aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-02-2018, 8h17

Huck está mais para Berlusconi que para Macron

FHC estimula aventura e dinamita Alckmin
16

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já vinha enfraquecendo a candidatura de Geraldo Alckmin ao estimular nos bastidores a filiação de Luciano Huck ao PPS a fim de disputar o Palácio do Planalto. Mas deu ontem o tiro mais forte até agora na pretensão presidencial do governador de São Paulo.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, FHC disse que uma eventual candidatura do apresentador de TV Luciano Huck seria boa para o Brasil. “É bom ter gente como o Luciano porque precisa arejar, botar em perigo a política tradicional, mesmo que seja do meu partido. É preciso que ela seja desafiada por pessoas portadoras de ideias e processos políticos novos para que o próprio partido possa avançar. Está havendo sinal nessa direção”, afirmou.

A ala tucana que defende a candidatura de Alckmin considera que o ex-presidente está sendo desleal em relação ao governador paulista, porque FHC o incentivou a assumir o comando do PSDB e a pleitear o Palácio do Planalto. Tucanos também dizem que a pregação favorável a Luciano Huck é contraditória com a tese defendida por FHC de que um presidente sem experiência para lidar com o Congresso tende a ter muita dificuldade para governar.

Ora, se o presidente de honra do PSDB bombardeia a candidatura de Alckmin, isso enfraquece potenciais alianças. Alguns partidos tendem a esperar uma definição de Luciano Huck para decidir o que fazer.

FHC cria mais dificuldades para Alckmin, que terá de enfrentar em março uma prévia contra o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, um tucano bom de briga e de palanque. Virgílio classificou a candidatura de Alckmin como “um barco furado”. Na largada, os maiores obstáculos de Alckmin estão no seu próprio partido.

*

Derrotar Lula

FHC estimula Huck porque tem dúvida sobre a competitividade de Alckmin. Teme que o governador paulista não consiga convencer eleitores de menor renda e escolaridade, especialmente das regiões Norte e Nordeste.

O ex-presidente avalia que Luciano Huck teria o perfil mais adequado para atrair mais votos dessa faixa do eleitorado na qual o ex-presidente Lula é bastante popular. De acordo com pesquisa qualitativa que recebeu, FHC tem dito que Huck tem alta taxa de conhecimento e que poderia ser um comunicador popular mais eficiente. O potencial de votos de uma novidade política não pode ser desconsiderado. Isso pesa na avaliação do ex-presidente.

FHC quer derrotar Lula ou um candidato apoiado pelo petista caso ele fique fora da disputa eleitoral por decisão da Justiça. Por isso, faz jogo duplo na corrida presidencial, com Plano A e Plano B.

*

Tutela arriscada

A eventual candidatura de Luciano Huck seria uma aventura. O Brasil passa por uma crise que tem, nas suas raízes, a incapacidade política demonstrada pela então presidente Dilma Rousseff para dialogar com o Congresso e governar.

Uma das causas do impeachment foi uma rebelião na base de apoio de Dilma no Congresso que proporcionou um golpe parlamentar. O Brasil já experimentou o risco de ter um presidente inapto para lidar com o Congresso. Também vimos esse filme, com as suas peculiaridades, no governo Collor.

É uma irresponsabilidade um político com a experiência de FHC dar gás a uma aventura, a não ser que tenha planos de ser um tutor, uma espécie de José Bonifácio de Luciano Huck. Mas essa tutela fracassou no passado distante e também no recente.

Invocando o exemplo de Dilma novamente, Lula a escolheu achando que poderia influenciar os rumos do governo. Dilma não o ouviu e quando o chamou para a Casa Civil era tarde demais.

Também soa inadequado comparar Huck a Emmanuel Macron, como fazem alguns analistas. O presidente francês foi banqueiro e ministro da Economia antes de disputar uma eleição. As poucas declarações públicas de Huck, por meio de artigos e entrevistas, demonstram uma visão simplista da política. Ele faz um discurso recheado de boas intenções e de chavões, mas sem nenhuma ideia ou proposta consistente.

Outro risco: o escrutínio ao qual um novato é submetido numa campanha presidencial, com um raio X sobre o passado, pode inviabilizar uma eventual candidatura.

A História ensina. Na Itália, depois da Operação Mãos Limpas, veio Silvio Berlusconi. No Brasil da Lava Jato, não é absurdo pensar que isso possa acontecer em face da crise da classe política tradicional. Luciano Huck está mais para Silvio Berlusconi do que para Emmanuel Macron.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
16
  1. Sebastiao Augusto Canabrava - o hipocrita, segundo Walter. disse:

    Bom, quero ver agora os defensores de Temmer. Quero ver agora a opiniao daqueles que defenderam aqui a Pec do teto.
    E ai, Sr Walter, tucano enrustico, o Sr defendeu aqui a Pec do teto assim como defende o picole de xuxu. Este que, sobre quem o judiciario nao pega por ser tucano. Voces endeusaram o Moro (agora ta’ se vendo que ele enganava voces tambem).
    Nao sou hipocrita. Mas o Sr e’ falso, se deixar levar por momentos. Apoiou Aecio e agora nega-o. Apoiou Temmer e agora o excomunga. Apoiou Moro e agora se cala. Apoiou Doria e agora o critica. Apoia Alkimin ate’ quando?
    Se toca, egoista.
    O Sr vive criticando o bolsa familia, o que diz agora do bolsa imovel do pupilo Moro?

    • Bastião Pingaruim disse:

      A situação do seu guru trouxe-lhe “nervosismo,ansiedade,intranquilidade e assemelhados”,pelo que se nota.Nada que ansiolítico não possa resolver,observado indicativo de médico.Aliás,eu não sou o sr Walter.

      • walter disse:

        Muito Bom Bastião, vc tem um ótimo senso, para tentar calibra o Sebastião, uma das viúvas do lula, que ganha para isso…tenta desqualificar os outros, quando não concordam com outras opiniões…sua defesa, sempre um ataque de dom quixote…não entende, nenhum brasileiro sério, defenderá condenados do “colarinho branco”…acusar a Lei de ser seletiva! Nem o lula quer fazer mais isso, voltou a ser pais e amor…quando contratou o Sepúlveda, fez as pazes com o sarney,e outros caciques, do partido do temer…quer de fato, encontrar uma saída, para não ser preso…quanto ao Luciano Huck, um sonho do FHC, acaba sendo um golpe baixo, no alkimin; não logrará exito; terá que apostar no governador; único estado, que não foi a banca rota…fará diferença, numa eleição de cegos, se chegar a segundo turno; terá chances, se endurecer no discurso…

  2. BRAGA BH disse:

    Ora Sr Kennedy Alencar, Dilma tinha sim sua dificuldades com o Congresso que, naquela oportunidade, achávamos ser falta de jogo de cintura por parte dela que nunca foi política. Hoje sabemos que estas dificuldades foram criadas bem antes de sua reeleição. Já havia um plano arquitetado dentro do PMDB com o vice trabalhando arduamente pelo desfecho que conhecemos hoje. Acho sim que Dilma (e inclusive Lula) foram ingenuos isso sim. Acreditaram no republicanismo puro e na pureza de caráter de seus apoiadores (leia-se apunhaladores!!)

    • Francisco Alves de Sousa disse:

      Você escreveu o que deveria ser dito. Acho curioso que jornalistas que fazem cobertura política, não saibam disso. Omitem, e não é só o Kennedy, pois mostra que os políticos são muito mais espertos. Tai o Loures revelando os bastidores do golpe.

  3. Antonio disse:

    Perfeita análise, só espero que eleitores de Lula não cometam o erro de apoiar Luciano Huck!

  4. angelim francisco pilati disse:

    Não tem o que comentar do fhc, ele não sabe o que esta falando. Tem idas e vindas que nem o partido dele leva a sério. Os que o escuta são tão poucos que ninguém se preocupa com suas opiniões

  5. Aloisio de Arruda Camargo Sampaio disse:

    Essa rejeição a Luciano Huck decorre de um antissemitismo muito arraigado na cultura política-católica brasileira. Tanto a famigerada classe política, eclesiástica e até boa parte da jornalística, tem um ressentimento atávico só de pensar em judeu em cargo majoritário (vide Requião x Lerner e outros políticos judeus).

  6. João disse:

    alguém chamou o tal Huck de tiririca dos ricos…… tem aquela estampa toda de mauricinho….. mas as poucas vezes que abriu a boca falar de Brasil, política, cultura, economia… enfim….. o conteúdo me pareceu bem tiririca….. e olhe que nem estou falando do palhaço…

  7. Ingeborg Schportfeldt disse:

    Alckmin quer o apoio de todos para se eleger presidente, mas se omite em apoiar a reforma da previdência com medo de perder votos.
    É típico de seu comportamento egoísta, mesquinho e autocrata !

  8. Laercio da Silva Cacita disse:

    Colocar esse tal de Luciano.. ( borra bota) para presidente , eu rasgo meu título de eleitor e jogo dentro da urna, vcs estão de brincadeira, chega de palhaçada neste país.

  9. Analista Alpha disse:

    Eu acho um julgamento precoce dizer que esse ou aquele pode ou não saber articular com o congresso. Esse papo de experiente, de preparado, é conversa de político velho que quer se manter e encontra essa conversa mole pra não perder sua boquinha.
    Não sou partidário nem simpático ao Hulk, mas acho que o FHC está certíssimo, visto que seu condidato Alkimim picolé de xuxu, é um insosso por natureza, fadado a ser derrotado até mesmo pelo malucão Bolsonaro. Alkimim só ganha em SP onde há uma enorme concentração de eleitores conservadores e preconceituosos, e representa a manutenção da velha política.
    No cenário Brasil, o tucano Arthur Virgílio está certíssimo e ele é melhor político que o insosso alkimim.

  10. PRECISAMOS FAZER CORRUPTO DEBANDAR DA POLÍTICA! VIVA A LAVA JATO! disse:

    Partido sem ideologia política: se for o Fernandinho Beira Mar o mais propenso a vencer Lula, ou outro líder de pesquisa, apóia-se o Fernandinho; se um cantor, esse!
    Vale tudo no jogo sujo cujo prêmio é: “os cofres públicos do Brasil”!
    Nada de projeto de governo para a Educação, Saúde, Segurança; continuidade do combate à ladrãozada dos cofres públicos; mudar o critério do “toma lá dá cá” para o de que todo nomeado seja “ficha limpa” e tecnicamente apto na área onde irá atuar; apoio irrestrito ao fim do foro privilegiado; igualdade social a nível de que todos tenham habitação, alimentação, saúde e educação garantidos. O plano é somente VENCER AS ELEIÇÕES!
    NB. Redução dos salários dos políticos e governantes para 10 salários mínimos e, ao mesmo tempo, lei que defina pena de 30 anos em regime fechado para político que se corromper, filtrariam os futuros candidatos a “representantes do povo”. Os corruptos debandariam da política pois teriam medo de roubar cofre público!

  11. joao disse:

    Acredito que o x dessa questão é, por que de uma pessoa que não teria qualquer interesse próprio, se candidataria ao cargo de Presidente de um barco afundado, correndo o risco de perder a popularidade que já conquistou…
    Apenas isso pra mim já viabiliza uma possível eleição do apresentador, pois já estou saturado de políticos com tanta experiência coberta por tanto mau-caratismo.

  12. ANDRE disse:

    A alusão de Luciano Hulk presidente só mostra o quanto estamos mergulhado no caos. O Luciano Hulk nunca demonstrou interesse na condução política do Brasil, nunca teve engajamento nos principais pontos que desafiam a condução política do país. O que pensa sobre estes principais temas? Não sei e ninguém sabe. Apenas sei que é funcionário do maior conglomerado de comunicação do Brasil, que tem interesses políticos próprios, que estão na contramão do que o melhor para o povo brasileiro. Não tenho nada contra a pessoa do Luciano, mas alça-lo a presidência seria uma tremenda irresponsabilidade com a nossa jovem democracia. Seria dar um presente para as raposas e aves de rapinas que rodeiam a nossa podre política.

  13. FAXINA GERAL NO SENADO E CÂMARA ATRAVÉS DAS ELEIÇÕES! disse:

    Qualquer Presidente da República que for eleito só conseguirá governar de verdade o país, para a nação brasileira, se houver uma “faxina geral” na Câmara Federal e Senado Federal. Se nós, eleitores, não fizermos essa faxina geral, o país continuará “desgovernado”, a corrupção imperando na base do “toma lá dá cá”, bandidos dominando! Não adianta ser hipócrita e reeleger o que está aí pois grande parte está apenas preocupada em manter “foro privilegiado” para se livrar dos crimes cometidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-08-17 08:11:58