aki

cadastre-se aqui
aki
Política
09-09-2016, 21h44

Informações sobre Lava Jato aceleram queda de ministro

Para governo, Medina queria mais poder; demitido sai atirando
13

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Logo no começo da interinidade de Michel Temer, o ministro Fábio Osório Medina entrou em conflito com o colega da Casa Civil, Eliseu Padilha. Foi um erro político, porque Padilha era o padrinho político da sua indicação para a Advocacia Geral da União.

Temer aguardou o fim do processo de impeachment para dar sinal verde a Padilha para a degola. A gota d’água foi a movimentação de Medina para obter informações da Lava Jato a respeito de figuras do governo.

Essa ação foi interpretada como forma de obter trunfos para disputar internas. Medina saiu atirando, apontando uma tentativa do governo de limitar danos da Lava Jato. O governo nega.

*

O principal problema dos anúncios do ministro Ronaldo Nogueira sobre a reforma trabalhista foi ter falado de algo que está verde e sem combinar com o presidente Michel Temer. O presidente foi surpreendido pelas declarações de Ronaldo Nogueira.

Temer defende uma reforma trabalhista pontual, na qual alguns pontos específicos negociados entre sindicatos e patrões valham sobre o que está previsto na lei. O ministro falou demais e antes da hora.
Deu munição ao PT para desgastar o governo e criou insatisfações no Congresso numa hora em que as prioridades são a reforma da Previdência e a criação de um teto para limitar o crescimento as despesas públicas.

Assista aos temas do “SBT Brasil” desta sexta:

Comentários
13
  1. Ronaldo disse:

    Com um grupo “coeso” desse tipo, nem consigo imaginar o que será do país se Cunha cair, for preso e conseguir uma delação premiada. Não vai sobrar coluna em pé no planalto e a papuda vai necessitar de um “puxadinho” tamanho gigante!

    • Cesar disse:

      Mas isso não seria bom ?

    • walter disse:

      Exatamente caro Ronaldo, estão todos, respirando no planalto, por aparelhos; estranhamente, um escolhido do ministro Padilha, é demitido, por querer transparências nas apurações; exigindo o ressarcimento do erário público, de todos os envolvidos; mas o Temer, não quer toda esta lisura; não pode questionar seus companheiros jamais…mais engraçado, foi escolherem, uma petista declarada, para assumir tal responsabilidade…
      No outro Dia, convidaram o lula, para a posse no supremo da Carmen Lúcia, estranhíssimo.
      Fica a grande pergunta, o Temer, vai conseguir aprovar seus pacotes, para que o País caminhe; a lava jato vai continuar, sem interferências; que País queremos, neste governo interino; quem de fato vai pagar, o cunha é o inicio das delações terríveis contra todos do PMDB e PT, e outros…quem quer ouvir o Cunha, vão cassa-lo de fato”…

  2. Cesar disse:

    Caro Kennedy, será que vc poderia comentar sobre a indicação de José B. de Andrada para vice-procurador-geral, sendo que ele foi AGE durante o governo do Aécio ?

  3. RAYMUNDO AVELINO disse:

    Kennedy. Concordo plenamente com você. Realmente, o Ministro do Trabalho não foi feliz com suas colocações, sobre uma assunto bem delicado junto à classe trabalhadora, reapresentadas por seus indocatos um tanto quanto radicais.

  4. Fernando Monteiro disse:

    Meu Deus, essa podridão toda, os acordos espúrios estão sendo feito às claras, e vocês da imprensa falam da maneira mais delicada, mais sutil possível. Agora tem mais essa da nomeação de subprocurador com fortes laços com PSDB e PMDB, tudo isso para blindar gente corrupta. Está ficando claro o interesse de uma seletividade da lava jato. Só os ingênuos que não percebem. Me desculpe Kennedy, mas a imprensa tem papel fundamental nessa farsa toda, pois vejo que nada disso é denunciado com veemência. Que nojo de tudo isso, que nojo de vocês da imprensa.

  5. Carlos disse:

    Se o chefe da AGU passa por isso imagina, o servidor? agora cadê ministerio público,STF e o caso da EBC como ficou demitiram o dirigente da EBC????

  6. Sebastiao Canabrava disse:

    Opa! Opa! Mas o Temer montou um governo de notaveis! Por que sera que a equipe esta ruindo? Cade os batedores de panela? Mas a grande verdade e’ que o governo Temer nao ‘teme’ (que trocadilho oportuno) a lava-jato. Tambem! A lavajato e’ seletiva! Por nao temer a lavajato, nao trabalha para mata-la. Isto que sai em alguns veiculos de comunicao e’ ‘mimi’. Temer, um governo legitimo (hic!), um ficha limpa (aquela condenacao em SP e’ coisa de esquerdopata), nao pode estar tentando barrar a lava-jato. Leitores, nao e’ para me gabar, mas eu sei agradar aos apoiadores do Temer, nao e’ verdade? Afinal, Temmer teve seu projeto de governo aprovado. Acho ate’ que, caso o Temer concorresse com Dilma, ganhava disparado! Eta’ eu!

  7. Orival Prange disse:

    Getulio Vargas com as leis previdenciárias e trabalhistas nas décadas de 30/40 evitou que a ideia de comunizar o pais tivesse seu fermento no sentido de tornar todos empregados do Estado.
    Vejam hoje os direitos previdenciários e trabalhistas dos trabalhadores Chineses!!!
    Façam um estudo comparado e se surpreenderão e entenderão porque os derivados do aço a partir do minério vindo do Brasil são vendidos por preço menor no mercado mundial(É obvio que à custa do trabalho escravo do chines).
    Está parecendo que os capitalistas gostaram do resultados do Comunismo com a abertura na China, com os trabalhadores com direitos menores que o dos brasileiros, e agora querem transformar os brasileiros em situação semelhante a dos trabalhadores chineses que são semi-escravos, sem as proteções ou direitos que nos brasileiros temos. Será que pretendem a volta de uma escravidão disfarçada com as reformas previdenciárias e trabalhistas?

  8. Jose Eriberto de Oliveira disse:

    Modus operandi Brasileiro. Falar demais! O cara nem assume um cargo direito, e já começa a querer atrapalhar a vida de quem paga o salário dele. Tem que dar lucro ao estado, e empresários, para serem apoiados politicamente lá na frente.

  9. Eh Brasil, estamos perdidos mesmo.

  10. O POVO TEM QUE EXIGIR: "LAVA JATO É CONDIÇÃO SINE QUA NON, DOA A QUEM DOER"! disse:

    A maioria do povo brasileiro deve “EXIGIR”, além das reformas previdenciária, tributária, política e econômica, a continuação da Lava Jato, doa a quem doer!
    Nenhuma reforma surtirá os efeitos necessários para alavancar o país para o crescimento e desenvolvimento, se não for combatida a corrupção com a energia abastecida com o ingrediente “VERGONHA NA CARA”! E como vergonha na cara não se cria em ladrões inveterados, travestidos de políticos, governantes, empresários, sindicalistas etc, faz-se imprescindível a “limpeza geral”, doa a quem doer, afetando a todos os corruptos, independente do partido político onde esteja se abrigando!
    Engolir Temer é algo que o povo tem que tentar fazer, pois foi a forma legal mais rápida para desbancar a quadrilha que se alojara no poder. Mas ele tem que ter o compromisso com a nação, de apoiar a Lava Jato, independente de quem ela atinja, inclusive, se for o caso, a ele próprio!

  11. Fábio disse:

    Kennedy, eu gosto do seu trabalho e da sua imparcialidade na medida do possível, mas me embrulha o estômago ver tais notícias sendo narradas assim… “entrou em conflito com o colega da Casa Civil, Eliseu Padilha. Foi um erro político” (…) “A gota d’água foi a movimentação de Medina para obter informações da Lava Jato a respeito de figuras do governo. Essa ação foi interpretada como forma de obter trunfos para disputar internas.” Fora ter que ler sobre um governo golpista que loteou a nação com a frieza dos textos jornalísticos. Acho que nosso senso de ética já foi liquidado de vez.

Deixe uma resposta para Cesar Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-08-12 00:51:27