aki

cadastre-se aqui
aki
Recomendo
15-11-2014, 12h45

Kandinsky: tudo começa num ponto

Exposição que mostra as raízes do abstracionismo passará por Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo

Daniela Martins
BRASÍLIA

A exposição “Kandinsky: tudo começa num ponto” iniciou seu percurso no Brasil pela cidade de Brasília, onde ficará até o dia 12 de Janeiro no Centro Cultural Banco do Brasil. A montagem, que seguirá depois para o Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo, é fruto da parceria do CCBB com o Museu Estatal Russo de São Petesburgo. Também estão expostas peças de outros sete museus da Rússia e de coleções da Áustria, Alemanha, Inglaterra e França.

Wassily Kandinsky nasceu em Moscou, em 1866. É considerado o precursor do abstracionismo na pintura. Conhecer sua trajetória é fundamental para compreender a arte contemporânea e os caminhos que levaram os artistas a experimentar representações que fossem além da figuração.

A curadoria selecionou não apenas obras de Kandinsky, mas também peças de arte popular e de artistas contemporâneos que o influenciaram. A intenção é proporcionar ao visitante um mergulho no universo que o cercou e que contribuiu para sua formação, como o folclore e o universo espiritual do norte da Rússia, as experiências vivenciadas na Alemanha, o diálogo entre a música e a pintura através da amizade com o compositor Schönberg e os caminhos abertos pelo exercício da abstração.

Além de toda essa contextualização, que realmente contribui para que o público apreenda um pouco do cenário cultural que envolveu o artista, a exposição também conta com uma sala de vídeo e uma sala de imersão.

Iniciar a visita assistindo ao vídeo pode ser uma boa opção para quem quiser entender mais sobre a cronologia e a biografia de Kandinsky.

Já os que preferem uma abordagem mais sensorial e menos didática podem começar pela sala de imersão. Óculos especiais e fones de ouvido permitem um passeio virtual ‘por dentro’ de uma das mais conhecidas pinturas do artista, ao som de Schönberg. É uma experiência diferente e surpreendente.

Confira os horários de visitação e as datas previstas para a itinerância da exposição no site do CCBB.

k1

Créditos das imagens: © Kandinsky, Wassily, / AUTVIS, Brasil, 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 20:07:03