aki

cadastre-se aqui
aki
Política
12-03-2015, 9h18

Lula diz a Dilma que pronunciamento foi erro político

51

Postado por: Daniela Martins

O ex-presidente Lula acha que a presidente Dilma Rousseff errou ao fazer um pronunciamento no último domingo. Para ele, foi um equívoco devido ao conteúdo ruim e ao momento inapropriado. O ex-presidente avalia que o governo Dilma só gera notícias negativas.

Lula considerou o conteúdo do pronunciamento fraco, mais uma vez responsabilizando a crise internacional por erros que a presidente cometeu no primeiro mandato. Também avaliou que o discurso foi feito na hora errada, porque o assunto principal do país era a lista de Janot sobre a Operação Lava Jato. Dilma criou um fato político que trouxe mais desgaste para ela.

Neste momento, segundo o ex-presidente, seria preciso dar boas notícias, retomando, por exemplo, projetos de concessões para a iniciativa privada. Só com agenda negativa, Dilma vai perder ainda mais popularidade. Ele cobrou ações do ministro Nelson Barbosa (Planejamento), que se reuniria com empresários para retomar o processo de concessões à iniciativa privada.

No jantar de terça-feira entre Lula e Dilma, o PMDB foi um dos temas principais. Lula aconselhou a presidente a mudar a articulação política, realizar uma reforma ministerial que dê mais poder ao PMDB e ouvir mais e dar mais poder ao vice-presidente Michel Temer e ao ministro da Defesa, Jaques Wagner, que o ex-presidente considera os mais habilidosos políticos do governo.

Lula disse a Dilma que foi um equívoco ela ter tentado isolar o PMDB e derrotar Eduardo Cunha na disputa pela presidência da Câmara em 1º de fevereiro. Na opinião dele, os ministros Aloizio Mercadante, da Casa Civil, e Pepe Vargas, da Secretaria de Relações Institucionais, erraram na articulação política.

Lula avalia que é preciso uma reforma ministerial para dar mais poder ao PMDB, a fim de refazer a solidez da aliança com o partido para enfrentar as crises econômica e política.

Nesse sentido, Dilma poderia analisar até uma substituição do ministro Aloizio Mercadante. Mas ela já disse, por meio de nota, que ele continuará no cargo. Oficialmente, a Casa Civil não tem função de articulação política. No entanto, pelo peso que tem, devido à boa relação com a presidente, Mercadante acaba agindo nessa área.

Provavelmente, Mercadante vai se concentrar agora em assuntos administrativos. A presidente gosta e confia no trabalho dele, mas já decidiu que vai dar mais espaço a ministros de partidos aliados no grupo que discute a articulação política.

*

Ajuste em negociação

Sem força para votar os projetos no Congresso do jeito que quer, o governo recuou e aceitou a correção escalonada da tabela do Imposto de Renda das Pessoas Físicas. O veto da presidente à correção de 6,5% para todas as faixas seria derrubado. O PMDB entrou em campo e articulou um acordo com correção escalonada. O governo não teve alternativa.

Quando viu que o governo seria derrotado no Imposto de Renda, o vice-presidente da República, Michel Temer, articulou um entendimento do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, com os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Eduardo Cunha. O ministro Jaques Wagner, da Defesa, também ajudou a melhorar a relação com o Renan para que houvesse o acordo.

O caminho para votar o projeto que reduz as desonerações fiscais deverá ser similar. Depois que o presidente do Senado, Renan Calheiros, rejeitou a medida provisória que modificava regras de redução de imposto para 56 setores da economia, o Palácio do Planalto encaminhou um projeto de lei com pedido de urgência urgentíssima. Esse projeto será modificado.

O mesmo deverá acontecer com as medidas provisórias que restringem direitos trabalhistas, mudando regras do seguro-desemprego e da pensão por morte, por exemplo.

A saída para evitar novas derrotas no Congresso em assuntos econômicos é a atuação de Temer, Wagner e Levy como articuladores políticos. Porque os ministros petistas palacianos perderam a capacidade de dialogar com o PMDB e o Congresso Nacional.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
51
  1. Ildeu Borges disse:

    Por que a presidente não faz de Michel Temer seu articulador político ? Se ela não confia nele não deveria mantê-lo como vice-presidente, se sua indicação foi imposta pelo PMDB deveria fazer uma limonada desse limão e utilizá-lo nessa função.

    • Lairson Belmonte disse:

      Que escorregada feia, Ildeu! “Não deveria manter o Temer como vice-presidente…”. Anote aí para aprender e nunca mais esquecer: Assim como Dilma, Temer também foi eleito pelo voto popular. Assim, o cargo de vice-presidente não é negociável! Ele será vice até o final do mandato ou se renunciar antes.

  2. Vicente Guerra disse:

    Caro Kenedy, com todo respeito a vc e sua coluna mas como vc consegue acessar informações como essa do primeiro tópico que revela inclusive opiniões e pensamentos de uma pessoa? Outra, sera que seria tao obvio que o pronunciamento da Presidente não teria passado antes pela opinião de Lula para depois ele emitir uma opinião contraria a ponto de ser publica?

    • Joaquim disse:

      Vicente, parabéns pela colocação. Esta turma acha que ainda esta encima de uma caminhão em frente a uma fabrica do ABC. Mentindo e fazendo discursos, para agradar a massa e depois fazendo conchavos por baixo dos panos.
      O sindicalistas/políticos brasileiros podiam e dão as mãos em seus projetos pessoais de poder e enriquecimento.

    • Silvio disse:

      Parabéns pela lucidez, Vicente. Este pessoal não tem fonte de noticias, apenas geram factoides com a óbvia intenção de criar caos no governo.

    • Eduardo Trotta disse:

      Está claro que o Lula iniciou o processo de fritura de Dilma, pois o PT percebeu que a única saída é abandonar o barco deixando os ajustes para o PMDB nos próximos 4 anos, para que Lula triunfe em 2018. O PSDB não quer o impeachment e acena até com uma aproximação com Dilma via FHC, pois acredita que poderá obter alguma força para combater Lula e acha que assim pode implodir o PT. Dilma, por sua vez, não sabe o que fazer, está sem nenhum apoio, mas tem a caneta como arma e pelo jeito a ex-guerrilheira vai usá-la a seu favor numa queda de braço com o Congresso. Só não sei se o Brasil aguenta tanto tensão.A economia já dá sinais de esgotamento, porém com o dólar alto a nossa balança comercial tende a subir, A inflação ? isso é fácil de manipular. A nossa sorte é que nem Dilma, nem Lula são eternos e um deles vai sucumbir a tamanha pressão. Espere e verá…

  3. Daniel disse:

    Caro Kennedy, só por curiosidade, você estava “segurando vela” no juntar da Dilma com o Barba?
    Do jeito que você fala parace que estava jantando junto.
    Brincadeiras a parte, exalto sua competencia para obter tais informações.
    Resumo: Nem o Lula, que é o padrinho, está satisfeito com a atuação da Dilma, imagina o resto da população?
    No entanto, olhando de uma outra ótica, o Lula pode estar trabalhando na “descontrução” da imagem da Dilma e desasocia-la da sua pessoa para vir como o “Salvador da Pátria” em 2018.
    Será?

    • Nelson disse:

      O comentário do Daniel a pouco esta perfeito, principalmente no seu final da desconstrução do nome Dilma e a volta do Salvador, isso ja estava no projeto bem lá atras, só não viu quem não quis, mas agora vera on line.

    • Com certeza ele tá com saudade de subir a rampa. Tomará ele escorregue numa casca de banana e se una a Dilma.
      Fora Dilma…

    • NELSON disse:

      Sugiro a todos assistirem o seriado “House of Cards” pela Netflix vocês verão como funciona essa manobra toda em Brasilia, até se consegue ver o papel do Michel por lá, parece que foi feito inspirado aqui, vale a pena e assim entender ou confirmar como tudo isso funciona, que sujeira.

    • Anafilófio disse:

      Exatamente, Lula esta por trás de tudo isso. Depois de cumprir dois mandatos surfando na marolona dos emergentes e das commodities que caiu em seu colo, passou a bola para sua sombra, e quando a casa começou a cair, porque colheu e nada plantou (de bom), tratou logo de tentar se livrar do poste-sombra. Só não viu quem não quis, como comentado abaixo. Uma pena, pois todos esperavam dele um governo muito pior, logo, havia esperança, quando a oportunidade de alavancar o país apareceu, ele preferiu capitalizar para si e para o PT, mostrou sua face mesquinha e perdeu a chance de ser realmente um Estadista. Sobrou para a Presidente Dilma, que nada entende de política e sobre ser manipulada.

    • Maria Helena dos Santos disse:

      Sabe, Daniel, não havia pensado sob esta ótica e acho que você pode estar certo> No momento que o Barba está percebendo que a moça não está indo muito bem das pernas, o melhor a fazer é deixá-la se enforcar sozinha. Tem lógica.

      • Daniel disse:

        Maria, outro ponto que faz sentido essa teoria é porque eu nunca vi o Lula criticando “cumpanheiro” do PT. Hoje ele critica nada mais nada menos do que a presidenta.
        O negocio é Maquiavelico minha cara.

  4. É seu lula… continua muito habilidoso em enganar os outros! Demonstrando que sua afilhadinha não conseguiu aprender ainda, apesar de falar só coisas falsas e enganosas.

  5. Paulo Roberto Barreto de Meireles disse:

    Concordo com você Daniel; só que errei ao pensar que isto aconteceria nos dois últimos anos do primeiro mandato da Dilma. Antes tarde do que nunca, pois com êle – Lula- é melhor.

  6. Aderlando Rognei Botelho disse:

    Esta crise vai além de Dilma ou Lula …. é muito dinheiro para custear Brasilia , é preciso conter a máquina pública ! risco de o capitalismo acabar é enorme … rios de dinheiro para socorrer crises geradas por pessoas sem imaginação de futuro , é preciso cortar na própria carne.

  7. DINHO disse:

    LULA SE FAZENDO DE VITIMA.
    TUDO BEM ORQUESTRADO POR ELE MESMO…

  8. jomar disse:

    Não da ideia..é bom q o PMDB fique isolado sem poder para ter interesse político suficiente para ajudar a derrubar esse partidinho do poder..

  9. alemao degaspari disse:

    bandido responsabilizando bandida ,intervencao militar isso que esta precisando politicos na cadeia ,isso sim

  10. Gerentex, o homem sorriso disse:

    Então está aí, dito em boas e claras letras. Nem é preciso ser um bom entendedor. Lula é o chefe, Dilma é a funcionária. O tom da conversa sugere um patrão aborrecido com seu gerente, que muito embora tenha seguido as orientações patronais, saiu-se mal nos resultados.

    Pior, desqualifica a gerente, criticando, apontando erros, demonstrando desapontamento com a conduta e com as ações, presentes e passadas. Sugere ainda a incompetência da subordinada, em cores chamativas, como as de uma caneta marca-texto.

    Insisto em minha previsão: o próprio PT exigirá a renúncia de Dilma Roussef. E Lula dá início ao processo de fritura, tentando desvincular-se de sua imagem ao mesmo tempo em que sugere que, apesar de seus esforços pessoais, ela não seria a pessoa certa para o cargo.

    É a política. Convenhamos, Lula tem razão. Apesar do pesar em saber que votar em Dilma foi o mesmo que eleger outra vez o homem por detrás da cortina, resta que o eleitor foi triplamente enganado.

    Primeiro por que a campanha do PT à presidência foi indiscutivelmente mentirosa. O governo (não o país) estava mesmo quebrado.

    Segundo porque Dilma Roussef é na política um boneco de ventríloco. Uma papagaio de pirata. Quem dirige ainda o país e as instituições governamentais ainda é Lula e seus companheiros.

    Terceiro porque a gerente eleita continua enfiando diariamente os pés pelas mãos. Cada vez que resolve falar por si, sem o script preparado pelo chefe, assume o palanque sem saber o que está fazendo.

    Dilma parece que ainda está em campanha. Ignorando os fatos presentes e usando velhos discursos marketeiros elaborados no ano passado para ajudá-la a se eleger. Porque o bolsa-família…, porque o ProUni…, porque o Minha Casa Minha Vida…, porque as conquistas sociais…, e blá-blá-blá.

    Enquanto isso são majorados impostos e a economia desacelera. Mais uma vez estão maquiando o cálculo do PIB. Já é a segunda. O dólar sobe a jato e o estelionato do IR se institucionalizou.

    Concordo com Lula. Acho que já basta. Penso até que ele chega a tal ponto em seu desespero para salvar suas chances em 2018 que prefere entregar o governo agora para o PMDB para disputá-lo com alguma chance de vitória no próximo pleito. E deve acreditar que se Dilma permanecer no Planalto ela vai queimar o que resta do prestígio do PT.

    É verdade, é capaz de pôr tudo a perder, inclusive o futuro da nação.

  11. Kennedy, Parabéns pelo ótimo trabalho.
    Sobre a Presidenta, aliás, sobre a Dilma (pessoa), confesso que estou com pena dela. Ela está sendo servindo de bode expiatório, ela está mais perdida que cego em tiroteiro. Esta corja (Lula, Renan, Temer, etc.) estão querendo que ela se afunde no mar de lama que eles a meteram.

  12. wrodriguesrj@ig.com.br disse:

    Esta na hora do povo Brasileiro vestir a camisa, chega destes picaretas que roubam o Patrimônio que a nação construiu com sofrimento e doação do seu Povo, chega de sangue-suga de traças a devorarem freneticamente nossas estatais se apossando do dinheiro alheio o que o Povo quer ver mesmo são estes ladrões punidos de verdade com a devolução de todo o dinheiro desviado e recebido através de comissões e outros meios ilegais, que sejam devolvidos por repatriamento de divisas, confisco de bens etc… e sejam revertidos de verdade a Hospitais, creches, escolas , faculdades etc….

  13. Leandro Rodrigues disse:

    Lula é mesmo mal caráter. Agora ele quer remar a favor do vento. Percebeu que a maioria da população está contra esse governo, ele é capaz de participar da manifestação “Fora Dilma” para depois candidatar-se como Salvador da Pátria.

  14. Ricardo disse:

    Lula indicou Dilma e agora só porque a popularidade dela está em torno de 7% (baixissima) ele quer dar uma de inocente, só para pousar de bom moço e voltar com tudo em 2018! O povo não é tolo Lula!! Fora PT, fora Dilma e Lula!!

  15. Fernando Pinheiro disse:

    Dia 15, eu vou!!!!!!!!!

  16. João Alberto Afonso disse:

    O povo quer saber: Quem governa o Brasil, vez que Lula, sem mandato, tramita pelo Palácio do Planalto como se estivesse na cobertura que seu filhote comprou recentemente e praia valorizada de Guarujá, fato incontroverso? Então, LAVA JATO no povo que votou nela que merece. Aliás, eu também quando votei nela no primeiro mandato

  17. Pasquale disse:

    O erro foi do Araribóia,quando expulsou os franceses.
    Hoje falaríamos Frances,andaríamos de Renault e teríamos uma vida com cidadania.
    O imbecil do Araribóia em vez de expulsar os portugueses,expulsou os franceses.

    • pilar disse:

      Senhor Pasquale, agora estão indo para o lado racista, seu inteligente então são os portugueses é que são culpados. Que eu saiba a renault já esta no Brasil. E o Brasil esta assim porque existem pessoas como o Senhor que só sabem criticar culpar
      os outros . Quer saber……acho sim besta manifestação um
      golpe de 3º turno. Seus burgueses, não aceitaram a derrota
      nas urnas.

      • Pasquale disse:

        Enganou seu Pilar, a última coisa que sou é burgues.
        Não tenho plano de saúde e nem sou funcionário que tem estabilidade.
        Sou autonomo,por necessidade,mas estudei no COLÈGIO PEDRO II.
        É apenas uma brincadeira que fiz,mas se levou tão a sério problema seu.
        Tambem convivo com pessoas que moram em comunidades.

    • Adriano Ferreira disse:

      o erro começou com uma maçã .

  18. leandro oliveira disse:

    Erros políticos, são perdoáveis, o que não é perdoável é a corrupção !!! Muda Dilma !!! Dia 15 estarei rindo dos coxinhas que roubam honestamente e depois vem querer fazer campanha anti-corrupção … É não vai ter copa, caminhonaço de grandes empresários contra as estradas de ferro, cartel dos postos superfaturando seu lucro, subsídio aos grandes consumidores, dentre eles Globo, Abril, Record (???), e coxinhas no HSBC … MEU VOTO VALEU !!!

  19. José disse:

    “conteúdo ruim e ao momento inapropriado” – some-se a isto a forma errada da coletiva do dia seguinte, em que nossa PR parecia uma barata tonta, como se diz no popular.
    Manter o Mercadante no governo é talvez o seu maior erro, pois além de mostrar que ela continua turrona, também não quer abrir mão do isolamento e do conforto das ideias vazias de um pequeno grupo de narcisistas, só falta ela chamar o Eduardo para compor o ministério das comunicações ou como porta voz oficial, isto mostra uma insegurança desproporcional ao cargo, ela deveria seguir a regra do Bill Gates de se cercar de gente melhor que ele, mas ela faz o contrário, o Montoro sempre citava: “Prefiro os que me criticam, porque me corrigem, aos que me elogiam, porque me corrompem”, mas a PR faz exatamente o contrário.
    Parece que o Jaques Wagner é o “cara” com certeza virá com força para 2018 ao lado de Lula ou em substituição do mesmo, o que vai deixar o Mercadante mais ouriçado ainda, e imagino o tanto de rasteira que ele, Mercadante, tentará aplicar neste Baiano acostumado as rodas de capoeira, ao sincretismo macumbo cristão e as tradições Judaicas, mas vai quebrar a cara, como sempre até que, oxalá, o careca gumex resolva cair fora, desta vez de fato irrevogavelmente.
    Não sei de quem foi a ideia de chamar o Kassab para o núcleo, mas, parece que querem mesmo cutucar onça com vara curta, pois se o PMDB está fulo da vida com o espaço dado ao PSD em detrimento do PMDB, a PR tem a esperteza de passar este atestado, sei lá…, acho que como dizia antiga fábula: A Rainha está nua. Ah, não podemos esquecer da inclusão do Aldo “Rabelo” no time, ops, Rebelo, o camarada comunista fará muita diferença para a elaboração da estratégia palaciana, quem sabe proporcione um show como o da outra seleção de 7 a 1, as vezes eu fico pensando se o Rebelo não está com Alzheimer ou Parkinson, mas o que se pode dizer de quem o escala?
    Falando em Bahia, ando com saudades do ACM Neto, o que ele anda pensando?! Ainda vamos ouvir queixumes da esquerda com saudades do Golbery do Couto e Silva e do Marco Antônio de Oliveira Maciel. Para terminar estou quase apostando que o Renan vai sair mais forte do que entrou e ainda irá agradecer a governo e ao Janot pela inclusão do seu nome na lista.
    José

  20. Camillo Ferreira disse:

    Lula cale a boca.
    Se você soubesse alguma coisa não teria enfiado a Dilma goela abaixo da população.
    Não venha agora dar uma de sabido.

  21. Jose Maria disse:

    Dilma só faz o que o seu criador quer. Lula é dono dos desígnios da presidente na política. Entretanto, se os conselhos de Lula fossem bons, ela não estaria na situação que está, desacreditada e mal cotada. Ouvir politiqueiros de botequim, dá nisso, desprestígio.

  22. ANDREY MOREIRA disse:

    Kennedy boa tarde!

    Gosto muito de suas informações e das opiniões dos seus leitores, porém enquanto todos em Brasília estão preocupados com a operação lavo jato nós brasileiros que trabalhamos todos os dias SOL à SOL para conseguir ou tentar pagar as contas em dia, as grandes fabricas como a Mercedes Benz a Volkswagen e fabricas de ônibus estão demitindo porque todas elas depende do BNDES para girar as vendas e com esta mexida nas taxas de juros acredito eu que em pouco tempo vamos ter grandes demissões em massa, pois a carga tributaria lá encima juros altos quem é o empresário que se arrisca a tentar ajudar o pais se ele não tiver um beneficio em troca.
    Tá na hora dos nossos políticos pensar em uma solução para o BRASIL, porque LAVA JATO já é passado temos que ter SOLUÇÃO para o desenvolvimento do nosso PAIS JÁ…………
    Todos sabem que a corrupção sempre existiu no BRASIL só que chamava se POR FORA quando BRASILIA-DF foi construída teve muito POR FORA AÍ, hoje que o pessoal estão mais instruídos e com palavras e discursos AFINADOS E PALAVRAS BONITAS que muita das vezes temos que até consultar o dicionário o significado.

  23. Boa noite, prezados!

    Como é salutar e louvável a democracia, pois podemos opinar, achar isso e aquilo, sem ter receio algum! Parabenizo a todos por suas participações e comentários!

    Estão previstas diversas manifestações diversas manifestações no País, pelos mais variados motivos. Porém, venho ressaltar que o argumento pro-impeachment é simplesmente um ato anti-democrático, pois como defender uma ideia dessas Quais os argumentos? Justificativas? Além de ter “cheiro de golpe”, mais parece uma Micareta, isso mesmo, um carnaval fora de época!

    Aqueles que pregam e incentivam, ou se omitem, uma Micareta com essa finalidade não poderão num futuro próximo alegar a defesa de seus direitos em outras circunstâncias, pois não terão condição moral para isso! Como, por exemplo, o direito a propriedade. E aí? Como será?

  24. Luiz Carlos Belchior disse:

    É… Mais uma vez vemos quem quer mandar para sempre no Brasil. Um cara que depois que perdeu o dedo não mais trabalhou para seu sustento e sim se enganou na política e milhões de TRABALHADORES brasileiros acreditaram e abraçaram as suas idéias e ideais. Hoje falar que vai botar um exercito paralelo nas ruas para combater os brasileiros que vão contra aos seus ideais é TIRANIA. O último que sair apague a luz do aeroporto que está um absurdo.

  25. Jarbas disse:

    A seguir os conselhos do Lula, a Dilma sai e deixa o governo por conta do Temer. Está resolvido o assunto. Nem precisa impeachment. O novo presidente da república é o Michel Temer. Assim falou Lula.

  26. ARISTOTELES DE JESUS RODRIGUE CORREIA disse:

    A única coisa que consigo ver é que Dilma foi a vencedora legítima na disputa pela presidência. Ela é a PRESIDENTE incontestável. É só consultar os resultados nos sites oficiais dos tribunais eleitorais. Proponho aos descontentes um projeto de terceiro turno. Kennedy, você honra o nosso jornalismo. O Brasil agradece.

  27. Pasquale disse:

    As manobras do Chefe,nossa o povo não gostou do pronunciamento(o marketeiro mandou fazer) e não esta aguentando ouvir a voz da Dilma.
    Já sei… vou dizer que não gostei,que não deveria ter falado etc.
    Para o Titanic não afundar rápido.

  28. Pois eu iria adorar a volta do ex. presidente Lula.

  29. levemente disse:

    Dilma não sabe utilizar as peças de que dispõe. A diferença dela em relação a Lula não é apenas do momento econômico que ajudou o ex-presidente; o antigo líder do ABC paulista soube se cercar de muitos assessores competentes. Basta lembrar que o ministério de seu primeiro governo tinha três candidatos a presidente da eleição passada: Dilma, Eduardo Campos e Marina Silva. Já Dilma…
    E não é por falta de nomes que Dilma tem ministério fraco. O texto cita um exemplo que tenho visto sempre profundamente elogiado: o ex-governador da Bahia, Jacques Wagner, bem-sucedido inclusive na sempre difícil tarefa de fazer o sucessor nas urnas (quem não lembra do também petista ex-governador do DF, p.ex?). O que um homem que muitos analistas políticos reputam como de grande poder político faz num ministério tido, muitas vezes em nosso país, como de segunda linha, o da Defesa?
    Aliás, falando em ministério da Defesa, vislumbremos o caso de Celso Amorim, que foi muito bem falado no governo Lula, na pasta das relações exteriores, e passou praticamente em branco no governo Dilma — como ministro da Defesa.
    A questão, como podemos ver nos exemplos dados, não é de mera diferença de momento. Há questões fundamentais que diferenciam os resultados de Lula e Dilma. A qualidade dos assessores, por certo, é uma delas.

  30. levemente disse:

    Observei que o texto não disse, em momento algum, quando Lula teria dito isso. Contudo, é até dispensável falar isso e até mesmo quando ele teria dito. Explico. De uns tempos para cá, nem mesmo os mais empedernidos petistas têm negado a rusga hoje existente entre Dilma e Lula. Qual exatamente o grau dela, não se sabe. Mas ela está lá.
    Lula só pode mesmo andar contrariado com os erros. Vejamos, p.ex, a diferença entre o que foi o ministério do período Lula e o do primeiro mandato de Dilma, que parece ter piorado no segundo. Um único dado marcará a disjunção de modo cabal: Lula tinha entre seus assessores ministeriais três dos candidatos a presidente na eleição passada. Aponte-me um nome de peso, de relevância, que tenha passado por Dilma 1 e que esteja em Dilma 2. O senhor pode até lembrar, p.ex, de Celso Amorim. E aí eu lembrarei que Celso Amorim passou de brilhante ministro das relações exteriores a um quase invisível ministro da defesa, sob a batuta de Dilma.
    Dizem que Jacques Wagner é político de escol, com “P” maiúsculo. Deve ser verdade, já que foi eleito, reeleito e acaba de passar a faixa para o sucessor por ele ungido para o governo do estado da Bahia. Coisa difícil de acontecer, quando lembramos que em Minas, p.ex, o PSDB saiu do poder, com Aécio perdendo a eleição presidencial naquele estado — vergonha suprema das vergonhas. Há o caso vergonhoso para o PT da situação em que Agnelo Queiroz saiu do governo do DF, sem direito sequer a concorrer no segundo turno e com muitos indícios de que, muito em breve, dará uma volta pelo presídio da Papuda. Jacques Wagner, por ora, até onde sei, é o oposto desses dois casos. É sujeito com bom capital político. É tido, inclusive, como presidenciável! Pois bem, Jacques Wagner, apesar do bom currículo, ocupa o mesmo ministério da defesa. Os críticos dizem que ocupa, de modo injustificável, uma pasta de menor importância. Há ministros fracos, dizem, em pastas mais importantes.
    Vamos a um caso que pode ser exemplar. O controverso Cid Gomes, enquanto isso, ocupa o ministério da educação. O MEC passa por mil e uma dificuldades com relação ao financiamento estudantil e o que faz o ministro? Sai disparando a velha metralhadora cheia de mágoas dos Ferreira Gomes — que tão bem conhecemos — contra os congressistas. “O congresso tem de uns 300 a 400 picaretas”, disse ele, mais ou menos. Isso num momento em que a própria barba está totalmente embebida em gasolina. Resultado. Foi convocado a prestar esclarecimentos no congresso. Será que esse cara se cria como ministro de uma pasta tão importante??? Aguardemos os desdobramentos, pois a essas alturas do campeonato tudo é possível. Inclusive esse nosso conterrâneo se sair bem da fria em que está metido (por vontade e vaidade próprias, diga-se de passagem).

  31. John disse:

    Uma vez ouvi alguém dizer que alguém disse a seguinte frase, mais ou menos assim: “O jornalista busca a noticia, a publica e ponto. A mim cabe interpretar. ” Pois bem, admiro o trabalho do Kennedy não somente no blog, mas na CBN. Nos últimos meses, contrariando o dia de hoje, não tenho acessado ao seu blog e quando vem a vinheta da sua fala no rádio eu mudo de radio na hora. Continuo a ter respeito pelo teu trabalho, mas não concordo em nada com o que diz ultimamente. Vou continuar afastado da CBN e do seu Blog. Desculpe Kennedy, mas está perdendo pontos comigo. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 16:12:08