aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
27-11-2014, 21h50

Levy desautoriza Mantega com superávit menor e crível em 2015

10

Postado por: ISABELA HORTA

Nesta quinta-feira, o Palácio do Planalto fez o anúncio da nova equipe econômica da presidente Dilma Rousseff. Joaquim Levy foi oficializado no ministério da Fazenda e Nelson Barbosa, no Planejamento. O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, permanecerá no cargo.

A principal mensagem transmitida pelos ministros é que serão corrigidos os erros que Dilma cometeu na economia no primeiro mandato. O trio que vai comandar a política econômica tem papéis bem definidos.

Na Fazenda, Levy vai recuperar a credibilidade das contas públicas para evitar a perda do grau de investimento. É uma recomendação internacional para colocar dinheiro no Brasil.

No Planejamento, Barbosa vai discutir medidas para recuperar a confiança dos empresários e convencê-los a fazer mais investimentos.

E Tombini, no Banco Central, vai tentar reduzir a inflação dos atuais 6% ao ano para 4,5% ao ano, que é o centro da meta oficial.

Apesar do perfil centralizador de Dilma, tudo indica que os novos ministros terão autonomia para trabalhar. Foi simbólico a presidente não aparecer hoje no anúncio oficial. Todos os holofotes se voltaram para os novos ministros.

Levy já chegou desautorizando o atual ministro da Fazenda. Guido Mantega havia dito que a meta de economia para manter a dívida pública sob controle seria de 2% do PIB em 2015. Levy disse que é possível fazer 1,2%. Ou seja, acabou a maquiagem das contas públicas.

Dilma fez boas escolhas para a equipe econômica. Pediu um ajuste gradual, que não esfrie demais a economia.

Confira o comentário:

Comentários
10
  1. Pedro Lago disse:

    Tirando o fato de que a presidente cometeu estelionato eleitoral, as escolhas foram boas, absolutamente alinhadas com as propostas de Aécio Neves. Vamos ver o segundo escalão e o destino do Arno Augustin e do Luciano Coutinho. Se tiverem cargos no governo, ainda que periféricos, sempre serão uma sombra a atual equipe.

  2. Djalma Camacam Bomfim disse:

    Caro Kennedy,
    Não sou economista mas, desta vez, sinto-me muito à vontade para falar de coisas que geralmente, os políticos opositores não falam:
    a) a inflação se mostrou dando caras de quer voltar. Moral da história – todo país que sediou a Copa do Mundo, historicamente, teve como experiência o aumento da inflação;
    b) no Brasil, todo ano de eleição o é o ano, também, do descrédito e da desconfiança com relação aos investidores e aos investimentos;
    c) não temos poupança interna, de origem doméstica, capaz de promover os investimentos necessários ao crescimento e desenvolvimento econômico;
    d) em todos os nossos processos de desenvolvimento, temos que avisar aos organismos internacionais, o que sentimos, o que achamos e o que devemos fazer e não são raras as vezes em que, para ganhar as eleições, foi escolhido dizer ao mundo que nossa principal empresa estatal, a PETROBRAS, estava sendo aviltada, desmoralizada e, quase na bancarrota;
    e} isso foi uma jogada de marketing, da política, mas uma desgraça brasileira – alimentada pela oposição que está cada vez mais convicta de que para ser elevada ao poder, os indicadores econômicos,tem que está, quanto pior, melhor, para a tomada do poder;
    f) DAQUI PRA FRENTE/TUDO VAI SER DIFERENTE/TÉCNICO NOS MINISTÉRIOS/DEVEM SER PERMANENTES/A ECONOMIA, AS FINANÇAS E O PLANEJAMENTO SERÃO EFICAZES E EFICIENTES.
    Isto é o que conta, porque pela primeira vez na história deste pais, uma mulher de coração valente, foi reeleita presidente. Vou parar pois, daqui pra lá, tudo vai rimar e a oposição pode se calar. Parabéns, presidenta!!

    • Homero Junior disse:

      Djalma. Com todo o respeito, seu comentário é uma piada digna dos Petistas incompetentes que deixaram a Petrobrás da maneira que está e o País com menos educação, saúde e segurança. Tudo isso para se manter no poder. Cada um com sua posição política. Respeito a sua. Mas um país como nosso, vivendo essa lamúria, esse desperdício de dinheiro público, e essa incompetência administrativa não é o país que me serve. Se serve para você, faça bom uso e continue aplaudindo essa máfia que se apoderou do poder, só Deusa sabe como.

  3. 2º MANDATO: "PRESIDENTE, LIVRE-SE DO LIXO QUE A CERCA"! disse:

    Diz um velho ditado que quem tem … juízo, vai, tem medo!
    No início do governo da presidente muita gente lhe avisou, até aqui no blog do Kennedy: “PRESIDENTE, LIVRE-SE DO LIXO QUE A CERCA”.
    Mesmo gente da oposição, aceitando democraticamente que ela havia vencido as eleições, e que portanto deveria governar para “todos os brasileiros”, e não somente para seu grupo, torcia para que ela desse certo. Porém, enxergando que para que ela pudesse governar “para o Brasil’, deveria livrar-se da lixaiada que veio do governo anterior.
    Infelizmente ela não deu ouvidos. Além de manter a lixaiada, acrescentou mais lixo indicado pelo Ali Babá corrupto.
    O resultado estamos vendo aí. Tudo na economia maquiado, petrolão, um monte de ministros demitidos.
    Mas pelo menos, parece, ela lembrou-se de 1964. Muita coisa hoje está lembrando aquele tempo. Ainda bem que, parece, ela lembrou-se e está querendo começar a livrar-se da lixaiada que a cerca.
    Vamos torcer para que comece realmente uma mudança, para melhor.
    E que ainda haja tempo.

  4. David Dias disse:

    Eu votei no Aécio pois nunca votei em qualquer esquerdistas,socialistas e etc. pois este sempre foram os piores e só perdem para o PT que se equivale ao Nazismo mas sempre dizia que quem deveria vencer a eleição seria a DILMA pois ela errou ao se atrelar ao PT de quem recebeu o mandato e à ela caberia se redimir e corrigir seus erros. Agora só espero que tal aconteça não só na área econômica mas sim em todas as áreas pois os erros são enormes e espero ainda que ela deixe o PT de lado pois é a praga que contaminou o País e melhore a administração da coisa pública para que o próximo Presidente que tenho certeza não será do PT e nem do PMDB possa dar continuidade coisa que o PT não fez com relação ao Governo do FHC que deixou tudo ótimo e era só fazer os acertos e hoje não estaríamos nesta situação. Desejo muita garra e bons ajudantes à Dilma.1

    • luiz carlos disse:

      Realmente deixou, inflação alta, desemprego alto, desconfiança alta, dólar alto, e etc… nível de pobreza alto.
      A coisa tava tão ruim quando terminou o mandato, que não conseguiu nem fazer o sucessor, além disso ficou escondido nas campanhas de 200206 e 2010.

  5. ZENON FERREIRA DOS SANTOS disse:

    Acredito que esses nomes foi indicado e até imposto por Lula. Talvez, por isso, ela não tenha comparecido para apresenta-los ao povo. Só espero que essa equipe, ao pôr a economia em ordem, não recebam o CARTÃO VERMELHO.

  6. Daniel disse:

    Desculpe caro Kennedy, mas sabemos que não foi a Dilma que escolheu o Levy. Foi o Lula.
    Ele fez parte do governo do FHC, do Lula e era da equipe do Arminio Fraga.
    Ela deve estar “P” da vida porque ficou evidente que, com essa escolha, assume que a politica correta a ser aplicada é a que defende o PSDB.
    Como é do conhecimento de todos que o Mantega era fortemente comandado por ela, sendo assim, todas as maquiagens e metas não cumpridas são o perfil de trabalho da Dilma, vejo que a relação com o Levy será acalorada nos bastidores.
    Mas não importa, porque sabemos que quem manda é o molusco e ele vai fazer de tudo para arrumar a casa nesse mandato para estar elegível no proximo.

  7. Joaquim disse:

    Kennedy se acabou a maquiagem, nós iremos descobrir nos próximos meses.
    Sinceramente torço para que sim, mas já começa com uma grande maquiagem que a mudança da lei de responsabilidade fiscal.
    Como prudência e caldo de galinha não faz mal a ninguém é bom esperar a ver como fica.

  8. Francisco Raimundo Alves Leitão disse:

    Bom dia Ministro!

    Prezado Levy

    Confio no seu trabalho e nos metidos utilizados.

    abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-26 12:02:33