aki

cadastre-se aqui
aki
Política
02-07-2014, 9h54

“Faltou punir corruptores”

3

O comentário no “Jornal da CBN” avaliou a saída de Joaquim Barbosa do STF (Supremo Tribunal Federal). Num país em que a tradição dos tribunais superiores sempre foi de segurança para os criminosos do colarinho branco, corruptos e corruptores, Barbosa foi um ponto de inflexão. Enfrentou colegas e colocou na cadeia políticos poderosos. A punição rigorosa serviu de exemplo contra a corrupção e a impunidade. Também é simbólico o seu papel como o primeiro negro a presidir a mais alta corte do país. Foi o presidente mais poderoso e popular da história do Supremo. Exerceu sua missão com independência. Entre os erros cometidos, destacam-se uma certa intolerância com os que discordavam dele, a agressividade em relação aos colegas de tribunal e ter se comportado, em alguns momentos, mais como um justiceiro do que como um juiz. O desejo de fazer justiça a qualquer preço foi aplaudido por um setor mais conservador da sociedade, que o via como um “salvador da pátria”. No entanto, o próprio Barbosa se diz um homem com ideias de esquerda que acha que a direita gosta dele pelos motivos errados. No caso do mensalão, o maior erro foi ter admitido que aplicou algumas penas com mão pesada para evitar a prescrição. Também agiu com uma dureza diferenciada com relação a José Dirceu e deixou de lado o papel do banqueiro Daniel Dantas como grande financiador do valerioduto desde o governo de Fernando Henrique Cardoso. Faltou punir corruptores. Barbosa tinha mais dez anos de tribunal e poderia dedicar esse tempo a punir aqueles que corromperam. Mas sua decisão de sair do tribunal deve ser respeitada.

Comentários
3
  1. Krycssus Atimus disse:

    Kennedy, acho que o que se espera da justiça e, neste caso, de um Supremo poder é a execução da lei, sem exceções… O adiamento ou simplesmente o não julgamento de outros crimes em nada tem a ver com a decisão que deverá ser a mesma ou não, respeitada as limitações e individualidades que o caso requeira, mas haverá a punição. O crime do mensalão foi evidenciado justamente pela proporção e as autoridades envolvidas que eram a cúpula de um governo, isso é gravíssimo e, pelo julgamento, ter se arrastado longos anos, necessitava de uma palavra efusiva e correta no seu tratamento a fim de garantir o cumprimento do que foi decidido. Felizmente, nas mãos do nosso Joaquim isso se concretizou e teve o desfecho que deveria, o que não impede de outros crimes serem tratados da mesma forma, pelo contrário, a maioria esmagadora que apoia o Barbosa espera isso, mas, moralmente, a imagem do supremo ficou desgastada justamente pelos embates travados e pela ingerência política no judiciário que, em hipótese alguma, não deveria haver. Independente da posição de Barbosa, suas ideias e convicções, para esquerda ou direita, ele prestou um grande serviço ao seu País, mostrou personalidade, determinação e principalmente, fervoroso cumprimento do dever na luta contra a impunidade e a corrupção. Esse brasileiro de orgulho, será lembrado pela sua luta e como o maior presidente que o STF já teve e os que o criticam, são opiniões políticas que visam eleições, mas juridicamente e moralmente sabem que Barbosa está certo. Viva Joaquim Barbosa.

  2. Brasileiro disse:

    O Valério pegou 40 anos de prisão e ninguém o defende, sendo que o mandante ZéDirceu já está praticamente fora da prisão, articulando a campanha 2014 do PT. Na França o ex-presidente, foi intimado e detido por tráfico de influência, que aqui é praticado livremente como “profissão”, imagina então com os nossos “criativos” desvios bilionários de verbas públicas, pressão explícita denunciada sobre ministros do STF, aparelhamento partidário da administração pública, gestão ruinosa e de lesa-pátria na Petrobras, Eletrobras, Banco do Brasil e Fundos de Pensão!
    Realmente o Ministro Joaquim Barbosa, poupou os mandantes do Mensalão, senão o ex-presidente atual, já estaria detido a muito tempo! Inocente, “coitadinho”!

  3. gesiel disse:

    FALTOU PUNIR OS CORRUPTOS DO MENSALÃO MINEIRO, que “FOI O PRIMEIRO DOS MENSALÕES”, afinal a corrupção não pode ser tratada como aula de dança onde se começa pelo 7 ao invés do 1. Faltou VIR A PUBLICO para dizer AO AECIO NEVES e ao FHC, que eles estão do lado oposto ao dele ministro Barbosa, pois enquanto os deputados e senadores de MAIORIA DO PT e do PMDB, passaram a ele O RESULTADO DA INVESTIGAÇÃO DO MENSALÃO DO CONGRESSO, os deputados do PSDB, ENTRE ELES O AECIO NEVES, que ERAM MAIORIA NO GOVERNO FHC, ENGAVETARAM VARIOS PEDIDOS DE CPIs ao INVÉS DE ASSINAREM A ABERTURA DAS MESMAS; de maneira A DEIXAR BEM CLARO às pessoas que o Admiram, mas ainda acham que as denuncias de corrupção nos governos do PSDB, NÃO TÊM A MESMA IMPORTANCIA do que AS DENUNCIAS DE CORRUPÇÃO NOS GOVERNOS DO PT. No mais, é MELHOR UMA JUSTIÇA QUE PEQUE PELO EXCESSO do que UMA JUSTIÇA QUE SE NOTABILIZE PELA OMISSÃO; embora a OAB NÃO PENSE ASSIM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-22 11:06:24