aki

cadastre-se aqui
aki
Política
21-06-2017, 21h27

Governo deve fazer nova concessão na reforma da Previdência

Há possibilidade de abrir mão de 25 anos de contribuição por idade mínima

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O governo crê que não tem alternativa. Por isso, retaliou o senador Hélio José (PMDB-DF), que votou na Comissão de Assuntos Sociais contra a proposta de reforma trabalhista defendida pelo Palácio do Planalto. O governo demitiu dois indicados do senador do Distrito Federal.

O presidente Michel Temer avalia que enfrenta uma guerra pela sobrevivência política e pela permanência no mandato até o final do ano que vem. A retaliação é uma forma de manter a tropa unida.

Temer pode até perder aliados, mas manteria número suficiente para aprovar a reforma trabalhista no Senado e a da Previdência na Câmara. Já está na agenda do governo a possibilidade de fazer novas concessões na reforma da Previdência, como abrir mão dos 25 anos de contribuição a fim de tentar aprovar, pelo menos, idade mínima para aposentadoria.

*

Entrevista com Gilmar Mendes

O outro tema do “SBT Brasil” foi a entrevista com o ministro do STF Gilmar Mendes, que será exibida na virada da noite de domingo para segunda, por volta de 1h. Hoje, foram exibidos alguns trechos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-07 22:08:15