aki

cadastre-se aqui
aki
Política
25-10-2018, 21h22

Favoritismo de Bolsonaro perde força na reta final, revela Datafolha

Virada petista é difícil, mas não impossível
18

KENNEDY ALENCAR
RIO DE JANEIRO

Pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra perda da força do favoritismo de Jair Bolsonaro para ganhar a eleição presidencial neste domingo. O candidato do PSL marcou 56% contra 44% do petista Fernando Haddad.

São 12 pontos percentuais de vantagem a favor de Bolsonaro nos votos válidos, mas, há uma semana, essa distância era de 18 pontos no Datafolha. Haddad reduziu em seis pontos percentuais a diferença.

É difícil virar até domingo? Sim. Mas não é impossível.

Bastaria a reversão de mais 6 pontos percentuais para Haddad chegar emparelhado com Bolsonaro neste domingo.

A fuga do candidato do PSL de debates foi um fator que pesou no segundo turno. Essa ausência é um desrespeito ao eleitor e à democracia. Bolsonaro evitou o confronto com medo de perder votos.

A intensificação da propaganda do PT na TV e no rádio com falas do próprio Bolsonaro contra direitos de empregados domésticas, comentários depreciativos sobre nordestinos, o caso WhatsApp (empresários que previam contratar disparos em massa) e discursos autoritários do candidato do PSL e de seu filho Eduardo beneficiaram a campanha petista.

O próprio Bolsonaro admitiu hoje que a eleição não está ganha, contrariando clima de vitória antecipada que contaminou a campanha do PSL nos últimos dias.

*

Jogo sujo

Amaro Grassi, da FGV-SP, avalia que interferência na internet feitas de outros países beneficiou mais Bolsonaro do que Haddad, levando em conta indícios apurados pela Diretoria de Análises de Políticas da Fundação Getúlio Vargas.

Ao radicalizar a discussão e promover a divisão entre grupos políticos, Bolsonaro tira mais proveito do que Haddad, que busca a moderação no segundo turno.

*

Debates fizeram a diferença

A rodada de pesquisas do Datafolha sobre os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal mostra que as disputas paulista e fluminense serão mais acirradas, nessa ordem, na reta final. As eleições no DF e em Minas parecem decididas.

Os debates em SP e Rio contribuíram para uma disputa mais concorrida e respeitosa ao eleitor.

*

Recuos de Bolsonaro

Recuo de Bolsonaro em relação à extinção e fusão de ministérios foi um dos temas de hoje no “Jornal da CBN – 2ª Edição”. O candidato do PSL se reuniu com empresários que fizeram lobby pela manutenção da pasta da Indústria e do Comércio. Ele também mudou o tom em relação à Venezuela depois de muitas bravatas de campanha. Ouça os comentários no áudio abaixo:

Comentários
18
  1. DIRETO AO ASSUNTO: É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO - VIVA A LAVA JATO! disse:

    O cúmulo do absurdo é, diante dos escândalos de corrupção protagonizados por PT e seus aliados, durante os últimos 16 anos – comprovadamente com prejuízo de cerca de 50 bilhões de reais aos cofres públicos, ainda haver quem vota nos candidatos do PT e seus aliados. Não é possível que tantos brasileiros ainda não acreditem que lula protagonizou os maiores esquemas de corrupção jamais vistos no país, envolvendo governantes, políticos e empresários corruptos. Isso seria suficiente, em qualque país, para que o nome lula fosse execrado da política. O PT, reconhecendo seus erros, fazendo um mea culpa, poderia retomar seus ideais de seu início – voltando a ser o partido dos trabalhadores – deixando de lado as idéias simbolizadas por bandeira vermelha, de países com ideologias comunista e socialista. A chance de ser interrompido o caminho do caos em que PT e aliados colocaram o país, é domingo, dia 28 de outubro de 2018. Que Deus nos ilumine na escolha correta, pelo bem do Brasil!

  2. RAULINO MOREIRA DA SILVA disse:

    A FALTA DO DEBATE, EU CONSIDERO COMO UMA PESSOA QUE QUER ENTRAR NO SETOR PÚBLICO, MAS NÃO QUER PARTICIPAR DAS PROVAS DO CONCURSO, NO CASO A JUSTIÇA INTERVEM E NÃO PERMITE POR QUE TEM QUE TER IGUALDADE DE DIREITO, MAS NESTE CASO A JUSTIÇA JÁ VIROU O ROSTO, NAS MENTIRAS APLICADAS O TSE FINGIU QUE NÃO É COM ELES.

  3. Miguel Ângelo disse:

    Sinceramente gostaríamos que Ciro estivesse na final. Haddad eleito, deve mostrar que o seu governo é Haddad Brasil. Não Haddad Lula. E neste momento final, algumas coisas já devem estar consagradas. Lula não será solto. Quem te garante isto? Moro. E os trâmites judiciais. E a necessidade de mesmo Haddad eleito, de se afastar de um PT que errou. Muito! Na mesma balança. O brasileiro tem que entender. O PT errou, e seu líder está na cadeia. E Moro já mostrou ser o cão de guarda da porta da cadeia. Não saí! Em breve será cortada esta mordomia de visita e mais visitas. Então temos os crimes as mostras, pesados, punido. Só resta o presidenciável: Bolsonaro. Que não entende de economia. Que economistas já analisaram seu Ministro da Fazenda e já disseram que tudo falado, nada produz de bom ou é confiável. Mas a mais simples diferença entre os dois. É que nos importa: Haddad errando de novo. Impeachment certo. Bolsonaro já errando antes de entrar: Golpe de Governo, Militares na rua. Ditadura.

  4. mano disse:

    prezados: infelizmente no Brasil a eleição do próximo domingo está entre um partido democrático corrupto e um partido anti – democrático corrupto. O partido democrático corrupto é fiscalizado pelo MP e julgado pelo judiciário, enquanto que o partido anti-democrático corrupto não permite ser fiscalizado pelo MP e não permite ser julgado. Dito isto, façam as suas escolhas e boa sorte!

    • Miguel Ângelo disse:

      Mano existem coisa que alguns fazem e nós não entendemos porque fazem. De onde você tirou que o partido do Bolsonaro é democrático? A democracia é um governo do povo para o povo. Leia isto várias vezes. Quem governa pensando em milionários, não utiliza democracia. O PT errou sim. Ponto final. Lula na cadeia. Moro com a chave na … Onde você pensar. Mas ele deve ter colocado a chave em um destes foguetes que estão indo ao fim do Universo.Vou falar utilizando meu instinto mediúnico: Lula morre na cadeia. Morte natural. Bolsonaro com Aids. Acabou esta agonia de falar em defunto vivo. Voltando ele para um passado. Tanto já passou. Que teve o governo MDB. Que não foi do PT. Como não existe garantia nenhuma que Haddad depois de eleito seguirá cartilha. Ele não será poste de ninguém. Por uma única explicação. Nem mulher de malandro visita preso falido (moralmente e financeiramente). Nem o PT será o mesmo, ele vai inclinar ao centro. Junto com o PSDB e PDT.

  5. Miguel Ângelo disse:

    Kennedy, pensando no Ciro. Nós podemos dizer que o PT ainda mantém a postura de pensar em si. Haddad, mesmo sendo a salvação da imagem do partido, está renegado a um segundo plano. E o povo, 3º. Haddad, você ganha a eleição indo para TV e dizendo que 1º – não vai se reeleger. 2º, tendo apoio do PSDB e do PDT, apoia para 2022, uma chapa com estes dois partidos apresentando um Presidente e Vice. O PT já é perdedor e vencedor neste pleito que está acabando. 1º ele ainda existe, e tem um Brasil de milhões gritando: Vocês erraram! Uma só chance para corrigirem a lambança feita. Depois, voltem vocês para a caixinha trabalhando numa metamorfose deixando este pensamento sindical, para um partido de microempresários, pequenos e trabalhadores compromissados com suas empresas. O Brasil vai à frente, não tendo um cabo de guerra, e sim uma corda puxada no mesmo sentido para tirar a economia do buraco. PT fazendo + força. E aos aliados nada mais justo que deixar o caminho livre para eles em 2022.

  6. walter disse:

    Sempre a folha caro Kennedy; esta queda do Bolsonaro não tem motivos, polemicas a parte; quero ver o rescaldo do final desta eleição; erraram feio em Minas e no RIO…vão errar feio, quando pesquisas externas, feita nos EUA, são confiáveis e sem viés, estão demonstrando vitória com larga margem…a caminhar assim, no Domingo vão anunciar um empate tecnico…mas uma vez, não precisamos avaliar Fake News, para confirmar a maior margem do Bolsonaro; o que aumentou sua distancia, foi a colaboração espontânea das pessoas…Quanto aos ministérios, o Bolsonaro terá que fazer ajustes, como todos os governos fizeram, mas não haverá barganhas…se não for possível a permissão, de um inicio de governo tranquilo, por parte da oposição, vai simplesmente aumentar o grau de dificuldades; o capitão vai tirar de letra, considerando o apoio do POVO a seu lado…perder com dignidade faz parte em qualquer País, isto é o que veremos do PT no final deste pleito… sem apelação a democracia será consolidada.

  7. ANDRE disse:

    A ascensão do Bolsonaro é produto da cegueira da visão, muitos sabem da sua mediocridade e do seu obscurantismo, de suas ideias totalitárias, de seu apego a ditadura e de seu desrespeito a diversidade, mas por razões que fogem a racionalidade votam no nefasto candidato. Parece em fim que alguns começam a acordar. Para virar esta eleição o Haddad tem que mirar agora no final a camada mais simples da população, pedir o apoio dos lideres comunitários, mostrar a incoerência de Bolsonaro. Se conseguir capturar os votos deste, ganha a eleição. Acredito ainda que o eleitorado feminino, que normalmente tem menos fascínio pelo fascismo, possam mudar o rumo desta eleição. Desde a redemocratização, esta eleição é a que pesa mais a defesa dos valores democráticos em detrimento às orientações de modelo econômico.

  8. Samuel Rocha disse:

    Estou no meio empresarial,e também temos incertezas com relação a vitória do Bolsonaro em vários aspectos, porém a vitória do Haddad essa já nos trás sim uma certeza de que a situacão economica irá ficar dramática com um dos seus resultados mais perversos que é o desemprego ainda maior que o atual.

  9. Mauro disse:

    É bastante conhecida na medicina a “melhora” de alguem em fase terminal de uma doença, que derrepente dá sinais de recuperação. É o chamado sorriso da morte.
    Esse “voo de galinha” de Haddad, não representa nada e a própria cupula da campanha do candidato sabe que a derrota é certa e se ainda faz algum esforço, esse é sómente para que a derrota não seja tão acachapante e humilhante quanto parece que será.
    O que resta a esquerda brasileira é fazer uma profunda reflexão de todos os gravissimos erros cometidos e principalmente a maior reflexão que é a de que renegar e se afastar de suas origens, tais quais as palavras de Mano Brown é tiro contra o próprio coração.
    O PT será derrotado e merece ser derrotado! Merece com louvor!

  10. jose disse:

    A estratégia militar considera camuflagem para confudir o inimigo. Na campanha eleitoral política, ao contrário, a exposição é fundamental e qualquer vacilo prejudica quem se ofusca. A hipocrisia também vai junto. Leio num jornalão que o ex-capitão foi levado à igreja por ela. Igreja evangélica, pois a católica foi ofendida pelo candidato várias vezes quando se referiu a D. Paulo Arns e à CNBB. Não consido ver o capitão em um momento de espiritualidade, pois só o vejo em replais de cenas em que ele protagoniza em arroubos e ataques contra uma deputada em plena câmara federal, ofedendo homossexuais, negros, índios, mulheres… Esse camaleão moral não pode ser presidente de um país sofrido, mas alegre onde pobres riem mais que os ricos preocupados com a alta do dolar e com a queda da bolsa de valores. Mesmo não indo a debates (se escondendo por desprovem de conteúdo) o candidato percebeu que sua camuflagem tática o prejudica em conteúdo e em forma. O desface caiu.

  11. Datafolha está em guerra com Bolsonaro que já prometeu que não vai dar vida fácil à Folha se eleito, por isto é suspeito para falar em pesquisas sobre eleição presidencial.

  12. JOSE MAGNO disse:

    Kennedy, a linguagem bolsonariana é um tanto coloquial.Na verdade é vazia e temeraria.A nossa única preocupação é com a nossa democracia,ainda frágil e tutelada.E toda vez que houve ameaça de sua ruptura, a reação popular esteve presente. Essas bravatas do ex-capitão eram decorrentes do apoio físico e logistico de alguns integrantes das forças armadas e policiais, que a tempo estão refletindo sobre o descalabro, destempero e arrogância que o presidenciável juntamente e seus filhos começavam a arrotar… Acredito que ao outro candidato pelo campo progressivo, bastaria uma acentuada fiscalização
    sobre as sessões eleitorais onde o Bolsonaro foi bem votado no primeiro turno para derreter seu conteudo eleitoral que mais parece feito de zumbis.

  13. É PRECISO HAVER REGRAS QUE ANULEM OS MENTIROSOS, NOS DEBATES POLÍTICOS NA TV! disse:

    Saber a vida pregressa de cada candidato deve ser atribuição de cada eleitor. Nos debates televisivos deveriam ser proibidos ataques à vida pessoal. Projetos, planos, idéias deveriam ser os assuntos: combate à corrupção, forma de escolha dos auxiliares que ele irá nomear para cargos do governo, educação, segurança pública, saúde, economia, sistema carcerário, leis penais etc. Imaginemos um candidato à frente nas pesquisas, vai para um debate às vésperas das eleições – um opositor venal o acusa dele ter roubado cofres públicos na época “x”; ou agrediu uma namorada há 30 anos atrás mandando-a para o hospital; ou afirma que ele ameaçou “matar” alguém; inventa mentiras que maculem sua imagem. Tudo mentira. É claro que irá rebater – mas conseguirá “ PROVAR”? Não, não conseguirá. Não haverá tempo, pois é o “ÚLTIMO DIA DA CAMPANHA ELEITORAL”. O estrago estará feito! Não há mais como provar que é vítima da mentira! EU, À FRENTE NAS PESQUISAS, TAMBÉM NÃO IRIA A UM DEBATE!

  14. Adivar Ferreira de Aguiar disse:

    Caro Kennedy,nao consigo entender porque nao se fala na corrupção do PT,todos os dirigentes presos,inclusive o “CAPO” Lula..que este partido esta deixando um pais quebrado,13 milhoes de desempregados,,nenhuma reforma feita,bilhoes desviados,até para financiar outros paises..O Haddad não é uma pessoa ruim,ao contrario,é mas concordou em ser um “poste”,teleguiado por um presidiario condenado por corrupção e lavagem de dinheiro,egoista,que esta levando seu partido para o fundo do poço.
    Bolsonaro é um fenomeno que esta vencendo todo o ‘status quo” que domina o país há tanto tempo.Nunca houve uma campanha por parte da imprensa tao grande contra um candidato,e mesmo assim ele esta superando tudo e todos.Temos que nos debruçar e analisar o que a sociedade esta querendo dizer..vai muito alem da pequenez deste “flaxflu”entre jornalistas,ou militantes,ou politicos..vamos rezar para, quem quer que seja eleito, una nosso Brasil e o coloque novamente no caminho do bem,da paz e do desenvolvimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-11-19 19:55:32