aki

cadastre-se aqui
aki
Política
26-04-2016, 9h08

Insistir na tese de golpe resultará em derrota no Senado

Presidente precisa dizer ao país o que fará se barrar impeachment
48

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Insistir na tese de golpe é admitir que a presidente Dilma Rousseff já está derrotada na guerra do impeachment, o que deverá facilitar a vitória da oposição no Senado. O julgamento dessa tese será feito pela História.

É óbvio que as pedaladas são um pretexto para tirar Dilma do poder porque o governo dela é ruim, desorganizou a economia e perdeu apoio no Congresso.

Quando presidentes, FHC e Lula lidaram com pedidos de impeachment. Houve fatos graves. Com FHC, ele se reelegeu em 1998 dizendo que não desvalorizaria o real. Em 1999, descumpriu a promessa.

Foi um estelionato eleitoral semelhante ao praticado por Dilma. Em 2014, a presidente escondeu na campanha que o Brasil tinha graves problemas econômicos. No ano seguinte, adotou medidas na linha correta, de ajuste fiscal, mas não explicou a guinada de 180 graus e perdeu sustentação na sociedade e no Congresso.

Em 2005, Lula enfrentou o escândalo do mensalão. Salvou-se porque não brigou com o Congresso e já tinha feito o dever de casa na economia, colhendo frutos para superar o mensalão. Dilma destruiu a política fiscal e implodiu a sua base de apoio parlamentar.

O pedido de impeachment aprovado pela Câmara está ancorado nas pedaladas fiscais. Há posições defensáveis dos que apontam crime de responsabilidade e dos que dizem que isso não aconteceu. A rigor, houve um atentado contra a lei orçamentária. A política fiscal está destruída pela maquiagem e inépcia de Dilma. Mas ela está sofrendo impeachment pelo conjunto da obra.

Contraponto: ao usar o impeachment como um voto de desconfiança semelhante ao que acontece no parlamentarismo, a fim de tirar do poder uma presidente impopular, a Câmara aplicou um golpe parlamentar, mas um golpe que teve origem num mecanismo constitucional e que foi cultivado pelos erros da presidente.

Repetindo: a História, que é uma juíza desapaixonada, julgará melhor essa tese de golpe. Hoje, no calor dos acontecimentos, há argumentos para todos os gostos. Tirar um presidente impopular via impeachment será uma ameaça aos futuros governantes e fortalecerá um Congresso com alta fragmentação partidária e bastante conservador. Será um legado ruim da crise.

Há dúvida sobre a base jurídica para sustentar crime de responsabilidade. A dosagem da pena parece exagerada em relação ao delito. Dosimetria é fundamental no direito. A participação de Eduardo Cunha, um presidente da Câmara alvejado por denúncias de corrupção, maculará a imagem histórica desse impeachment. Mas um presidente tem responsabilidades políticas, como disse hoje FHC em entrevista à Folha, e Dilma está exagerando no papel de vítima, porque foram as escolhas dela que a levaram à atual crise.

Os petistas têm insistido na tese de golpe, mas falta dizer o que pretendem fazer com o país se barrarem o impeachment. Dilma não tem maioria na Câmara. Só obteve 137 votos. Tampouco o governo tem maioria no Senado. A presidente precisa fazer uma autocrítica sincera e dizer o que pretende oferecer ao país.

Bem ou mal, o vice-presidente Michel Temer está fazendo isso. Reuniu-se com Henrique Meirelles, que foi esnobado pela arrogância de Dilma. Lula indicou Meirelles para a Fazenda inúmeras vezes. E Temer tem debatido propostas para combater a crise fiscal do país.

O que a presidente tem dito sobre economia? Que proposta sincera de diálogo ela fez? Como quer continuar governando se, na Câmara, 367 deputados votaram contra ela? Como vai aprovar projetos? Por que não falou em golpe na tribuna da ONU como tem feito nas entrevistas? Quer mesmo antecipar a eleição presidencial ou é jogo para inglês ver ou em caso de não vetar o impeachment?

Sem dúvida, é importante lutar pelo respeito à rotina institucional do país. A presidente tem o direito de usar os argumentos que julgar pertinentes, mas há uma vida real que pediu e pede uma resposta ao governo Dilma que ele não soube e não sabe dar.

Se é assim, melhor mesmo lutar pela fotografia histórica, que será dura com a primeira mulher que presidiu o Brasil. Dilma jogou fora uma grande oportunidade.

Lula e o PT também precisam deixar o papel de vítima em segundo plano e assumir as responsabilidades pelo fracasso do governo Dilma. Até porque uma herança positiva dessa crise é uma reaglutinação de forças de esquerda. A esquerda não deve ser condescendente com os erros de Dilma e com a confusão do PT com a corrupção. Haverá outras batalhas a travar.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
48
  1. O Estadão está noticiando que Temer pretende fazer uma auditoria em todos os bancos públicos assim que assumir.
    Ai eles vão sentir o que é golpe!
    Golpe no crime organizado que tomou conta do poder.
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  2. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    O conjunto da obra é tão ruim, que até a política externa está deteriorada.
    Essa falsa ideologia bolivariana sempre foi um tiro no pé. Agora está comprovando seus efeitos insanos. Veja o discurso nos EUA !

    • walter disse:

      impressionante cara Maria aparecida Ramos Tinhorão; eles seguem uma linha “burra e estupida”; este discurso da dilma, de pobre coitada, só a deixa, mais desacreditada…poderia permanecer calada; certamente faria alguma diferença…
      A derrota da dilma, no senado; são “favas contadas”; eles tentam fazer firula, mas sabem que já perderam; plano B, meu Deus!!!
      O lula quer propor, novas eleições de imediato; para variar,são inconstitucionais; quem sabe, se o supremo, desse uma mãozinha; descredenciando o PT e o PMDB; surgiriam assim, a deixa ideal, para uma convocação,para novas eleições, mas todos morreriam…

  3. Gilson Ferreira disse:

    Não é tese, Kennedy.O golpe é fato, seja quais forem as suas consequencias.

  4. Isto mesmo! A esquerda tem que assumir os seus erros.
    A esquerda tem que aceitar que vão perder o poder pelos seus erros.
    A esquerda tem que vir para o presente e viver no presente, deixando o ano de 1964 no passado. Eles tem que saber que não são o “povo escolhido” porque combateram a ditadora.
    A esquerda tem que saber que “mamar sem parar no estado grátis” faliu o estado.
    A esquerda tem que abandonar os seus corruptos de estimação e entrega-los a justiça.
    A esquerda tem que sair do estado de negação e aceitar, que o sonho utópico de serem os únicos partidos éticos, morreu quando surgiu a Operação Lava Jato.
    A esquerda tem que saber que o Brasil é de todos nós e não apenas da esquerda.
    Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  5. Alessandro Fernandes disse:

    Excelente texto, Kennedy. Ficou faltando apenas lembrar da corrupção desenfreada, motivo principal das manifestações de milhões de pessoas durante esse tempo. Daqui a 50 anos, realmente poucas pessoas lembrarão de pedalada fiscal, mas certamente vão registrar a corrupção e o aparelhamento do estado na busca da perpetuação no poder.

  6. Maria Rosário disse:

    Sr Kennedy Alencar, o sr.acredita realmente que um governo que tenha um mínimo de comprometimento com as reais necessidades do país consiga governar com um Congresso e um Senado como este, que assusta o mundo com a sua hipocrisia e expõe o Brasil ao ridículo perante o mundo? O senhor acha realmente que é possível governar com um Congresso composto em sua maioria por ladrões, corruptos, criminosos envolvidos em crimes de várias naturezas? O senhor acredita realmente que estes Deputados e Senadores estão pensando no país, ou estão tentando salvar os seus pescoços criminosos? Estes Deputados e Senadores definitivamente não me representam, assim como não me representam os meios de comunicação que defendem exclusivamente os interesses de meia dúzia de famílias que detêm o monopólio da informação no Brasil, assim como não me representa um Judiciário parcial em suas ações e um STF conivente e acovardado! Com relação ao golpe, é golpe sim, qualquer criança consegue ver isso!

    • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

      E qual é a solução ??? Ahhhh já sei ! Estado de exceção, congresso em recesso, mídia censurada, judiciário amordaçado; todos ingredientes de um modelo autoritário.
      Em suma, estás com saudades do regime militar, confessa !!

      • Maria Rosário disse:

        Dona Maria Aparecida, a senhora ao que parece não sabe ler ou tem sérias dificuldades na compreensão de textos.
        Eu defendo a continuidade do mandato da Presidenta Dilma, legitimamente eleita por mais de 54 milhões de brasileiros. Não concordo com a tese do jornalista que, na maioria de seus posts, afirma que ela “não sabe fazer política” – para “fazer política” com um Congresso desses é preciso ser IGUAL A ELES e ela não é! Por isso ela teve o meu voto.
        A sra. deve ser daquelas que vai para as ruas vestidas de amarelo/CBF e acredita que vai combater a corrupção colocando ladrões, corruptos e golpistas no poder, não é?

        • João disse:

          Tá bom depois de todas essas acusações, me diga uma coisa: E esses corruptos que estão presos e outros que serão assim que concluídos os inquéritos da Lava jato por propinas em obras, compra de refinaria e muito mais que não caberia nesse espaço são de que partido ou são da base de qual partido? E os mais de 10 milhões de desempregado, as várias empresas fechadas é culpa de quem? Ha já sei,segundo os defensores da democracia é o Juiz Sérgio Moro né espertinha. Dei muita risada de ler oque o apavorado do Lula está querendo colocar na cabeça dos robotizados dele; Que a oposição quer assumir para interferir nas investigações da Lava Jato, mas é muito cara de pau mesmo, querendo distorcer os fatos e fazer os idiotas acreditarem kkkk

  7. Sidnei disse:

    Enfim uma reportagem coerente e imparcial…. Esse tipo de argumento é que o povo precisa pra tomar suas próprias decisões…. sem ser levado pela mídia…. sou favorável ao impeachment e concordo que é por conta conjunto da obra que está acontecendo…. também entendo que o processo deva continuar contra os demais envolvidos ….. (Temer, Cunha, Renan ou quem quer que seja)… de imediato, o impeachment tem que acontecer….

  8. Jonathan Augusto disse:

    Fora todos os corruptos do Senado e Câmara, tem que se fazer um limpa primeiro e depois leis mais duras para eles, os políticos, para que pensem 2 vezes antes de roubarem a Pátria.

  9. Romanelli disse:

    a resposta correta era, na minha opinião, a boa vontade e o ENTENDIMENTO
    .
    Penso que não podemos continuar insuflando governos “paralelos” ..o quanto pior melhor ..o sangrar até morrer ..Instituições como a CÂMARA forçando autoritariamente o SENADO e ameaçando parar o país
    .
    as urnas precisam ser respeitadas ..se as regras não facilitam temos que criá-las e/ou aperfeiçoá-las ..por exemplo instituindo mandatos mais longos porém com direito a recall ..APENANDO mentira em campanha ..descumprimento de promessas etc etc
    .
    mas até lá Não há sustentação ..ingenuidade acreditar que a facção que acende tráz consigo a redenção
    .
    ..nossas Instituições são frágeis e hipócritas, imaturas ..sim, há uma realidade ..dentre elas, na falta de alternativa que teria quer ser administrada com arte e sabedoria, e não com este GOLPE que NÂO deve e não pode ser ignorado por ninguém !!!
    .
    vergonha

  10. RAfael disse:

    “No ano seguinte, adotou medidas na linha correta, de ajuste fiscal ” nessa passagem, o blogueiro esquece de adicionar quem articulou no congresso essas pacas medidas… procure lah quem era o mediador político do ‘governo’… depois dê os créditos nos posts subsequentes. O Brasil merece essa verdade.

  11. DONG disse:

    O melhor presidente que o Brasil já teve foi Getulio Vargas, de lá para cá não tivemos mais nenhum semelhante a ele.
    Então o presidencialismo já era, então só resta ao Brasil implantar o parlamentarismo, pois já estamos no parlamentarismo branco mesmo.
    Então é só oficializa-lo de fato.

  12. Frederico Gosling disse:

    Discordo TOTALMENTE, temos que ser fieis a nossos princípios, É UM GOLPE DE ESTADO, se vamos cair que caiamo de PÉ, sobre a História, embora seja missão dos historiadores maquiar a verdade, a realidade triste e incontestável é que se tivéssemos um SUPREMO FORTE e atuante jamais teríamos chegado a este estado de coisa, pois o MP pediu o afastamento do CUNHA há mais de 130 dias e o SUPREMO, preocupado em agradar a Globo esta tentando barrar a Nomeação do Lula para Ministro, Lula apenas Suspeito enquanto o Cunha já existem provas suficiente para colocá-lo na cadeia pelo menos pelos próximo cem anos. Nunca em nenhum Pais civilizado do MUNDO O CUNHA podia Presidir a Sessão do Impeachment, isto foi covardia e omissão do Supremo, uma verdadeira INQUISIÇÃO.

  13. Renato Nogueira saldini disse:

    Faltou dizer qual a principal característica desse congresso. Aprofunde sua crítica kennedy, ela perdeu apoio devido a quê? por não se submeter, ao final, com a política do é dando que se recebe? Dilma vai cair porque fez exatamente o que você diz que ela não fez. Tentou governar com esses corruptos e abandou a esquerda. Tentou agradar a uma elite branca rancorosa que jamais a aceitou ou aceitaria. Tivesse ela buscado apoio com que a elegeu, chamado a sociedade civil a pressionar esse bando de corruptos para fazer as reformas necessárias, aí sim ela estaria numa posição mais confortável. Quem elegeu Dilma? Com que ele tentou governar? O povo que a elegeu foi o último a ser ouvido e o primeiro a se levantar contra o golpe. Isso mesmo, GOLPE, não tente amenizar essa situação. Teremos um Vice atolado em corrupção assumindo e sendo afagado por você neste momento. Um vice que conspira desde o início e que deveria estar ao lado da presidente para tentar evitar essa vergonha.

  14. Alex Cardoso disse:

    Ao afirmar que “É óbvio que as pedaladas são um pretexto para tirar Dilma” Kennedy admite que é golpe, sim!

  15. Frank Underwwod disse:

    Concordo, por isso uma PEC urgente, para nova eleição.

  16. Luiz disse:

    Impeachment não é golpe mas, o que cunha e aécin fazem, por vingança e dor de cotovelo, é dar o golpe, usando como background o impeachment.

  17. É golpe sim, e vamos continuar denunciando. Essa história de culpar a vítima repete o argumento rasteiro dos golpistas de 1964, que até hoje tentam responsabilizar Jango. A direita está incomodada em perceber que o apoio ao impeachment vai manchar suas biografias para sempre, e fica pedindo que nos calemos diante da arbitrariedade. Não vamos ignorar os fatos apenas para apaziguar a consciência desse golpistas cínicos.

  18. luiz carlos disse:

    Mas a tese do Golpe não e pra convencer o Senado. Senado e Câmara e tudo jogo de Carta marcada. Pouco importa o que voce diga lá, nada vai ser modificado. a tática e fazer o discurso pra fora, e colar principalmente na classe C e D da população. As cartas já estão dadas no Congresso. Tudo já foi devidamente comprando. O governo de Temer terá 2 anos pra provar que e capaz, e senão conseguir enterra não so o PMDB como também o PSDB, DEM PPS e PSB.

  19. Nelson Brito disse:

    Caro Kennedy,
    Esse seu texto ficou gigantesco, repetitivo e chato porque você está tentando justificar o uso do impeachment como remédio para governo ruim. Algo que não tem como justificar, é golpe pura e simplesmente.
    E, por favor, culpar a Dilma por sofrer o golpe é abjeto.

  20. Sidney disse:

    Foi um golpe aplicado através de eleições indiretas. O PT está a 3 mandatos consecutivos no poder e com fortes perspectivas de ganhar mais uma vez em 2018 como o Lula. Seria um governo de 20 anos (2002 – 2021). O impeachment foi a unica alternativa de impedir isto. Juntou-se todos os partidos conta o PT, que através de eleições indiretas interromperam a supremacia petista.

    • Sidnei disse:

      Xará… você quer dizer….. “Projeto de Poder do PT”. … Mas respeito sua opinião… só não concordo…. Na minha opinião trata-se de uma quadrilha muito bem estruturada que, pra chegar no “PODEROSO CHEFÃO” ainda vai levar muito tempo….. é possível até que ele consiga se eleger em 2018,… mas vou torcer muito para que até lá tudo fique mais claro….e a verdade apareça….

  21. luiz carlos disse:

    A vingança em ação. Esse negocio de voto no Senado não existe. O que exite é: quem tem voto , vota, quem não tem faz discurso. minoria nunca tem vez no Congresso Brasileiro. Agora chegou a vez dos evanelicos passarem o que bem entenderem. Podem ate trocar a Constituição pela Biblia. Tem votos.O povo! Ah o povo que se lixe. E bobagem fazer abaixo assinado. o Cunha vai mandar enfiar sabe onde essas petições publicas? Não preciso nem dizer. Agora a proposta do pessoal da bala, liberar compra de armas pra todo mundo, pena de morte, prissão pa menores de 18 anos. Esse país vai ficar legal, hein! Ms o principal vai ser nos direitos trabalhistas. Acabr com 13º, gratificação de ferias, multa de 40% na demissão sem jsuta causa, aumento da jornada de trabalho de 40 pra 50 horas. Ai tabém tempros aposentados, fim da vinculação do salario minimo, desoneração do salario dos aposentados. Ferrando com o povo desse jeito, não sei como vão querer ganhar as eleições em 2018? Culpando o PT?

  22. Anafilófio disse:

    Golpe? “Tese de Golpe”??? Mentira virou tese… Humorismo… A história não julga mentiras, julga fatos.
    Comprar um Fiat Elba foi um crime pior ou um pretexto? Porque os fiéis do lulopetismo nada falam deste impeachment apoiado pelo PT?

    Não importa o tamanho do crime, ou como o interpretam politicamente, é questão técnica, legal, constitucional, esta lá, é crime de responsabilidade sim!

    Se é pelo “conjunto da obra”, que seja, digamos que é a parte “política” pós constitucional, legal, como no caso da “Elba”, ou falando em crime, que tal o caso de AL Capone, um principiante como estamos vendo na Lava a Jato, mas uma ótima comparação.

    • James disse:

      Se voce nao sabe sonegacao de impostos aqui no estados unidos e crime por isto o Al Capone foi preso. Golpista. que tal ganhar uma eleicao.

      • Se fosse nos Estados Unidos a senhora Dilma, Lula e a gangue petista já estariam mofando na cadeia.
        se fosse nos Estados Unidos o caso Celso Daniel estaria resolvido e dependendo do estado em que o crime fosse praticado, teria pena de prisão perpétua ou até pena de morte.
        Ah! Se fosse nos Estados Unidos…Mas a justiça Americana vai entrar no caso porque os corruptos usaram empresas americanas para fazerem pagamentos e lavar o dinheiro. Porque a Petrobrás tem ações negociadas na bolsa de Nova York e deu um baita prejuízo aos investidores.
        Preparem-se corruptos justiça Americana está chegando!
        Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

  23. Alladin disse:

    Dilma não vem a público fazer propostas, por um unico motivo: O PT não tem propostas, a não ser ter o poder, para poder mandar, desmandar e manipular em nome de um socialismo para poucos e escolhidos e migalhas para muitos.
    Se houvesse uma ideologia verdadeira dentro do PT, seus membros jamais teriam se metido nesse que já é considerado um dos maiores escândalos de corrupção do mundo, em todos os tempos.
    Há de se admitir que temos um Congresso ridiculo, mas o PT teve a faca e o queijo na mão para fazer uma reforma politica, mas preferiu um legislativo fracionado e fraco, para impor-se e manipular, com trocas espurias. Paga o preço de pensar que mandava. Mandou, mas deixou de ditar regras quando já não tinha o que oferecer. Escorregou na casca da banana que ele mesmo plantou.

  24. Alberto disse:

    Como não sabem o que falar,fica o de sempre,golpe.

  25. Aylton disse:

    A Dilma diz que é golpe justificando que outros governos também utilizaram-se de pedaladas fiscais, ela já disse que desde 1994, mas a lei de responsabilidade fiscal foi sancionada por Fernando Henrique no ano 2000, antes disso não era crime, certo? Se alguém usou das Pedaladas ilegalmente foi Lula a partir de 2002 e Dilma, Não é? Ou será que nem isso ela sabe?

    • Apenas Leitor disse:

      Mas depois disso o FHC também praticou pedaladas fiscais, e o Lula também.
      É um motivo fraquíssimo pra tirar um presidente do poder e vai ter consequências seríssimas, tanto externamente quanto internamente.
      Sairia muito mais barato esperar mais dois anos pra tirar o PT do poder.

  26. James disse:

    Golpe ,Golpe, Golpe, tirar um presidente eleito por suppostas pequenas infracoes nada mais que um golpe.

    Na democracia exite eleicoes, se nao estao felizes com quem esta no poder se organizem e ganhe as proximas eleicoes . Alem disso e Golpe.

    • Vamos deixar a “Presidente Honesta” explicar para a justiça americana porque a compra da refinaria de Pasadena (a Ruivinha)que foi superfaturada, tem a assinatura dela? Já que era ela a época da compra, a Presidente do conselho da Petrobrás e Ministra do governo Lula.
      Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

    • pedro disse:

      Tá parecendo até a Benedita da Silva defendendo o menor que apenas praticava pequenos furtos no RJ. A diferença é que o menor realmente praticava pequenos furtos, enquanto a sra. presidente, pedalava para manter as tetas gordas da corrupção.

  27. Apenas Leitor disse:

    Como você mesmo diz “…É óbvio que as pedaladas são um pretexto para tirar Dilma do poder porque o governo dela é ruim, desorganizou a economia e perdeu apoio no Congresso.”
    Então é golpe, se a estratégia utilizada pelo governo está errada, aí é outra história.
    Mas, ao meu ver, é melhor perder no senado e não abdicar do conceito de golpe, do que abdicar e perder (ou até mesmo não perder). Porque a política é feita no curto, médio e longo prazo e a caracterização do golpe – conforme evolui um eventual governo Temer – será um argumento pesado contra quem patrocinou o impeachmant.

  28. Antonio de Pádua disse:

    Kennedy,

    Leio seu blog diariamente, assim como alguns outros, e vejo tanto ódio nas pessoas e não consigo entender. Realmente o governo Dilma é um fracasso total. Ela é dura demais para o cargo, não tem o “jogo de cintura” necessário para enfrentar os mais diversos problemas, não é boa articuladora política, não é boa no mea-culpa. Mas, ela é honesta(presunção de inocência), e mesmo aqueles que querem a sua saída, o fazem por raiva do seu mal governo e não creio que isso seja motivo para a saída de nenhum governante. A resposta deve ser sempre de 4 em 4 anos. Recurso jurídico, para tirar alguém do poder, é como aquela velha frase(aos amigos as benesses da lei, aos inimigos os rigores da lei). Como bem citado por você, e sabido por todos que acompanham política, o FHC e o Lula praticaram estelionato eleitoral e passaram por vários escândalos, mas tiveram as benesses do Congresso e da lei(leia-se STF e TSE). Então, não posso concordar que a Dilma seja “o bode expiatório”.

  29. Lenin disse:

    Vão insistir indefinidamente na tese do golpe. Se por um lado já preparam justificativa para se contrapor a qualquer indivíduo ou partido que assuma o poder e que não seja do PT, por outro, não tem outra desculpa para justificar sua incompetência e queda de popularidade. Na verdade são cínicos e mentirosos, como qualquer comunista é. Para comparar, veja-se o playmobil do Coréia do Norte. O sujeito é irritantemente cínico, insolente e mentiroso. Um comunistinha padrão.

  30. Bernadete Pinto Sá disse:

    Deixar de dizer que é um golpe não vai impedir o golpe no Senado. O golpe já está sacramentado. Dilma e o PT devem se preparar para serem oposição

  31. Claudio Gonzalez disse:

    Kennedy, vc comenta os supostos erros do governo como se tudo dependesse exclusivamente da vontade da presidenta. Como se nos últimos 2 anos a oposição não tivesse boicotado o governo de todas as formas possíveis, como se a Lava Jato não tivesse paralisado o país e estraçalhado a economia, como se não houvesse crise internacional, como se a mídia não conspirasse 24h por dia contra o governo. Enfim, está faltando equilíbrio e contextualização em suas análises.

    • Alladin disse:

      Entre outras sandices, voce afirma que a “midia” conspira 24 horas contra Dilma e isso é o mesmo que por a culpa no fogão pelo feijão queimado.
      Não houve partido nesse Brasil,senão o PT que tivesse a midia a seu favor, enquanto foi um partido decente e honesto e que propos coisas séria e dignificantes para o pais.
      Querer que a imprensa aplauda desmandos, corrupção, lavagem de dinheiro, falcatruas, superfaturamentos, pedaladas fiscais , má administração entre outros crimes e abusos demonstra o carater ditatorial que o PT e seus admiradores desejavam impor no pais.
      O Brasil não é Cuba, Coréia do Norte, Venezuela e outras naçoes admiradas pelos petistas. A imprensa é livre e tem o dever e o direito de expor as mazelas de quem quer que seja e isso é democracia e o resto que quer amordaçar a imprensa é ditadura e isso o Brasil que trabalha não quer e abomina quem deseja. Quem deve teme e se teme é porque fez coisa errada e se fez coisa errada merece ter exposto seus crimes e desmandos.

  32. eles parecem crianças choramingando com estão prestes a perder. estamos cansando de ouvir a palavra golpe.

  33. Elaine disse:

    Golpe é golpe. Culpar Dilma por tudo o que está acontecendo no país é de uma estupidez atroz. Que venha Temer, como disse uma senador do PMDB, o povo vai chorar lágrimas de sangue.

  34. Maria da Consolação disse:

    Hoje sabemos mais que em qualquer outro momento, que não é possível governar sem o apoio do Congresso. O mensalão já existia muito antes do PT presidir esse país. Também não se elege candidatos sem dinheiro, pois não há financiamento público de campanhas. A grande maioria dos políticos do PT envolvidos em denuncias não ficaram ricos ou tiveram contas abertas na Suiça. Além disso, após 2014 o PT não teve trégua da mídia, que nitidamente pretendia destruir a presidente Dilma e por tabela o Lula. E como contentar um Congresso com mais de 30 partidos e deputados nada preocupados com a coisa pública? Sem falar que a crise econômica não é uma exclusividade do Brasil. Apontar a Dilma como a única culpada, é ignorar todos esses fatos.

  35. ERRO DE GOVERNO ANTERIOR NÃO JUSTIFICA ERRO DE GOVERNO ATUAL! disse:

    O MAIOR “GOLPE” É A NAÇÃO BRASILEIRA CONTINUAR TENDO QUE SUPORTAR VER CARAS COMO LULA, DILMA, EDINHO SILVA, JAQUES VAGNER, HUMBERTO COSTA, SILVIO COSTA, VALDIR DAMUS, VANESSA GRAZIOTIN, FÁTIMA BEZERRA, GLEISI HOFMMAN, E OUTRAS COISAS SEMELHANTES VOCIFERANDO MENTIRAS ABSURDAS QUE EMBRULHAM ESTÔMAGO DE QUALQUER UM!
    SERÁ QUE NÃO TÊM VERGONHA NA CARA OU NÃO ENXERGAM A SITUAÇÃO DO PAÍS? POR QUE NÃO ENTRAM NOS HOSPITAIS, NOS SUPERMERCADOS, NÃO ANDAM PELAS RUAS SEM SEGURANÇA DAS GRANDES CIDADES, NÃO ENFRENTAM AS FILAS DO SUS, NÃO DOAM SEUS GORDOS SALÁRIOS E VIVEM COM O SALÁRIO MÍNIMO COMO MILHARES DE BRASILEIROS?
    OUTRA COISA: APONTAR ERROS DE OUTROS GOVERNOS NÃO SÃO JUSTIFICATIVA PARA ERROS DO DESGOVERNO ATUAL. SE UM GOVERNO ANTERIOR COMETEU ERROS O ATUAL TEM “OBRIGAÇÃO” DE NÃO REPETI-LOS E NÃO COMETÊ-LOS NOVAMENTE!

  36. Erico Jhon disse:

    Parabéns Kennedy pela imparcialidade. Você conseguiu resumir muito bem a situação atual do Brasil. Você foi um dos únicos jornalistas que reconheceu, imparcialmente, que o impeachment está sendo feito através das pedaladas por mero formalismo; a razão principal é realmente o conjunto da obra: crise econômica agravada pelo estelionato eleitoral, corrupção no seio do governo e falta de habilidade de governar e conversar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-02-17 15:21:26