aki

cadastre-se aqui
aki
Política
19-12-2013, 9h33

Grippen e vergonha militar no Congresso

13

O comentário no “Jornal da CBN” é sobre a escolha do caça sueco Gripen NG para reequipar a Força Aérea Brasília. Foi a possível numa hora de tensão entre Brasília e Washington. F-18 é máquina militar melhor, mas Gripen facilitará transferência de tecnologia. Preço mais baixo foi determinante. Tem análise sobre comportamento vergonhoso dos chefes militares na cerimônia que devolveu simbolicamente o mandato de Jango. Mentalidade autoritária ainda prevalece nas Forças Armadas.

Comentários
13
  1. Genival Lima da Silva disse:

    Já se passou tanto tempo, mas a sociedade brasileira ainda não aprendeu a lidar com os militares. Não se diz abertamente aos atuais comandantes, por exemplo, que a solidariedade deles com os golpistas de outrora, baseada num corporativismo doentio e contraditório, na medida em que eles dizem que amam o país e as Forças Armadas, é um enorme equívoco, porque os de antes erraram por terem maculado a imagem das instituições e os de hoje erram por se apoiarem – como os de antes – na cadeia de comando para afrontar a sociedade, não reconhecendo o erro daqueles. Discordo de você Kennedy, pois, se a Resistência padeceu com a responsabilidade individual, as Forças Armadas padeceram e padecem muito mais, até pela desproporção, comparativamente falando, empregada no conflito interno instalado. Ao contrário do que você disse A RESPONSABILIDADE FOI E SEMPRE SERÁ INDIVIDUAL, não admitir isto é subscrever a arrogância e a teimosia dos atuais comandantes. Simplesmente não há terrorismo de Estado, sem a ação do agente do Estado que venha a perpetrá-lo.

  2. Pedro Henrique disse:

    O irônico disso tudo é que a mesma grande midia (jornais e TV’s que todos conhecem) que brada hoje por democracia, engordou com a ditadura, mobilizou a população em favor do golpe, depondo um presidente prestes a fazer reformas estruturais pró classe popular.

    Passados 50 anos, novamente um governo mais proximo da centro-esquerda, após dez anos de mudanças relevantes na dinâmica social do país, ensaia, ainda que timidamente, dar passos em direção a reformas sociais sempre rechaçadas pelos donos do poder no Brasil.

    O discurso para barrar esse processo é o mesmo: combate à corrupção e à podridão da politica e da republica. O método, no entanto, com a democracia ja bastante consolidada, é outro (tribunais, manipulaçao de informações). Nao está surtindo efeito. O que virá pela frente? Temo pela resposta.

    Num país em que a Grande mídia arquiteta e golpes e é uma ameaça constante à democracia, é difícil temer os militares.

  3. Paulo disse:

    Mentalidade autoritária ainda prevalece na sociedade brasileira.

  4. Sr. Kennedy pergunto se já tiveste oportunidade de ver de perto um Gripen, Super Hornet ou Rafale? Já tive oportunidade de conhecer os dois primeiros de perto e voar em seus simuladores de voo durante a FIDAE 2012 no Chile. Cabe salientar que o Gripen é um projeto novo de 4ª geração enquanto o Super Hornet tem seu projeto iniciado em 1974… Apesar da simpatia pelo Super Hornet o Gripen é sem sombra de dúvida a melhor “maquina militar”…

    • mauricio lopes dos santos disse:

      Parece que o nobre cidadão já utilizou as ditas máquinas em cenário real, isto é, na guerra..Gostaria de saber em que guerra atuou e como foi o desempenho do avião escolhido pelos nossos políticos. Apenas foi escolhido um modelo a bel prazer dos homens que representam o povo (analfabeto em todos os sentidos). Cada nação tem os políticos que merece e só há crescimento com muito sofrimento. Nos falta muito ainda…

      • Rogério disse:

        Caro Maurício,
        Nenhum destes caças foram provados em guerras !
        Se levares em consideração os conflitos engendrados pelos USA no Iraque e Afeganistão, o que ocorreu lá não deve ser levado em consideração.
        O Iraque teve suas defesas aéreas arrasadas pelos USA antes mesmo que sua força aérea entrasse em combate, o que nunca ocorreu.
        Afeganistão nem se fala….
        Poderia tomar como referência o Cosovo (k), lá o bicho pegou !
        Os USA tiveram diversos caças abatidos pelas defesas dos seus inimigos…..F 16, F 18 e F 117 A…..Caíram diante das defesas Aéreas da Sérvia.
        Muito do que sabemos hoje não foi divulgado na época.
        Houveram inclusive, surtidas de caças MIG 29 sobre aeroportos onde a OTAN (leia-se USA) mantinha suas reservas de caças e helicópteros para seus futuros ataques, onde foram completamente destruídos….
        Sabemos disso hoje !
        Houveram inclusive, combates aéreos entre MIG 29 e F 16 que jamais foram divulgados pela imprensa ocidental, onde os F 16 foram postos em fuga para não serem abatidos….
        E agora Maurício, sabemos também, que um dos caças que melhor se deu neste conflito foi o Aermachi AM 1 o mesmo que equipa nossa força aérea…..
        Não teve nenhum abatido e foi um dos principais fatores que desequilibram a forte defesa aérea Sérvia, os forçando a um acordo de paz…..
        O Grippen NG serve sim, melhor que o F 18 as nossas necessidades e ao futuro de nossa Força Aérea.

  5. LUIZ CLÁUDIO CUNHA disse:

    Grande Kennedy, brilhante teu texto sobre o gelo dos comandantes na sessão do Jango. Me manda teu e-mail pra comentar direto contigo.
    forte abraço, LCC

  6. Domingos Savio de Araujo disse:

    Voce, como analista politico, eh um grande motorista de camionhao.
    Nao tens competencia para analisar nada.
    Fraquiiiiiiisssssimo.

  7. Jota B. Freitas disse:

    Meu caro Savio antes de tudo tenha ótima saúde e bons ventos em 2014, pra todos que visualizam e pra vc Kennedy. A grande visão disso tudo reside no passado de quem o viveu e o grande referendun está no que poderá vir. E aí, vc tem bola de cristal (?) Calma Savio e espera pra ver.

  8. antonio gomes disse:

    Prezado Kennedy, como disse o Raul Pereira, o Super Hornet é projeto antigo, o Rafale e o Gripen são mais modernos. A vantagem dele em relação ao Gripen talvez seja o radar AESA e maior capacidade de carga, além de maior potencia, por ter dois motores. Mas mesmo nesse aspecto o Rafale é melhor. Porém muito caro de comprar e de manter. O futuro Gripen NG ou Gripen E também já terá radar AESA, melhor, e não é de fato um protótipo, pois é o mesmo Gripen que ja demonstrou seu valor, só que com alguns aperfeiçoamentos. Tecnologicamente será muito mais moderno ou melhor do que o SH. E como se o SH fosse mais forte, mais parrudo, porém menos inteligente do que o Gripen NG. No final, há diferenças realmente pequenas entre eles, algumas favoráveis a um, algumas favoráveis a outro. Pode ter certeza que com o Gripen o Brasil estará muito bem protegido. Principalmente se forem adquiridas mais unidades depois, após essa primeira encomenda de 36 caças. E o melhor é que a Embraer terá finalmente conhecimento dessa tecnologia supersonica, que até hoje ainda não tem, justamente fazendo o Gripen junto com os suecos. O que será muito útil para futuros caças supersonicos, que a Embraer pode até vir a fabricar sozinha ou com outros parceiros. Um abraço!

  9. vital disse:

    Sem duvidas é a melhor aposta, principalmente pela
    transferência de tecnologia e a possibilidade de
    vir a ser construído no País. Alem, do mais, os
    embora altamente reconhecidos já estão sendo
    considerados descartáveis.

  10. Paulo Cesar Leal disse:

    1. A transferência de tecnologia é importante para o desenvolvimento tecnológico do país.
    2. Jango e sua turma queriam transformar o Brasil em outra ditadura, mas de coloração mais agradável aos seus simpatizantes e patrocinadores da época. Na dúvida, recomendo acessar a entrevista de Gabeira. Procure pelo título “Gabeira fala a verdade sobre a guerrilha(Ditadura do proletariado)”. Nesse sentido, veja-se o que diz Gabeira: “O programa político que nos movia naquele momento era voltado para uma ditadura do proletariado. (…) A luta armada, naquele período não estava buscando a democracia”. Disponível em http://www.youtube.com/watch?v=vgfuYv2yq18&hd=1. Acesso em 21/12/2013.

  11. Eduardo Weiser disse:

    Prezado Kennedy, quem devia ter vergonha é o gongresso inepto e as pessoas que procuram revirar o passado esquecendo o futuro.
    Ocorreram erros, claro, mas imagina onde estarîamos se o Comunismo de Cuba e Russia tivessem sido instalados, lamento sua posição, talvez você pudesse explicar melhor como funciona uma comissão da verdade, de um só lado.
    Olho no futuro seria melhor.
    Ah, para não esquecer, se não fossem os militares não existiria a EMBRAER de hoje.

Deixe uma resposta para Pedro Henrique Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-29 22:16:58