aki

cadastre-se aqui
aki
Política
05-10-2016, 23h09

Governo deve interromper logo campanha antipetista

Peça "Vamos tirar o Brasil do vermelho" foi pensada como ataque rápido
4

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O governo Temer deve interromper logo a campanha “Vamos tirar o Brasil do Vermelho para voltar a crescer”. Ela foi pensada como uma propaganda rápida, a fim de atender a aliados políticos do campo conservador que cobravam um ataque duro do Palácio do Planalto ao PT e à ex-presidente Dilma Rousseff.

Parte da equipe de Temer foi contra essa campanha. Então, ficou decidido que seria feita uma crítica rápida. Agora, o governo deverá apresentar peças com mais foco no equilíbrio das contas públicas para o país voltar a crescer, diminuindo o tom antipetista e anticomunista da propaganda.

*

Duelo federal

Na disputa pelo texto final do projeto de anistia para repatriar recursos remetidos ilegalmente ao exterior, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deverá levar a melhor em relação ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Está prevalecendo o lobby dos deputados e de escritórios de advocacia de clientes com recursos no exterior que defende que o cálculo para a multa e impostos devidos deva ser o dia 31 de dezembro de 2014. Mas Meirelles tenta fazer com que a cobrança tenha por base a data em que a conta tenha tido o saldo mais alto durante toda a sua existência. Nesta quinta, saberemos quem vencerá essa contenda, porque o projeto deverá ir a voto na Câmara.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Comentários
4
  1. ANDRE disse:

    Acho que ficaria melhor assim “Vamos tirar o Brasil do TEMERário para voltar a crescer”, vamos tirar o Brasil deste bando de fascistas, vamos tirar o Brasil de um ilegitimo para voltar a crescer. Crescer não só no PIB, no respeito as instituições, no respeito ao seu povo, no respeito a constituição, crescer na equidade entre as pessoas. Esta campanha parece ter sido plagiada do Carlos Lacerda, da época em vociferava contra tudo, mesmo quando o que se dava era o mínimo aos mais humildes. Acho que nem Costa e Silva faria melhor.

    • walter disse:

      Caro Andre, fico contente com suas afirmações; significa que o PT para governar, valia tudo, até pegar qualquer vice…O passado não atropelava e nem roubava, como HJ em dia…não há comparação…
      Quanto ao Meirelles Kennedy, esta correto seu ponto de vista, as contas devem ser tributadas, pelo maior saldo, e não pode haver caprichos, para sonegarem o já sonegado, afinal, ele é banqueiro; esta lá, para botar ordem e arrecadar para o caixa.
      Quanto a campanha, contra o vermelho, é refletida pelos fatos atuais; todos os dias, as manchetes são claras…a dilma deixou de cara, um deficit de 170 BI, no conta corrente; não há como, afirmarem que é injusta tal reflexão, logo do seu vice….kkk.

  2. Alberto disse:

    Os do partido terminal(pt) não deveriam esquecer que o que dá em Chico,dá em Francisco e quem com ferro fere com ferro será ferido e mais alguns de mesmo sentido.Tão zangadinhos estão,kkkkkkkkkkk.

  3. VERDE, AMARELO, AZUL E BRANCO... PARA SEMPRE! disse:

    É totalmente democrático permitir-se a existência de partidos políticos com ideologia totalmente diferente da nossa.
    Só que tudo deve ter um limite. A cor vermelha é internacionalmente conhecida como símbolo do regime comunista, regime esse, primeiro, mais do que provadamente fracassado, principalmente em seus redutos mais fortes, como União Soviética (que nem existe mais), Cuba, China etc.
    Segundo, um regime de difícil convivência, dentro de um mesmo território, com o regime social/democrático – capitalista.
    Bandeiras vermelhas representam “foice e martelo” – símbolo do comunismo e são forte afronta como têm sido expostas em manifestações populares, dentro de um país que tem como cores institucionalizadas como nacionais, o VERDE, AMARELO, AZUL E BRANCO, as cores da Bandeira Nacional!
    É possível a coexistência de idéias opostas, ambas lutando por suas convicções, porém o respeito mútuo deve ser imprescindível de ambas as partes, mais ainda por quem sabe que é minoria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-27 06:41:47