aki

cadastre-se aqui
aki
Política
08-09-2019, 8h59

Lava Jato tramou contra Lula e Dilma e mudou a história do Brasil

Reportagem da Folha e do Intercep revela métodos ilegais
21

Kennedy Alencar
BRASÍLIA

É gravíssima a reportagem publicada hoje pela “Folha de S.Paulo” e pelo “The Intercept Brasil” com o título “Conversas de Lula mantidas sob sigilo pela Lava Jato enfraquecem tese de Moro”.

A reportagem revela que Moro, policiais federais e procuradores da República agiram para interferir no processo político a fim de evitar a nomeação de Lula para a Casa Civil no governo Dilma e contribuíram para radicalizar o ambiente político no país, tramando a queda da então presidente petista do poder.

Leiam a reportagem e os diálogos na íntegra no final deste texto. Procuradores celebram estratégia política e ilegal. Sem humanidade, chamam Lula de “9”, numa referência pejorativa aos nove dedos do presidente, que perdeu um deles em acidente de trabalho. Deixam claro que seguiram orientações de “Russo”, apelido de Moro, que agiu como acusador e não juiz na Lava Jato. Todos demonstram ter ciência de que praticavam ilegalidades e alguns zombam disso no Telegram. Neste episódio, vazaram o que interessava para manipular a opinião publica, criar mobilizações nas ruas contra o governo e envenenar o debate político.

Moro, agentes da PF e procuradores mantiveram em segredo diálogos de Lula com o então vice-presidente Michel Temer na busca de um entendimento para evitar o impeachment. Esconderam também toda a hesitação do petista em aceitar ser ministro da Casa Civil. Quem acompanhou os bastidores de verdade e tinha a informação na época sabe que o motivo principal daquela articulação era tentar salvar o governo, não obter foro privilegiado no STF.

Mas a Lava Jato, ciente disso, manipulou a opinião pública e mudou o rumo da história do país para que chegássemos hoje ao governo Bolsonaro. Até agora, muita gente dizia que a Lava Jato contribuiu para o impeachment. Essa reportagem mostra que a Lava Jato atuou para que Dilma fosse derrubada e jogou ilegalmente para prender Lula. Isso não é papel do sistema judicial. É uma forma de corrupção grave. Autoridades públicas têm compromisso com a lei que os criminosos não possuem.

Se as ações de Moro, delegados da PF e procuradores da República são um combate legal à corrupção, o país está frito. Está nas mãos de um estado paralelo que persegue inimigos políticos. Ontem foi Lula. Amanhã serão os críticos desses messiânicos que abusaram do seus poderes.

Se o Supremo Tribunal Federal, a Procuradoria-Geral da República, o Conselho Nacional de Justiça, o Conselho Nacional do Ministério Público e o Congresso Nacional tinham dúvidas de que precisam tomar providências para investigar e punir crimes e abusos de poder das estrelas da Lava Jato, a reportagem de hoje elimina qualquer hesitação ou objeção a uma resposta dura da parte de nossas instituições.

Leiam a reportagem. Vejam os diálogos da Lava Jato sobre conversas de Lula. Leiam os resumos de conversas grampeadas de Lula com Temer e aliados.

Tirem suas conclusões se são métodos de um Judiciário, Ministério Público e Polícia Federal de uma democracia plena ou de uma república de bananas. A lei e o jornalismo devem valer para todos. A Vaza Jato está dando uma contribuição ao combate à corrupção no Brasil. Só não enxerga quem não quer.

Comentários
21
  1. Antoni Souto Coutinho disse:

    É lamentável que tudo isso tenha acontecido e colocado o Brasil numa situação tão desastroza.

  2. Celso Veras Baptista disse:

    Se havia alguma dúvida de que formavam uma quadrilha, disposta a derrubar um governo e promover a prisão da maior liderança política do país, não há mais. Em um país sério estariam todos presos ainda hoje.

    • José Airton Coimbra Abreu disse:

      O que esses canalhas (Moro e cia) fizeram é o maior crime da História do Brasil. Isso é um ato vergonhoso. Infelizmente, vivemos e um país sem justiça. Ou em um país onde a justiça é mais corrupta de todas as Instituições…

  3. José Henrique Fernandes Borges disse:

    Esse texto resume a situação política em que vivíamos… Vistas de longe, as atitudes de Moro e seus colegas da lava jato podem ser interpretadas como o estopim do golpe e início deste período de trevas que sofremos

  4. Norma Nascimento disse:

    A conversa de 8 minutos do cientista político Alberto Carlos Almeida com Lula está no youtube desde 17 de março de 2016.

    A indecisão de Lula e a insistência de Alberto Carlos sobre a governabilidade que Lula traria está no youtube desde 17 de março de 2016.

    Qualquer um saberia disso desde 17 de março de 2016.

    Precisar de Intercept três anos depois mostra a falência e hipocrisia do jornalismo brasileiro, parceiro do Golpe.

  5. Márcio Ribeiro disse:

    Kennedy, já vi outros momentos graves em que vc postou comentários mais brandos e com neutralidade. Hj vc fez uma clara posição jornalística aos acontecimentos. Não volte atrás a construção da narrativa deve se fortalecer a cada dia. Se possível, aproxime-se do “The Intercept” e participe das reportagens de denùncia do que estamos vendo. Aproxime-se do canal 247 com entrevistas mais contundentes. Coisas deste tipo. Um abraço!!

  6. João Carlos disse:

    Olá Kennedy!
    Suas reportagens de fato são extraordinárias, a clareza dos textos não deixam dúvidas e nem um posicionamento particular. Isso facilita a compreensão das notícias para leigos como eu. Parabéns Kennedy!!!

  7. walter nobre disse:

    Tenho imenso respeito por ti Kennedy, acredito que de fato vc acredita nesta situação conveniente aos adeptos, mas a grande verdade, nos temos um País quebrado, independente da Lava jato, que só pós o dedo na ferida após a lava jato, independente de supostos excessos, que não foram provados até então…mas caminham para serem apreciados por juízes de várias instâncias..
    As investigações seguirão, através de inúmeras situações analisadas e balizadas por muitos profissionais do direito e da PF, e tenho imensa confiança na Lei, que tudo vai chegar até onde tiver que chegar; estou usando falas do lula, se for inocente sairá pela porta da frente…

  8. André disse:

    Obrigado, Kennedy, pelo trabalho sério, voz independente e racional nesses tempos de escuridão. Está claro o que houve, e é grave.

  9. Douglas Evangelista disse:

    Sempre sucinto e claríssimo Kennedy! Pena que o tipo de jornalismo analítico que vc faz, seja tão exíguo no Brasil de hoje, quando mais precisamos de muitos iguais a vc, a Nassif e poucos outros do calibre equivalente! Parabéns pela insistência, e esperando que aconteça o milagre que vc espera, em que os Homens e Mulheres públicxs de valor, comecem a cumprir seu papel. Eu estou cada dia mais pessimista…

  10. Wellington Alves disse:

    Usando as expressões fascistas, agora sim temos uma ORCRIM no poder. Uma milícia formada para sangrar o Estado brasileiro.

  11. […] a queda da então presidente do PT do poder”. Veja a íntegra do comentário do jornalista. https://www.blogdokennedy.com.br/lava-jato-tramou-contra-lula-e-dilma-e-mudou-a-historia-do-brasil/ 3. Em nota, a defesa do ex-presidente Lula destaca o conluio de Sérgio Moro e procuradores nos […]

  12. Gilberto Camara disse:

    Bem, Kennedy. Agora, e com o que + há de surgir na tramoia dos usurpadores da Lava Jato – Moro e Dalagnoll à frente – cabe às procuradorias, promotorias, conselhos, Polícia Federal, STF, os demais tribunais superiores e órgãos auxiliares procederem a uma operação a miúde em torno da Vaja Jato e trazer também para o meio da berlinda esse Fabrício Queiroz (04) e os filhos 01,02, 03 e o cabeça Bolsonaro, aí a coisa fica animada!

  13. […] Lava Jato manipulou a opinião pública e a imprensa no episódio do grampo de Lula-Dilma. Mudou a História do Brasil, abrindo caminho para um desarranjo institucional que jogou o país nas mãos de Jair Bolsonaro. […]

Deixe uma resposta para João Carlos Cancel reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-09-20 02:15:27