na UNE ser contra a sua opinião? jovens, hoje sim, tem acesso a meios de comunicação, facebook, twitter, constroem suas próprias opiniões e não são facilmente manipulados.

      Ao contrário de quem só assiste Jornal Nacional.

  2. fernando disse:

    falta poio populAR AO MORDOMO (1%)

  3. f disse:

    CONCORDO COM SUA OPINIÃO KENNEDY. MAS, O MAIS DIFÍCIL QUE EU ACHO, É ELIMINAR DA POLÍTICA BRASILEIRA O “TOMA LÁ DA CÁ”, OS CONCHAVOS, OS APADRINHAMENTOS E A APROPRIAÇÃO DO DINHEIRO PÚBLICO. PENSAR UM POUCO NO BEM DO POVO. DESTE SOFRIDO E SEM ESPERANÇA POVO BRASILEIRO.

  4. DONG disse:

    Não se pode fazer comparações entre os dois processos de impeachment, são épocas e conjunturas bem diferentes.

  5. davi disse:

    Não confio na capacidade de gestão de Dilma, e muito menos em qualquer outro que: dependa dos outros políticos que buscam o favorecimento e enriquecimento pessoal. A falta de cooperação entre Ministros, deputados, senadores e “todos envolvidos nesses esquemas” (de puxar a sardinha pra sua frigideira) fez o país chegar nessa situação junto com a (Presidenta). Resumindo: Estamos entregues aos LOBOS. O POVO PRECISA ACORDAR !!! A CLASSE POLITICA NÃO NOS REPRESENTA, e nem se importa com a população!Querem apenas (agredir-se) e defender a todo custo: seus privilégios, facilidades e STATUS DE FORO PRIVILEGIADO. CHEGA DE VOTO OBRIGATÓRIO! 90% DA POPULAÇÃO TEM QUE EXIGIR PUNIÇÃO, E VOTAR NULO! O TSE VAI INTERVIR! ELES TEMEM NÃO TER VOTOS “NOSSA ARMA”. ELES VÃO VER!!

  6. Brutus disse:

    O que temos é uma guerra civil, fria. Ninguém se iluda que se Dilma vencer será necessário apenas palanquear por alguns minutos e tudo estará resolvido. Medidas, sabemos que ela não trará. Os derrotados se reorganizarão e atacarão novamente. Vão miná-la sistematicamente, até que se renda. Se ela perder, haverá a herança maldita e Temer. Temer já chega antecipando uma nova era, a de sacrifícios. Doce ilusão. Sacrifício, se houver, será o dele. Quem espera que a massa se transforme em simpáticos pandas vai agora conviver com lobos. Lobos que já provaram o gosto de políticos. Temer não resistirá à imensa vaidade. Ficará autoritário, soberbo, mal humorado, insuportável. Mas fato é que, como Dilma, também não terá apoio, sequer da horda de traidores de seu próprio partido. “Até tu Brutus”, dirá com frequência. Passará meio século, até que reine a paz.

  7. Augustinus disse:

    O erro na análise é considerar que depois da votação no Plenário começa um novo governo, seja de Dilma ou de Temer. Até porque depois da votação na Câmara, o processo vai ao Senado. Sabe-se lá o que ainda vem!

  8. fabio lp disse:

    A diferença é que o partido do Collor e era inexpressivo (como muitos nanicos de hj – um absurdo) e os apoiadores sairam facil pois o fisiologismo não imperava nas relações congressuais. E hj podemos ver que o erro dele foi um microbio perto da doença que enfrentamos.

  9. João Alves de Oliveira disse:

    Não sou petista, nem Dilmista e nem Lulista, mas não sou idiota de que realmente alguns membros do judiciário, do Ministério Público, da policia Federal, da Câmara dos Deputados e do Senado, estão a todo custo com o proposito de acabar com PT, derrubar o governo de Dilma Russef, através de um golpe chamado impeachment e por tabela impedir a candidatura de LULA EM 2.018. Uma vez, que o Sr. Aécio Neves foi citado varias vezes por delatores, mas, o SR. Procurador Geral da República, não determina a abertura de investigação em relação a Aécio neves. Como pode o Sr. Eduardo Cunha, que já virou réu no supremo Tribunal Federal, ainda, estar a frente da Presidência da Câmara dos Deputados, instigando o golpe para derrubar um governo que foi reeleito pelo voto do povo, com mais de cinquenta e dois milhões de votos. Os que defendem a queda da Presidenta da Republica, quer levar o PAÍS a uma ruína e consequentemente acabar com os benefícios sociais em favor dos que vivem na miséria

  10. Marcos Constantino disse:

    Temos que lembrar que para o impedimento da Dilma não basta passar na câmara, sera preciso o Senado se manifestar favorável, quanto a Lula se tornar o salvador da pátria em 2018 acho pouco provável, pois, vale lembrar o plano real nasceu em um governo desacreditado quando do impedimento do Collor e a entrada do Itamar, portanto em minha opinião se a Dilma ficar até 2017 dificilmente o Brasil se reerguera em menos de 10 anos, não se esqueçam que com essa politica econômica no fundo do poço ainda tem um alçapão

  11. Rodrigo disse:

    Kennedy, me desculpe, mas de onde vc está tirando esses 200 votos pró governo? O governo não tem nem 130 votos hoje.

  12. Milton disse:

    A questão são a opções que temos para governar no lugar de Dilma, Temer, Cunha, Renan, tenho duvidas qual será a pior alternativa, quanto a Collor, considerado inocente, somente o STF acredita, existia o Itamar Franco, que eu lembre nunca se envolveu em processo de currupção, apenas a mocinha no carnaval.

  13. sozinho disse:

    Nao é porque sao epocas e conjunturas diferentes que nao se pode fazer comparacoes. Pode-se e deve fazer comparacoes, ja que sao inevitaveis numa historia recente haver dois processos de impeachtment.

  14. Alberto disse:

    Nada ainda decidido.O (des)governo perdeu o primeiro embate e gerou,segundo vários analistas,pessimismo nas hostes palacianas.O corpo a corpo financeiro governista não foi lá muito eficiente,pois o (des)governo achou 11 votos de diferença um nº bem maior que imaginava.Se somarmos o que cada lado aponta como previsão de voto a favor,teremos uma Câmara com mais de 600 parlamentares,mas ela só tem 513.Quem viver até lá,verá.Haja OLANZAPINA para atender a orcrim.

  15. Kennedy José- Mossoró disse:

    Leonardo Picciani “liberou a bancada”. Ou seja, o governo mais traiçoeiro da história começa a provar o próprio veneno.

    Sobre os números 70% da população brasileira apoia o impeachment. Já vai tarde, é preciso dedetizar a estrutura do Estado. A maioria de nós quer um governo sério, que atraia investimentos, não maluquices p/ tentar tomar posse do Estado. Esse Gim Argello, preso por corrupção, era o candidato que Dilma tentou forçar p/ a presidência do TCU. Precisa dizer mais alguma coisa?

  16. Edilson de souza disse:

    a une e ubes acabarão,com o fim do pt.

  17. Operação da Polícia Federal hoje pala manhã, prendendo mais alguns “corruptos”.
    Dilma perde mais votos. Que pena!
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  18. Leandro disse:

    O “vazamento” do áudio do Temer não foi tão sem querer assim… é estratégia recorrente de sua trupe. O grupo do Whatsapp em questão foi criado de véspera, se a informação do Painel da Folha estiver correta. É só ver o esforço que o Temer (para O Globo) e o líder do PMDB (entrevista para a CBN) fizeram para transformá-lo em vazamento “do bem” – e como algumas mídias e jornalistas insistem em veicular como se fosse “realmente” um vazamento acidental (tratando como “gafe”, “precisa aprender a usar o whatsapp”, “trapalhão”, etc.). Kennedy, parabéns pelo seu trabalho, abraços!

  19. Rodrigo Planche disse:

    É que nenhum governo foi tão ardiloso, tão agressivo, quanto esse. O maior consenso que se deve levar em conta é a população. 70% querem o impeachment, ponto, fim de papo. Pode faltar apoio no congresso pois esse governo tem tentado de todas as maneiras comprar parlamentares. Em relação a CUT, UNE, MST podem um dia ter tido ou nascido com bons propósitos. Hoje não passam de massa de manobra do PT e PC do B.

  20. Marcelo disse:

    O problema, é que “construção dessas pontes” que qualquer dos lados que saia vencedor terá que priorizar, é sempre feita na base da propina, das benesses de cargos em troca de apoio político. E isso apenas evidencia que toda essa campanha moralizadora é uma grande mentira, pra inglês ver e enganar os que hoje saúdam o patinho amarelo e o juizão acima do bem e do mal.

  21. Kennedy José da Silva disse:

    Temer foi esperto, achou um jeito de aparecer bem no meio da crise de Dilma. Algo como “Estou aqui pronto para arrumar esta bagunça!”. Se ele permitiu este “vazamento” é porque já sabe o que vai acontecer de fato. Felizmente, Dilme & Lula vão parar na cadeia porque cometeram diversos crimes contra a nação Brasileira, que só não foram totalmente descobertos porque ainda estão no poder, este é o medo dos dois.

  22. Alladin disse:

    A verdade é que esse governo está sangrando mais que porco em matadouro e a cada momento mais “aliados” abandonam esse navio a deriva.
    Ainda hoje, no inicio da tarde um dos mais importantes partidos da base governista, tirou seu time de campo e com isso Dilma perdeu aproximadamente 23 deputados que eram a seu favor.
    A chance que a quase ex-presidenta tem é que o cooptado Renan Calheiros, enrole o procedimento quando chegar ao Senado, muito embora isso definitivamente é brincar com fogo, pois qualquer manobra para retardar o processo irá jogar gasolina no pais. Será o incêndio que muitos querem.
    #GAMEOVERDILMA #PERDERAMMORTADELAS# #FORAPETRALHADA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-27 07:03:41