aki

cadastre-se aqui
aki
Política
16-10-2015, 9h33

Lula, Dilma e PT agravam crise ao fritar Levy

Cunha aposta em espírito de corpo de colegas para tentar manter mandato
39

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, virou bode expiatório das dificuldades políticas e econômicas do PT e do governo. Nos últimos dias, cresceram as críticas do partido e do ex-presidente Lula ao ministro da Fazenda.

Levy sofre uma fritura injusta e equivocada. O PT e Lula cometem um erro que pode aumentar a gravidade da crise econômica e que tem utilidade zero para ajudar o governo a superar seus problemas na política.

O ministro da Fazenda cometeu alguns erros, como se comportar de forma arrogante em alguns momentos em relação ao Congresso e ao dar muito foco a apenas um lado do ajuste fiscal, o da necessidade de cortar gastos para equilibrar as contas, mas sem ressaltar que isso era requisito para a volta do crescimento.

É justo reconhecer que, nas últimas semanas, Levy mudou o discurso e tem enfatizado que o ajuste é um caminho para a volta das condições de crescimento econômico. Ele também se isola no governo, agindo sem combinar com outros ministros e a presidente.

No entanto, esses erros de Levy são fichinha perto dos equívocos da presidente Dilma Rousseff. Foi a destruição do superávit primário, que é a economia para manter a dívida pública sob controle, que levou à perda da credibilidade fiscal do país.

Desde a perda do grau de investimento na Standard & Poor’s no início de setembro, o governo, a base de apoio rebelada no Congresso e a oposição não tomaram nenhuma medida efetiva para combater a crise econômica, com exceção da manutenção de alguns vetos presidenciais a projetos da chamada “pauta-bomba”. É um serviço que ficou pela metade, porque ainda há vetos que impedem irresponsabilidade fiscal que precisam ser apreciados. Isso está previsto para o mês que vem.

Ulysses Guimarães, que presidiu o PMDB, a Câmara e a Assembleia Constituinte de 1988, tinha uma frase ótima: “Não se deve fazer piquenique na cratera do vulcão”. Fritar Levy agora, como têm feito o PT e o ex-presidente Lula, sob o olhar complacente da presidente Dilma Rousseff, só vai resultar em mais problemas e mais sacrifícios para o país.

Com suas qualidades e defeitos, Levy tenta encontrar um caminho, que é a retomada de um pilar fiscal consistente. Seus críticos defendem a volta de uma política econômica que levou o país à beira da cratera do vulcão.

*

As recentes medidas pedidas ao STF pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, mostram que não existem condições políticas para que seja firmado um acordo entre Eduardo Cunha e o governo. Ainda que quisessem, seria difícil para as partes dar proteção política uma à outra.

No máximo, podem oferecer um tubo de oxigênio num momento de crise. Eduardo Cunha vai adiar uma decisão sobre impeachment porque interessa a ele manter essa ameaça no ar: amendronta o governo e impede a oposição de jogá-lo ao mar de uma vez.

*

De acordo com deputados aliados, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, tem dois desejos em relação ao Conselho de Ética da Casa.

O primeiro é protelar ao máximo a tramitação de um processo que pode recomendar a cassação do mandato. O segundo desejo é a aposta de que o espírito de corpo prevaleça, e os deputados não recomendem a cassação, o que parece difícil diante do que tem sido revelado.

O raciocínio de aliados do presidente da Câmara é o seguinte. Dizer aos membros do Conselho de Ética que há dezenas de parlamentares investigados na Lava Jato e que essa apuração já tramita num foro rigoroso, o Supremo Tribunal Federal. Recomendar a cassação de mandato seria um prejulgamento direcionado, a escolha de um alvo seletivo, justamente o discurso público que Cunha tem feito. Quais são os problemas desse discurso?

A revelação de contas na Suíça, comprovada por documentos, mostrará que Cunha mentiu ao depor espontaneamente na CPI da Petrobras. Logo, a cassação se daria por quebra de decoro devido à mentira.

O argumento da seletividade investigativa não se sustenta. Atende aos interesses de Eduardo Cunha e de quem deseja acuar a presidente Dilma.

As apurações estão em andamento. Na Procuradoria Geral da República, há outros pedidos de inquérito e de denúncia saindo do forno. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tem atuado com equilíbrio.

Atacar Janot é uma má resposta às acusações graves que pairam sobre o presidente da Câmara. Em resumo, a aposta no espírito corporativo e no que saberia de outros parlamentares poderia ajudar Cunha, mas dificilmente será suficiente para deixar em segundo plano acusações tão graves.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
39
  1. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Venceu a ideologia do roubo, da safadeza e da bandidagem. Ninguém está interessado no cidadão de bem, apenas em suas boquinhas. O congresso não tem moral para promover nada de bom, já que está metido até as orelhas no “trem da alegria” dos cargos e salários.
    A gráfica do Senado é um cabide tão grande quanto o executivo sindical-pelego.

    • walter disse:

      Cara Maria Aparecida Ramos Tinhorão, sua indignação procede; agora estão iniciando a “CENSURA” A MEIOS DE COMUNICAÇÃO, A QUALQUER UM QUE FALE MAL DOS POLÍTICOS; TENTAM AMORDAÇAR COMO NA DITADURA…
      Caro Kennedy, a dilma nunca deu espaço ao levy; serve como massa de manobras, e aos interesses dos banqueiros; Fritar o que já esta “QUEIMADO”, este governo quer confundir para ganhar TEMPO…
      Estão transferindo a responsabilidade ao congresso, forçando a CPMF; se for fato que suas PEDALADAS CONTINUAM, NÃO VÃO CUMPRIR METAS NENHUMA; viveremos no vermelho; O PLANO B É ESTE…
      O lula quer “bagunçar” para desviar o assunto; não existe compromissos com a regularidade; continuarão a comprar cabeças”

      • Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

        Walter, obrigado e parabéns pelo seu discernimento ! Realmente, ninguém fala NADA a respeito do congresso e suas mazelas. É algum tipo de censura ? … ou cumplicidade ? São muitos cargos para todos os tipos, cores, gostos e tamanhos !

  2. Sônia Ribeiro disse:

    NOJO é o nome desta política brasileira. Quadrilhas são os nomes dos partidos políticos e Seita do Mal o nome deste partido político PT. Fundo do poço é pouco para o que estão fazendo com o país. E tudo continuará como dantes no quartel de Abrantes. Fornos gigantes, mais uma vez, estão sendo construídos para as pizzas gigantes! E o povo sempre passivo, continuará pagando a conta…..

  3. mario machado disse:

    FALANDO AO JORNALISTA KENNEDY

    Estimado Jornalista:

    Toda essa literatura de seu perfeito comentário sobre o Ministro Joaquim Levy vem pautada por acertos inquestionáveis. De fato, o referido Ministro em destaque extrapolou, algumas vezes, os seus primeiro passos como Ministro da Fazenda e o seu discurso com o qual debutou o mundo político brasileiro. Oriundo de restrito mundo das finanças, e contaminado pela arrogância de sua “Chefa”, nem economista nem política inteligente, fora natural usar as mesmas ferramentas, desnecessariamente. Necessário se faz, sim, clareza às informações e termos menos técnicos para uma Nação despreparada, há muito, a ouvir os extremos contundentes às medidas drásticas de cortes profundos às gastanças e mais economia por parte do Executivo que tem sido pródigo ao uso desse expediente e dos Cartões Corporativos. “Apertar os cintos” é o que mais nós temos feito durante anos.
    As chamadas “pedaladas”, ainda que sob as capas de “urgências e extremadas necessidades contábeis”, têm os odores de “escamoteações” de quem errou notável e perigosamente a um dos pilares mais mantenedores ao equilíbrio econômico de uma Nação como a nossa: a obediência fiscal. Se outros governos erraram, então se faz necessário corrigirem-se erros do passado não imitando a nem uma só “vírgula” a presente situação para o “jogo” em curso. E, como sempre, já se fala em “Reforma da Previdência”. O sistema previdenciário brasileiro não está falido, nem poderá falir de acordo à nossa Carta Magna. O que tem acontecido, e muitos ignoram, é que se metem as mãos ao dinheiro ali estocado para encher os chapéus de outras nações alienígenas sob a desculpa de abrir frentes de trabalho no exterior ocupando mão-de-obra tupiniquim. Ledo engano, consciente, e falsa intenção à ajuda aos nossos trabalhadores. Daria para as nossas autoridades usarem mais verdades e menos “trapalhadas?”

  4. Gustavo disse:

    Caro Kennedy,
    ou a presidente governa para o Brasil ou para o PT. O que o Lula quer é salvar o PT com sua dezenas de cargos comissionados para pagarem o dízimo ao partido e assim o partido não morrer à mingua por falta de recursos. Para tanto, qualquer tentativa de reduzir ministérios e cargos comissionados vai diametralmente contra a vontade de Lula e PT. Essa gente não quer trabalhar. Partido dos trabalhadores é só no nome, pois o maior malandro é o próprio Lula. Levy quer reduzir os gastos do governo com esses cortes – farra dos cargos comissionados, farra da bolsa família, etc… Daqui á pouco está fora e o país se afunda ainda mais…

  5. Daniel Ribeiro disse:

    Politica é para poucos e nosso ex presidente é mestre no assunto, frita o Levy para tirar o foco da Nora.

  6. O que esta acontecendo ao ministro Levy apenas comprova que quem dirige o pais neste momento e o Lula e como consequência voltamos a enfatizar um governo sem respeito ao pais,sem respeito ao que vai acontecer aos pobres,sem privilegio,da população do Brasil,mas que eventualmente daria mais três anos de governo ao PT para ganharem mais e consequentemente destruírem mais o Brasil pois o mercado não restituira a credibilidade ao pais com a saída do levy

  7. Joaquim disse:

    Kennedy, todo o mal que estamos passando vem da irresponsabilidade de como nós ( brasileiros ) votamos. A democracia precisa da alternância. A alternância desmonta esquemas, traz a luz maracutais e destrói as tentativas de ditaduras.
    Porém é querer muito que as novas gerações aprendam com os nossos erros, eles tem que aprender com os seus próprios apesar disto nós deixar aturdidos e com muita tristeza.
    Vejamos: Nova Ponte MG, triangulo mineiro, uma das regiões mais ricas de minas, 10% dos bolsas famílias irregulares, funcionário publico recebendo; Ilheus-BA ( não estamos falando do sertão ) mais de 7.000 benefícios fraudulentos, 1200 funcionários públicos recebendo.
    Somente nesta duas cidades e neste tipo de beneficio temos quase 8.000 famílias que vendem o seu voto e a sua consciência. E sempre haverá quem compre, ainda mais se for com dinheiro publico e sempre é como nós mostram o mensalão e a lava jato. Vejam que não estou falando de partido A ou de partido B.
    Então meus amigos todo sofrimento é muito pouco para este tipo de gente. Espero que as instituições funcionem e que estas pessoas tenham pelo menos de devolver o dinheiro.

  8. Francisco Miranda disse:

    Bom dia Kennedy.
    Voce disse que os fatos com Levy podem agravar mais nossa situação. Voce acha que a essa altura tem alguém preocupado com nós, o trabalhador, o contribuintee que realmente carrega este país ??
    Gostaria de saber o fazem lá o STJ, STF, CCJ, comissão de ética e outros. Por favor, me responda.
    Quem poderá nos defender ??

  9. Mederios disse:

    O que chamam de crise política pode ser comparada a guerra de quadrilha entre traficantes onde os partidos políticos nada mais são que as fações tipo: CV, ADA, TC entre outras. A busca pelo poder a qualquer custo se confunde com a luta de territórios demarcados pelas quadrilhas. As poderosas AR15 utilizadas pelos facínoras se confundem com os mandados impetrados no STF pelos poderosos. Enfim, políticos se confundem com os traficantes e ameaçam a população indefesa do nosso país.

  10. Fabio Meirelles disse:

    Esse Levy já deveria estar fora do governo.
    Esse senhor é homem dos bancos, do mercado financeiro e não tem perfil algum de desenvolvimentista.

  11. wilson disse:

    O Sr. Eduardo Cunha esta sozinho agora, não tem apoio nem da oposição e nem do governo, logo é uma questão só de tempo para ele sair. ninguém consciente no congresso ira apoia-lo para não se queimar junto. alegar que outros deputados também cometeram irregularidades não adianta. cada um respondera por si mesmo. Deveria preparar a sua renuncia e cuidar de sua defesa.

  12. Rommel Ribeiro Godinho disse:

    Venho parabenizar por esta analise sobre fatos concretos, deixando a visão partidária de lado, oposto do que li e notei na matéria de Nassif,

  13. É impressionante a leviandade de Lula, Dilma, PT, Eduardo Cunha e Aécio. Não mais importa a deterioração do país, desde que se mantenham os interesses particulares desses vermes. Transformar Joaquim Levy em bode expiatório para tudo que acontece de ruim na economia, é crucificar alguém que tenta reverter o caos, se é que isso seja possível enquanto os acima citados continuem com poderes.

  14. Nilson disse:

    O que fez um executivo de banco deixar a iniciativa privada para entrar neste governo Petista sem rumo e incompentente, Provavelmente por pressão do banqueiro que lhe indicou, porque é perda de tempo, esta gente que está no governo pensa primeiro neles, segundo neles e sempre neles. O resto somos nós os cidadãos otários que pagam impostos e nada recebem em troca para o bem comum.

  15. alexandre heymer de paschoale disse:

    Sou economista e digo que estamos no fundo do poço e continuamos cavandoooooo

  16. Pedro disse:

    Nessa crise politica, os dois lados são vilões. Abertamente a mídia noticia reuniões sobre tentativas de acordos para salvar atos criminosos. Nao podemos assumir como normal a mera possibilidade de um partido qualquer que seja acobertar um ato criminoso como esse do Cunha. E aquela historia dos meios justificarem os fins muito falado no mensalão. Se comprovou crime, no minimo tem que ser afastado. Esse governo carece de competência de governança, e um desastre com suas estrategias, não possui valores, enfim, e péssimo !!

  17. Alberto disse:

    A situação da terra brasilis só deteriora.A sociedade,no fundo,é também,culpada por isso.De quatro em quatro anos temos a hora do poder e cidadania.Ao resto,tramas maquiavélicas e bota maquiavélicas nisso.

  18. FERNANDO DA COSTA disse:

    A estratégia do Levy é a mais capitalista possível, corta todos os investimentos e melhora o selo de bom pagador dos papéis do governo e enche os bolsos dos bancos e investidores. Isso é de interesse de 1% da população mundial! Ao invés de fazer isso, tem que se pegar as obras de infraestrutura e começar abrir editais para iniciativa privada isso vai aumentar o volume de contratações e fazer o dinheiro girar… E continuar firme e forte com os programas sociais. Essa é a receita básica. Não se deve dar um passo para trás e depois dois pra frentes, essa é a idéia incutida nas mentes dos brasileiros, um passo para trás agora vale por dez. É como na Grécia, cortaram os investimentos para pagar os bancos e provavelmente demorarão dezenas de anos para retornarem ao que eram. Os estados estão reféns do bancos essa é a verdade. Investir na população nunca é desperdício. Os EUA são prova disso, mesmo com a maior dívida do mundo tem uma excelente receita pois investiram no cidadão. Ficar dando ouvidos ao bancos é o mesmo que dizer que o banco é que governo o país e o país não tem nenhuma receita para governa faz tempo. Embora forcem o Estado a vender suas propriedades, os partidos do povo, nem diria de esquerda ou direita… deveriam zelar pelo patrimônio nacional não terceirizá-lo para uma máfia capitalista. Fizeram com a Vale, quase com a Petrobrás, querem fazer com a Rússia, com o Oriente médio… resumindo… é o fim do estado e o retorno da Monarquia.

  19. Santos disse:

    Acho que o Ministro Levy vai ser vítima do velho ditado: “quem com porco se mistura, farelo come.”

  20. fabio disse:

    governo está mais perdido que cego em tiroteio

    está mais que provado que esse governo não possui mais condições políticas nem morais para governar

    sofre sucessivas derrotas, sobrevive através de uma liminar cedida por um ministro comprado, quase 90% dos eleitores querem a saída dela, faz sucessivas mágicas fiscais para manter programas ditos sociais mas que não passam de ações populistas, incita luta armada, etc

    enfim, completo desgoverno que não sabe o que tem que ser feito e só se preocupa em blindar a presidente e o futuro candidato Lula

    está mais do que na hora de sair através de um impeachment ou simplesmente renunciar

    não existe mais clima nem condições de governabilidade

  21. Heriberto Rebouças disse:

    Será que a carreira do sr. Levy como ministro será do tipo “voo de galinha” que ele tanto fala?

  22. Julianna disse:

    Você pode não se lembrar do nome de nenhum político, mas com certeza, muitos deles você se lembra de quem são filhos. ( Georges Najjar Jr )

  23. Luciano Araújo disse:

    O mais lamentável é que tanto os atores do executivo quanto do legislativo são farinha do mesmo saco.

  24. FERNANDO DA COSTA disse:

    Na época de FHC morri-ase de fome por aqui e mesmo assim vendeu a Vale que vinha de vento e polpa e hoje poderia estar ajudando a educação com bilhões… Mas ao invés disso vendeu bem abaixo do preço para seus amigos americanos e compraram apartamentos por ae… E isso com o povo morrendo de fome. E agora a única forma de receber grau de investimento e tirar o investimento do povo que é o que justamente acelera o crescimento e a alegria. Ou seja, hoje o dinheiro de alguns vale muito mais que alegria e a felicidade de bilhões… Mesmo que insignificante a ajuda… já um ajuda… se não houver o estado ajudando voltaremos a ser a África. Saqueada pelos banqueiros, seus recursos naturais em troca de 1 dólar por dia! O mundo está ao contrário… as familias dos banqueiros que deve ter seus trilhões em movimentação começaram a mais dezenas de anos a controlar a grana… Hoje acreditam serem os donos das vidas humanas, daqui a pouco os cidadãos dos estados trabalhrão para pagar as dívidas que o Estado conseguiu por conta da venda de seus recursos naturais, da corrupção em forma de subsídios para multinacionais… Dos emprétimos com taxas absurdas dos bancos. O FMI só tem algo de internacional no nome, mas pertence a meia dúzia que estão poucos se lixando para o planeta… gastam bilhões do contribuinte americano para poder ir para o espaço, pois sabem que estão estimulando a destruição de tudo por aqui,

    • César disse:

      Correção. A Vale do Rio Doce poderia estar ajudando a “corrupção” com “Bilhões”. E estaríamos com mais dívidas em Dólares, mais processos no exterior, duas vezes mais falidos do que hoje. Está é a política petista, o importante é dobrar a meta!

  25. César disse:

    O partido da Presidente Dilma Rousseff é o primeiro da fila à contestar as medidas econômicas do governo dela. Depois os petistas manifestam-se aqui e chamam a oposição de golpista! Como classificar esta ambiguidade? Sabotam o Ministro da Fazenda Joaquim Levy o tempo todo e discursam apoiando a Presidente. Por isto que odeiam tanto o Presidente da Câmara Eduardo Cunha? Por ele ter forçado o PT a mostrar a sua cara nas votações que retiravam direitos dos trabalhadores? Se o PT apoia o governo, apoia também as suas políticas!

  26. João Alberto Afonso disse:

    Tive o privilegio de ser amigo do Ulysses Guimarães e, lamento e muito, a Câmara dos Deputados Federais e Senado, estarem nas mãos de Cunha e Renan, duas figuras das mais desprezíveis, tanto quanto Lula, Dilma, FHC, Collor, Sarney e outros. Enfim, o Brasil está entregue em péssimas mãos.

  27. César disse:

    José Dirceu – Condenado e preso.
    João Vaccari Neto – Condenado e preso.
    Pedro Corrêa – Condenado e preso.
    Marcos Valério – Condenado e preso.
    Kátia Rabello – Condenada e presa.
    Henrique Pizzolato – Condenado e foragido – Preso na Itália – Aguarda extradição.
    Ministro Levy, pule deste barco furado enquanto é tempo.

  28. Sergio disse:

    Sai Levy….sai Levy………………….sinceramente OPOSIÇÃO, pra que impeachment, se temos um governo como esse?…………..fora Levy……fora Levy

  29. Sergio disse:

    Por favor, alguém sabe me dizer onde o CEO Lulinha vai fazer uma palestra de empreendedorismo?..

  30. Anax disse:

    Kennedy meu caro, um Ministro da Economia com uma política desta que não deu certo em lugar algum do mundo, você querer dizer que é injusto as críticas à ele, deve estar de brincadeira.

  31. antonio barbosa disse:

    Meu bem perdoa, perdoa meu coração brasileiro, você sabe que jamais eu viverei sob o comunismo, jamais viverei. Meu bem perdoa, perdoa meu coração brasileiro, este ministro tá batendo de primeira para destruir as empreiterias, vão bora meu bem. A China vai entrar, a Russia vai sambar e Cuba vai mamar. Meu bem perdoa, perdoa meu coração brasileiro, os empreiteiros só roubaram porque os políticos são trambiqueiros, vão bora meu bem. LEVY…seu maluco de pedra. Você e os “tarados políticos” de Brasília e dos Estados falidos querem a CPMF sem saber que quem vai pagar este custo é o povão, ou em sua cabecinha você julga que os empresários não vão repassar os custos para os produtos? E se não puderem vão demitir? Vai Levy…vai embora meu querido, porque se você acha que aumentar impostos é a única saída, sai você primeiro.

  32. Reinaldo Gonçalves de Araújo disse:

    E agora, quem poderá nos defender? O Chapolim colorado também morreu!!!. Brincadeiras a parte, mas já está faltando ar. Não sei se é de tanto pagar aumento em tudo, agua, luz combustivel, alimentação e ouvir tantas barbarias vindo de Brasilia. Não podemos nem mais dizer que somos brasileiros com muito orgulho, porque os nossos lideres politicos nos trairam apunhalando pelas costas. Resta somente pedir a Deus que seja chegado a hora de cada um destes, ser revelado pela verdade ou falsidade e pagar pelos atos. Gente, se o Brasil é o paraiso o inferno também está no Brasil, logo ali em Brasilia.

  33. O MINISTRO JOAQUIM LEVY NÃO DESISTE DE CRIAR A CPMF!
    O ministro Joaquim Levy não desiste voltou a falar no retorno do famigerado imposto da CPMF. Ministro quando o senhor vai entender que o povo não aguenta mais um centavo de aumento na nossa carga tributária, já não basta o brasileiro trabalhar quatro meses no ano só para pagar impostos. Ministro o governo tem de fazer a sua parte que ele tentou mas, mais uma vez enganou o povo com essa falsa reforma Fiscal, que foi o mesmo que trocar seis por meia dúzia, ou seja, não adiantou em nada. Mais uma vez falo e repito todos têm de sofrer as consequências desse desgoverno da presidente Dilma, inclusive os políticos que aí está treze anos mamando nas tetas do governo. Ministro Joaquim Levy o problema do governo Federal e também dos estaduais e municipais é o inchaço da máquina pública, principalmente do Federal com essa montoeira de ministérios que só servem de cabide de emprego para os aliados do governo, ministro já foi provado para o governo Federal sair desse atoleiro em que se encontra é acabar primeiro com a famigerada política do toma lá-dá-cá, criada no governo Lula e seguida pelo governo da presidente Dilma e depois cortar o número de ministérios que devem ser cortados que são 20 e não 9, aí sim o país sairá desse atoleiro econômico que se encontra. Outra coisa ministro Joaquim Levy, fale para a presidente Dilma, em vez de ela mandar os nossos pesados impostos para as ditaduras comunistas africanas e da América Latina, através dos empréstimos secretos e fraudulentos do BNDES que ela invista em infraestrutura no país, principalmente nos nossos portos e aeroportos que é para as indústrias brasileiras terem condições de competir com as estrangeiras nas exportações e ganhar e com isso, as industriais irão produzir mais e gerar mais empregos e tirar o país dessa recessão em que se encontra, mais uma vez, ministro Levy a solução do Brasil não está na criação de novos impostos!!

  34. Sérgio Afonso disse:

    Vamos direto ao ponto: C H E G A !!!!! Era pra isso que quería-
    mos a volta da Democracia? Aqui já tem outro nome: A N A R Q U I A
    E como se debela a anarquia? Só tem um jeito e todos sabemos qual é, né? Temos medo de pronunciar a palavra? Afinal nosso governo
    democrata é extrermamente simpatizante de qualquer regime duro, mas não abre mão da espoliação do bem público. Acho que não esta-
    mos prontos para andar com as próprias pernas, temos que ter ainda
    “alguém” segurando nossas mãos!!!! Simplesmente não dá mais e
    tudo que estamos vendo depõe contra. Ninguém mais me convence
    do contrário. E que DEUS nos ajude!!!!!

  35. Caboatan disse:

    Pessoal, desde dos anos 80 orço falar que o nosso pais seria destruído. Para iniciarmos um novo. Até 2017.

  36. Pedro disse:

    Quem governa o Brasil hoje?

    Que medidas a “base aliada” conseguiu votar esta semana no Congresso?

    Como é que o Ministro-Chefe da Casa Civil se humilha ao ir 2 vezes à casa de um pres.da Câmara que rompeu c/ o governo e está sob suspeitas de corrupção?

    Como pode um Ministro da Fazenda ser vítima de uma conspiração arranjada por um ex-presidente?

    Até qd o Brasil suporta esse caos?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-11-21 03:55:54