aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-10-2015, 9h05

Governo teme que Cunha queime etapas e acelere impeachment

Recomendação do TCU para rejeitar contas de 2014 de Dilma daria justificativa
27

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O governo imaginou que a reforma ministerial na qual fez mais concessões ao PMDB e trocou o núcleo de ministros do Palácio do Planalto traria um tempo de paz política. No entanto, isso não aconteceu.

Foram abertas muitas frentes de batalha, começando pela continuidade de dificuldades no Congresso. O governo tentou votar vetos presidenciais à chamada “pauta-bomba” e fracassou, na terça-feira, porque se organizou mal e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deu uma demonstração de força.

Cunha conseguiu desmanchar o maior bloco da Câmara, que tinha 149 deputados e era comandado pelo líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani. Foi uma forma de evidenciar que a aposta do governo em Picciani resultará em menos votos do que desejava.

Hoje, quarta-feira, haverá nova tentativa de votar os vetos. Se houver outro fracasso, será um desastre ainda maior do que o de ontem. O governo tem a obrigação de vencer hoje, sob pena de deixar claro que fez uma reforma ministerial que não surtiu efeito positivo.

Outra preocupação importante do governo são duas frentes de batalhas que misturam política e Justiça. O Palácio do Planalto recorreu ao Supremo Tribunal Federal para tentar adiar o julgamento das contas de 2014 previsto para acontecer hoje no Tribunal de Contas da União.

O governo atira no ministro Augusto Nardes, que responde a suspeita de corrupção de lobby e fraude fiscal junto ao Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). Nardes é o relator da esperada recomendação do TCU (Tribunal de Contas da União) ao Congresso para rejeição das contas do ano passado do governo Dilma.

O governo teme que essa recomendação do TCU leve Eduardo Cunha, que até hoje disse não ver motivo para abrir processo de impeachment, a mudar de opinião. Há em Brasília um acordo de bastidor entre Cunha e o PSDB, segundo o qual o presidente da Câmara rejeitaria os pedidos de impeachment, mas um deputado tucano apresentaria um recurso para que o plenário reconsiderasse a decisão.

No governo, há quem tema que Cunha, acuado por revelações de contas na Suíça, queime etapas. Isso ajuda a explicar a judicialização do julgamento do TCU sobre as pedaladas fiscais e a torcida do Palácio do Planalto para que a crise de Eduardo Cunha se agrave.

Outra má notícia para o governo surgiu na terça: o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) abriu uma ação pedida pelo PSDB para cassar os mandatos da presidente Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer. Há um longo caminho a percorrer, mas é um fato negativo, que só aumenta o desgaste do governo.

A única boa notícia para o Palácio do Planalto nesta semana veio do ex-ministro do Supremo Joaquim Barbosa, que criticou a proteção política que o PSDB dá a Eduardo Cunha. Numa rede social, Barbosa disse que os tucanos não poderiam ser levados a sério em sua pregação ética ao defender Cunha e ao lutar para reinstaurar o financiamento empresarial de campanhas políticas.

O PSDB sentiu o golpe e mudou um pouco o discurso em relação a Cunha. Agora, o PSDB diz que, se vierem a público mais provas de contas na Suíça, o partido recomendaria a renúncia em relação à presidência da Câmara.

Em resumo, a classe política continua a apostar numa escalada da guerra sobre impeachment enquanto a economia do país vai piorando, como mostraram novas previsões pessimistas do Fundo Monetário Internacional sobre o Brasil. É necessário maior responsabilidade e equilíbrio de todos os políticos, tanto do governo quanto da oposição.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
27
  1. paulo disse:

    Dilma….Game Over!!!!Brasil……Game Over!!!!

    • César disse:

      PT looser! Restart and try again.

    • pedro disse:

      Game over. Looser. As opiniões, como os idiomas, falam por si só. Que bom que o Brasil esteja entre os piores países do mundo para morrer. Lamentável é quando a estatística registra ser um dos piores para viver. Pai, perdoai …

    • walter disse:

      Caro Paulo, já estava escrito nas estrelas; as decisões do Pt do lula, tem sido atabalhoadas; incriminar o cunha…atacar o Nardes; tudo isso são medidas desesperadas que só diminuem o folego…
      Kennedy, a dilma só tem uma saída; conversar, ou melhor, tentar um ACORDO, enquanto pode…as incriminações e ações, correm soltas…
      O lula deveria acordar a saída da dilma, para preservar o Temer.
      Se alguém me disser que é loucura…a dilma e o lula, vão agonizar e “fogo brando”, até o fim…contra fatos…as pedaladas e as investigações, em torno da campanha dela, vão condena-los…estão em contagem regressiva…

  2. Pasquale disse:

    7 de out de 2015

    Brasil está entre os 40 piores países para morrer no mundo
    País perde para Uganda em estrutura para fornecer tratamento adequado para pacientes terminais

    • César disse:

      E para viver, não está muito diferente. Caro e perigoso!

      • Carlos Alberto Sanches disse:

        Pena termos chegado a esse nível. Acho que todos os brasileiros tinham como lema “Esse é o melhor País para se viver e até mesmo morrer”. Infelizmente a realidade não é e nunca será essa. A “Esperança é a última que morre. Mas morre!!!”

  3. licinio Guedes disse:

    O Brasil precisa se movimentar e resolver esta crise o mais rápido possível. Este governo não tem capacidade ética, moral e politica para conduzir o país numa crise destas proporções. Acorda Brawsil !!!!!!!!!!

  4. L. E. Guedes disse:

    O Brasil precisa terminar com esta crise. Este governo não tem capacidade técnica, moral, ética e política para conduzir o país. Chegou a hora do BASTA.

  5. Markosvick Schiavinatto Deutchinsk disse:

    “Muito tenho passado por dificuldades durante esses 12 anos de opressão governamental, pois eles não me ajudaram de forma direta ou indireta, meu trabalho, todo meu intelecto adquirido por dias e noites estão se esgotando pela pressão daqueles que não queriam ajudar todo e qualquer cidadão em si, mas sim queriam ‘tomar o poder’…assim o fizeram e continuam com opressão, aconteça o que acontecer, o poder monetário está com eles e o que importa se houver uma guerra civil ou quaisquer outras reclamações por parte do povo?Esta lei, está em declínio, Tive meu nome deslocado da sociedade por parte de leis as quais houve forja de minhas atitudes as quais não formam ilícitas e inadmissível em qualquer tribunal, seja(O.N.U. seja de H.A.I.A)Opressão contra um cidadão, assim é opressão e deve ser acatado por deferimento dos direitos.

  6. César disse:

    Quem tem a obrigação de salvar a economia do país, é quem a empurrou ladeira abaixo. O governo não fez os cortes que prometeu, e quer que os partidos da oposição votem o ajuste fiscal? Cadê os cortes de Ministérios? Virou compra de votos! Cadê a redução das despesas do governo? Virou redução de 3 mil reais no salario de cada ministro. Querem que os parlamentares aprovem mais impostos para o povo pagar a conta do descontrole das finanças? Já aumentou a gasolina por duas vezes após as eleições! Já aumentou a conta da energia elétrica em mais de 50% e ainda vem mais aumentos por ai. Aumentos nos combustíveis e na eletricidade se convertem em mais aumentos de preços, o que gera inflação e corrói os salários dos trabalhadores. Diminuindo as vendas e aumentando os índices de desemprego pelo país. É a oposição que tem a obrigação de ajudar, um governo que não se ajuda? Um governo que não faz a sua parte? Que só toma atitudes tardias e desencontradas? Não fez reforma alguma!!! Só reuniões, almoços e jantares e depois discursos vazios. Nada mais! E ainda quer reformar a ONU. Me poupe! O ajuste está calcado na nova CPMF. Que eu espero que não seja aprovada. Corte Ministérios, corte cargos comissionados, corte mordomias, corte até não poder cortar mais. Se não tem capacidade para administrar um estado tão grande, diminua o tamanho do estado.

  7. Essas disputas desses marginais só está complicando ainda mais a situação do país.
    Se é para ter o impeachment que consigam as provas rapidamente e acabem com esse desastre que o PT e o PMDB causaram.
    Caso contrário uma renúncia coletiva de todos, presidente, vice, senadores e deputados, pois ali poucos se salvam.
    Uma junta provisória até novas eleições seria muito bem vinda.
    E não se permitir a volta desses quadrilheiros.
    Acredito que só assim para colocar novamente o país no rumo certo e o seu povo receber o que tem direito.

  8. alexandre disse:

    Os coronéis, escravocratas não aceitaram perder as eleições para o Lula, e essa crise faz parte da luta ferrenha contra o governo. O povo ignorante(dezenas de milhões) não percebe, a origem da comida que estão comendo e que não comia antes da hera PT.

  9. Rodnei disse:

    Neste jogo político, não há vencedores, quando parece que só tem corrupto no jogo. Perdemos todos nós, que pagamos a conta.
    Pelo jeito nesse jogo de demonstração de forças políticas e intenções, teremos que tirar uma quadrilha de cada vez do poder, de preferência, nesta ordem: PT (Dilma + Lula), PMDB (Temer), PMDB (Cunha), PSDB (Aécio será tão bom para MG na presidência, quanto Sarney foi para o MA), e o resto ? Quem sobra ?
    Faz tempo que não ouço falar do Ciro Gomes … Será que também tem rabo preso ou é mais esperto que os outros e saiu de cena primeiro ?

  10. Paulo disse:

    Eduardo Cunha é o mal menor. Se recebeu dinheiro do petrolão, recebeu-o do esquema armado pelo pt. Até poucos dias atrás, era um dos próceres da chamada “base aliada”, agora é o inimigo a ser abatido. Cito Churchil, quando criticado por se aliar a Stalin: “Se tiver que descer ao inferno e abraçar o diabo para enfrentar Hitler, eu o farei”. É assim que deve ser: o mal a ser combatido é o pt; se Cunha for útil nesta batalha (e ele é mais esperto que todos os tucanos juntos), que assim seja.

  11. Carlos henrique disse:

    O jogo nem começou! aguardem mais uns meses…

  12. WILSON disse:

    As coisas só irão voltar ao normal no Brasil quando o atual governo for destituído.

  13. Pasquale disse:

    ‘Se o PT governar o céu, vira inferno’

  14. Alberto disse:

    É errando que se aprende. A errar! Isso é o (des)governo da terra brasilis. Só “sofrência governamental”,rsrsrsrs.

  15. Helton disse:

    Kennedy, vou usar esse trecho do seu texto “É necessário maior responsabilidade e equilíbrio de todos os políticos, tanto do governo quanto da oposição.”

    Que responsabilidade o governo teve até 2014 para deixar as contas públicas organizadas?

    O PT falou a campanha toda que a política fiscal era séria. Veja o discurso da Dilma na ONU em 2014 !!!

    No final do ano, mudaram a Lei de responsabilidade fiscal, para favorecer a presidente, senão já seria motivo de perder o cargo.

    Agora o PT quer compartilhar o fracasso e a dívida com todo mundo, mas quando as vacas eram gordas, toda a glória era do PT e do Lula…desculpa, mas falência não ocorre de uma hora para outra e todo mundo avisou o governo da situação.

  16. Alberto Cid disse:

    A realidade é que o Brasil está parado há muito tempo, e piorando a cada dia. Alguém tem de fazer alguma coisa urgente, pois enquanto os políticos ficarem nessa briga sem fim, o Brasil vai se afundando cada dia que passa. Parece mais uma briga de cabo-de-guerra, onde as forças são iguais, e onde a corda é o povo, que não sai do lugar.

  17. César disse:

    Dilma diz já ver a luz no fim do túnel. É a porta de saída que já se abre, trazendo luz onde antes só existiam trevas. O impeachment se concretizando!

  18. Pedro disse:

    O que aconteceu hoje diz tudo: foi a ausência dos parlamentares da “base aliada” (PMDB e PT) que provocou a falta de quórum e adiou, PELA TERCEIRA VEZ, a votação da pauta-bomba.

    Esses 2 partidos estão silenciosamente sinalizando p/ Dilma que o governo dela acabou, não tem mais condições de dialogo ou negociação c/ o Legislativo, e a permanência dela traz problemas socioeconômicos que afetam diretamente os mais pobres.

  19. Amilton disse:

    Grande Joaquim Barbosa, sintetizou todo o meu pesamento. Defendemos o impeachent da Dilma em razão da prática de corrupção e CORRUPÇÃO é CORRUPÇÃO Independentemente de quem a pratique Eduardo Cunha é tão corrupto quanto Dilma. Portanto mais uma rendo homenagem a este gradiosíssimo brasileiro, ex-ministro JOAQUIM BARBOSA.
    Na minha opinião, muitas pessoas deixaram de ir ás ruas pedir o afastamento de Dilma exatamente por causa do Eduardo Cunha. Imagine você afastar um governo corrupto e botar poder na mão de outro corrupto, ainda que por apenas um milésimo se sgundo seria rigorosamente inaceitável. Portanto é imperioso que o o corrupto Eduardo Cunha seja afastado da presidência Câmara para que o processo de afastamento de Dilma seja levado a cabo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-01-24 05:31:14