aki

cadastre-se aqui
aki
Política
15-03-2016, 21h33

Janot tende a investigar citados com foro privilegiado

Delação premiada do senador Delcídio espalha chumbo para todos os lados
18

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Juridicamente a delação premiada do senador Delcídio do Amaral ainda depende de mais provas e investigações. Mas o efeito político foi devastador, porque Delcídio espalhou chumbo para todos os lados.

Citou políticos do governo, do PMDB e da oposição: Dilma, Lula, FHC, Temer, Renan, Eduardo Cunha e Aécio, entre muitos outros.

Como essa delação foi negociada diretamente pela Procuradoria Geral da República, a tendência é que a equipe de Rodrigo Janot investigue todos os citados por Delcídio que tenham foro privilegiado.

A respeito da divulgação do diálogo de um assessor do senador com Aloizio Mercadante, Dilma não demitiu o ministro da Educação porque isso transmitiria a ideia de admissão de culpa do governo para tentar interferir na Lava Jato. Decidiu segurar o ministro e enfrentar mais um desgaste político.

*

Novela petista

O outro tema do “SBT Brasil” foi o andamento da articulação para Lula ingressar no governo Dilma.

Assista aos temas desta terça-feira:

Comentários
18
  1. JEFFERSON NERY DE ALMEIDA disse:

    “HÁ UM VAZIO DE LIDERANÇA NO CAMPO CONSERVADOR”, DIZ CIENTISTA POLÍTICO
    15 de março de 2016
    “Acho que eles se sentem muito inseguros para enfrentar o Lula. Nas sondagens eleitorais passadas, nenhuma liderança mais importante tem aparecido como uma liderança, se beneficiando de todo esse desgaste institucional pelo qual o país e do governo de orientação centro-esquerda”, avalia o cientista político e professor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fabiano Santos
    Por Andreia Verdélio, da Agência Brasil

    O cientista político e professor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fabiano Santos, disse que, apesar de bem representado no Congresso Nacional, há um vazio de liderança no campo político conservador do Brasil. Por isso, para ele, há um temor das forças partidárias de oposição ao governo do PT de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva permaneça como um ator político relevante

    • Fábio Gama disse:

      O termo “ator” colocado pelo JEFFERSON NERY é muito apropriado para o Lula. O próximo Oscar promete!

    • ANASOR disse:

      Caro Jefferson agradeço por sua coragem e ética em reproduzir esse texto acadêmico com uma visão totalmente diferente da maior parte da imprensa que é parcial em suas opiniões e tendênciosas, principalmente canais de televisão aberta, jornais e revistas sensacionalista. Dia 18 e 31 de março o povo mostrará a sua força por um Estado Democrático. Assim, respeitando as opiniões das urnas. Não podemos permitir que a oposição não deixe a Dilma governar. Quem gosta do país se une e não conspira contra o desenvolvimento do país, o sabotando de maneira escancarada! Não ao Golpe de 64 em outra versão.
      Tenhão uma boa semana,
      Anasor.

      • O Foro de São Paulo não quer democracia.
        Quem rouba o Estado é “Ladrão”.
        Quem defende Ladrão não quer um país mais justo.
        Quem não quer a imprensa livre, defende a ditadura.
        Quem não consegue enxergar a roubalheira tem que fazer tratamento pra cegueira.
        Que zika! Corrupção Mata mais que mosquita!

    • Renan disse:

      O artigo citado por JEFERSON, apenas prova que o tempo que a “cabeça” do povo era feita por telejornais passou, hoje todos tem internet. Por exemplo não adianta os telejornais blindar aecio, que o Brasil sabe que ele foi delatado 06 vezes, tanto que foi expulso da propria manifestação que seu partido convocou, quando fazem isso os telejornais dão um tiro no pé pois perdem credibilidade. Apenas concluindo, o temor dos conservadores é real e verdadeiro pois LULA continua sendo um líder e em campanha quando tiver tempo igual de defesa fica díficl vencê-lo, por isso a perseguição pessoal

  2. walter nobre disse:

    Caro Kennedy, nada de novo em Brasília…a dilma precisava do lula, diante do Rojão; “o pau vai comer na casa de noca”; a missão é impossível; teriam que “comprar”parlamentares, mas a fonte secou; cargos, já não são tão impressionantes assim; o que mais dizer…
    O pmdb tem uma meta, tentar manter o temer; tanto isso é fato, que já o reelegeram presidente do partido, apesar dos pesares; tudo vai depender dos fatos econômicos…
    Infelizmente o lula hoje, é o cancrô; esta tentando salvar a própra pele e de sua “família”; não existem duvidas; Brasília será invadida pelo povo; ninguém vai perdoa-los; “estão jogando bola numa sala escura, com as luzes apagadas”; serão atropelados”…O Lula realizou a profecia..”quando um político se elege deputado, é para fugir da polícia”…

  3. Suave Comentarista disse:

    Se está admirado com a delação de Delcídio, aguarde um pouquinho para ver a do Cunha.

  4. flavia disse:

    DILMA (ORIUNDA DO PDT) É COMPETENTE EM GABINETE, ASSIM FOI NA CASA CIVIL, E COMO SECRETARIA DE ESTADO, MAS NUNCA EXERCEU CARGO ELETIVO, NUNCA FOI PREFEITA, GOVERNADORA, VEREADORA, DEPUTADA OU SENADORA, FALTA-LHE O ENTENDIMENTO DO FUNCIONAMENTO DA POLÍTICA, PRA CONDUZIR O CONGRESSO, POR OUTRO LADO LULA FOI CONSTITUINTE E VAI NADAR DE BRAÇADA NESSE CONGRESSO. SE A OPOSIÇÃO NÃO TEM VOTOS PRA APROVAR O IMPECHEMENT HOJE, NEM NA CÂMARA NEM NO SENADO, COM LULA ENTERRA-SE DE VEZ ESSE MORIBUNDO

  5. JEFFERSON NERY DE ALMEIDA disse:

    O cientista político e professor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fabiano Santos

    “Acho que eles se sentem muito inseguros para enfrentar o Lula. Nas sondagens eleitorais passadas, nenhuma liderança mais importante tem aparecido como uma liderança, se beneficiando de todo esse desgaste institucional pelo qual o país e do governo de orientação centro-esquerda”, disse.
    Para Santos, Lula ainda é uma liderança importante no campo popular e, mesmo depois das investigações envolvendo seu nome na Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), não se sabe até que ponto ele pode ter sua imagem recuperada até as eleições de 2018. “Mas alijar o Lula do processo político é o sonho dourado da oposição conservadora”, disse.

  6. JEFFERSON NERY DE ALMEIDA disse:

    O professor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, Rafael Mafei Rabelo Queiroz, disse;

    “A Operação Lava Jato tem um foco de investigação bastante definido e que ela não é essencialmente jurídica, “embora aconteça sob forma jurídica”. “Pelo porte da operação, pela quantidade de pessoas envolvidas, a própria existência de uma força tarefa é algo que denota uma escolha da instituição em reforçar a atuação naquele segmento”, disse.
    Segundo ele, qualquer investigação precisa ter um rumo e uma hipótese e eles não são essencialmente jurídicos. “Perseguir pessoas é algo que nenhuma atuação jurídica deveria mirar. […] Essa avaliação vamos poder fazer muito mais claramente a posteriori, no momento que a operação estiver terminada”, disse, quando questionada se a operação da PF teria como alvo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”.

  7. RAYMUNDO AVELINO disse:

    A investigação dos citados, seguirá seu curso natural. Não dá para o Procurador Geral da República, ficar de braços cruzados após tantas declarações feitas pelo ex-senador e, ex-petista, Decídio Amaral. Que paguem pelos crimes, os culpados. O que não dá para concordar, é a atitude da presidente Dilma, sinalizar com uma vaga de ministro para o ex-presidente Lula, seu “Criador”, para ser blindado para não cair nas garras do destemido juiz Sérgio Moro. Como diz um velho ditado: Quem não deve, não teme. Porque esta atitude, para blindar o homem que disse: “‘Não tem uma viva alma mais honesta do que eu”.

  8. Antônio José Marques disse:

    O Brasil não pode perder essa chance de investigar e punir todos políticos desonestos, independente de partidos, que se escondem embaixo de pele de cordeiro. É preciso que as investigações continuem de forma correta e acelerada,não sei se o procurador Janot é confiável para essa tarefa, pois sua imagem é muito ligada ao Planalto. Para que não existam dúvidas sobre o andamento das investigações é importante a pressão popular e a colaboração forte da imprensa, não podemos perdem essa chance de passar o Brasil a Limpo, doa a quem doer.

  9. Sônia Ribeiro disse:

    Ruiu. Está tudo podre! Não há mais esperança para o povo brasileiro. A República é uma falácia! Tudo corrompido! Todo nosso dinheiro desviado para luxurias e megalomanias. Foro privilegiado para esconder bandido! O brasileiro deixou a situação chegar neste patamar. Agora só uma guerra civil! Todas as instituições servindo ao bobo da corte, em troca de muito dinheiro e mordomias. Quanto ao povo?!! Desempregado, em meio a violência diária, sem educação da “pátria educadora”, sem saúde e enfrentando a zika, sem nada! O sentimento? NOJO, MUITO NOJO!!!!!

  10. Rodrigo disse:

    Golpe Nunca!!!

  11. JEFFERSON NERY DE ALMEIDA disse:

    URNAFOBIA – O MAL DA OPOSIÇÃO JÁ FOI DIAGNOSTICADO

    FICA CLARO PARA TODOS, AQUELES QUE EVENTUALMENTE APOIAM OU MESMO SÃO CONTRA O GOVERNO.
    A OPOSIÇÃO SOFRE DE UM MAL SÚBITO, ESSE MAL CHAME-SE URNAFOBIA.
    TEM-SE UM TIME DE POLÍTICOS OBSOLETOS, DIGNOS DE SE OCULPAREM COM A ARRUMAÇÃO DA SUA BIBLIOTECA OU MESMO CUIDAREM CARINHOSAMENTE DE SEUS NETOS, QUE AO SE APROXIMAREM DE UMA URNA, AS PERNAS BALANÇAM E FRAQUEJA.
    ENTENDEM QUE A ÚNICA OPORTUNIDADE DE CHEGAREM AO PODER É SURRANDO A DEMOCRACIA.
    TRATEM A URNA COM CARINHO!
    A CRISE TEM ESSA VIRTUDE. AS PESSOAS SE REVELAM

    ABRAÇOS

  12. Alberto disse:

    Outro tsunami será Pedro Correa.Mais sujeira que em pau de galinheiro e mesmo assim “passam a mão na cabeça”,Deficiência visual ideológica,certamente.

Deixe uma resposta para RAYMUNDO AVELINO Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-10-30 17:13:56