aki

cadastre-se aqui
aki
Política
31-12-2014, 20h35

Lava Jato e economia desafiam Dilma em 2015

3

Postado por: ISABELA HORTA

A presidente Dilma Rousseff concluiu a reforma ministerial nesta quarta-feira, no último dia de 2014. Escolheu o embaixador do Brasil em Washington, Mauro Vieira, para chefiar o Ministério das Relações Exteriores.

Dilma decidiu que vai dar mais importância ao Itamaraty no segundo mandato. Há críticas dos diplomatas e do PT que a pasta não tem verbas nem a importância política que tinha no governo Lula.

Com Mauro Vieira, Dilma sinaliza intenção de mudar sua política externa. A aproximação com os Estados Unidos será uma prioridade em 2015.

A presidente mexeu em 24 dos 39 ministérios. Manteve apenas 15 ministros nos atuais cargos. Mudou bastante. É sinal de que reconhece erros e de que precisa fazer correções.

Na economia, o principal desafio será reduzir a inflação e aumentar o crescimento. Na política, será enfrentar os efeitos da Operação Lava Jato. Por isso, ela montou um ministério pragmático, contemplando aliados para atravessar crises políticas. Em 2015, muitos deputados e senadores poderão ser cassados devido à Lava Jato. E isso vai afetar o governo.

Confira o comentário:

Comentários
3
  1. SÉRVULO BARROS BEZERRA disse:

    A PRESIDENTE DILMA, tem agora a oportunidade de fazer um excelente Trabalho com esta nova Equipe, o que precisa é liderá-los aproveitando o máximo de cada competência para fazer com que as falhas cometidas no passado, sirvam de referências para tomadas de decisões com mais grandeza e precisão de objetivos, assim o Brasil vai seguir firme avançando de forma exemplar pelos caminhos traçados com os resultados de nossa economia em busca de correções viáveis que o leve ao pleno lugar merecido que deveria estar desde quando assumiu o primeiro mandato presidencial, mas tenho certeza, é questão de alguns ajustes para o Brasil voltar a se posicionar entre as maiores economias, pois competência Ela tem e agora está com excelente equipe Ministerial, tanto que vamos chegar em menos tempo ao espaço merecido da economia mundial. Quem sabe nem seja preciso me chamar para ajudá-la de alguma forma, mas seja para qual for a função, me coloco a disposição para contribuir direto ou indiretamente para chegarmos ao foco principal a atingido em menos espaço de tempo.

  2. Antiprivata disse:

    Sempre afeta o governo porque a oposição está bem guardadinha sob o colchão da mídia. Tanto que, para não ficar feio, permitiram apenas dois oposicionistas fossem mencionados…ambos MORTOS!! Voces acham que o povo, pelo menos boa parte dele, é trouxa!

  3. O que se observa no mandato que se inicia é o descrédito construido antes e depois das eleições, um primeiro mandato totalmente destrambelhado coisas que aconteceram como é o caso do mensalão, em seguida o caso da petrobras, os dois casos tendo como matriz o pt e suas lideranças máximas o lula e dilma, e que sempre afirmaram nada saberem em relação aos assuntos que todo o mundo já sabia, menos a sociedade brasileira sobre a corrupção existentes nos altos escalões da República. Graças talvez a passagem do SENHOR JOAQUIM BARBOSA pelo STF, contrariando a tudo e a todos está sendo possível conhecermos parte do lamaçal que existe neste PAÍS e digo parte porque ainda não se sabe verdadeiramente se existem autoridades com a moral e coragem que tiveram os EX-MINISTROS GURGEL/Procurador Geral da República e JOAQUIM BARBOSA/Presidente do STF na condução do Processo do MENSALÃO que terminou na condenação das primeiras RATAZANAS da República. Bem que o exemplo poderia ser seguido, mas, há dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-26 06:34:15