aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
06-06-2018, 12h01

Financiar obras no exterior não foi mau negócio, diz Rabello de Castro

'Governo agiu mal na paralisação dos caminhoneiros'
5

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O pré-candidato do PSC à Presidência, Paulo Rabello de Castro, afirmou que os empréstimos feitos pelo BNDES para obras de empresas brasileiras em países da África e da América Latina não foram um mau negócio para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, ele foi claro: “Não posso dizer que tenha sido um mau negócio”. Rabello de Castro presidiu o BNDES no governo Temer.

Segundo ele, “o único país que não está pagando é Mocambique”. Ele afirmou que a Venezuela atrasa, mas paga. Rabello de Castro considera que há garantias suficientes para esses empréstimos, feitos durante os governos Lula e Dilma.

Economista, ele avalia que o governo “reagiu mal” em relação à paralisação dos caminhoneiros e adotou uma solução que causará “dor de cabeça”. Disse que, durante a crise, apresentou ao governo proposta de realizar leilões de “oferta e demanda” de combustível pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) para dar maior estabilidade aos preços.

Ouça a entrevista concedida ontem ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

Comentários
5
  1. walter disse:

    Sinceramente caro Kennedy, alguém precisa apresentar a conta para ele…NÃO estão pagando nada, a Venezuela por acaso, nos trata como inimigo; definitivamente, foi um péssimo negocio ao Brasil; O Paulo Rabello, precisa se atualizar; só falta confirmar os pagamentos de Cuba, esta de brincadeira…enquanto a Dilma esteve no poder, já haviam B.Os nestes pagamentos, imaginem agora…certas declarações não contribuem, já que recentemente, para variar a Venezuela, expulsou nosso embaixador de lá…defender os erros do passado recente, não agregam em nada; continuamos no fundo do poço, por tudo o que aconteceu; prefiro acreditar no Lula, estamos todos acovardados, por falta de rumo e autoridade; nada caminha…

  2. Wellington Alves disse:

    Isso é projeção internacional. Queriam que o Brasil se projetasse na França? Isso é complexo de quem está acostumado a ser influenciado.

  3. João disse:

    Começam a aparecer as viúvas do conglomerado golpista tucano/mdebista … choram aqui… choram ali…. diante do titanic tucano/mdebista no (des) governo. Mais tucano que mdebista (parente e fch, aquele do “o de sempre” dos email para odebrecht – não vem ao caso… (Kennedy mesmo mostrou aqui… queria tanto que o parente ficasse)…. e assim, aos poucos, mesmo os nossos “liberais”, vão percebendo que o governo Dilma, por ruim que fosse, ou por erros de condução que tenha cometido…. ainda era.. foi… melhor que que está aí…. além de que, tinha a legitimidade do voto para acertar ou errar….. vida que segue… golpes são assim… nunca se sabe onde vai dar… embora sempre dão mais mer…. Brasil descarrilhado… ladeir

  4. Alberto disse:

    Paulo Rabello de Castro? Hilariante!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-09-22 14:16:04