aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
05-09-2019, 19h48

Guedes deveria pedir desculpa por ofensa a Brigitte Macron

Ministro da Economia foi machista, misógino e mal-educado
5

Kennedy Alencar
FORTALEZA

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deveria pedir desculpa pela ofensa que dirigiu hoje a Brigitte Macron, esposa do presidente da França, Emmanuel Macron.

Com maior grosseria, Guedes repetiu o xingamento que Bolsonaro fizera ao endossar um comentário de um internauta. O ministro da Economia foi machista, misógino e mal-educado.

O Brasil não pode normalizar esse tipo de comportamento, porque é assim que as democracias morrem. Uma autoridade pública não pode agir como se estivesse em uma briga de boteco.

Guedes deveria estar preocupado com os investimentos diretos franceses para ajudar a economia brasileira a sair do buraco. Deveria agir à altura do cargo que ocupa. Quem conduz a economia de um país precisa ter mais cautela e educação.

O episódio é lamentável. Mancha ainda mais a imagem do Brasil no exterior e envergonha os brasileiros. Ouça o comentário a partir dos 3 minutos e 43 segundos no áudio no fim do texto.

*

É pouco

Por meio da assessoria, Guedes divulgou nota no fim do dia pedindo desculpa. Ele deve uma fala direta sobre a sua grosseria.

*

Troco federal

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez acordo para dar à oposição a relatoria da CPI das Fake News. É um troco que dá ao presidente da República. Parcela do Centrão também participou do acordo.

Nos bastidores, Maia se considera vítima de ataques na internet que partiriam da orientação de um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro. A relatoria é a posição mais importante em uma CPI. Ficou a cargo da deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA). Ouça este comentário a partir dos 5 minutos e 16 segundos no áudio abaixo:

Comentários
5
    • walter nobre disse:

      Quem deveria começar a pedir desculpas caro Kennedy, é o Macron, já que iniciou ofensa ao presidente da República do Brasil desde Julho, quando fomos aceitos na UE; aproveitou se em seguida, para chama lo de mentiroso ao vivo, depois que nosso presidente retornou ao País; tentou arrolar a Ângela que saiu fora, não fomentando as intenções…sal popularidade lá esta em baixa, nada pode ser mais difícil a um governante, vale refletir, talvez fosse inteligente da parte dele conciliar se através das embaixadas, com isso tudo voltaria ao normal…

  1. J K disse:

    Kennedy, assim você arranja encrenca com os donos de boteco. Hahaha, pois lá fala-se mal da religião dos outros, do time de futebol do amigo, ou dos políticos em geral. Mas falar da mulher dosmoutros, não. Isso é falta grave. Quanto ao fato mesmo, fica até difícil comentar.

  2. ANDRE disse:

    Mais uma do Guedes Chicagão. Devia falar menos e trabalhar mais.

  3. Pedro Motta de Barros disse:

    Ancelmo Gois relata hoje no Globo que,interpelado por frequentadores de um restaurante no RJ,Guedes teve o desplante de dizer que os insultos que ele dirigiu à Brigitte Macron “é coisa de brasileiro”. “Brasileiro” quem, cara pálida?Como brasileiro,repilo essa aleivosia boçal do capacho de J.Bolsonaro, pois não tenho esse hábito miliciano privado nazista de desrespeitar mulheres e conspurcar o cargo estatal que ocupa por usurpação da presidência da República mediante fraude eleitoral.

Deixe uma resposta para walter nobre Cancel reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-11-19 11:57:51