aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
23-01-2017, 23h50

Gravação reforça tese de falha humana no acidente que matou Teori

Não há registro de ciência de iminente pouso forçado ou de problema na aeronave
5

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A gravação dos últimos momentos do voo em que morreu o ministro Teori Zavascki reforça a possibilidade de falha humana na tentativa de pousar no aeroporto de Parati (RJ), segundo informações obtidas pela Aeronáutica.

De acordo com quem teve acesso à gravação, o piloto Osmar Rodrigues disse que faria uma manobra para esperar a diminuição da chuva antes de aterrissar. Logo depois, não houve registro de conversas que indicassem ciência de iminente pouso forçado no mar ou de algum problema na aeronave. A gravação foi interrompida.

Ainda serão examinados os destroços da aeronave para uma conclusão oficial. Na avaliação de técnicos da Aeronáutica, a hipótese que ganha mais força a partir do exame da gravação é a de que o piloto não teria se dado conta de que estava prestes a se chocar com a água. O desastre aconteceu na quinta-feira passada.

Comentários
5
  1. juliano disse:

    Acidentes acontecem. Meus pêsames aos familiares. Neste momento de dificuldades institucionais e morais perdemos um ilustre e competente brasileiro.

  2. João Fonseca disse:

    Não consigo entender. esse avião não tinha altímetro nem indicador de atitude (pitch & roll)?

    • Mauro disse:

      Com certeza esse modelo de avião tem esses equipamentos básicos, mas não se pode descartar um possivel excesso de confiança do piloto, que pode ter desprezado a leitura do painel, assim como muitos motoristas (modo raso e simples de comparação) ignoram a velocidade de seus veiculos.
      É possivel tambem que devido a baixa visibilidade, o piloto estivesse concentrado na navegação e não tenha percebido que voava em baixa altitude. Esse “fenômeno” que desorienta o piloto, já foi relatado por especialistas em outros acidentes aéreos, ou até que os instrumentos estivessem com falha.

  3. Mauro disse:

    Nenhuma hipótese pode ser descartada, inclusive a de falha humana ou de equipamento, mas o Brasil adora teorias malignas e por esse motivo tudo o que diz respeito a esse acidente deve ser esmiuçado até a ultima hipótese e a menor peça ou mecanismo desse avião, para que não paire nenhuma dúvida ou suspeita sobre quem quer que seja.
    Em outros episódios, onde a ignorância popular falou mais alto e a investigação foi tardia ou falha, inocentes pagaram alto preço e isso não pode se repetir e se houver responsáveis (vivos), eles devem ser identificados e processados, mas que não se acuse ninguem antes de esgotar a investigação.
    A possibilidade de Carmem Lúcia (aventada nos orgãos de imprensa) prosseguir imediatamente com as delaçoes é uma noticia excelente e poe freio em especulaçoes sobre influências e desmandos sobre o processo e que essa notícia não seja sómente um balão de ensaio, pois o Brasil precisa andar, ou melhor correr, e passar essa pagina a limpo, JÁ!

  4. Tiago disse:

    A gravação foi interrompida…
    Se a gravação dos momentos finais do vôo foi interrompida então é evidente que não haverá registro de nada anormal.
    E porquê a gravação foi interrompida? Não se deram ao trabalho de perguntar algo tão básico?
    E como ficam as testemunhas oculares que viram fumaça saindo do avião?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-05-26 20:12:35