aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-04-2015, 22h42

Governo incentivou protestos da CUT

Postado por: ISABELA HORTA

O protesto da CUT (Central Única dos Trabalhadores) foi estimulado pelo governo como uma tentativa de resistir à força do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está bancando a votação do projeto que amplia as regras para a contratação de terceirizados. Hoje, tudo indica que deverá haver maioria para aprovar essa proposta.

O governo teme perder arrecadação previdência e tributária.

A CUT acha que haverá achatamento dos salários e perda de direitos trabalhistas.

Os empresários dizem que haverá regra para uma situação que já existe de fato. Na avaliação deles, um dos efeitos seria a maior geração de empregos.

*

O vice-presidente da República, Michel Temer, será oficialmente o articulador político do governo Dilma Rousseff. A presidente pretende extinguir a Secretaria de Relações Institucionais, aceitar a demissão de Pepe Vargas e passar a Temer o controle da área.

O vice é um político que tem fama de ser habilidoso no trato com o Congresso. Dilma tomou uma decisão acertada.

O principal objetivo do Palácio do Planalto é tentar melhorar a articulação política, que tem sido um dos pontos fracos do governo.

Os presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), vetaram a ida do ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha (PMDB-RS) para a articulação política.

*

Confira o comentário do “SBT Brasil”:

2020-09-25 19:35:44