aki

cadastre-se aqui
aki
Política
11-04-2016, 9h28

Governo conta 28 votos na comissão; oposição, 35

Planalto busca de 25 a 30 deputados; ala pró-impeachment almeja 40
42

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Após articulações nos últimos dias, o governo contabilizava na noite de domingo 28 votos na comissão especial da Câmara contra o parecer do deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO). O relatório de Jovair é favorável à abertura de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Para a disputa em plenário, o número do governo girava em torno de 206, 207, já incluindo eventuais ausências.

Alguns desses deputados diziam que estavam sofrendo pressões da opinião pública e até da família para votar a favor da abertura de processo de impeachment contra a presidente. O governo tentará aumentar um pouco mais esse número, mas sabe que, nas condições políticas atuais, dificilmente angariará mais apoio. É preciso levar em conta que o clima político favorece o abandono do governo e o embarque na canoa do impeachment.

O governo Dilma trabalha para tentar chegar perto dos 30 votos na comissão do impeachment e não baixar de 200 para a disputa em plenário. No pior cenário na comissão, o governo espera ficar acima de 25, porque seria uma sinalização de força semelhante no plenário. “A comissão é um microcosmo”, diz um ministro.

Nas contas da oposição, pelos menos 35 deputados deverão votar a favor do relatório de Jovair. A intenção é se aproximar ao máximo de 40 votos na comissão, também numa tentativa de mostrar força para a batalha no plenário da Câmara.

A oposição crê que tem algo real por volta dos 315 votos a favor da queda da presidente. Há articuladores da oposição que afirmam já possuir 330, mas nessa conta entra quem também está negociando com o governo. Logo, o número de 315 seria mais confiável. Nesse cenário, faltariam 27. Não é muita gente, mas é um grupo bem disputado.

Nos bastidores da Câmara, o comentário é que há uma fatia de 50 a 60 deputados que decidirá na undécima hora.

*

Temores e expectativas

O governo teme alguma ação da Lava Jato ou desdobramento das delações da Andrade Gutierrez que possam desequilibrar o jogo na reta final, sobretudo se atingir o ex-presidente Lula ou algum membro do governo. A pressão da opinião pública e a provável votação no domingo também são elementos que jogam contra o governo.

Já a oposição se preocupa com a força que todo governo tem, que são os cargos e as verbas. A caneta ainda está com a presidente Dilma Rousseff. E há uma promessa do ex-presidente Lula de que aqueles que ficarem ao lado do governo serão recompensados com maior divisão do poder.

O Brasil vive hoje um clima de maior divisão do que havia na época da votação do impeachment de Collor, em 1992. Isso favorece Dilma na comparação com Collor. Naquele momento, havia um alto grau de consenso nas forças políticas e na sociedade de que seria inevitável a deposição de Collor diante do conjunto da obra e da descoberta da Fiat Elba.

Em relação à presidente Dilma, há um conjunto da obra desfavorável a ela, sobretudo por causa da crise econômica. Mas não existe, hoje, prova de envolvimento da presidente com os escândalos investigados pela Lava Jato.

Por último, há divergências jurídicas significativas em relação ao enquadramento de Dilma no crime de responsabilidade, com advogados e políticos que defendem com ardor tanto uma posição quanto outra.

*

Aval tucano a Temer

A pesquisa Datafolha que mostrou que 60% querem a renúncia de Dilma e Temer e que um percentual parecido defende o impeachment de ambos tem impacto sobre o confronto entre governo e oposição. Contribui ainda mais para a incerteza em relação ao que vai acontecer no plenário da Câmara.

A pesquisa mostra que, fique Dilma no poder ou entre Temer no Palácio do Planalto, haverá potencial para forte contestação do vencedor no dia seguinte.

Quem conseguir ao longo desta semana mostrar que pode lidar melhor com esse cenário de dificuldade poderá obter alguma vantagem na votação em plenário.

Michel Temer tem se esforçado para se apresentar como mais capaz de reaglutinar forças no Congresso. O vice-presidente conta com o apoio do PSDB, que seria, na prática, avalista de um governo peemedebista. O mau desempenho de políticos tucanos na pesquisa Datafolha sobre a sucessão de 2018 joga a favor do apoio do PSDB a um eventual governo Temer.

O PSDB apostaria numa reorganização de suas forças para disputar o Palácio do Planalto em 2018. Hoje, no Datafolha, apesar do desgaste de Lula e da pouca exposição pública de Marina Silva, o ex-presidente e a líder da Rede são nomes mais competitivos do que os tucanos.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
42
  1. Placar do impit disse:

    Eu num sei se caso ou se compro uma bicicleta

    • Airton Azevedo disse:

      Se a Dilma não sair, diante da crise econômica, você não terá condições de casar ou comprar uma bicicleta.

      • carlos puruna disse:

        Será que vai ficar daquela forma que era até o final do governo do FHC??? Rico compra o que quer, pobre, ah, pobre talvez uma bicicleta em 24 prestações, talvez!

        • Wilhelm Dovalov disse:

          Olha, se o minério de ferro não sair de 40 para 200 dólares e os grãos voltarem a ter uma alta histórica como foi na época do Governo Lula, esquece, não vai entrar dinheiro no Brasil como entro nos anos 2000 apesar do Lula. Vai ser igual na época do FHC, isso se fizerem um bom trabalho de resgate de um país quebrado como ele fez.

          • Romulo Dantas disse:

            Bom trabalho de resgate do FHC?? Indo 3 vezes pedir dinheiro de joelhos ao FMI… Juros na casa dos 40%… Desemprego lá em cima… Realmente a memória do Brasileiro é muito seletiva.

          • Otavio Cezar disse:

            É Romulo, a sua memoria parece ser tbm bem seletiva né…

            Em 2005 a dívida externa brasileira representava 51,2% do PIB, mas é importante lembrar que nem toda a dívida externa brasileira se refere ao FMI. O Brasil fechou empréstimos com outras entidades como, por exemplo, o Banco Mundial e BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Sem contar que existem os títulos da dívida pública que na maior parte encontram-se nas mãos de investidores e empresas privadas.

            A história da dívida pública brasileira se iniciou há muitos anos, na época em que o Brasil ainda era colônia portuguesa e realizou empréstimos para “saldar dívidas com Portugal”. Depois disso, foram sendo feitos sucessivos empréstimos com o intuito de sanar a primeira dívida, ou na tentativa de alavancar a economia para que fosse possível salda-la. Mas todas as tentativas redundaram em fracasso, explodindo em 1982 quando se iniciou a pior crise financeira pela qual o país já passou.

        • sergio coelho disse:

          Veja bem se o rico pode comprar e tem dinheiro o problema é dele.
          Agora o que não pode é o rico ter que pagar a bicicleta do pobre.
          Cada um tem que fazer por merecer.
          Cada um viver de seus esforços.Pagando sua parcela de Imposto de Renda para já ajudar a comprar as “bicicletas”.

      • Daniel disse:

        Eu compraria uma bicicleta. Só pra andar junto a a Dilma pela manha.

    • walter disse:

      “Compre uma bicicleta Placar do Impit; nunca vi numa disputa, alguém acusar o golpe; quando assistimos as entrevistas, de pugilistas que vão se enfrentar, antes da luta…se depender do falatório, ninguém aposta em ninguém; mas neste caso o “blefe” esta claro; a dilma tentará de tudo, até a última hora…
      Kennedy, posso demonstrar tendências, mas se a dilma, não deve nada; deveria permitir a votação em plenário, normalmente…
      O País, precisa de legitimidade; é isto que esta em “JOGO”; mesmo que venham a “se dar bem”; não terão o que comemorar”…

  2. Pasquale disse:

    Ele não faz trabalhos domésticos. Não tem gosto nem respeito por trabalhos manuais. Se puder, atrapalha quem pega no pesado. Trata-se de uma tradição lusitana, ibérica, reproduzida aqui na colônia desde os tempos em que os negros carregavam em barris, nos ombros, a toilete dos seus proprietários, e eram chamados de “tigres” – porque os excrementos lhes caíam sobre as costas, formando listras. O Perfeito Idiota Brasileiro, ou PIB, também não ajuda em casa. Influência da mamãe, que nunca deixou que ele participasse das tarefas – nem mesmo pôr ou tirar uma mesa, nem mesmo arrumar a própria cama. Ele atira suas coisas pela casa, no chão, em qualquer lugar, e as deixa lá, pelo caminho. Não é com ele.

  3. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A compra de votos para barrar o impeachment transformou a “lojinha” num bazar da mais baixa categoria.
    É um péssimo exemplo às novas gerações da “pátria deseducadora”.

  4. rodrigo disse:

    Não adianta Dilma tentar se safar desse processo impeachment…primeiro que para governar ele precisa de maioria do congresso para aprovar qualquer medida…e segundo que se ela escapar desse Eduardo Cunha vai aceitar o pedido da OAB para começar tudo de novo!!!

  5. Carlos Alberto Gonçalves dos Santos disse:

    Todos os políticos Brasileiros deveriam ser candidatos a cargos políticos na Indonésia China no Paquistão, la eles iam se dar muito bem!!!!!!!!!

  6. Ruy Teixeira disse:

    Milhões de pessoas nas ruas em todos os Estados a favor do impeachment, telões em todos os lugares, transmissão ao vivo pela rede globo, voto aberto, está desenhado o fim do governo Dilma.

  7. Antenor disse:

    Quando foi para o afastamento do Collor, total legitimidade, quando é para se fazer o mesmo com a Sra Dilma é “golpe”, para bem da verdade o que existe é ambição desmedida, sede incondicional de poder, e falta de senso critico para o grupo do PT de que o governo que era programado para os próximos “vinte anos” acabou… terminou… evaporou… e com ele todos os seus lideres, presos e ou em vias de ser…

  8. Elizeu disse:

    #NãoVaiTerGolpe

    • Amalia Maria de Oliveira disse:

      Elizeu, o golpe nós já sofremos!!!!!!!País quebrado, povo enganado, saúde atormentada, segurança zero, educação …. ah… essa nem se fala!
      IMPEDIMENTO JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!

      • Ricardo Picchiarini disse:

        Nenhuma destas questões que vc coloca são motivos para impeachment. É motivo para nas próximas eleições vc não votar nela e fazer campanha contra, só isso. A isso se chama democracia. A saída do impeachment para resolver problemas econômicos ou políticos é um golpe de Estado dissimulado. Presidência, ou qualquer cargo eletivo, não é técnico de futebol: não pode ser derrubado porque está perdendo o campeonato, tem que esperar terminar o mandato. Vc respeitar isto mostra o quanto vc realmente é contra a corrupção, ou não estaríamos sendo corruptos se abreviássemos um mandato desta forma e por estes motivos que vc coloca?

        • Joaquim disse:

          Ricardo, basta ver o gráfico apresentado pelo banco central sobre as pedalas fiscais, para verificar aonde chegou a irresponsabilidade da presidente com a coisa publica. Quando vejo o advogado da presidente falar que não havia onde mais cortar ou contingenciar da vontade de rir. Como não há onde cortar em um governo com 39 ministérios? Como não há onde cortar quando se dá aumento para funcionalismo, sabendo que a receita esta caindo? Como não há como cortar quando se gasta só em aluguel de caros para um simples viagem ao EUA U$ 200 mil? Ela é totalmente responsável pelos atos e omissões do seu governo. Nós brasileiros queremos responsabilidade com o que é publico. Com o nosso dinheiro.

    • Não vai ter golpe agora, porque golpe já teve.
      A gora teremos lei, ordem e progresso. Isto virá com o impeachment.
      Viva a constituição! Viva a Lava Jato! Viva o dia 17 de Abril. Viva o Brasil!
      Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

    • Sônia Ribeiro disse:

      Sr. Elizeu: NÃO VAI TER GOLPE MESMO! JÁ HOUVE GOLPE!!! E não estou falando de 1964! O GOLPE já foi dado quando este Sr. Lula “ascendeu socialmente” e chegou a presidência da República se tornando mentor do maior esquema de corrupção institucionalizado e sistêmico. GOLPE já houve quando o mesmo, se fingindo preocupado com as minorias construiu uma das maiores fortunas do mundo, sendo amiguinho dos “coxinhas”, como empreiteiros e pecuaristas, sem falar nos banqueiros. Golpe já houve quando, numa lavagem cerebral histórica – a última foi a do Hitler – convenceu e ainda convence milhões de desavisados que é um homem honesto e que está sendo perseguido. O golpe já está em andamento, com milhões de cidadãos brasileiros desempregados, com a saúde caótica, com surto de dengue, zika, chikunguya, H1N1, violência gritante (literalmente!)e a tentativa de divisão de um povo entre nós e eles! Golpe, infelizmente, é o fanatismo político e “ideológico” de um marxismo, que só existe no papel.

  9. Jorge Carlos Câmara disse:

    Eu ainda vou ver o Lulalá##.

  10. WINSTON BASILIO disse:

    Se a Dilma não for afastada agora, o que será do Brasil?
    Está tudo parado! O comércio está todo prejudicado. Não se vende nada! imóveis, carros, restaurantes, lojas, estão todos vazios! É necessário que se faça alguma coisa e “não pereça toda a nação!” Não há como enxergar que a solução seja uma só. Pelo menos agora!

  11. Bolivar Santos disse:

    A compra de votos de deputados está sendo realizada pelos dois lados, governo e oposição. Promessas surgem todo dia. Não me venham com essa que só o governo negocia. O nosso congresso é podre e vive de leilão. Estou a dizer que não salva ninguém, todos estão interessados somente em benefícios próprios e o País que afunde.

  12. A que situação chegamos. De um lado uma presidente não só incompetente e arrogante, mas burra. Na oposição quadros políticos corruptos, inclusive muitos processados no STF, assim como petistas. Não se vê nenhum salvador da pátria capaz de aglutinar apoio entre vários partidos para tirar o país da crise.

  13. Carlos Novelino disse:

    Depois quero ver quem irá reclamar, pois o preço a ser pago por essa aventura golpista será altíssimo, ainda mais em um cenário de crise que assola o mundo há quase uma década, e não dá sinais de arrefecimento. Arruinaram o país.

  14. José Dias disse:

    Enquanto isso aqui no Rio, vai ter uma das maiores baixarias já realizadas, o PT e seu comandante Lula, reunirá hoje no largo da Lapa seu exército de artistas, uma forma de reunir um número expressivo de pessoas ! Show de graça ( vocês acreditam ?), lá vai mais dinheiro do povo brasileiro ! !
    Vamos dar o troco na próxima passeata ” Verde e Amarela “, se Deus quiser.
    Fora PT, fora Dilma e fora todos os políticos que estão se vendendo pra Dilma.
    Precisamos de Cunha, Renan e todos que estão metidos nessas falcatruas fora do poder urgente !

  15. Povoa disse:

    Atenção Deputados “indecisos”: se votar a favor de Dilma, automaticamente está votando contra o Brasil e contra todos os eleitores, que não esquecerão disso jamais e reagirão nas urnas.

  16. Alberto disse:

    Se madame ficar a situação do país será de completa ruína por muito tempo.(desemprego elevado,fechamento de empresas,aumento violência e muitas outra mazelas).Se madame sair essa situação demorará um tempo bem menor para ser solucionada.É pura balela dizer que não vai haver “sofrimento”,afinal a orcrim está no poder a mais de uma década e deixou terra arrazada.A solução é de mudança imediata para um “sofrimento” em menor tempo.Quem viver/sobreviver verá.

  17. Juá disse:

    Tá muito claro, O Temer trabalhando a favor da saida da Dilma, isso mostra claramente que é um Grande Golpe. Vice não poderia está aliado com o Eduardo Cunha e nem fazer campanha do seu interesse. ( Clube dos Golpistas) Temer Cunha Jucá Padilha e PSDB.

  18. uma vergonha para a socidade brasileira,uma politicagem que preudica todos,saude,educaçao,
    infra estrura,o ponto basico para o crecimento e desenvolvimento de uma naçao esta destruido,
    o roubo e enorme ,dinheiro da naçao,para alavancar o futuro,muito facil,porque que existe a declaraçao do imposto de renda,que expliquem a onde arrumaram a fortuna,ou politico nao tem cpf,ou e blindado,pelo poder publico,nao adianta so puniçao judiciaria ou cadeia,que jamais cumplem,
    que devolvam o que foi subtraido dos cofres publicos,o politico corrupto mata mais que o traficante,[droga usa quem quer]e os humildes estao morrendo nos corredores dos hospitais,sem,
    assistencia porque a verba foi roubada,isto e uma vergonha,sem discriminaçao de partido,todos politicos corrupdos,que paguem pelos seus atos,e que sejam divulgados seus nomes,e proibidos a assumir cargos publicos ou politicos,tiro o chapeu para a policia federal e justiça federal,esta esta sendo a salvaçao da sociedade brasileira.

  19. Lucy disse:

    Que o Cunha tenha conseguido tanto apoio em tão pouco tempo para fugir da cadeia é algo histórico. Mais uma nova era da hipocrisia e do roubo se inicia, só que agora maior, porque foi sedimentada pelas instituições. Blogs se tornando palanques do Temer para proteger Cunha e vice-versa… Depois não terá como reclamar. Mas muita gente avisou.

  20. Sônia Ribeiro disse:

    Este país vai de mal a pior….Não há mais esperança….. Esta corja política, que é minoria; mas que age em detrimento de milhões de cidadãos brasileiros fará de tudo para se perpetuar na prática da corrupção, visando poder e desvio de bilhões, para continuar usufruindo das mordomias. Já há um projeto de lei proposto por petista, objetivando coibir a continuidade da operação lava jato, em prol da eterna impunidade . Ou seja, tudo como dantes no quartel de Abrantes! O povo continuará, infelizmente, sendo furtado e sem segurança, saúde,educação, etc…O caminho? Tentar viver num país sério e longínquo daqui. E esta história de golpe já cansou….Golpe é sermos um povo que mais impostos paga no planeta e vivermos sempre na expectativa de nos tornarmos o país do futuro. Não há futuro, quando existe corrupção galopante, políticos mentirosos, preocupados, tão somente, em se salvarem mutuamente. Só nos resta orar…

  21. Acho que as pessoas estão defendendo partidos!!
    Já votei no PSDB, PT, PMDB e etc…Voto no que acredito q seja o menos pior. bem falam em golpe, Cunha inimigo, Pedaladas e aí vai. Acho que não temos ninguém no congresso na verdade que resolva o problema do país, contudo, enxergo o Brasil como uma empresa nos somos dono, o presidente meu diretor de confiança e o congresso nossos funcionários que fazem alavancar ou não a nossa empresa.
    Minha pergunta é : Vc teria a Dilma como sua diretora de confiança?
    Minha resposta: Não.
    Já provou nesses anos q na minha empresa ela nao tem liderança e capacidade de gerar pessoas.
    Só isso esqueçam as brigas!! Pense administrativamente ela teve o tempo dela ou o próprio PT.

  22. pablon soares disse:

    O pt passou de um partido mentiroso que dizia estar o país numa situação maravilhosa , e olha o resultado aí, para um partido cara de pau tipo nomeação de lula para fugir do Moro, tipo maior escândalo da Petrobrás ,Triplex Solex, Atibaia,falar em não vai ter golpe,incitar a violencia , pedaladas,compra de votos em troca de cargos.CARA DE PAU e tem gente que defende….

  23. A Presidenta sofreu duas baixa neste semana pelo STF, a homologação da denuncia da empreiteira Andrade Gutierrez e a outra que só vai apreciar a situação do LULA se será ministro ou não, após a votação do impeachment, ou seja, depois do dia 20/04. A luta continua povão.

  24. Juá disse:

    O Deputado que votar a favor da Saida da Dilma, não está votando pela a vontade do povo, que na ultima pesquisa 56% da população foi contra, E sim a favor do Carrasco Eduardo Cunha, que é quem vai comemorar a vitoria, e não o povo, os deputados não podem entrar na canoa do Eduardo, vão afundar o Brasil com ele junto.

  25. Antenor disse:

    A solução mais coerente, para o Brasil sair desse atoleiro e voltar a respirar ares de crescimento, é a retirada da Dilma da presidência. Não adianta pensar em outra maneira, pois o que ocorre é a TOTAL FALTA DE CREDIBILIDADE nesse governo atabalhoado, perdido e sem qualquer noção de rumo. O que os senhores deputados e senadores (de qualquer partido) têm que entender é que não adianta ir contra a vontade do povo. Quem votar contra o impeachment, seja na câmara ou no senado, estará fadado ao fracasso nas próximas eleições. E não adianta apostar na falta de memória do povo, porque os meios de comunicação estão muito mais dinâmicos do que em qualquer outra época e, com isto, o POVO ESTÁ MUITO MAIS ATENTO AOS ATOS DOS POLÍTICOS. Portanto, senhores indecisos e senhores MERCENÁRIOS, cuidado! Estamos atentos às suas posições e atitudes, neste caso.

  26. Lwd Personal disse:

    A coisa tá feia. As únicas pessoas capazes de resolver o problema somos nós. Enquanto permitirmos a existência desse estado paquidérmico, que consome recursos e apenas busca a perpetuação no poder, nada mudará.
    Enquanto não estabelecermos uma economia de mercado e permitimos que o capitalismo aconteça de fato aqui no Brasil, ficaremos a mercê dessa corja de inúteis. Burocratas que não produzem R$ 1,00 para o país, apenas consomem recursos e atrapalham a iniciativa privada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-26 06:01:10