aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
24-09-2019, 19h55

Impeachment ameaça Trump; Boris perde de novo

Políticas americana e britânica vivem momentos de tensão
3

Kennedy Alencar
BRASÍLIA

É improvável que o Senado aprove o impeachment de Donald Trump, mas o pedido da democrata Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Deputados de lá, pode desgastá-lo eleitoralmente. Os republicanos, partidários de Trump, têm maioria no Senado.

O presidente americano é acusado de ter pedido ao presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski, que investigasse o filho de Joe Biden, pré-candidato do Partido Democrata à Presidência em 2020. Seria jogo sujo pré-eleitoral usando negócios de americanos na Ucrânia.

A tentativa de atingir um adversário evoca o Caso Watergate, que levou Richard Nixon a renunciar em agosto de 1974 para evitar um impeachment. Os desdobramentos vão dizer o tamanho do buraco na canoa de Trump. Ouça este comentário a partir dos 6 minutos e 48 segundos no áudio ao fim do texto.

*

Caos político

A Suprema Corte impôs mais uma derrota ao primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, ao ordenar que o Parlamento volte a funcionar. O Judiciário entendeu que Boris feriu normas legais ao pedir recesso de cinco semanas para apresentar seu programa de governo _esse tipo de ação dura, normalmente, menos de uma semana nas transições de governo.

É mais uma grande derrota para o primeiro-ministro. Hoje, diminuiu a chance de um Brexit sem acordo em 31 de outubro. Boris tem dito que o país deve se preparar para deixar a União Europeia sem um acerto formal até o fim do próximo mês.

Cresceu a chance de uma nova extensão para negociar o Brexit. E há ameaça à permanência do primeiro-ministro no poder. Ele pode ficar conhecido como “Boris, o Breve”. Ouça este comentário a partir dos 8 minutos e 55 segundos no áudio abaixo:

Comentários
3
  1. Serio disse:

    É a extrema direita voltando para o buraco de onde veio…

  2. FABIO AUGUSTO disse:

    Esse “discurso” foi mais ou menos um compacto com os melhores momentos dos 9 primeiros meses do inferno em que este país foi mergulhado. Vem mais, muito mais – e vai feder.

  3. walter nobre disse:

    A politica é dinâmica no Mundo caro Kennedy, utilizando os velhos golpes baixos por tabela; tentar impeachment do Trump tem retóricas dos desesperados democrata, Nancy Pelosi esqueceu de quem se trata; acreditar em falácias contra o presidente, nem o partido dela levará isto a frente; mesmo que o condenem na Câmara, não passa pelo Senado, sem contar a capitalização a favor da reeleição…O melhor “golpe” do Boris relativo ao Brexit, seria um Novo referendo, já que nem os Ingleses HJ, não tem certeza do “bom negocio” nesta separação…não entendo porque o parlamento inglês não sugeriu tal circunstancia, terão que engolir o orgulho, mas valeria a pena…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-22 07:56:43