aki

cadastre-se aqui
aki
Política
15-08-2018, 12h00

Justiça fará favor ao PT ao acelerar retirada de Lula da eleição

Pressa contraria segurança jurídica e vitimiza petista
23

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

A tendência da Justiça de acelerar uma resposta à possibilidade de Lula ser ou não candidato à Presidência será um favor político à estratégia eleitoral do PT. Se o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e o STF (Supremo Tribunal Federal) tirarem Lula da corrida presidencial até 31 de agosto, como é a tendência, vão apressar o Plano B, que é a chapa Fernando Haddad (PT) e Manuela D’Ávila (PC do B).

O PT tem um compromisso moral e político com Lula de levar a candidatura do ex-presidente “às últimas consequências”, como costuma dizer a presidente do partido, a senadora Gleisi Hoffmann (PR).

O PT age corretamente ao seguir essa estratégia, porque constrói a narrativa de que, se Lula ficar solto, venceria a eleição. Por isso, o partido quer deixar na conta da Justiça o ônus do alijamento de Lula da disputa eleitoral, o que provocará sequelas. A História vai olhar com lupa cuidadosa esse momento da vida nacional.

No plano petista, seriam apresentados recursos para esticar o tempo da candidatura Lula, que será registrada nesta quarta-feira, dia 15 de agosto. Mas já está em curso uma mobilização do Judiciário, que pode ser lida nas frases de Luiz Fux e Rosa Weber, por exemplo, para tirar o ex-presidente da eleição em nome de uma segurança jurídica. A intenção é barrá-lo até o dia 31, data em que começará a propaganda eleitoral no rádio e na TV.

Apesar de o PT tentar esticar a corda, a Justiça vai se comportar em relação à candidatura de Lula como agiu no caso do apartamento no Guarujá, adotando um rito mais rápido do que o normal para chegar a uma decisão.

Ora, o direito tem ritos e prazos que fazem parte da segurança jurídica. Um “fast track” contraria o que se entende por segurança jurídica. Acelerar decisões para tirar Lula da eleição reforçará a narrativa de vitimização, perseguição judicial e a tese de que o ex-presidente é um preso político.

Ouça o comentário a partir dos 16 minutos e 40 segundos no áudio abaixo:

Comentários
23
  1. ELYSER ANTUNES DE SA disse:

    É uma idiotice achar que a justiça está tirando direito do Lula. Quem fez corrupção foi ele, quem roubou foi ele, quem recebeu dinheiro sujo e lavou foi ele, quem recebeu apartamento e sitio foi ele, foi apareceu com contas com milhões de reais foi Ele, foi julgado por quase 20 juizes e não teve nenhum a favor, todos os seus recurso foram negados Como alguém poderá dizer de que a justiça está perseguindo o Lula. Só se o cidadão tiver algum desvio mental.

    • walter disse:

      Caro Elyser, e Kennedy, não vejo favor da justiça, já que o lula por tentar manter até o fim, seu nome em evidencia; esqueceu que a opinião pública, já esta formada, não há qualquer ser na face da Terra, que acredite nele, fora o seu eleitorado de sempre; forçaram de forma ridícula, contra o sistema, de uma forma desrespeitosa o tempo todo; causando com isso um reboliço, que não se traduz em Votos a favor; tudo o que fez, mais os candidatos de sempre, foi promover o Bolsonaro; não há nenhuma proposta mais trasparente, com relação a mudanças, principalmente na segurança do País; quanto ao lula, acreditar que esta capitalizando algo, é um porre sem fim; no final deste filme, o “mocinho” morre…condenou seu partido, um pouco mais ao ostracismo…agiu como a viúva negra, tem péssimos conselheiros, se é que houve alguém…quanto a justiça, ficou tudo mais fácil; terão total aprovação na cassação…no meu entender, a vitimização, será uma pagina virada, após as eleições; ninguém vai ligar..

    • Emanuel disse:

      Elyser, nem todos pensam igual a você. Não tenho desvio mental,como muitos outros brasileiros também não têm e seguem a minha opinião. O país esta passando por um momento em que muito se vê o desequilíbrio do judiciário que é parcial; vemos um delegado de primeira instância agindo com um poder fora do normal, quando se é para julgar o Lula. Este mesmo juizeco, que apareceu e aparece em vários momentos junto à politicos do PSDB, mostrando intimidade com estes, que também estão sendo indiciados em crimes de colarinho branco, e no entanto estão soltos e concorrendo a pleitos eleitorais livremente. Vemos pessoas desqualificadas (ator pornô) concorrendo ao legislativo, e entrando na justiça para barrar a candidatura do Lula. Qual moral tem eles para falar ou fazer algum ato contra Lula? – NENHUMA ! Quando se é para beneficiar o PSDB, DEM, MDB, o juizeco e Justiça são parciais. Por isso sou: #LulaInocente#LulaLIvre#LulaPresidente.

      • Geraldo Tadeu disse:

        PARABÉNS AO ARTIGO DO KENNEDY E PARABÉNS A RESPOSTA DO EMANUEL.
        CONCORDO COM VOCÊ EM SEU LÚCIDO COMENTÁRIO!!!

      • Evaldo Lima disse:

        Parabéns Emanuel! Você falou exatamente tudo o que eu gostaria de falar.
        Infelizmente muitas pessoas não conseguem perceber o tamanho da manipulação a que são submetidas. Muito triste isso. Ficam falando que o pessoal da esquerda é burro e é radical. Não tem nada de burrice e radicalismo quando você é injustiçado, no caso o ex-presidente Lula, e não consegue se defender. Falando assim, pareço petista, mas nas últimas eleições votei no Aécio. Se arrependimento matasse… A questão é que hoje em dia vejo tudo mais claramente.
        Todo o mundo está vendo o que está acontecendo no Brasil. Toda a Impressa internacional está noticiando de forma clara e isenta o que a Imprensa “tupiniquim” não quer, por ter grandes interesses não somente nessa, mas em várias outras questões. A nossa democracia está sendo destruída não pelo PT e o ex-presidente, mas pelos que se acham dono do Brasil.
        Em momentos difíceis, precisamos de menos radicalismo e mais lucidez.

        • Evaldo Lima disse:

          Retorno para complementar algumas informações do meu post anterior, pois existe limitação de caracteres.
          Votei no Lula em 2002 quando ele ascendeu a Presidência da República e depois nunca mais votei, pois estava fora do meu domicílio eleitoral. Fiz a transferência para poder votar em 2014: Votei na Marina (1° turno) e no Aécio (2° turno). Depois me arrependi de ter voltado no Aécio, pois a máscara dele começou a cair. Não votei na Dilma, pois achava que era tempo do PT sair e se reciclar. Também por começar a “comprar” as mentiras que a mídia tradicional falava. Hoje procuro informações em todos os tipos de mídias, principalmente blogs e portais de esquerda, pois me considero um social-democrata. Até uns dias atrás estava sem saber em quem votar, mais hoje o meu voto é do Lula e se ele não puder, pela injustiça, voto no Haddad.
          Kennedy obrigado pela oportunidade de me expressar. Não sei se foi no post correto, mas o que consegui parar para escrever.

  2. Edi Rocha disse:

    Tão querendo até dizer como os advogados de Lula devem se comportar. São advogados legalmente constituídos por Lula e que devem atuar conforme este lhes permita, de acordo com a estratégia que quiserem. O judiciário como um todo está precisando de consequências para seus atos ditatoriais, além de possuírem muitas benesses como salário acima do teto e auxílio moradia. O judiciário está perdendo respeito a cada dia que passa e sinceramente não sei quanto ainda lhe sobra.

  3. Marcelo de Souza disse:

    A resposta já foi dada, os ritos para tirarem Lula da disputa deu certo, nunca a Justiça tem sido tão rápida, no entanto como é de observar muitos eleitores que até então odiavam Lula e o PT estão mais simpatizantes a sigla, será mais um tapa na cara da Justiça brasileira que tem se mostrado seletiva e injusta, a resposta virá na contagem dos votos.

  4. Antenor disse:

    A grande verdade é que toda essa história de lançar um presidiário como candidato é, no fundo, uma jogada de marketing.
    A filosofia petista é: “Vamos bagunçar, vamos esculhambar, vamos desmoralizar as instituições e tudo mais que não pensam como nós pensam”.
    É uma falta de bom senso muito grande.
    Depois de todo esse circo e abertura de caixa de pandora, colocam um POSTE como candidato.
    ÊH Brasil!!!!

  5. Francisco viana disse:

    Caro Kennedy, a necessidade de um rito mais rápido se dá para confrontar o PT e evitar o escarnio que o PT pretende fazer com a justiça eleitoral e com o processo eleitoral brasileiro. Não tem cabimento um condenado em segunda instancia querer peitar toda uma nação apenas para atender aos seus anseios pessoais.

    Só no Brasil um partido politico tem a cara de pau de lançar um preso a presidência da nação, isso é uma vergonha e precisa ser combatido com braço de ferro. Se você, nobre Kennedy, vive dizendo que os ritos devem ser respeitados, por que então o PT resolve a todo custo peitar a justiça? Será que o PT acha que existem duas justiças, uma para o cidadão comum e outra para o Lula? A justiça deve ser igual para todos e o Lula deve aceitar a verdade de que ele é um condenado e segunda instancia e parar de dar murro em ponta de faca. Se a candidatura de Lula fosse aceita (o que não deve acontecer), como um condenado iria governar a nação de dentro de uma prisão caso vença o pleito?

  6. EDMAR RIBEIRO disse:

    NÃO CONSIGO ENTENDER ESTA ANALISE DESTE BLOG!!! ONDE ISSO VAI BENEFICIAR LULA E PT? A ESQUERDA POLÍTICA JA COMEÇOU ERRADO ESTA ELEIÇÃO SE DIVIDINDO EM VÁRIOS CANDIDATOS A PRESIDÊNCIA OU SEJA DIVIDINDO A FORÇA QUE TINHA, SOMENTE ISSO JÁ PREJUDICAVA O PT EM GANHAR A ELEIÇÃO, SE VOCE DISSER PRA MIM QUE A JUSTIÇA ESTARÁ AJUDANDO O PT A NÃO PASSAR VERGONHA EM CONTINUAR COM ESTA CANDIDATURA E PERDER AS ELEIÇÃO FARIA MAIS SENTIDO.

  7. José Carlos disse:

    A única lupa cuidadosa que será usada na futura narrativa histórica será a dos cidadãos que tiveram suas mentes severamente cauterizadas pelo marxismo cultural.

  8. Daniel Avelar disse:

    Caro Kennedy, me parece que o senhor se esquece que temos uma legislação vigente que atesta que um condenado em segundo grau não pode concorrer a cargos eletivos, o que é o caso do Lula. O fato de que um dia este senhor foi um pilar democracia, algo que não nego, possa ter carta branca para praticar ilícitos ou mesmo facilitar para que seus parias o façam não pode mais caber em nossa sociedade atual. O mesmo vale para qualquer outro cidadão, seja de qual classe for, o que me entristece é que temos um ex-presidente preso, mas ao mesmo tempo me alegro por saber que aos poucos as coisas tendem a tomar um novo rumo. Vale lembrar que a “Lava Jato” já devolveu mais de 1 bilhão do que foi retirado por meio de corrupção institucionalizada pelo PT, partido que aliás vejo o senhor defendendo com tando zelo! Aproveito para deixar aqui a minha indignação quanto a outros políticos que deveriam estar encarcerados e ainda não estão, mas acredito que o dia deles também esta próximo!

  9. Roberto C. Vasconcelos disse:

    O raciocínio me parece correto. O que o PT busca é a imagem de vitima. Com isso, pelo menos, ele conseguiu levantar a militância que estava um tanto atordoada. Me parece que eles tentam chegar ao 2o. turno, e, pensam, que se for com o Bolsonaro, é mais fácil buscar o poder de fogo ($$$$$$) do Centrão, que dificilmente tentaria um encontro com Bolsonaro. Se o PT tiver 25% dos votos e Bolsonaro 30%, os outros 45% ficarão diluídos entre Alkimin, Marina, Ciro, Alvaro e outros. Posso estar errado (e espero que sim) mais não me parece absurdo achar que o PT não está alijado do processo. A disputa eleitoral quando envolve o emocional ela se torna imprevisível.

  10. joãobarbosa disse:

    fiquem tranquilos bons tempo virão ,eita saudades do governo fhc e sarney porque a gordura já tá
    acabando

  11. Josué sousa. disse:

    Kennedy, está ficando tão complicando que é bem hilariante a realidade que nos presenciamos. O PSDB arquitetou toda essa situação de aniquilação do PT, apostando em Aécio, que se desmoronou, daí passaram a contar com Alkimin, que também está desmoralizado pelos eleitores, cujo percentual de intenção de votos está baixo. com isto, vemos a volta da ditadura mordendo os fundilhos das calças, (riso) Pra quem tem Juízo e está na justiça sabe que em ditadura, quem manda são quem tem estrelas, e podem virar vaquinhas de presépio. Estou achando que as coisas estão ficando complicadas e delicada, muitos Deputados e Senadores, ficarão fora, não se elegerão, o número de abstinência e votos nulos, serão altíssimo. Acho até que corre-se o risco da Justiça até legitimar a candidatura de Lula, que jã foi aceita pelo STE, e reconhecer sua vitória, por ser uma forma de manter a democracia, pois os atuais candidatos não apresentam um perfil de competência pra administrar um país de tamanha complexidade.

  12. João Batista Freire disse:

    Kennedy, guarde os comentários. No futuro lhe darão um livro. E parabéns por publicá-los!

  13. Mariza disse:

    Kennedy, acho que não é favor nenhum ao PT julgar a questão Lula. O PT tem um dever moral com o Lula, e vai se afundar devendo este favor.
    Quanto ao fato da História olhar com Lupa este momento da História Nacional, concordo com você, o julgamento e condenação de corruptos é um marco na História do Brasil e deve ser vista com Lupa, principalmente o fato de que alguns Brasileiros continuarem apoiando a candidatura de corruptos já condenados em segunda instância. Confesso ser um retrocesso a questão Lula, mas jornalistas de esquerda preferem um Presidente corrupto a ter um corrupto preso.

  14. Adalmo disse:

    Este blog diz Lula seria tratado como vítima, mas por que ? Não vejo nenhuma ligaçao.

  15. LUIZ GONZAGA FARIAS disse:

    Acho que o PT está perdendo tempo com essa novela de empurrar com a barriga o prazo para oficializar a candidatura de Lula. O TSE não vai permitir e sendo assim, o substituto dele já deveria está em campo para ser conhecido pelos eleitores. A teimosia de Lula só está atrapalhando o Partido. Espero que o STE acabe logo com isso e decida finalmente se ele pode ou não ser candidato.

  16. Olindo Souza Marques Neto disse:

    Na minha humilde opinião, as forças conservadoras deste País (sistema financeiro, partidos de direita e parte do Judiciário)usaram a lei da ficha limpa em seu benefício… É isso mesmo!!! Na época, o Lula apoiou essa Lei e assinou-a, pois, em tese, essa lei iria moralizar a política e os políticos do Brasil, vindo inclusive a entrar em vigor.
    Todavia, de uns anos para cá, essas forças conservadoras vêm criando situações e se aproveitando dos maus hábitos da política, para fazer o jogo deles, e assim, criar meios de enquadrar os políticos de esquerda na lei da ficha limpa e tentando passar para o povo que estão moralizando o Brasil, mas na verdade, estão aplicando um golpe e assim tirando as esquerdas do poder e evitando que o Lula volte a governar o Brasil, mesmo porque eles não conseguem evitar isso através do voto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-15 07:20:31