aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
15-04-2014, 17h53

Fiesp debate Mercosul com favorito a suceder Cristina

6

Apontado como o mais forte candidato para suceder Cristina Kirchner na Argentina, o oposicionista Sergio Massa marcou encontro nesta quarta com um grupo de empresários de São Paulo. Ele deseja discutir uma estratégia de reaproximação entre Brasil e Argentina.

Cristina e Dilma Rousseff têm boa relação, mas a crise argentina levou o país vizinho a adotar medidas que enfraqueceram o Mercosul e prejudicaram o Brasil.

Dissidente do kirchnerismo, Massa fundou um novo partido peronista: Frente Renovadora. É visto como mais pragmático do que Cristina. Haverá eleição presidencial na Argentina em 2015.

Está previsto um almoço de Massa com empresários na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). O presidente da entidade e pré-candidato do PMDB ao governo paulista, Paulo Skaf, deverá recebê-lo.

Comentários
6
  1. Claudio Davi disse:

    Olha, sou argentino, e gostaria como patriota, que meu país, levanta-se da tumba, que a presidenta colocou a todos nós dentro e fora do país, beneicios a quem não estuda, na minha êpoca não tinha beneficios e todo mundo era feliz, agora até gravida tem, Estes tewm que trabalhar e fechar a boca,o problema tambem que o argentino pensa em dolar e não em peso argentino, isso deswaloriza a moeda, o Brasileiro por ser um pouco inorante, tem-se beneficiado e da mais valor ao real que ao dolar, em fim, que seja bem vindo o novo presidente,como está meu país,cinto um pouco de pena, espero contente e confiante, que Argentina pode e tem capacidade para isso, boa sorte Argentina, mais não chore por mim.

    • Jeferson disse:

      “o problema tambem que o argentino pensa em dolar e não em peso argentino, isso deswaloriza a moeda, o Brasileiro por ser um pouco inorante, tem-se beneficiado e da mais valor ao real que ao dolar”

      Olha, procura se informar Claudio Davi, nada a tem a ver o que voce mencionou com valorização ou desvalorização do peso argentino e do real brasileiro ….

      … basicamente, peso argentino e real brasileiro são produtos como outros quaisquer, por exemplo, automóvel, e a valorização e/ou desvalorização deles em relação ao dólar, q é outro produto, varia conforme demanda e oferta destes produtos, por exemplo, os estados unidos aumentaram a oferta de dolar para combater crise no passado e como resultado o dolar desvalorizou-se em relacao ao real e ao peso ….

    • Moita disse:

      Podemos ser ignorantes, mas não tanto como vocês provam ser, repetidas vezes.

      O que vc representa é o comportamento que eu observo nos Argentinos: Saem hoje ás ruas para fazer um panelaço coontra os efeitos das proprias escolhas ontem, sem nunca assumir responsabilidade.

      VocÊ diz que a Kirschner colocou vocÊs numa tumba. Pode ser. Mas aonde vocês estavam quando o marido dela foi o único com bolas para assumir o caos em que a Argentina estava? Não era uma tumba em que o Menem colocou vocÊs e o De Larua tampou? E ninguém queria assumir o governo deposis que ele se mandou.

      Agora é só pedara nela, mas quem faria algo diferente??

      • Luci disse:

        Tmbm sou argentina, mas acho que vc esta certo em tudo, ela assumiu quando ninguem mais teve ovos pra fzr e agora só a criticam. Pode até ser axagerado as varias pensoes que existem na Argentina, mas é uma maneira de ajudar a muitos necessitados, tem muita gente que se não recebesse esta ajuda estaria na mais completa miseria. Considerando como estava quando ela assumiu, hj não ta tao mal assim.

  2. Alice disse:

    Massa tem a mesma linha de Menen,eh mentiroso e demagogo, nao creio que seja realmente uma opcao, mas infelizmene o povo so entende isso quando ja eh tarde. A Argentina nao esta numa tumba, mas eles querem que pensem isso para assim anunciar novas medidas. Hoje, mesmo ainda sendo pouco, alguma coisa chega ate o povo, antes chegava apenas nas maos dos empresarios e compinches. Acho que em todo caso “inorante” esta sendo voce Claudio DAvi que forma su opiniao atraves de meios de comunicacao tendenciosos e manipuladores sem ver realmente a realidade de hoje. Eh epoca de inclusao, nao de ideias tao repressoras como essa sua de que um um cidadao tem que trabalhar e fechar a boca, e deixar que meia duzia de “mamarrachos” facistas comandem o país. Acho que esse eh o problema daqui, ninguem que ver a pobreza que foi sendo crianda durante varios governos anteriores a esse e condena quem faz algo pelo povo. Ninfuem eh realmente perfeito nessa posicao e com essa responsabilidad, falta muita coisa ainda, sou brasileira e vivo aquí, e realmente nao vejo assim a coisa, mas vejo que muitos querem que seja assim, para entao ter uma justificativa para fazer o que querem da forma que querem, justificando assim atitudes repressoras e mano dura, como massa mesmo disse em cadeia nacional sobre los absurdos de linchamentos aquí “quem las hace las paga” sobre a populacao enpancar um “delincuante”, houve um caso que le espancaram ate a morte, esse eh o representante que vc escolhe?

  3. Pasquale disse:

    Kennedy,seu comentário hoje na CBN foi muito bom.Acertou em cheio os erros que a Dilma cometeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-23 22:17:32