aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Geral
16-11-2015, 20h55

Lei anti-terror brasileira deve ganhar impulso

Câmara analisa projeto; Olimpíadas terão reforço de segurança
16

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Os atentados em Paris devem dar impulso à aprovação de uma lei anti-terrorismo no Brasil, segundo avaliação de líderes partidários no Congresso. Hoje, a Câmara analisa um projeto que foi aprovado pelo Senado.

Partidos de esquerda temem que o atual formato do projeto criminalize movimentos sociais, mas os ataques na França devem fortalecer os argumentos a favor de uma lei mais dura.

Outro efeito: apesar de o governo dizer que tem um forte esquema de segurança para as Olimpíadas, haverá um revisão de procedimentos. Provavelmente, a segurança terá de ser ainda mais reforçada do que a da Copa do ano passado.

*

Morde e assopra

A presidente Dilma Rousseff demorou a defender Joaquim Levy porque ela mesma quis colocar pressão sobre o ministro da Fazenda a fim de fazer mudanças na política econômica, como aumentar o crédito para alguns setores.

Dilma ficou calada durante toda a semana passada, quando Levy voltou a ser pressionado pelo PT, pelo ex-presidente Lula e por ministros do governo. No entanto, Dilma falou hoje a favor do ministro a fim de dar uma sobrevida a Levy, que se enfraqueceu justamente por falta de apoio dela.

A presidente ainda avalia a conveniência de substituir Levy pelo ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, mas, por ora, esfriou a fritura do ministro da Fazenda.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Comentários
16
  1. César disse:

    Espero que a lei antiterror, criminalize os abusos dos movimentos sociais, que protestam destruindo pesquisas cientificas e destruindo patrimônio público e(ou) privado. Vandalismo não é protesto! Truculência, vandalismo, destruição e terror, tem que ser criminalizado, separando o joio do trigo.

  2. César disse:

    No futuro será lembrada como Dilma a perdida, a Presidente vacilante.

  3. Pavarotti disse:

    Pois então. Continua este cansativo hábito de postergar decisões necessárias.

    Já não importa mais se Levy é ou não é o mais indicado. Nesta “altura do campeonato” serve a cabeça dele apenas para que seja atirada ao sacrifício. Pouca diferença faz se ele tem talento ou não, se teve boas intenções, se foi preterido, bloqueado, se tinha razão ou se não tinha, tsc, que se dane! Que vá para inferno com sua calculadora financeira e tudo, como dizem os alemães.

    O mercado quer respirar ar fresco, ver gente nova no comando da economia, cabeças modernas, menos submissas e mais criativas, com sexto sentido apurado, chega de gente com a pele esverdeada pela tinta da contagem das notas nos cofres dos banqueiros, e, neste sentido, o Meireles também não acrescenta nada.

    É outro que se alimenta das teorias ultrapassadas dos anos 80. E também é um puxa saco, uma maria que vai com as outras.

    Precisamos de um ministro com carisma, firme, forte, boca dura, chega de gente que fala fino. Alguém que diga à Dilma que ela vá prestar um vestibular de economia ante de dar palpites no rumo da administração da coisa pública. Alguém que diga: “cala a boca todo mundo aí que nesta porra mando eu”, isto dito enquanto bate vigorosamente com o pinto na mesa. Chega de falsetes, vamos aos tenores, que venha um homem para tratar do assunto. Chega de papo de mulherada, de mansos, de puxa sacos. Basta de babaquices.

    Aposto que isto afastaria o pessimismo empresarial bem rapidinho.

    • Marcelo Silvestre disse:

      Pelo jeito, vc quer alguém como o Hugo Chávez. Ou, talvez, Saddam Hussein. Será que as pessoas ao menos pensam antes de escrever? Precisamos de um conciliador hábil, não de um ditador bufão.

  4. Reinon disse:

    PT, PcdoB , PCO , Psol não vai gostar desta lei !!

  5. abilho disse:

    PROBLEMA > REAÇÃO > SOLUÇÃO…
    Aqui no brazil já não temos quase nenhuma liberdade a perder mesmo..fico me perguntando oq virá.
    Deus é mais

  6. Getulio disse:

    Poderiam começar indiciando alguns opositores que não vencendo democraticamente nas urnas pedem golpe.

  7. Marco Túlio Castro disse:

    Moro na Europa e acho que não deveriam aceitar este pessoal aqui sem uma analise minunciosa da vida pregressa deles. A Europa está cheia de terroristas infiltrados. O politicamente correto ainda vai acabar com a Europa. É pereciso derreter o estado islamico como os franceses estão fazendo. Acho que a NATO deveria bombardear a Siria até acabar completamente com estes terroristas. Todo terrorista é um covarde. Voces ai no Brasil não estão seguros. Os europeus não vão ficar dizendo que tem que devolover paz e amor enquanto são explodidos. Os brasileiros aceitam serem roubados e mortos por bandidos sem fazer nada mas Os europeus vão encher aquilo la de bombas até transformar o chão em vidro.

  8. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A lei anti-terror brasileira deve ser redigida com muito cuidado, para não incomodar o exército do Stédile, o PCC, o Comando Vermelho, a Via Campesina os Black-Blocks e outros tantos traficantes, menores assassinos e políticos que tanto contribuem para a grandeza da nação.

  9. Rafaella disse:

    Coitado do Brasil. Nem consegue combater os traficantes

  10. mário disse:

    Os maiores predadores da humanidade (Alemanha, frança, inglaterra, Belgica, Espanha, Portugal e EUA), desculpem se esqueci alguém, estão colhendo o que plantaram. O problema é que promover destruição no quintal dos outros é uma beleza, quando acontece no seu quintal é a barbárie atacando a civilização. Isto é uma piada!

  11. mario machado disse:

    O ideal seria ela mesma achar que já está pronta a largar o Poder confessando-se incapaz a continuar governando. Afastando-se, abriria o caminho a outro ocupante da cadeira presidencial. Os disponíveis do momento não se encaixam devidamente ao mando de uma Nação de perfil republicano e democrático como o Brasil, eivados, todos eles, por múltiplos problemas. Novas eleições, imediatamente, seria o mais conveniente ao país inteiro. O novo sufrágio seria vedado aos candidatos anteriores. A doença que assola o Brasil tem cura. Sigamos à frente escudados por Lei Antiterror sólida e, contudo, sem a participação de partidos e seus afiliados mais influentes.

  12. Alberto disse:

    Lei anti-terror? Hummmmmm.sem comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-11-26 01:07:13