aki

cadastre-se aqui
aki
Política
21-03-2017, 21h48

Governo tira servidores estaduais de reforma da Previdência

Mudança é 1ª grande concessão para aprovar projeto no Congresso
3

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O governo federal vai retirar da proposta de reforma da Previdência as mudanças para servidores dos Estados e municípios. Essa é a primeira grande concessão do Palácio do Planalto a fim de manter o pé no acelerador da tramitação da reforma da Previdência no Congresso.

O presidente Michel Temer conversou com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que disse que essa concessão não traz prejuízo às contas federais.

Nos últimos dias, cresceu a pressão de servidores públicos estaduais sobre os governadores de Estado e os deputados, sobretudo de professores e policiais. Em reunião com o presidente, líderes partidários na Câmara disseram que a retirada de mudanças nas previdências estaduais ajudaria a aprovar o projeto na esfera federal.

Temer tem dito que vai respeitar a autonomia dos Estados. Caberá a eles realizar ou não reformas. Muitos estão em estado falimentar e deveriam reformar seus sistemas.

Comentários
3
  1. José Bacelar disse:

    Alivia para os servidores estaduais, mas… e daí? A perversão continua. Obriga o cidadão a trabalhar por 49 anos para fazer jus a uma merreca. Em termos atuariais, uma aberração. Em termos políticos, uma afronta, pois nem legitimidade popular possuem. Golpearam uma presidenta eleita, honesta, para implantar uma agenda imunda, que jamais seria aceita nas urnas. O rentismo está nos estertores, todos sabem. Mas aqui, no Brasil, ainda lhe rende bons frutos. Bons e generosos.

  2. Giovani disse:

    Os servidores estaduais e municipais tiveram mudanças recentes nas regras de suas aposentadorias alteradas pelas EC 41/03 e 47/05. Os homens se aposentam com 60 anos de idade e 35 anos de contribuição e as mulheres com 55 anos de idade e 30 de contribuição.

  3. O MELHOR EXEMPLO É O QUE VEM DE CIMA! disse:

    O presidente Temer, muito preocupado com a reforma da Previdência, poderia dar um bom exemplo à nação: abrir mão de sua aposentadoria de mais de 30 mil reais que recebe desde seus 55 anos de idade.(um exemplo parecido com o do ex-presidente José Mujica do Uruguai, que abriu mão de 90% de seu salário de presidente. Quem sabe, com esse exemplo, outros políticos não fariam o mesmo, gerando uma boa economia para a Previdência?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-05-26 21:29:02